outubro 23, 2009

Vereadores cassados aguardarão julgamento de recursos com mandatos

Da Agência Brasil

Os 13 vereadores de São Paulo que foram cassados pela Justiça Eleitoral e tornados inelegíveis por três anos vão aguardar o julgamento dos seus recursos sem perder o mandato. O juiz  Aloisio Sérgio Rezende, da 1ª Zona Eleitoral, concedeu na noite de ontem (23) o efeito suspensivo para a decisão de cassação do mandato do vereador Ricardo Teixeira (PSDB). Ele era o último que ainda não tinha obtido a concessão. Um suplente, que foi tornado inelegível, também teve a pena suspensa até o julgamento.

De acordo com o promotor do caso, Maurício Antonio Ribeiro Lopes, da 1ª Zona Eleitoral de São Paulo, o julgamento dos recursos no TRE deverá ocorrer nos próximos dias. O TRE é a última instância para esse tipo de ação.

A decisão da Justiça contra os 13 vereadores e um suplente considerou a acusação deles terem recebido doações da Associação Imobiliária Brasileira (AIB) acima do limite previsto pela lei eleitoral. O promotor já moveu uma ação contra mais 17 vereadores pela mesma razão e espera o julgamento em primeira instância.


Belém: menores filmam cenas de sexo em banheiro e postam no Youtube

O vídeo de sexo entre dois alunos, de um colégio de Belém, foi parar na internet ontem (22 de outubro) e ainda causa constrangimento e confusão entre os pais, direção da escola e demais alunos.

As cenas foram filmadas por um terceiro estudante, no vestiário da quadra de esportes. Todos os envolvidos no caso são menores de idade, com idade abaixo de 16 anos.

Em entrevista as emissoras de televisão, sites e jornais, pais de alunos se mostram preocupados e afirmam que a situação pode se repetir, com repercussão ainda maior, em outras escolas.

A relação carnal acabou se tornou pública após ser postado em um dos principais sites de vídeos da internet, o Youtube. O site retirou as imagens do ar logo após constatar, que as mesmas, infligiam seu regulamento. Entretanto, circularam nos celulares dos estudantes.

A primeira medida adotada pelo colégio foi conscientizar os estudantes a respeito das consequências que a divulgação deste vídeo pode trazer.Os três alunos, dois meninos e uma menina, foram afastados.

O caso está aos cuidados da Delegacia do Adolescente, e a investigação corre em sigilo








Devolução de cheques sem fundos é a menor dos últimos 12 meses

Da Agência Brasil

As devoluções de cheques por falta de saldo na conta corrente atingiram 1,94%, em setembro. A taxa está 8,4% acima da registrada em igual período do ano passado (1,79%), mas é a menor desde outubro de 2008 , quando os bancos devolveram 2,01 cheques a cada cem emissões. Os dados são da Serasa Experian .

De acordo com o levantamento, no acumulado de janeiro a setembro sobre o mesmo período do ano passado, os cheques sem fundos aumentaram 13,8% , com 20.504.156 documentos devolvidos em um total de 924.954.604 compensações. Na comparação setembro e agosto, houve queda de 1% na inadimplência.

O gerente de Indicadores do Mercado da Serasa, Luiz Rabi, atribui a melhora nas condições de pagamento à recuperação do mercado de trabalho que vem sendo registrada nos últimos meses com a gradual recuperação da economia. Ele observou que o resultado indica que o país está voltando a mesma situação que tinha antes da deflagração da crise financeira internacional, deflagrada em setembro do ano passado.

“Ainda não voltamos integralmente ao ambiente anterior à crise, já que o risco de inadimplência está maior, mas a tendência é caminharmos para uma melhoria”.

Na lista que indica a situação por estados, no período acumulado do ano as localidades do Norte e Nordeste ocupam o topo da lista de inadimplência. O Amapá lidera as devoluções, com 9,62%, seguido pelo Maranhão (9,41%), Acre (9%), Roraima (8,66%), Sergipe ( 8,03%) e Tocantins (6,48%).

Em sentido inverso, estão os estados do Sul e Sudeste. A menor inadimplência foi constada em São Paulo (1,72%). Em seguida aparecem o Rio de Janeiro (1,79%), Santa Catarina (1,93%) , Paraná (2,02% e Minas Gerais (2,08%).

Unesp realiza Simpósio Internacional de Nutrição e Saúde de Peixes

A terceira edição do Simpósio Internacional de Nutrição e Saúde de Peixes, promovido pela Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da Unesp e pelo grupo de pesquisa AquaNutri, acontece de 4 a 6 de novembro, no auditório da Faculdade de Ciências Agronômicas, na Fazenda Experimental Lageado, em Botucatu.

O evento vai permitir a reflexão sobre temas importantes para o setor. A palestra de abertura será “O Ministério da Pesca e Aquicultura (MPA) no fomento à ciência e à tecnologia”, apresentada por Eric Routgledge, representante do MPA.

O professor José Possebon Cyrino, da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq), da Universidade de São Paulo (USP), apresentará a palestra “Pesquisa em nutrição e desenvolvimento da aquicultura no Brasil”. A pesquisadora Dominique Bureau, da Universidade Guelph (Canadá) vai falar sobre “Modelos nutricionais dirigidos a desafios atuais da aquicultura”.

O professor da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto (Portugal) Aires Manuel Oliva Teles vai proferir a palestra “Estratégias nutricionais para a saúde e bem-estar de peixes de aquicultura”. Outro convidado internacional, Jeffrey Terhune, da Universidade Auburn (Estados Unidos), tratará de “Abordagens holísticas para limitar os impactos das doenças na produção da aquicultura e na sustentabilidade econômica”.

Fabiana Pilarski, do campus de Jaboticabal da Unesp, apresentará a palestra “Principais enfermidades diagnosticadas no Estado de São Paulo: profilaxia ou tratamento?” e André Luiz Camargo, da Associação Nacional de Piscicultura em Águas Públicas (Anpap), vai proferir a palestra “Nutrição de organismos aquáticos dentro do conceito de cadeia produtiva do aquanegócio no Brasil”.

Cada uma das palestras será seguida por debates com a participação do público. Durante o evento também acontecerão apresentações orais de trabalhos de pesquisa.

O Simpósio Internacional de Nutrição e Saúde de Peixes conta com o apoio da Fundação de Estudos e Pesquisas Agrícolas e Florestais (Fepaf), Capes, Ministério da Pesca e Aqüicultura, Conselho Regional de Medicina Veterinária, Fapesp e Sindirações.

ASSESSORIA DE IMPRENSA - Faculdade de Ciências Agronômicas da Unesp de Botucatu - FCA / Fundação de Estudos e Pesquisas Agrícolas e Florestais - FEPAF


CCI do Lageado será premiado pelo Selo Aqui se Brinca 2009

Nesta terça, dia 27 de outubro, às 18h30, o Centro de Convivência Infantil do Lageado receberá no CityBank Hall, em São Paulo, o Selo Aqui se Brinca. Trata-se de um selo de qualidade, lançado pela marca OMO em parceria com o Instituto Sidarta, que reconhece e premia as escolas que possuem as melhores práticas do brincar.

Lançado em 2008, o Selo tem por objetivo difundir a importância do brincar em espaços escolares e estimular o debate na sociedade sobre a defesa do direito à infância. A iniciativa procura ser um instrumento efetivo de troca de conhecimentos e de boas experiências do brincar entre as instituições de ensino Infantil e Fundamental I.

O processo de seleção do qual o CCI participou teve várias etapas. A princípio, houve o preenchimento de um extenso questionário sobre estrutura, funcionamento e prática pedagógica da escola, além de suas concepções sobre o brincar, a infância e o meio ambiente. Posteriormente, foi solicitado o envio de um vídeo de 10 minutos e 20 fotos sobre a prática do brincar e o cotidiano da creche. Em um terceiro momento, um representante do Selo esteve no CCI realizando entrevista e checando os dados enviados pela escola. Esta semana, foi feita no CCI a gravação de um vídeo que será utilizado na premiação por uma produtora contratada pelo Selo.

O CCI do Lageado foi selecionado entre escolas do Estado de São Paulo e hoje integra um grupo de 35 que receberão o Selo Aqui se Brinca. As cinco escolas com as melhores práticas do brincar serão premiadas com Parques Modulares e as 30 escolas seguintes com um brinquedo especialmente desenvolvido pela marca OMO para potencializar a experiência do brincar. “Estamos com grande expectativa, pois sabemos da qualidade das atividades desenvolvidas no CCI”, coloca Sueleni de Oliveira Villas-Bôas, supervisora do Centro de Convivência Infantil do Lageado. Em Botucatu, além do CCI, a escola do Meio Ambiente também foi selecionada pelo Selo.

O Selo Aqui se Brinca acredita que a escola é um espaço fundamental para o brincar. É lá que a criança tem a oportunidade de conviver com outras crianças, fora do contexto familiar, e onde permanece grande parte do dia. Portanto, é na escola que o brincar de qualidade pode e deve ser incentivado como forma de permitir que a aprendizagem esteja presente na experiência vivida pela criança. Para a organização do Selo, brincar é a atividade mais completa de aprendizagem da infância e a linguagem primordial da criança.



Receita Federal inicia operação de combate a contrabando em Foz do Iguaçu

Da Agência Brasil

A Receita Federal realiza, a partir de hoje (23) à tarde, a Operação Advento na Tríplice Fronteira, visando combater a entrada de produtos contrabandeados no país. Segundo o secretário da Receita Federal, Otacílio Cartaxo, esta é uma das maiores operações realizadas pela Receita, justificada pelo fato de, nas semanas que antecedem o fim do ano, aumentar “o descaminho e o contrabando de mercadorias, inclusive de armamentos e drogas”.

“Nosso foco principal está na região de Foz do Iguaçu, mas vai abranger, também, outros pontos de fronteiras da região e estradas utilizadas para comércio irregular”, informou o secretário.

Foz do Iguaçu é a maior porta de entrada de produtos contrabandeados no Brasil. Segundo o subsecretário de Aduana e Relações Internacionais, Fausto Vieira Coutinho, cerca de 40% do contrabando por via terrestre têm como origem essa região.

Em 2009, somente em Foz do Iguaçu, já foram apreendidos US$ 63,096 milhões em mercadorias contrabandeadas. A Receita estima que, até o fim do ano, este valor suba para US$ 84,129 milhões.

"Há ainda o fator crise, que tende a aumentar o contrabando, uma vez que tentam escoar os produtos que, em decorrência dos efeitos da crise, não foram consumidos em seus países de origem", acrescentou Cartaxo lembrando que, em todo país, o valor de mercadorias apreendidas este ano, até agosto, foi de R$ 880,256 milhões.

Ao todo, 308 servidores da Receita participarão da operação, que contará com o auxílio de dois helicópteros, a serem utilizados no monitoramento e no planejamento de ações.

Segundo o secretário, os helicópteros não são blindados. “São apenas de investigação, mas são bastante equipados e  possuem câmeras infravermelhas, visor noturno, radar para localizar embarcações.”

O secretário aproveitou a oportunidade para anunciar que, na próxima semana, assinará o termo de execução relativo a um convênio firmado, em abril, com a Polícia Federal.

“Isso vai institucionalizar parcerias que já existiam entre as duas entidades. Ele vai definir os papéis de cada órgão, além de institucionalizar outras operações conjuntas e, também, a capacitação de servidores”, informou o secretário. A previsão é de que cerca de 20 operações conjuntas sejam realizadas em 2010.

Outra medida que foi anunciada pelo secretário é o Projeto de Valorização das Fronteiras, que prevê investimento em recursos materiais e humanos da Receita Federal. “Queremos aparelhar a infraestrutura das unidades regionais das fronteiras, visando melhores condições para o desempenho do controle aduaneiro e valorizar os servidores que lá estão lotados, com vantagens financeiras”, disse Cartaxo.

O secretário disse que com o concurso público que será realizado em dezembro, a Receita terá mais 450 auditores e 750 analistas. Os novos servidores serão distribuídos prioritariamente para a área aduaneira.



Auditório Angelino de Oliveira recebe final de Show de Talentos da Rádio PRF-8

Amanhã, sábado dia 24 de outubro, acontece na Rádio Emissora de Botucatu PRF-8, a final do 1º Show Infanto- Juvenil Musical (SIM), no auditório Angelino de Oliveira, na Rua Marechal Deodoro, nº 436, a partir das 14 horas.

O programa, tem como proposta resgatar a tradição dos programas de auditório com a transmissão ao vivo dos concorrentes mirins.

As eliminatórias que aconteceram durante todo o mês, em programas transmitidos aos sábados. Os participantes são estudantes da rede pública de ensino, que foram selecionados entre as escolas participantes.

Confira os vencedores da eliminatório, realizada no dia 10 de outubro

 • Wesley Tavares de Almeida Vicente - Escola Estadual Jardim Peabiru - Vocal 7º ano;
• Amanda Caroline Vieira Falcão - Centro de Aprendizagem Liceu Sapientia- Vocal 8º ano;
• Gustavo Marinho Barbosa - Sociedade Educacional Tyto Alba - 2º  Vocal - 7º Ano;
• Jordan Gabriel dos Santos - Escola Estadual Parque Residêncial 24 de Maio - Instrumental 6º ano;
• Bruno Cipelli Pellicci - Co légio La Salle - Instrumental. 6º Ano;
Vencedores da Eliminatória realizada em 17 de outubro:
• Ana Flávia Guerra - Centro de Aprendizagem Liceu Sapientia - Vocal 9º ano;
• Bianca Thayná Fumes - Centro Educacional Professor Reinaldo Anderlini - Vocal 8º ano;
• Pedro César Almeida Santos Filho - Centro Educacional Professor Reinaldo Anderlini  - Vocal 9º ano;
• Jonatas Ariel dos Santos - Escola Estadual Parque Residencial 24 de maio - Instrumental - 6º ano;
• Tobias Carvalho Cisneros - Aitiara Escola Waldorf - Instrumental. 8º ano;
• Larissa Metzler - Aitiara Escola Waldorf  - Instrumental. 7º ano.



Teatro de bonecos, de graça, hoje no Municipal

Para comemorar o cinquentenário de morte do compositor brasileiro Heitor Villa-Lobos, a Cia. Articularte desenvolveu o espetáculo de bonecos “Trenzinho Vila Lobos”, que será apresentado em Botucatu na noite de hoje, às 20h30, no Teatro Municipal Camillo Fernandez Dinucci, através do Circuito Cultural Sesi e Secretaria Municipal de Cultura. A entrada é franca, mas é necessário a retirada antecipada de ingressos.

Inspirado nas histórias de infância do músico, o espetáculo (uma proposta musical de teatro de bonecos manipulados e articulados de corpo inteiro) mostra de maneira singela essa fase da vida de um dos maiores compositores do mundo. Empinando pipa, fazendo travessuras, Tuhu, apelido que o maestro ganhou quando menino pelo seu hábito de imitar o som das locomotivas, era uma criança como outra até entrar em contato com os sons e a riqueza da música.

Na peça, Tuhu se muda com sua família do Rio de Janeiro para Minas Gerais. Em seu novo destino, o menino se envolve em aventuras, peripécias e sonhos musicais até encontrar sua verdadeira vocação.
Direção Musical: Chico Botosso



Semana do Livro e da biblioteca trabalha para a formação de leitores

Por Renato Fernandes

A programação da “Semana do Livro e da Biblioteca de Botucatu”, realizada entre os dias 19 e 30 de outubro, chega ao meio de suas atividades e, de acordo com a  diretora da biblioteca da Unesp Câmpus de Rubião Júnior, Enilze de Souza Nogueira Volpato, ações como contribuem diretamente para a formação de novos leitores.

“Segundo estatísticas da pesquisa ‘Retratos da Leitura no Brasil’, desenvolvida em 2001, o brasileiro lê em média 1,8 livros por ano. A partir desta data, uma série de ações passaram a ser realizadas para incentivar a formação de leitores. A mesma pesquisa,  em 2008, constatou que esses dados subiram para 3,4 livros por pessoa. Tivemos um aumento, mas o índice brasileiro ainda é baixo perto de outras nações. Os Estados Unidos, por exemplo, tem  média de 6 livros ao ano; na Inglaterra são 7 e na França 27”, explica.

A melhor maneira para garantir um índice mais positivo seria o desenvolvimento do hábito da leitura na infância, através da implementação das bibliotecas escolares, preparação dos profissionais, e incentivo familiar. “Os pesquisadores perguntaram às crianças os motivos que as levam a ler e como primeira resposta, na maioria dos casos, elas apontam a mãe, como grande incentivadora, em seguida, citam a professora. O exemplo do pai, ficou como terceira opção”.

Outra importante constatação, citada por Enilze, é que geralmente, pessoas que foram presenteadas com livro quando crianças, ou que cresceram vendo os pais lerem se tornaram leitores. “O hábito adquirido no lar, durante a infância interfere no futuro. Quando questionaram o brasileiro sobre o significado da leitura em suas vidas, 92% responderam que é uma forma de adquirir conhecimento, também houve um percentual que disse que se tratava de uma fonte de conhecimento para a vida toda. As pessoas sabem da importância da leitura”, coloca.

O ponto alarmante da pesquisa trata da renda dos leitores, que em sua grande maioria recebem a partir de 10 salários mínimos, possuem  formação superior ou são estudantes. “Com isso, percebemos que existe a relação entre índice de leitura, renda familiar e classe social”, constata.

Diante desse universo surge o desafio de aproximar o livro das classes com menor poder aquisitivo. A maneira encontrada por Botucatu, segundo Enilze, é a estruturação das bibliotecas escolares, possibilitando o acesso da comunidade. “Estabelecemos uma parceria (Unesp) com a Secretaria Municipal de Educação, para a implantação de um sistema de integração de bibliotecas, possibilitando que os acervos das escolas circulem. A automação integrará as bibliotecas municipais formando uma rede. O sistema é semelhante ao que temos na Unesp, onde, hoje é possível  disponibilizar o acervo de todos os campus, aos alunos e comunidade em geral”, explica.

Outra luta, que tem início na “Semana do Livro e da Biblioteca de Botucatu” é a criação de uma Lei Municipal, destinando recursos para a aquisição de livros e incentivo à formação de escritores. “Já conversamos com o vereador Reinaldinho (PR), sobre o projeto e acreditamos que ele será apresentado em breve”, disse. Enilze.

Programação do dia - Às 16 horas, a Sala Multimídia da Biblioteca da Unesp, lança a Campanha de Promoção da leitura da Coordenadoriia Geral de bibliotecas da Unesp, com apoio e participação o professor Willian Saad Hossne. Durante todo o dia, a biblioteca do câmpus contará com um performance relembrando Machado de Assis.

Também está prevista a abertura do livro interativo: “Era uma vez um menino que nunca tinha visto um livro”.
Os visitantes receberão o kit turismo “Conheça Botucatu e Região” (colaboração da Subsecretaria Municipal de Turismo).

A programação da tarde será encerrada com o show musical de MPB, do coral “Canto e Encanto”, da Faculdade de Medicina de Botucatu e Hospital das Clínicas”.

Entre às 18 e 20h30, a sala de multimídia recebe o debate “Na era da comunicação, o livro sobreviverá?”, tendo como motivação a exibição do documentário “Fahrenheit 451”. A moderação ficará à cargo do psicólogo, Sérgio Callile.




"Aventureiros do Túnel" realiza caminhada no domingo

Por Renato Fernandes

Desvendar a história e conhecer a estrutura dos dois túneis, construídos entre 1945 e 1952, pela Estrada de Ferro Sorocabana, em Botucatu, essa é a proposta do recém-formado grupo “Aventureiros do Túnel, que tem, como principal idealizador, o aposentado da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT), Antônio Carlos dos Santos.

Para atingir esse objetivo, Santos tem reunido fotografias que mostram o processo de construção dos túneis e convidado amigos para participarem de passeios, de aproximadamente 4 quilômetros, entre a antiga Estação de Embarque de passageiros da extinta Fepasa e o 1º túnel, localizado sobre a Estrada Vicinal Alcides Ferrari.

“O grupo ainda está começando, mas já fizemos alguns passeios. O próximo será no domingo (25), convidamos os interessados a estarem com a gente às 8 horas, na estação, de onde partiremos rumo ao túnel”, convida.

Para participar da caminhada é necessário levar uma lanterna, roupas apropriadas e água. “Qualquer pessoa pode participar, de criança a idoso, não existe restrições e perigos”, esclarece.

Segundo Santos, o itinerário é desenvolvido em aproximadamente 4 horas. “Saímos às 8 e retornamos antes do meio-dia. Ainda dá tempo para almoçar em casa, com a família’, esclarece.

A ideia de desenvolver as caminhadas na beira dos trilhos nasceu durante conversas com ferroviários que participaram da construção dos túneis. “Tudo começou com a dúvida quanto à extensão dos túneis, alguns ferroviários diziam 800 metros, outros 600 metros. Decidir ir até o local para tirar a dúvida e descobri que o túnel mais próxima da estação tem, 800 metros”, esclarece.

A aventura despertou a curiosidade do aposentado, que passou a se perguntar como a obra foi executada. Em busca de respostas ele procurou outros ferroviários envolvidos na construção e vem pesquisando junto ao Centro Cultural de Botucatu (CCB) registros na imprensa da época. “Assim como eu, acredito que existam muitos botucatuenses que não fazem nem ideia da existência dos túneis, e que tenha outra porção deles, que até conhecem, mas não sabem como foram construídos”, diz.

O grupo já desenvolveu três excursões ao túnel. “Poucas pessoas participaram dos passeios anteriores. Os convites foram fechados, estávamos vendo o percurso fazendo medições e analisando o trecho, agora, com o convite público, aguardo a participação de ferroviários, adultos e adolescentes, que queiram passar uma manhã de domingo diferente”, convida.

Interessados em conhecer melhor o projeto, devem procurar informações no Centro Cultural de Botucatu, na Praça XV de novembro, nº 30.


Grupo de mulheres que ajudaram os operários na construção do túnel