novembro 24, 2009

Largo da Catedral centralizará apresentações natalinas em Botucatu

Por Renato Fernandes

Entre os dias 13 e 20 de dezembro, um palco armado entre a Catedral Metropolitana de Botucatu e a Casa das Meninas deverá centralizar apresentações artísticas e culturais referentes ao Natal e desenvolvidas por entidades, grupos, associações e companhias botucatuenses. “O único critério é que sejam temas coerentes ao Natal. A estrutura estará preparada para receber as mais diversas manifestações artísticas, seja: orquestra, coral, jogral, quarteto, teatro, balé, entre outros”, explica o secretário o Prefeito, Marcos Aparício Cordeiro.

A série de eventos foi batizada de “Reluz - Natal Mágico da Gente de Botucatu”, e receberá inscrições de interessados em se apresentar no local até sexta-feira, dia 27. “É necessário que as entidades nos procurem. No momento estamos fazendo um trabalho ativo de procura e convite a  interessados em potencial. Mas queremos receber qualquer tipo de apresentação relacionada ao natal”, coloca o secretário adjunto de Comércio e Serviços, Antônio Carlos Stein.

Os artistas que tiverem a oportunidade de se apresentarem nesse espaço terão a possibilidade de projeção na região. “Já estamos distribuindo e colando os cartazes nas cidades vizinhas e formalizando convites para que possam prestigiar o evento diário”, revela Cordeiro.

A ideia da Prefeitura de Botucatu ao desenvolver essa atividade é levar a família até a praça, favorecendo também os corredores comerciais da Cidade. “As apresentações serão sempre das 19h30 às 20h30, aproximadamente. Com isso, o público encontrará tempo para seguir até o comércio para as compras de Natal”, diz Stein.

Para garantir esse intercâmbio de interesses, os envolvidos na organização das atividades adiantam que nas proximidades do palco não serão instaladas qualquer tipo de estande ou barraca comercial. “A idéia é o palco cru. Teremos como cenário a Casa das Meninas iluminada, o La Salle, Caridade Portuguesa, a própria Praça e as árvores. Não colocaremos nem mesmo cadeiras ou banheiros químicos. A intenção é que a platéia venha, assista à apresentação e depois siga seu roteiro noturno“, antecipa Cordeiro.

Uma das atrações já confirmada para o palco a céu aberto é o Balé “O Quebra Nozes”, que envolve em sua produção aproximadamente 300 pessoas, entre equipe técnica e atores.

Interessados em se inscrever podem ligar para: (14) 3814-1114 (ramais 25 ou 39) ou (14) 3811-2900. Outra forma de garantir a participação é pelo e-mail: agenda@botucatu.sp.gov.br.


‘Budismo no Mundo Contemporâneo’ é tema de palestra na OAB de Botucatu

O grupo de Budismo “Caminho do Diamante”, Linhagem Karma Kagyü de Botucatu, promoverá no dia 1ª de dezembro a palestra “Budismo no Mundo Contemporâneo”, ministrada pelo Lama Ole Nydahl, no salão da OAB (Ordem dos Advogados), na rua General Telles, nº 30, às 20 horas.

Ole Nydahl é um dos mais conhecidos professores budistas do ocidente. Acompanhado da esposa, eles transmitem os ensinamentos do Budismo Tibetano a praticantes iniciantes e avançados desde 1972.

O casal é reconhecido como primeiros estudantes ocidentais do 16º karmapa (mestre espiritual da antiga linhagem Karma Kagyu), que os consideram como protetores dessa linhagem.

O lama Ole estabeleceu mais de 560 grupos e centros de meditação ao redor do mundo.

O grupo da linhagem Karma Kagyü de Botucatu existe há três anos e tem como objetivo a prática do Budismo seguindo o “Caminho do Diamante”, através da prática da meditação.

O Centro Budista de Botucatu fica na Rua Pinheiro Machado , nº 8A, Centro. Informações pelo telefone: (14) 9656-0050 ou (14) 9775-7026.

Workshop debate exploração de recursos minerais e conservação do meio ambiente

No dia 09 de dezembro, a partir das 8h, na Fazenda Experimental Lageado, sede da Faculdade de Ciências Agronômicas da Unesp, câmpus de Botucatu, acontece o I Workshop de Exploração dos Recursos Minerais e a Conservação do Meio Ambiente.

A programação do evento inclui o debate sobre temas como licenciamento ambiental; a atuação dos profissionais de engenharia florestal e agronomia na gestão ambiental das atividades de mineração e planos de recuperação de áreas degradadas pela mineração.

O evento é uma promoção da Conflor Jr., empresa voltada para consultorias na área florestal e madeireira, integrada por alunos da Faculdade de Ciências Agronômicas da Unesp, com apoio da Fundação de Estudos e Pesquisas Agrícolas e Florestais (Fepaf).

Mais informações, inscrições e programação no site: www.fca.unesp.br ou www.fepaf.org.br

SERVIÇO
Programação:
7h30 - Inscrição
8h00 – Abertura
8h30 - VALE - A atuação do Engenheiro Florestal/Agrônomo na Gestão Ambiental de uma empresa de Mineração.
Paulo Augusto Bueno da Rocha - Engenheiro Florestal - Gerente de Meio Ambiente e Relações com a Comunidade
10h00 Intervalo
10h30 - VALE - Desafios da Gestão sócioambiental na Mineração - A prática da VALE.
Paulo Augusto Bueno da Rocha - Engenheiro Florestal - Gerente de Meio Ambiente e Relações com a Comunidade
12h00 Almoço
14h00 - Cetesb – Licenciamento Ambiental
Martinho Raggio Barbara Neto - Técnico Ambiental
15h30 Intervalo
16h00 - Prominer - Empresa Privada de Licenciamento Ambiental para Mineração - Licenciamento Ambiental na Mineração - Procedimento do Licenciamento Ambiental e Planos de Recuperação de Áreas Degradadas na Mineração.
Ciro Terêncio Russomano Ricciardi - Engenheiro de Minas
17h30 - Mesa Redonda

Local:
Anfiteatro Prof. Dr. Paulo Rodolfo Leopoldo.
Faculdade de Ciências Agronômicas / Unesp – Campus de Botucatu
Fazenda Experimental Lageado.

Investimento:
Até o dia 02/12/2009
Alunos de Graduação e Pós-Graduação: R$ 20,00
Profissionais e Produtores: R$ 40,00

Após o dia 02/12/2009
Alunos de Graduação e Pós-Graduação: R$ 25,00
Profissionais e Produtores: R$ 50,00

Inscrições: 1 kg de alimento não perecível + pagamento da taxa.
Os alimentos deverão ser entregues na recepção do evento.

ASSESSORIA DE IMPRENSA - Faculdade de Ciências Agronômicas da Unesp de Botucatu - FCA / Fundação de Estudos e Pesquisas Agrícolas e Florestais - FEPAF


Rally dos Amigos 2009 já tem programação definida em Itatinga

Nos dias 4 e 5 de dezembro, a cidade de Itatinga (a 221 km da capital paulista) – na região de Botucatu, Interior de São Paulo –, receberá a 12ª edição do Rally dos Amigos, prova válida também como a 14ª etapa do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country para carros e caminhões e 7ª etapa do Brasileiro de Rally Cross Country para motos e quadriciclos.

Não é de hoje que Itatinga é conhecida entre os esportistas do segmento como um dos grandes destinos para a prática de rallys. Anualmente o município recebe etapas estaduais e nacionais de rallys, aproveitando o grande potencial da topografia acidentada e preservada reserva de matas nativas e exóticas, proporcionando um cenário de grande beleza.  Prova disso é que a cidade recebe por sete anos consecutivos a ultima etapa do campeonato brasileiro de rally, o conhecido “Rally dos Amigos”, criado inicialmente como uma forma de confraternização entre os competidores dos “Sertões” e que em Itatinga ganhou estatus de uma das mais importantes provas do país.
Válida pelo Brasileiro de Cross Country, prova terá percurso de 186 km e é aberta a carros, caminhões, motos e quadriciclos
Com apoio total da Prefeitura Municipal de Itatinga, através da Diretoria de Turismo, o Rally dos Amigos é organizado pela Dunas Race – empresa responsável também pelo Rally dos Sertões e pela montagem do Rally dos Famosos, quadro do programa Domingão do Faustão, da Rede Globo, entre outros eventos –, o Rally dos Amigos é uma prova do tipo cross country de velocidade, disputada em uma única etapa, em circuito fechado. O itinerário é especificado na forma de planilha para carros e caminhões e com percurso demarcado para motos e quadriciclos.

Para Fernando Alonso, Diretor de Turismo de Itatinga esta prova é o ponto alto do calendário turístico da cidade: “O Rally dos Amigos projeta Itatinga para o Brasil e abre caminho para atrair novas competições do gênero, pois estes eventos são importantes por movimentar a economia da cidade”.

A competição é aberta para motocicletas, quadriciclos, carros, utilitários, caminhões e protótipos fora-de-estrada, com tração em duas ou quatro rodas, de todas as marcas. Todo o regulamento do 12º Rally dos Amigos é baseado no Regulamento Geral do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country 2009 emitido pela Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA) e pela de Motociclismo (CBM).

A edição deste ano terá um percurso total de 186 km, sendo 18 km de deslocamento inicial (DI), 162 km de teste especial (TE) e 6,5 km de deslocamento final (DF). Ao longo do trajeto serão montados três pontos de abastecimento, apenas para motos e quadriciclos, sendo um emergencial, no km 31, e os oficiais no km 76 e no km 126. Haverá limite de velocidade de 150 km/h para os caminhões durante as especiais.

"O Rally dos Amigos é uma prova tão dura quanto o Sertões, seja com chuva ou com sol”, avalia Marcos Moraes, diretor-presidente da Dunas Race. "O trajeto da prova é sinuoso, dentro de uma área de reflorestamento de eucaliptos, com piso arenoso e passagens de nível, o que exige demais dos participantes e dos veículos”, detalha o organizador, que também participa da prova como piloto.
O Rally dos Amigos também promovem uma ação social: serão recolhidos dos pilotos competidores 2kg de alimentos não perecíveis, que serão destinados ao Fundo da Solidariedade de Itatinga.

Confira a programação do Rally dos Amigos 2009:

Data: 04 e 05 de dezembro de 2009
Local: Itatinga (SP)

04/12 – sexta-feira
15:00 – 20:30 - Secretaria de Prova (Credenciamento e retirada dos adesivos)
16:00 – 20:30 - Vistoria CBM - Motos e Quadricíclos
Vistoria CBA - Carros e Caminhões
16:00 hs - Apresentação T1
16:30 hs - Apresentação T2
17:30 hs - Apresentação Production Brasil
18:30 hs - Apresentação CAMINHÃO

05/12 – sábado
7:00 – 8:30 - Secretaria de Prova (Credenciamento e retirada dos adesivos)
7:00 – 8:00 - Vistoria CBM – Motos e Quadricíclos
8:00 – Briefing - Motos e Quadriciclos
8:01 – 8:30 - Vistoria CBM – Motos e Quadricíclos (com multa)
7:30 – 8:30 – Apresentação 2ª Vistoria CBA – Carros e Caminhões
9:00 – Briefing - Carros e Caminhões
10:00 - Apresentação Vistoria CBA – Carros e Caminhões (com multa – 3 UPs)

Previsão de Largada - Motos e Quadris
9:00 – Largada da Cidade
9:30 – Largada da Especial
Previsão de Chegada: a partir das 12:30

Previsão de Largada – Carros e Caminhões
11:30 – Largada da Cidade
12:00 – Largada da Especial
Previsão de Chegada: a partir das 15:30

Premiação
16:00 – Motos e Quadriciclos
18:00 – Carros e Caminhões

Locais e endereços:

Área de Box, Vistoria, Secretaria de Prova, Briefing e Largada:
Ginásio de Esportes de Itatinga - R. Pedro de Toledo, 1333
Almoço de Premiação
Hotel Fazenda Itatinga – R. Estrada Vicinal Itatinga-Angatuba, Km 12

Diretoria de Turismo de Itatinga

Avaré busca talentos esportivos com o projeto "Novos Talentos"

Em busca de melhorias para o esporte avareense a Secretaria Municipal de Esportes através do Coordenador Técnico Nenê Rocha traz pra Avaré o Projeto “Novos Talentos”.

Este projeto visa em um trabalho a médio e longo prazo, ou seja, de descobrir novos talentos ao futebol brasileiro e revelar dentro da cidade esses atletas.

A princípio o projeto iniciará com atletas na faixa etária de 11 a 16 anos, nascidos nos anos de 1993, 1994, 1995, 1996, 1997 e 1998.

Entre o mês de novembro e  dezembro serão feitas avaliações desses jogadores.

Desde  quinta-feira, 19, vem sendo realizado o projeto no campo São Pedro no setor 1 o qual abrange o Jardim Brasil, Sta. Elizabeth, Jardim Paraíso, Jardim Tropical, Bairro São Pedro e parte do Bairro Bonsucesso.

As avaliações já aconteceram nessa quinta e sexta-feira a partir das 15h30 e nesse sábado, 21, a partir das 10h da manhã.

Na próxima semana será o setor 2, provavelmente com avaliações no campo da Ferroviária ou Fluminense nos mesmos dias e horários.

O projeto é dividido em duas partes, o de alto rendimento e o trabalho social o qual pretende-se  trabalhar numa média de 150  a 200 meninos.

Escolas dentro desses bairros foram visitadas pelo Professor Wander coordenador do projeto para convidar  os garotos para participarem dos testes.

Existe um grande interesse do XV de Jaú através de seu Presidente Sr. José Construtor em ter um núcleo do clube aqui em Avaré.

Segundo Nenê Rocha, este projeto vem de encontro com o anseio da população e garante que será um dos grandes projetos esportivos das últimas décadas, o qual investirá toda sua experiência profissional  em prol do projeto e lembra ainda que não trará nenhum ônus para a Prefeitura da Estância Turística de Avaré, além é claro das estrutura para o treinamento, relatando também que nenhum atleta pagará pelo benefício.

Informações com a Secretaria Municipal de Esportes pelo telefone: 3732-0756


Secretaria Municipal de Esportes de Avaré

Bauru vacina contra a febre amarela no Shopping e Calçadão

Nesta quarta-feira (25/11), as doses da vacina contra a febre amarela serão disponibilizadas pelas equipes do Departamento de Saúde Coletiva, da Secretaria Municipal de Saúde, na quadra 05 do Calçadão da rua Batista de Carvalho, das 9h às 11h30, e no Piso 2 do Bauru Shopping, próximo ao acesso à Praça de Alimentação, das 14h30 às 18h30.

O DSC alerta a população que é importante a aplicação da vacina como medida preventiva à doença, devido à aproximação do período de férias, quando muitas famílias procuram diversas regiões do país para suas viagens. As doses devem ser aplicadas com 10 dias de antecedência à data da viagem, para que ocorra o efeito necessário de imunização. E apesar de Bauru nunca ter registrado casos de febre amarela na cidade, a região do município é considerada de risco, informou a Vigilância Epidemiológica de Bauru.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, através do Departamento de Saúde Coletiva, mais de 4.000 doses da vacina foram aplicadas contra a Febre Amarela em Bauru, desde o dia 26 de outubro. A iniciativa faz parte do Trabalho de Intensificação de Vacinação contra a doença, conforme determinação da Secretaria de Saúde do Estado.

As doses da vacina contra a febre amarela também estão disponíveis em todas as Unidades Básicas de Saúde, dentro do horário de atendimento de cada uma delas, na maioria das 8h às 17h.

O Bauru Shopping fica na rua Henrique Savi, 15-55.

VACINA CONTRA FEBRE AMARELA

A vacina será liberada a todos aqueles com idade a partir de 09 meses e que não tenham recebido a dose antes de um prazo de 10 anos. As pessoas que apresentarem doenças agudas febris moderadas ou graves deverão adiar a vacinação até a resolução do quadro.

O DSC também alerta que a vacina é contra-indicada para as pessoas que se apresentem nas seguintes condições:

    * Com Imunodeficiência congênita ou adquirida (imunodeficiência grave associada à infecção pelo HIV), transplantados, imunodepressão secundária a neoplasia, quimioterapia, radioterapia, corticoterapia (doses maiores ou iguais a 2mg/Kg/dia de prednisona ou equivalente, para crianças e maiores ou iguais a 20mg/dia, para adultos, por um período maior que 14 dias);
    * Indivíduos soropositivos para HIV e que se desloquem para áreas de risco de transmissão de febre amarela deve ser indicada a vacinação levando-se em conta a contagem de CD4 e carga viral, devendo ser avaliado cada caso;
    * Indivíduos que possuam histórico de reação anafilática relacionada a ovo de galinha e seus derivados;
    * Gestantes em qualquer fase constitui contra-indicação relativa, devendo ser avaliado cada caso.

De acordo com o Ministério da Saúde, no Brasil, a série histórica de Febre Amarela no período entre 1982 a 2009 evidencia um número anual muito variável de casos, observando-se surtos intercalados com anos de transmissão esporádica.

No período de fevereiro a abril de 2009, na região sudoeste do Estado de São Paulo, foram confirmados 28 casos humanos e 11 óbitos, por febre amarela, segundo a Secretaria de Saúde do Estado.

Em Bauru nunca houve registro de febre amarela, informou a Divisão de Vigilância Epidemiológica, da Secretaria Municipal de Saúde.

Site da Prefeitura Municipal de Bauru

Circênico é aprovado como Ponto de Cultura em Jaú

O Instituto Circênico de Promoção Cultural e Artística foi contemplado pelo edital “Pontos de Cultura” do Governo Federal / MinC em Parceria com a Secretaria de Cultura do Estado. Foram mais de 3.000 inscritos em todo o estado de São Paulo e somente 300 Pontos selecionados.

O Projeto apresentado pela Instituição recebeu o nome de “Lona Lúdica” e proporcionará diversas atividades culturais para a população de Jaú como: oficinas, espetáculos e intervenções artísticas, todas de forma gratuita, proporcionando através de atividades lúdicas o estímulo à formação de publico e a difusão cultural na cidade de Jaú.

O Projeto Pontos de Cultura tem como objetivo fortalecer as atividades artísticas e culturais no país, além de ampliar e profissionalizar o trabalho desenvolvido por instituições que visam à produção cultural, o Instituto Circênico será um Ponto de Cultura, durante os próximos 03 anos receberá o apoio de R$ 60 mil reais por ano durante esse período, totalizando um auxilio de R$ 180 mil reais para realizar as atividades previstas pelo projeto.

O projeto Lona Lúdica foi inscrito pela ONG Instituto Circênico de Promoção Cultural e Artística e elaborado pela Secretaria de Cultura e Turismo de Jaú através da Diretoria de Artes Cênicas, coordenada pela produtora cultural Carolina Panini.

Segundo Carolina Panini, Diretora de Artes Cênicas da Secretaria de Cultura, e coordenadora do projeto, “agora o Circênico vai apresentar os documentos para conveniar e deve desenvolver o projeto em 2010. Eu estou feliz com a aprovação é uma prova de que o panorama das artes de Jaú têm muito para crescer”

A partir do próximo ano as atividades do “Lona Lúdica” começam a percorrer a cidade tendo em vista atender nos próximos três anos aproximadamente 50 mil pessoas entre todas as atividades.

Segundo o Prefeito Municipal “é uma benção, pois o Circênico é uma referência das artes cênicas em nossa cidade“. Em 2010 a Secretaria de Cultura vai abrir inscrições para a Oficina de Elaboração de Projetos Culturais, visando buscar recursos para a cultura local e capacitar os agentes culturais.


Informações:
Circênico / Fernando Milani: 9112-3657
Secretaria de Cultura / Diretoria de Cênicas: 8814-6953 – 3602-4777
www.culturajau.com.br

Site da Municipal de Jaú

Parque do Rio Jahu será palco da abertura da Virada Esportiva

Após obter sucesso total na cidade de Vinhedo, o mega Projeto de educação esportiva já realizado no interior de São Paulo, vai beneficiar os moradores de Jahu que receberão, neste final de semana 28 e 29/11, a Virada Esportiva do Interior.

Desta vez a bela Jahu, a 299 km da capital, com cerca de 135 mil habitantes, vai receber pela segunda vez, a partir do meio-dia de sábado (28), até o meio-dia de domingo (29), 24 horas ininterruptas de muito esporte, lazer e recreação, distribuídos em diversos locais públicos e privados.

A abertura e o encerramento do evento, serão realizados no “PARQUE DO RIO  JAHU”, local que abrigará também, as principais atividades da Virada como brinquedos infláveis, jogos de baralho, dominó, esportes coletivos, entre outros desafios. Todas as atividades serão monitoradas por instrutores que estarão à disposição para atender a toda população. Todas as atividades serão gratuitas.

A Virada Esportiva do Interior é uma iniciativa do Governo do Estado de São Paulo, através da Secretaria de Esporte, Lazer e Turismo - SELT, com organização da  União das Federações Esportivas do Estado de São Paulo – UFEESP e apoio da Prefeitura de Jahu,que tem como principio a inclusão social, a conscientização e a mobilização da população para a importância da prática esportiva, além de estimular e envolver o maior número de pessoas sedentárias na cultura e na prática do   esporte.

Acesse o site www.viradaesportivadointerior.com.br, confira a programação  completa do evento, monte seu próprio roteiro de participação e conheça mais de perto o que já rolou nas edições anteriores da Virada Esportiva do Interior.

Site da Municipal de Jaú

Fundo Social recebe doação de 310 quilos de alimentos

O Fundo Social da Solidariedade [FSS] recebeu na última semana 310 quilos de alimentos doados pela Igreja Evangélica Assembléia de Deus – Ministério Ipiranga. A doação, arrecadada por meio de show artístico na Praça Paratodos, foi feita pelas mãos do Pastor Presidente José Rodrigues de Araújo

O grande número de famílias necessitadas na cidade incentivou a doação ao Fundo Social. “Há muitas famílias carentes nessa cidade. Tudo o que a gente faz por elas ainda é pouco. E não podemos olhar apenas para os membros da Igreja, temos uma responsabilidade social e isso é gratificante”, diz o Pastor, que atende entre 15 e 20 famílias por mês com cestas básicas.

Além disso, o Pastor comenta a importância do FSS. “[O Fundo Social] é um apoio muito grande para a sociedade, não tem como imaginar a sociedade carente sem uma organização como essa para atendê-la. É importante que todos possam trabalhar junto ao Fundo Social”, conclui. A presidente do Fundo Social, Rachel Cury, confirma “Famílias em situação de emergência procuram o Fundo Social”.

De acordo com o Pastor, os alimentos foram arrecadados em apresentação feita pela Orquestra Filarmônica Ebenezer, atualmente com 60 integrantes, sendo 18 violinistas, na Praça Paratodos. “E até 2010 queremos contar com 100 figuras”, projeta.

Da subsecretaria Municipal de comunicação e Informação

EMA recebe nota 9,6 dos professores da rede

As trilhas educativas da Escola do Meio Ambiente receberam pontuação média de 9,6 após avaliação feita pelos professores da rede municipal de ensino.

Ao todo, os educadores tiveram que responder 14 questionários para avaliar a Trilha da Biodiversidade, realizada com os alunos do 7° ano do Ensino Fundamental II da Rede Municipal de Ensino de Botucatu.

Em 100% dos questionários respondidos os professores afirmaram que a maneira como os assuntos foram abordados estava adequada à faixa etária dos alunos.
Alguns enfatizaram a inovação da trilha com o uso dos sentidos, a experiência prática e o dinamismo para envolver os alunos.

Os professores também afirmaram, em 100% dos questionários, que as vivências oferecidas são interessantes para os alunos, pois os levam a repensar atitudes e valores, além de contemplarem e vivenciarem a natureza.

Da subsecretaria Municipal de comunicação e Informação

Academia Paulista de Letras comemora 100 anos

Nesta quinta-feira, dia 26 de novembro, às 18h30, a Academia Paulista de Letras comemora 100 anos, no Teatro do CIEE. Durante todo o ano de 2009 a entidade recebeu homenagens de diversas personalidades e associações, além de ter lançado o livro do centenário de autoria do presidente da Academia, José Renato Nalini, e do fotógrafo Marcio Scavone.

O evento desta quinta-feira terá início com o hino nacional brasileiro, pelo Coral Madrigal Sempre En Canto, com regência da maestrina Regina Kinjo. Em seguida, pronunciamentos de Ruy Martins Altenfelder Silva, presidente da Academia Paulista de Letras Jurídicas e do Conselho de Administração do CIEE; Cícero Sandroni, presidente da Academia Brasileira de Letras; Luiz Gonzaga Bertelli, presidente da Academia Paulista de História e presidente executivo do CIEE; José Renato Nalini, presidente da Academia Paulista de Letras; Paulo Bomfim, decano da Academia Paulista de Letras. Por fim, haverá apresentação de concerto musical, regido pelo maestro João Carlos Martins. Após o evento, será oferecido coquetel de confraternização no Foyer do Espaço Sociocultural, no teatro CIEE.

O Teatro CIEE fica na Rua Tabapuã, 445 – Itaim Bibi – São Paulo.

As inscrições podem ser feitas gratuitamente pelos telefones (11) 3040-6541 / 3040-6542

Vereadores de Botucatu pedem que comércio adeque acesso a deficientes

Na última sessão da Câmara Municipal, foi aprovado um requerimento de autoria dos vereadores Carlos Trigo (PT) e fontão (PSDB), que solicita a entidades representativas do Comércio Botucatuense, a possibilidade de, conjuntamente, envidarem esforços junto ao proprietários lojistas de nosso município, objetivando que estes adequem as instalações de seus estabelecimentos comerciais visando permitir total acessibilidade externa e interna às pessoas com deficiência, sobretudo cadeirantes, deficientes visuais e pessoas com mobilidade reduzida.

Os vereadores também solicitam saber sobre a possibilidade de também instituírem o "Selo Comércio Amigo das Pessoas com Deficiência", a ser entregue às lojas botucatuenses que se adequarem às citadas condições de acessibilidade. “Em nosso município é expressivo o número de pessoas que utilizam cadeira de rodas ou que apresentam dificuldades de locomoção.

Em geral, os estabelecimentos comerciais e de prestação de serviços instalados em nosso município não oferecem a esses munícipes condições satisfatórias de acessibilidade externa e interna, uma vez que, dentro da maioria das lojas e outros tipos de estabelecimentos, mudanças muitas vezes relativamente simples não são realizadas, como o alargamento de portas e corredores, instalação de provadores para cadeirantes, adaptação de banheiros e a substituição de degraus por rampas, entre outros dispositivos que visam possibilitar o acesso e favorecer a inclusão de consumidores com deficiência e de pessoas com mobilidade reduzida. O mobiliário da maior parte das lojas de nosso município não é adequado aos cadeirantes, dificultando muitas vezes o acesso aos produtos comercializados e aos serviços oferecidos, já que é comum observar a presença de produtos fora do alcance das pessoas com deficiência, bem como a ausência de balcões em dois níveis, a fim de que um deles esteja na altura de uma pessoa numa cadeira de rodas. É necessário que as lojas se adequem a essa camada da população e, por isso, peço ajuda ao subsecretário de comércio e entidades representativas do comércio como ACE/CDL nessa questão”, informam Trigo e Fontão.

O requerimento dos parlamentares do PT e PSDB é direcionado ao Secretário Adjunto do Comércio e Serviços, Antônio Carlos Stein, e ao Presidente da CDL - Câmara de Dirigentes Lojistas de Botucatu, Antônio Cecílio Jr.

Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal de Botucatu


Hemocentro de Botucatu promove atividades culturais e ecumênica para comemorar Dia do Doador

O Hemocentro do Hospital das Clínicas, vinculado à Faculdade de Medicina de Botucatu/Unesp (FMB) preparou diversas atividades para comemorar o Dia do Doador, nesta quarta-feira, 25 de novembro. Será realizada, na Praça do Doador – localizada nas dependências do Hemocentro - uma celebração ecumênica, além de apresentações culturais. As atividades terão início às 9 horas e seguem até o período da tarde.

Aparecida Franco, assistente social do Hemocentro, explica que toda a programação é voltada aos doadores, que ao longo do ano dedicam parte de sua vida a ajudar o próximo. “É uma forma de agradecer a todos pelo apoio e dedicação. Será um dia de festa, mas todos estão convidados para aproveitarem e fazerem sua doação”, frisa.

Atualmente, é necessário atender, em média, 70 doadores por dia – o que resulta em 1.500 bolsas/mês. Para atingir esse número, a unidade conta com a colaboração de voluntários vindos de diversos municípios da região. “Mesmo as cidades onde realizamos a coleta, é importante que nos enviem doadores nos intervalos entre uma campanha e outra”, ressalta Aparecida.

Uma das grandes dificuldades enfrentadas pelo Hemocentro do HC é a baixa qualidade do sangue captado fora de suas instalações. Para se ter os parâmetros mínimos necessários, conforme estudos científicos vigentes, para a obtenção de todos os componentes do sangue utilizáveis para transfusão, o processamento do material deve ocorrer imediatamente após a coleta, já que fatores de coagulação são sensíveis à temperatura e as plaquetas necessitam de acondicionamento sob agitação contínua. Caso contrário, componentes como plasma e concentrado de plaquetas não podem ser aproveitados.

Quando a coleta de sangue é feita em um setor de coleta, dentro do Serviço de Hemoterapia (Hemocentro ou próximo dele, desde que o procedimento inicie-se no máximo três horas após a coleta), um doador pode favorecer, no mínimo, três pacientes adultos (ou até 20 crianças). Da mesma forma, as plaquetas têm validade de apenas cinco dias após a coleta. Não aproveitá-las – no caso das coletas externas – significa um déficit permanente de mais de 70% da demanda. “Por esses motivos é que sempre pedimos para os doadores virem até o Hemocentro, para que possamos dar a assistência adequada a eles e aproveitar melhor a doação, minimizando a necessidade de cancelamento de cirurgias e/ou os riscos aos pacientes graves por falta de transfusão”, coloca a assistente social.

O horário de funcionamento do Hemocentro do HC é de segunda-feira à sexta-feira, das 8 às 16h30. Aos sábados, das 7 às 13 horas. Doadores de todas as tipagens sanguíneas são bem vindos.

Unesp/Faculdade de Medicina/Botucatu e Hospital das Clínicas / Assessoria de Comunicação e Imprensa

Mais de 46% dos doadores de sangue do Hemonúcleo Regional de Jaú tem entre 18 e 29 anos

Na próxima quarta-feira, 25 de novembro, é comemorado em todo território nacional o Dia do Doador de Sangue. A data, utilizada para parabenizar àqueles que contribuem para salvar vidas, também vem com um apelo: as doações precisam aumentar. Números do Hemonúcleo Regional de Jaú apontam que quase mil pessoas deixaram de colaborar em 2009. Enquanto a quantidade de doadores cai, outro dado relevante aparece. Cada vez mais jovens estão sensibilizados com a causa. 

A avaliação, que utilizou dados de janeiro a outubro deste ano, mostra que 8.601 dos 18.741 candidatos triados tinham entre 18 a 29 anos. O número representa 46% do total de doações. Na sequência, pessoas de 30 a 39 anos (25%), 40 a 49 anos (19%), 50 a 59 anos (9,2%) e de 60 a 65 anos (0,8%). “A população mais jovem tem realmente nos ajudado bastante. Eles têm consciência que podem fazer algo pelo próximo. E o número de doadores jovens tem aumentado a cada dia”, diz Francisco Martins da Costa Filho, coordenador técnico do Hemonúcleo.
Número de doadores cai; população mais jovem é a mais sensível à causa
Dos candidatos triados em 2009,  14.617 estavam aptos a contribuir.  As principais causas das 4.121 recusas foram anemia para doação de sangue, uso de medicamentos, pressão arterial baixa ou alta e infecções causadas por vírus (viroses).  Ao todo, foram 14.082 doações de sangue e 535 de plaquetas.

De acordo com Francisco, o Hemonúcleo recebe diariamente cerca de 30 doadores, metade do que o estoque necessita. Cerca de 50% do estoque é mantido por doações internas, ou seja, de pessoas que se deslocam até o local para contribuir. Os outros 50%, por meio de campanhas na região. O Hemonúcleo trabalha e depende exclusivamente de doações voluntárias de sangue (conforme previsto em lei).

Nove municípios da região e 10 hospitais, além dos pacientes do Hospital Amaral Carvalho, onde o serviço está localizado, são atendidos pelo Hemonúcleo Regional de Jaú. Mensalmente, 1.600 bolsas de sangue são doadas. Segundo Francisco, esse número precisa aumentar. “Nós necessitamos de aproximadamente 2 mil bolsas por mês. Só então estaríamos perto do ideal”, afirma.

A meta é conseguir mais pessoas para serem os chamados "doadores voluntários de repetição". Sessenta por cento dos doadores do Hemonúcleo de Jaú são doadores de repetição. Já os 40% restantes são estimulados pela necessidade, ou seja, só doam quando alguém da família ou conhecido necessita do sangue e o banco precisa de reposição. “No Brasil esse é o tipo de doador que mais temos, diferente dos da região de Jaú, que encaram a doação  como um dever, um ato de solidariedade, de fraternidade e cidadania”, avalia Francisco.

O Hemonúcleo Regional de Jaú funciona como um centro de captação, onde o sangue é fracionado e aproveitado em sua totalidade. Posteriormente, é distribuído para a região e encaminhado ao próprio Amaral, que devido ao tratamento do câncer e transplantes de medula óssea é um dos locais que mais necessita de sangue e seus derivados.

Seja um doador
Para quem ainda tem dúvidas quanto à doação, o procedimento é simples e seguro. E não existe somente um, mas três motivos para ser voluntário: com uma única doação, é possível salvar até três vidas.

“Admiro, respeito e tenho grande carinho por quem doa sangue. Doar é um dom, e peço para quem tem esse dom que continue a colaborar. Uma pessoa que doa um pedaço de si é alguém que ama, porque doação é amor. Ela não está beneficiando apenas um paciente, mas toda uma família envolvida no sofrimento. Deus a retribuirá, com certeza, porque esta ação não tem preço”, conclui Francisco.

Para doar sangue é necessário:

* Não estar em jejum.
* Não estar tomando medicamentos.
* Ter idade entre 18 e 65 anos (as pessoas com mais de 60 anos podem doar 2 vezes ao ano).
* Ter peso acima de 50kg.
* Não ser portador de Hepatite, Chagas ou HIV.
* Não ter vida sexual promíscua.
* Não ter tido convulsões.
* Não ser usuário de drogas.
* Não ter feito tatuagem recentemente.

O doador de sangue...
... não corre nenhum risco de contaminação ao doar sangue. Todo o material utilizado está dentro de um rigoroso padrão de qualidade elaborado pelo Ministério da Saúde e órgãos internacionais, levando sempre em conta a saúde do doador e do receptor. Além disso, o Hemonúcleo Regional de Jaú conta com profissionais altamente treinados e instalações confortáveis para atender da melhor forma possível.

* A doação de sangue é um processo seguro, rápido (dura cerca de 15 minutos), não obriga a outras doações, não aumenta a pressão sangüínea, não engrossa o sangue.


Hemonúcleo Regional de Jaú

Unesp promove 16ª corrida “Volta ao Campus”

Reunindo alunos, docentes e servidores técnico-administrativos das quatro unidades da Unesp de Botucatu será realizada, dia 26 de novembro, no campus de Rubião Júnior, a 16ª edição da tradicional corrida “Volta ao Campus”. A largada será às 12h30, em frente à Biblioteca do Campus.

As inscrições se encerram dia 25 de novembro e devem ser feitas pessoalmente na AG (Administração Geral) do Campus, com Leonel. As vagas são limitadas em 150 participantes.

Os concorrentes disputarão nas categorias categorias: masculino e feminino acima e abaixo de 40 anos. Serão premiados com troféus do 1º ao 5º colocado, interunidade (a unidade melhor colocada) e intercurso (o curso com desempenho mais eficaz). Além da comunidade da Faculdade de Medicina, estão convidados os públicos acadêmicos da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ), Faculdade de Ciências Agronômicas (FCA) e Instituto de Biociências (IB).

A apoio é do GAC (Grupo Administrativo do Campus) e das vice-diretoras das unidades, com patrocínio de empresas locais.

Assessoria de Comunicação e Imprensa da FMB e HC/Unesp