dezembro 17, 2009

Trecho da Rodovia Marechal Rondon permanece interditado

Durante toda esta quinta-feira (17) os engenheiros e técnicos da concessionária Rodovias do Tietê trabalharam para restaurar a ponte do Km 232 da SP 300 (Rodovia Marechal Rondon). As chuvas que caíram de madrugada danificaram a estrutura de transição entre a ponte e o pavimento e o asfalto cedeu. O local permanece interditado para o tráfego nos dois sentidos de rolagem.

No local estão duas máquinas escavadeiras e uma carregadeira para executar os serviços. Dez caminhões dão apoio à operação retirando o material que recalcou e transportando massa asfáltica para o novo enchimento. Antes, o local será preenchido com pedra graúda misturada com concreto. As equipes também estão protegendo o talude derrubado pela força das águas.

No momento não chove na região. A expectativa da equipe é terminar os trabalhos até a meia-noite. Os engenheiros avaliarão se será possível já liberar o trecho para o tráfego com segurança.

Com o objetivo de orientar os usuários, também foram instalados painéis eletrônicos em três pontos da SP 300 para informar os motoristas sobre a interdição. O primeiro deles está no Km 249, sentido Leste, próximo ao acesso à SP 209 (Rodovia Castelo Branco). O segundo painel indicador está no Km 189, no trevo de entrada ao município de Pereiras, no sentido para Bauru. O terceiro painel está no Km 246, sentido Leste, próximo à Cohab de Botucatu.


HRP se diz surpresa com a saída do cantor Daniel

Na tarde de ontem, a Assessoria de Imprensa da HRP Promoções artísticas divulgou nota oficial tratando da saída do cantor Daniel de seu casting de artistas. No documento, o empresário Hamilton Régis Policastro, se diz surpreso com o rompimento e afirma que não identifica o artista no texto onde ele informa à impresa sobre seu desligamento. “Compete a mim neste momento registrar meu pesar quanto ao conteúdo e forma do texto que não combinam com a pessoa educada e polida que aprendi a admirar na convivência profissional e familiar”, coloca.

A Assessoria se justificou sobre a demora na divulgação da nota, lembrando que o tema, além de ser polêmico, envolve cláusulas contratuais, clientes e vínculos que somam mais de 20 anos.

A HRP tem seu escritório instalado em Botucatu e ainda mantém em seu casting as duplas “Guilherme & Santiago” e “Hugo & Tiago”.


Confira a nota CLICANDO AQUI

Subsecretaria de Turismo divulga a programação do Carnaval 2010

A Subsecretaria Municipal de Turismo divulgou na tarde de segunda-feira (14), a programação completa do Carnaval 2010. Segundo ata, da reunião realizada no dia 25 de novembro, o encontro contou com a participação dos seguinte blocos carnavalescos: Fiel Botucatu, Os Cornatchos, Gente Unida da Vila Maria, É Nóis, Rabo de galo, Combinados do Santa Elisa, Cata Loko, Imprensa, Vai quem Quer, 100 Vergonha e 100 Juízo.

No encontro, que contou com a participação efetiva da subsecretaria de Turismo,  Priscila Ribas, foi definida a seguinte  programação:

A concentração dos desfiles e os bailes populares ocorrerão no Espaço cultural Antônio Gabriel Marão.

• Dia 13 de fevereiro - sábado:
Das 16 às 19 horas – Grupo de Samba;
Das 19 às 21h30 – concurso de Rei Momo e Rainha do Carnaval.
• 14 de fevereiro – domingo:
Das 18 às 22 horas – Carnaval Tradição animado ao som de marchinhas tradicionais.
• 15 de fevereiro – Segunda-feira:
Das 19 às 21h30 - Desfile de escolas e blocos carnavalescos, na Avenida Dom Lúcio, com itinerário entre o Espaço Cultural e a rua Leônidas Cardoso.
• 16 de fevereiro – terça-feira:
Das 19 às 20h30 –  Apresentação da bateria de escola de samba convidada, de preferência do grupo de elite do carnaval de São Paulo.
A região do Rio Bonito e da Mina realizará o carnaval entre os dias 13 e 15 de fevereiro, com animação de som mecânico.
A Vila Maria e a Vila Aparecida receberão a Folia de Momo no dia 16 de fevereiro, terça-feira.



Big Band de Tatuí faz show na noite de hoje, no Largo da Catedral

A Big Band SamJazz, do Conservatório Dramático e Musical de Tatuí, será atração na noite de quinta-feira do festival “Reluz - Natal Mágico da Gente de Botucatu”, com apresentação programada para acontecer por volta das 20h30, no Largo da Catedral Metropolitana de Botucatu.

A Big Band foi criada em 1975 pelo então professor Antonio Carlos Neves Campos. O grupo unia alunos de nível avançado e professores do conservatório para a apresentação de repertório exclusivamente popular, uma novidade na época em que a escola de música dedicava-se quase que totalmente ao ensino e difusão de música erudita.

Após uma pausa nas atividades, a Big Band retoma as atividades no dia 14 de novembro de 1998, quando prestou homenagem  à Orquestra Trololó, uma das primeiras big bands de Tatuí.

Este ano, a partir da contratação oficial de músicos, o grupo passou a ser denominado de Big Band do Conservatório de Tatuí, resgatando e valorizando o nome de sua instituição de origem, tendo como coordenador o saxofonista Sérgio Gonçalves de Oliveira.

A apresentação da Big Band em Botucatu recebe o apoio da Dell Anno.

O festival é uma promoção da Diretoria de Eventos Municipal  que concluiu  a programação na sexta-feira (11), dois dias antes do início das atividades. 

A intenção dos organizadores é  oferecer ao público apresentações de corais, orquestras, bandas marciais e grupos de dança diariamente, a partir das 20 horas. A expectativa, é atrair mais de 3 mil pessoas por dia para o Largo da Catedral.

O encerramento do evento será em 20 de dezembro, quando serão anunciados os vencedores do concurso de decoração natalina.

Programação do evento:

• Quinta-feira - Dia 17:
Big Band SamJazz do Conservatório Dramático e Musical de Tatuí;
Alunos da rede municipal de ensino.
• Sexta-feira - Dia 18:
Orquestra Ebenézer;
Banda Marcial Colégio La Salle.
• Sábado - Dia 19:
Orquestra Infanto-Juvenil Municipal de Pardinho;
Grupo de louvor Adora Samba;
Grupo teatral Igreja Batista.
• Domingo - Dia 20.
Coral APM/UNIMED
Cantata Igreja Assembleia de Deus
Alunos da rede municipal de ensino
Todos os evento estão programados para começar às 20 horas, com exceção do Coral da APM/Unimed (Dia 20), que tem seu início marcado para as 20h30.



Novo formato para o Carnaval de 2010, em Botucatu

Por Renato Fernandes

Os caranvalescos botucatuenses terão um novo formato de folia em 2010, é o que antecipa a subsecretária de Turismo Priscila Ribas.  A maior mudança será com relação ao desfile de blocos e escolas, que durante anos foi realizado em duas noites, nas ruas Major Matheus e Amando de Barros. Em 2010, o desfile acontecerá apenas uma noite, na Avenida Dom Lúcio. 
Outra importante alteração é a tranferência dos bailes populares da Praça Coronel Moura, região central da cidade, para  o
Espaço Cultural Antônio Gabriel Marão, com temas específicos para cada dia de folia.

A subsecretária antecipa a agenda e revela que o desfile  será realizado na segunda-feira, dia 15 de fevereiro. Os blocos e escolas descerão a Avenida Dom Lúcio, no sentido Cemitério Portal das Cruzes / Catedral Metropolitana de Botucatu. “Ainda estamos estudando o melhor local para a concentração, que poderá acontecer tanto na Praça São José quanto no Espaço Cultural. A dispersão será antes da Praça Isabel Arruda, por conta do Hospital Santa Casa de Misericórdia. Na via de sentido oposto, intalaremos arquibancadas, com espaços reservados para idosos e pessoas com dificuldades de locomoção”, diz.

A realização dos bailes no Espaço Cultural também garantirá mais comodidade aos carnavalescos, que passarão a contar com banheiros e espaço coberto com capacidade para aproximadamente 8 mil pessoas. “Será instalada uma lona no local, onde realizaremos todos os eventos referentes ao Carnaval”, destaca Ribas.

A subsecretária cita outro benefício com a centralização da folia em apenas uma área da Cidade: o trânsito. “O baile no Paratodos (Praça Coronel Moura), provocava a interdição de uma das principais vias da Cidade. O mesmo acontecia em dias de desfile na Amando de Barros e Major Matheus, isso gerava um problema muito grande para o cidadão que não se envolve com o Carnaval. Vamos minimizar isso”.

O orçamento também é o responsável pela realização de um carnaval mais compacto. “A contabilidade abrirá apenas na última semana de janeiro, o que torna muito difícil a organziação de eventos, como o Carnaval”, disse Ribas.
O prazo resumido entre o evento e a abertura do orçamento levou a realização do concurso de Rei Momo e Rainha do Carnaval para a primeira noite do Carnaval, sábado, dia 13.

Priscila Ribas acrescenta que a formação de uma entidade para responder pela organização do Carnaval é uma necessidade urgente. “Desde março que estamos convocando os carnavalescos a se organizarem e estruturarem um liga específica, mas não tivemos nenhuma retorno positivo. Não é obrigação do Poder Público organizar o Carnaval, estamos aqui apenas para dar apoio e suporte, mas atualmente não é isso que vem acontecendo. Para melhorar esse formato é necessário a estruturação urgente de uma entidade específica”, relata.