julho 13, 2009

XIII Congresso Brasileiro de Mandioca começa terça-feira em Botucatu

O XIII Congresso Brasileiro de Mandioca começa nesta terça-feira, dia 14, na Fazenda Experimental Lageado, em Botucatu. Está prevista a participação do Secretário de Agricultura do Estado de São Paulo João Sampaio na abertura do evento.

Promovido pelo Centro de Raízes e Amidos Tropicais (Cerat - Unesp), o evento terá como tema central “Mandioca: inovações e desafios” e vai contar com conferências, palestras, mesas redondas e apresentação de mais de duzentos trabalhos científicos. Todas as atividades serão dividas em seis eixos temáticos: socioeconomia; energia; biotecnologia; agricultura; processos e produtos, e sustentabilidade ambiental.

Para discutir e divulgar as mais recentes inovações e o desenvolvimento das pesquisas e tecnologias aplicadas à cultura da mandioca no país, o Congresso vai reunir pesquisadores, consultores, empresários, técnicos de instituições públicas e empresas privadas, estudantes de graduação e pós-graduação, profissionais de áreas afins e produtores rurais.

Dentre os palestrantes estão profissionais ligados a instituições como a FAO/ONU (Food and Agricultural Organization/Organização das Nações Unidas), a CIAT (Centro de Investigação Agrícola Tropical) e Embrapa.

Paralelamente ao Congresso, acontecem também o VII Workshop sobre Tecnologias em Agroindústrias de Tuberosas Tropicais e a Reunião da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva da Mandioca e Derivados.

O Workshop tem o objetivo de promover a integração do setor produtivo com a universidade, com a discussão de possíveis ações para melhorias de processo, transferências de tecnologias e desenvolvimento de produtos.

Já a Reunião da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva da Mandioca, com a participação de 31 órgãos e entidades ligados ao setor, vai debater o fortalecimento organizacional e político-institucional da cadeia produtiva.

Outros tópicos discutidos pela Câmara Setorial são a inclusão de produtos derivados da mandioca nos programas governamentais; a qualificação e diversificação da oferta da raiz; o apoio às ações de transferência de tecnologia, de pesquisa e desenvolvimento e a ampliação de instrumentos de políticas públicas de apoio à comercialização.

O Congresso Brasileiro de Mandioca tem o apoio da Faculdade de Ciências Agronômicas da Unesp, do Sebrae, da Sociedade Brasileira de Mandioca e da Associação Brasileira de Produtores de Amido de Mandioca.

Mais informações, programação e inscrições pelo site www.cbm2009.com.br ou pelo telefone (14) 3882-6300, ramal 3.

ASSESSORIA DE IMPRENSA - Faculdade de Ciências Agronômicas da Unesp de Botucatu - FCA / Fundação de Estudos e Pesquisas Agrícolas e Florestais - FEPAF