agosto 18, 2009

Antecipação do 13º aos beneficiários do INSS começa na próxima semana

Da Agência Brasil

A antecipação de 50% do 13º salário dos beneficiários do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) vai ser depositada a partir da próxima terça-feira (25). Segundo o Ministério da Previdência Social, a primeira parcela representa a injeção de cerca de R$ 7,9 bilhões na economia do país durante os meses de agosto e setembro.

Mais de 22 milhões de segurados irão receber a antecipação juntamente com o benefício de agosto até o dia 8 de setembro. Os beneficiários que ganham até um salário mínimo irão receber a parcela ainda este mês.

É a quarta vez que os beneficiários da Previdência Social recebem antecipadamente uma parcela da gratificação natalina. A primeira foi em 2006, após acordo firmado entre o governo e as entidades representativas de aposentados e pensionistas. O acordo prevê a antecipação do 13º até o ano de 2010.

Por lei, não têm direito ao 13º salário os seguintes benefícios: amparo previdenciário do trabalhador rural, renda mensal vitalícia, amparo assistencial ao idoso e ao deficiente, auxílio-suplementar por acidente de trabalho, pensão mensal vitalícia, abono de permanência em serviço, vantagem do servidor aposentado pela autarquia empregadora e salário-família.

Os beneficiários podem consultar o extrato mensal de pagamento na página eletrônica do Ministério da Previdência na internet.

Secretaria de Turismo estuda implantação de trem turístico

A Secretária Adjunta de Turismo, Priscila Ribas, representou Botucatu durante o 5º Seminário sobre Implantação de Trens Turísticos e Culturais, em Campinas, interior do Estado. A cidade possui a linha turística que liga Campinas a Jaguariúna e atende visitantes de todo país.

A intenção da Secretária Adjunta é que o modelo seja seguido em Botucatu, transformando a antiga Estação Ferroviária em ponto turístico. “A idéia inicial é fazer um passeio entre Botucatu e Rubião Júnior em uma locomotiva totalmente restaurada”, diz a Secretária.

Desde o início desta gestão o Prefeito João Cury está em busca de incentivos para revitalização completa da Estação e acordos com a companhia responsável pela ferrovia, o que tornaria possível o projeto do trem turístico.

Da Subsecretaria Municipal de comunicação e Informação

APM transmite debate simultâneo sobre transtornos de aprendizado para cidades paulistas

Em 24 de agosto, a Associação Paulista de Medicina (APM) promove novo debate ao vivo, por videoconferência, sobre Transtornos de Aprendizado. Nesta edição, o foco será a comparação do transtorno de aprendizado não verbal (TANV) e transtorno de Asperger, frequentemente confundidos devido às semelhanças, e a abordagem em surtos psicóticos na infância e adolescência.

Médicos, psicólogos e pedagogos ministrarão uma aula de atualização, com transmissão 100% ao vivo, a partir das 20h30, direto da capital, para as seguintes cidades do estado de São Paulo: Amparo, Americana, Andradina, Araraquara, Bauru, Botucatu, Campinas, Franca, Indaiatuba, Jales, Jaú, Marília, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, Rio Claro, Santo André, Santos, São Carlos, São José dos Campos, São José do Rio Preto, Sorocaba, Taubaté, Votuporanga, entre outras.

Os pólos dessa ação de atualização científica são municípios com regionais da APM, que transmitirão em tempo real palestras proferidas, a partir da Capital, pelo coordenador do evento, o psiquiatra Wimer Bottura Junior, presidente do Comitê Multidisciplinar de Adolescência da APM, pela psiquiatra dra. Sonia Palma, professora associada da Unisa, além da psicopedagoga Ana Silvia Figueiral e da psicóloga Caia Pacífico.

“Os debates se tornaram um sucesso absoluto. Em média, cerca de 700 profissionais de diversas áreas têm participado dos eventos, contribuído com suas dúvidas e opiniões, enriquecendo o debate. A iniciativa faz parte de um projeto maior que visa a desenvolver uma reflexão na sociedade sobre a importância de abordar os transtornos de aprendizado”, comenta o psiquiatra Wimer Bottura Junior.

A discussão é dirigida a médicos, educadores, psicólogos, psicopedadogos, fonoaudiólogos, assistentes sociais, fisioterapeutas, diretores de escolas e outros profissionais interessados, além do público em geral, e principalmente familiares de portadores destes transtornos. Mesmo aqueles que não participaram da primeira fase poderão assistir a esta etapa, gratuitamente.

A meta é levar aos lugares mais distantes informações atualizadas sobre o tema, facilitando o diagnóstico e proporcionando aumento no número de casos tratados, mudando a forma de abordagem da família e escola aos portadores. É preciso que todos saibam que fazer um diagnóstico não é acusar a pessoa. É compreender a existência de um transtorno do qual não há culpados, embora todos tenham responsabilidade em conduzir a um tratamento.

Ao término da videoconferência, um espaço será aberto para discussão e dúvidas de todos os participantes de todos e quaisquer pontos de transmissão.

Transtornos de aprendizado

Os Transtornos do Aprendizado e os Transtornos Psiconeurofuncionais atingem cerca de 40% da população em idade escolar. Os principais transtornos de aprendizado, segundo a psicopedadoga Ana Silvia Figueiral, que falará sobre estes temas, são a dislexia - dificuldade na área da leitura, escrita e soletração, a discalculia - incapacidade de compreender e manipular números, e a disgrafia - alteração da escrita. São distúrbios que muitas vezes levam a criança a uma punição injusta, desmotivando-a ainda mais.

Um dos maiores contratempos, no entanto, é o déficit de atenção, com ou sem hiperatividade, que atinge cerca de 6% das crianças em idade escolar trazendo situações dramáticas para o portador e pessoas mais próximas quando não diagnosticado e tratado.

Suas principais características são a fácil distração e a impulsividade, acrescidas ou não da hiperatividade. As crianças portadoras do TDAH podem mostrar-se tranquilas ou inquietas, mas invariavelmente sofrem com a dificuldade de concentração, que atrapalha a aprendizagem e é visível nas notas finais.

“Um transtorno de aprendizado não tratado é um dos principais motivos para a defasagem escolar. A partir desse ponto, o jovem fica inclinado a seguir o caminho do abandono, o que leva muito ao uso de drogas, à violência e à marginalidade”, alerta dr. Wimer Bottura Jr. “A atuação integrada entre educadores, psicólogos, psicopedagogos e médicos é fundamental na abordagem adequada. Precisamos chegar às crianças antes que os transtornos do aprendizado se transformem em problemas maiores”.
Videoconferência Transtornos de Aprendizado
Data: 24 de agosto de 2009
Horário: 20h30


7° Curta Santos oferece oficinas de atores, videoclipe e documentário

Estão abertas as inscrições para as oficinas do 7° Curta Santos. As aulas oferecidas em parceria com a Universidade Monte Serrat e o Sesc-Santos abordarão os temas: videoclipe, preparação de atores e produção de documentários.

A oficina de produção de videoclipe será dividida em cinco módulos, com carga horária de quatro horas cada um. As aulas serão ministradas pelo diretor argentino Mariano Dawidson, especialista na direção de videoclipes nacionais e internacionais. Aberta a todos os interessados, as aulas acontecem entre os dias 14 e 19 de setembro, na Unimonte, situada à avenida Rangel Pestana, 99, no bairro da Vila Mathias, em Santos.

Repetindo o sucesso da última edição, o Studio Fátima Toledo, retorna ao festival para realização de mais uma oficina sobre o seu método de ensino de preparação de atores. A proposta é estimular a imaginação para construir ações reais no universo fictício do filme. As aulas acontecem de 15 a 19 de setembro, das 14 às 18 horas, no Sesc-Santos, situado à avenida Conselheiro Ribas, 136.
Os interessados devem encaminhar currículo e carta de interesse para participarem do processo seletivo

A cineasta Andrea Pasquini, que recentemente dirigiu “Fiel”, documentário sobre a paixão do torcedor corinthiano pelo seu time, também estará presente no festival. Ela promoverá uma oficina que terá como tema central o formato documentário. As aulas acontecem nos dias 17 e 18 setembro, das 14 às 18 horas, também no Sesc-Santos.

Para concorrer a uma das vagas, os interessados devem enviar currículo e uma carta de interesse para o e-mail oficinas@curtasantos.com. No título do email, os realizadores devem colocar o nome da oficina que desejam participar. As vagas são gratuitas e limitadas.

FESTIVAL

Esse ano, o Curta Santos terá em sua programação, quatro mostra competitivas (Olhar Caiçara Independente, Olhar Caiçara Universitário, Videoclipe Brasilis e Videoclipe Caiçara) e 12 mostras não competitivas (Curta Cris, Curta Matinê, Longas, França, Argentina, Lux in Tenebris, Olhar de Rua e Olhar Brasilis, dividida por regiões: sul, sudeste, centro-oeste, norte e nordeste).


Mais informações: (13) 3219 1820

www.curtasantos.com
www.curtasantos.com/blog
www.twitter.com/curtasantos
www.youtube.com/curtasantos

Vereador pede a volta de radares em estradas e avenida de Botucatu

Na sessão da Câmara Municipal do último dia 17, foi aprovado um requerimento de autoria do vereador Fontão (PSDB), que solicita ao Poder Executivo, a possibilidade de ligar novamente os radares na Rodovia João Hypólito Martins e Avenida Dante Delmanto, bem como a colocação de novos radares na Avenida Dr. Vital Brasil.

Para o vereador, a medida é necessária. “Em nossa cidade existem vários acessos de entrada e saída, com avenidas de trânsito rápido e Botucatu possui uma grande quantidade de veículos, sendo que alguns abusam do excesso de velocidade. Em algumas localidades havia radares que foram retirados como, por exemplo, a Rodovia Castelinho, próximo a JVC e Avenida Dante Delmanto. Seria necessária volta dos radares a esses locais para conter o excesso de velocidade assim como também instalar novos radares na Avenida Vital Brasil onde os motoristas tem empreendido uma velocidade abusiva”, explica Fontão.

O Poder Executivo tem o prazo de 15 dias para dar sal resposta à solicitação do vereador do PSDB.

Assessoria de Comunicação da Câmara Municipal de Botucatu

1ª Expo-Extensão tem início com presença da pró-reitora de Extensão da Unesp

Teve início nesta terça-feira, 18 de agosto, a 1ª Expo-Extensão da Unesp de Botucatu. O evento, realizado na Faculdade de Ciências Agronômicas (FCA) – Fazenda Lageado, contou com a presença da pró-reitora de Extensão da Unesp, Maria Amélia Máximo de Araújo, além de diretores e vice-diretores das unidades locais e também vice-diretores de outros campus.

Após a cerimônia de abertura, os convidados e a comunidade em geral puderam conferir e debater sobre os 124 pôsteres com projetos de extensão da FCA, Faculdade de Medicina (FMB), Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ) e Instituto de Biociências (IB). Essas atividades seguem até hoje, com programação das 7 ao meio-dia, também na FCA, quando serão premiados os melhores trabalhos. Existem, atualmente, 1.300 projetos credenciados junto à Pró-Reitoria de Extensão da Unesp.

Durante o início dos trabalhos, o professor Sérgio Swain Müller, que é diretor da FMB e presidente do Grupo Administrativo do Campus (GAC), enfatiza que a Unesp de Botucatu tem se esforçado para que as unidades se unam. “Algumas comissões das unidades, inclusive, já atuam de maneira integrada. E um evento como este (Expo-Extensão) tem o mesmo intuito. Além disso, a extensão é um instrumento poderoso para a formação profissional e de cidadania. Espero que essa realização seja a primeira de várias”, diz.

O diretor do IB, professor Renato Eugênio da Silva Diniz reforça a importância de se caminhar rumo à integração das unidades. “No campo da extensão há um leque variado de possibilidades nesse sentido” , pondera. Professor Edivaldo Domingues Velini, diretor da FCA, coloca sua expectativa de que o evento seja apenas o primeiro de muitos. “A Unesp tem uma função importante em termos de extensão, mas isso tem que acontecer de forma integrada. Nosso grande desafio é deixar de ser uma universidade com várias faculdades para ser uma unidade articulada”, frisa.

A pró-reitora de Extensão da Unesp, professora Maria Amélia, fez um apelo para que as unidades incentivem que suas publicações sejam credenciadas junto à PROEX. “Há muitos projetos interessantes que acabam se perdendo no contexto. Grandes pesquisas não precisam necessariamente de bolsas e recursos, há várias outras formas de fomento”, observa. Após valorizar a integração entre as unidades de Botucatu, que resultou no evento, mencionou alguns outros benefícios obtidos com a iniciativa: “valoriza de docentes e alunos; aprimora metodologias e agrupa os semelhantes”.

A coordenadora do Núcleo Central da Universidade Aberta à Terceira Idade (UNATI), professora Maria Cândida Soares Del-Masso, também fez uso da palavra para comentar sobre a atual situação do projeto, que já está presente em praticamente todos os campus da Unesp.

Leandro Rocha - Assessoria de Comunicação e Imprensa da FMB e HC/Unesp

Igreja Universal deve indenizar epiléptico agredido em sessão de exorcismo

O ministro Luis Felipe Salomão, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), manteve a decisão que condenou a Igreja Universal do Reino de Deus a indenizar, em 50 salários mínimos, Higino Ferreira da Costa. Aposentado devido à epilepsia, Costa acusa a Igreja de agredi-lo sob o pretexto de realizar um “exorcismo”.

No caso, Costa afirmou que, ao passar mal na frente de um dos templos onde a Universal realiza seus cultos, foi submetido a uma sessão de exorcismo. Disse, ainda, que os “obreiros” da Igreja o teriam levado para o altar, onde acabou desmaiando e teve várias convulsões.

O aposentado declarou, ainda, que após a sessão de exorcismo, foi conduzido ao banheiro e agredido a socos e pontapés. Além disso, os pastores teriam subtraído de seu bolso a quantia que havia retirado do caixa eletrônico antes de passar mal.

Em primeiro grau, o pedido de indenização foi negado. Ao julgar a apelação, o Tribunal de Justiça de São Paulo condenou a Universal ao pagamento de 50 salários mínimos vigentes ao tempo do pagamento. “Não se pode negar que a agressão sofrida pelo apelante e perpetrada pelos obreiros da apelada, com a finalidade de praticarem com ele algum tipo de exorcismo, implica dor e humilhação, passíveis de reparação na esfera civil como dano moral, previsto no próprio texto constitucional”, decidiu.

No STJ, a defesa pretendia o seguimento do recurso especial interposto por ela para afastar a condenação em danos morais.

Ao decidir, o ministro Salomão afirmou que é vedado, ao Tribunal, rever os fundamentos que levaram o TJSP a entender ter sido comprovado o dano moral que deu causa à indenização (Súmula 7/STJ).

Coordenadoria de Editoria e Imprensa do Superior Tribunal de justiça

PEC concede vencimento integral para aposentados por invalidez

Tramita na Câmara a Proposta de Emenda à Constituição 345/09, do deputado Valadares Filho (PSB-SE), que concede aposentadoria integral para os servidores públicos que se aposentarem por invalidez permanente decorrente de acidente em serviço, moléstia profissional ou doença grave, contagiosa ou incurável.

Atualmente, a Constituição já assegura aposentadoria integral para esses casos. Mas, de acordo, o autor da medida, em alguns estados servidores que apresentam tais condições estão sendo aposentados com salário proporcional ao tempo de contribuição.

Valadares Filho ressalta que, para funcionários com pouco tempo de serviço, o impacto da aposentadoria é drástico. "Além do trauma físico e psicológico experimentado, o Estado os obriga a viver na condição de dependentes de parentes ou amigos", afirma.

Tramitação
A PEC será analisada pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania quanto à admissibilidade. Se aprovada, será analisada por uma comissão especial a ser criada especificamente para esse fim. Depois, seguirá para o Plenário, onde precisará ser votada em dois turnos.

Da Agência Câmara


Ribeirão Preto confirma primeira morte por gripe suína

Da Agência Brasil

A Vigilância Epidemiológica de Ribeirão Preto, no interior de São Paulo, confirmou a primeira morte causada pela influenza A (H1N1) – gripe suína – na cidade. A vítima era um menino de 11 anos que sofria de paralisia cerebral e doença pulmonar crônica.

Ele vivia há um ano e meio numa instituição assistencial para jovens com problemas neurológicos, onde foi confirmado um surto da doença, com 17 pessoas infectadas. Desde o dia 17 de julho, a criança estava internada e não apresentou melhoras.

Até o momento, em Ribeirão Preto, 60 ocorrências da influenza A (H1N1) – gripe suína – foram confirmadas.


Aneel adia votação sobre uso da rede de energia elétrica para transmissão pela internet

Da Agência Brasil

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) adiou hoje (18) a votação da resolução que determina as regras para o funcionamento da transmissão de internet por cabos de energia elétrica – tecnologia chamada de PLC (Power Line Comunications, no termo em inglês).

A relatora Joísa Campanher pediu que o assunto fosse retirado da pauta da reunião de colegiado da agência para analisar melhor qual o critério que as distribuidoras de energia elétrica poderão usar para reajustar o preço a ser cobrado das empresas de telecomunicações pelo uso dos cabos.

Atualmente, os preços das tarifas de energia elétrica são revistos a cada quatro anos, quando a agência analisa as contas das distribuidoras e define se os preços vão aumentar ou diminuir. Anualmente, o preço definido pela Aneel, é reajustado, entre outras indicadores, pela correção monetária. O que os técnicos da agência devem definir agora é se as distribuidoras deverão reajustar os preços cobrados pelo uso dos cabos junto com a revisão das tarifas ou nos reajustes anuais.

A resolução sobre o PLC, que ficou 90 dias em consulta pública, já prevê que as distribuidoras não poderão explorar comercialmente o serviço de internet. Se quiserem entrar no setor, elas deverão criar uma empresa de telecomomunicações subsidiária para oferecer o serviço. Caso contrário, elas deverão alugar os meios de transmissão para as empresas da área, que, por sua vez, ficarão com a responsabilidade e os custos de adaptação para a transmissão de dados pela internet. As distribuidoras de energia ficarão obrigadas a repassar 90% do valor recebido por esse aluguel para os consumidores, na forma de abatimento das tarifas.

Apesar de não haver grande vantagem financeira na transação, as distribuidoras poderão, por exemplo, usar a nova tecnologia para fazer a medição de consumo, dispensando as visitas in loco utilizadas atualmente. A matéria deve voltar à votação em uma ou duas semanas.

Famílias de baixa renda estão comprando mais pela internet, mostra pesquisa

Da Agência Brasil

As famílias com renda de até R$ 3 mil estão cada vez mais presentes entre os consumidores do comércio eletrônico que atingiu, no primeiro semestre deste ano, um público de 15,2 milhões de pessoas contra 11,5 milhões em igual período do ano passado. Foi o que apontou pesquisa da e-bit, empresa especializada em informações sobre o comércio eletrônico.

Os empresários que exploram esse setor faturaram R$ 4,8 bilhões, 27% acima do faturamento do período de janeiro a junho de 2008. Para esse segundo semestre, a expectativa é que o faturamento alcance R$ 10,5 bilhões.

O diretor da e-bit, Pedro Guasti, informou que o movimento do primeiro semestre surpreendeu porque a previsão era de crescer entre 20% a 25%. O setor, conforme avaliou, sentiu menos do que outros os efeitos da crise financeira internacional devido a um conjunto de fatores. Entre eles, a entrada de grandes redes varejistas que fez com que aumentasse a concorrência.

Além disso, houve uma redução de preços, principalmente, de produtos eletrônicos, com os incentivos fiscais concedidos pelo governo federal aos produtos eletrônicos por meio da redução do Imposto Sobre Produtos Industrializados (IPI).

Os eletro-eletrônicos saíram da quarta e quinta colocações no ranking de produtos mais vendidos para o segundo lugar com participação de 13% no volume de pedidos. A liderança permanece com livros e assinaturas de revistas e jornais.

“O consumidor percebeu essa redução de preços e correu para o comércio eletrônico que tem uma dinâmica diferente do mercado tradicional”, apontou o executivo.

Ele observou que as empresas passaram a oferecer vantagens esticando o prazo de pagamento. Essas facilidades, somadas ao fato de um maior ingresso de brasileiros conectados à internet, segundo Guasti, tem permitido a inclusão crescente das famílias de baixa renda no comércio eletrônico.

“Essa população tem uma demanda reprimida e carece de financiamento, uma vez que ela pode parcelar a sua compra em prestações que cabem em sua carteira, ela vai comprar”, disse.

Senado aprova projeto que isenta impostos sobre instrumentos musicais importados

Projeto de lei que concede isenção fiscal a instrumentos musicais importados foi aprovado, na terça-feira (18) pela Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE). A proposta, de autoria do senador Cristovam Buarque (PDT-DF), ainda será examinada pela Comissão de Assuntos Econômicos (CAE), em decisão terminativa.

Pela proposta (PLS 345/06), os instrumentos importados serão beneficiados com a isenção do Imposto de Importação, bem como das contribuições aos programas de Integração Social e de Formação do Patrimônio do Servidor Público (PIS/Pasep) e Financiamento da Seguridade Social (Cofins).

De acordo com o autor, músicos, bandas e orquestras enfrentam dificuldades para adquirirem ou renovarem seus instrumentos musicais em razão da alta incidência de impostos e contribuições. Cristovam Buarque informou, na justificação do projeto, que a carga tributária para os instrumentos fabricados no Brasil aumenta o preço final dos instrumentos em 45%. Já o preço final dos instrumentos importados, destacou, recebe ainda o impacto do Imposto de Importação (entre 10 e 18%), do PIS/Pasep-importação (1,65%) e do Cofins-importação (7,6%).

O senador Cícero Lucena (PSDB-PB) disse estar preocupado com eventual prejuízo à indústria nacional e pediu que os senadores da CAE fiquem atentos a isso. O relator do projeto na CE, senador Paulo Paim (PT-RS) defendeu que as indústrias nacionais de instrumentos musicais recebam também o benefício. Já o presidente da CE, senador Flávio Arns (PT-PR), sugeriu que, na hipótese de haver equivalente no Brasil, a importação não deverá ser permitida.

Da Agência Senado

Vereador pede que palmas após o Hino Nacional sejam facultativas

Foi aprovado, na última sessão da Câmara Municipal, um requerimento de autoria do vereador Lelo Pagani (PT), que solicita ao Presidente do Poder Legislativo, vereador Reinaldinho, a orientação para o público presente nas cerimônias oficiais da Câmara Municipal para que as palmas sejam facultativas após a execução do Hino Nacional.

O vereador explica seu pedido. “A Lei nº. 5.700 de 1 de setembro de 1971, que fala do respeito à Bandeira Nacional e ao Hino Nacional, no seu artigo 30 diz o seguinte: Nas cerimônias de hasteamento ou arriamento, nas ocasiões em que a Bandeira se apresentar em marcha ou cortejo, assim como durante a execução do Hino Nacional, todos devem tomar atitude de respeito, em pé e em silêncio, os civis do sexo masculino com a cabeça descoberta e os militares em continência, segundo os regulamentos das respectivas corporações e este artigo tem um parágrafo único que diz que é vedada qualquer outra forma de saudação. Várias interpretações jurídicas e protocolares a este artigo consideram que após a execução do Hino Nacional deve-se bater palmas respeitosamente, pois neste momento “posterior” já passou o momento “durante” como diz a Lei. A população gostaria de aplaudir seu Hino, como vemos e ouvimos nas várias cerimônias realizadas com este protocolo, assim, peço ao Presidente Reinaldinho que viabilize uma orientação público ao presente nas cerimônias oficiais da Câmara Municipal para que as palmas sejam facultativas após a execução do Hino Nacional”, informa Pagani.

Assessoria de Comunicação da Câmara Municipal de Botucatu

Parlamentar pede sinal de celular em distritos de Botucatu

Na sessão da Câmara Municipal da última segunda-feira, foi aprovado dois requerimentos de autoria do vereador Curumim (PSDB), que solicita ao Poder Executivo, a possibilidade de proceder a imediata instalação de meios para que o sinal de telefonia celular desta empresa esteja disponível para a população do bairro de César Neto e outros bairros próximos, além do Distrito de Vitoriana e áreas do Rio Bonito, Mina e Porto Said.

O vereador explica que a medida é necessária. “A telefonia celular é serviço de primeira necessidade nos dias atuais, interessando a todas as classes de pessoas e em todos locais. Por forças do mercado, a VIVO é a principal operadora a prestar serviços desta natureza em nosso município e, a despeito disso, o sinal de telefonia celular é precaríssimo ou ausente em alguns distritos de Botucatu em prejuízo de todos os moradores do município e mesmo daqueles que para ali se dirigem vindos de outras localidades. Neste particular, merecem destaque o bairro de César Neto, o Distrito de Vitoriana e áreas do Rio Bonito,Mina e Porto Said. Esses locais são privados de sinal de telefonia celular. Seria muito importante para a comunidades locais poder utilizar o celular para contatar parentes ou em uma eventual emergência. Por isso, meu pedido”, informa Curumim.

Os requerimentos do parlamentar do PSDB são direcionados a Gerência de Relações Institucionais da Vivo.

Assessoria de Comunicação da Câmara Municipal de Botucatu


Vereadores pedem melhorias no Parque Municipal

Na última sessão da Câmara Municipal, foi aprovado um requerimento de autoria dos vereadores Bombeiro Tavares (DEM) e Xê (PSDB), que solicita ao Poder Executivo algumas melhorias no Parque Municipal do Jardim Paraíso.

Os vereadores explicam seu pedido. “O Parque Municipal, localizado no Jardim Paraíso, é local de lazer e recreação, atraindo inúmeras pessoas todos os dias, sendo essa freqüência ainda maior nos finais de semana. Fomos procurados por moradores das proximidades, comerciantes e vários visitantes de outros bairros da cidade e que apreciam a beleza e os momentos de lazer que passam no referido parque falando que, por várias vezes, presenciaram indivíduos no interior do Parque Municipal realizando consumo de drogas, bem como movimentação estranha de casais, tanto durante o dia como no período noturno, os quais são constantemente vistos adentrando ao local por fendas existentes no alambrado. Um rapaz menor de idade, construiu uma pequena “cabana” no interior do parque, e durante a noite se dirigia para a mesma para pernoitar, rapaz esse envolvido com atos ilícitos, segundo informações das pessoas que nos procuraram. Essa área é um local para divertimento da comunidade e necessita de algumas melhorias para evitar essas situações que me foram relatadas. Por isso, pedimos providências ao Prefeito Municipal”, informam Tavares e Xê.

Em seu requerimento, os vereadores solicitam: iluminação do interior do Parque Municipal, reparos no alambrado que o cerca, bem como construir na parte alta do local um estacionamento para viaturas da Guarda Municipal.

O Poder Executivo tem o prazo de 15 dias para dar sua resposta à solicitação dos vereadores do DEM e PSDB.

Assessoria de Comunicação da Câmara Municipal de Botucatu