junho 26, 2009

Parceria ajudará empreendedores da Incubadora de Empresas

A Incubadora de Empresas de Botucatu e a Faculdade Marechal Rondon (FMR) de São Manuel oficializaram no dia de ontem uma parceria que visa beneficiar as empresas e projetos assistidos pela Incubadora, bem como os alunos e professores da Faculdade.

Em um primeiro momento a parceria irá trabalhar com os candidatos empreendedores que queiram ingressar na Incubadora. "A idéia é orientar esse pessoal na elaboração de um plano de negócio e dessa forma proporcionar a visualização da viabilidade econômica dessa empresa antes de constituí-la", explica o gerente do Núcleo de Desenvolvimento Empresarial - Incubadora de Botucatu - Márcio Pontes Ribeiro.

Ele lembra que um plano de negócios bem elaborado aumenta consideravelmente as chances de sucesso de uma empresa, já que antecipa possíveis novidades desgostosas em um momento em que não foram realizados investimentos. “Possivelmente, isso também reduza o índice de evasão das empresas", acrescenta o professor responsável da Empresa Júnior da FMR, Roberval Francisco de Lima, tendo em vista que atualmente a maior parte dos candidatos que procura a Incubadora acaba não retornando com os dados solicitados.

O trabalho de orientação para elaboração desse plano de negócios será realizado por alunos do curso de Administração de Empresas da FMR, que atuam na Empresa Júnior "Focus". “Além de serem supervisionados por professores da FMR, todos os alunos passarão por um ciclo de capacitação oferecido pelo SEBRAE e estarão aptos a orientar os futuros empreendedores”, acrescenta o professor da FMR.

Outros cursos da FMR também podem ter um trabalho integrado a esse projeto. "Esse tipo de parceria trabalha na prática a habilidade do aluno", conclui o professor da FMR.

Atualmente, a Incubadora de Botucatu conta com nove empresas. Durante todo o ano mantém aberta as inscrições para interessados que queiram constituir uma empresa e receber benefícios disponibilizados pelo projeto. “Além de um espaço físico com toda infra-estrutura básica, às empresas assistidas recebem ainda consultorias individuais, cursos e treinamentos, participação em feiras e rodadas de negócio, criação de identidade visual e papelaria básica, entre outros”, comenta o gerente da Incubadora.

A Incubadora apoia hoje empresas nos mais diversificados segmentos, tais como fabricação de instrumental cirúrgico, nutrição animal, chicotes elétricos, injeção de plásticos, automação industrial, painéis de comando elétrico, alimentício, brindes promocionais e produtos biodegradáveis.

Informações
Rua Joaquim Lyra Brandão, 1120, Vila São Benedito.
Telefone: (14) 3815-6008.
Email: incubadorabotucatu@terra.com.br



Powered by ScribeFire.

Homem bêbado esfaqueia vagina da amasia

Um crime bárbaro aconteceu em São Manuel no dia 24 de junho, por volta das 19 horas, segundo informações do jornal Diário da Serra (Botucatu), Valdecir Marçal (38) anos esfaqueou sua companheira de 41 anos, na vagina, provocando cortes graves.

Dados do blog do radialista de São Manuel, Sandro Dálio (www.sandrodalio.blogspot.com), informa que Marçal deu entrada no hospital da cidade informando que a amásia sangrava muito devido a sua menstruação. Em uma sala reservada os médicos perceberam que na realidade ela havia sido vítima de uma facada e a encaminhou em Estado Grave ao Hospital das Clínicas de Botucatu, em estado grave.

Enquanto era atendida a vítima consegui relatar aos médicos o que realmente havia acontecido, esclarecendo que seu agressor havia chegado em casa embriagado e ameaçou tirar suas partes íntimas para fora. Ameaças que não ficaram apenas nas palavras.

Em seu depoimento Marçal negou a violência, mas acabou caindo em contradição e confessou o crime, o que lhe rendeu passagem direta para a Cadeia Pública de São Manuel. A Polícia Militar da cidade elaborou o B.O classificando o caso como lesão corporal gravíssima. O casal residia Jardim Santa Mônica.

Prefeito assina projeto de lei instituindo o Conselho de Defesa do Patrimônio de Botucatu

Por Renato Fernandes

A Câmara Municipal de Botucatu realizou na noite de quarta-feira, 24, o 1º Encontro Municipal Sobre Conselho de Defesa do Patrimônio. Evento que ganhou força devido à participação efetiva de uma comissão do Condephaat (Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Artístico e Arquitetônio) e da presidente do Conselho de Defesa do Patrimônio histórico de Limeira (Condephali), Juliana Binotti.

O encontro contou com a presença do prefeito João Cury, que na ocasião assinou o Projeto de Lei Complementar, reafirmando o compromisso pela preservação da história municipal, instituindo o órgão. “O Projeto de Lei deve entrar em tramitação na Câmara a partir da semana que vem. O projeto já foi encaminhado, mas formalmente tem que entrar na rotina da Casa”, explica o vereador Dr. Bittar (PCdoB), e responsável pelo encontro.

No decorrer dos trabalhos, a comissão técnica teceu elogios à lei nº 4.319 de 9 de outubro de 2002, de iniciativa dos então vereadores, Antônio Luiz Caldas (atual vice-prefeito), Newton Colenci Júnior e Ademir Dionísio. “O fato da lei prever que o conselho seja deliberativo e já ter incluído em seu artigo 12 a indicação de três graus de proteção foi motivo de elogios. Esses pontos são conquistas importantes para a função social e fiscalizadora do órgão”, diz Bittar.

De acordo com o parlamentar, a constituição do Conselho vai depender da tramitação do projeto. “Inicialmente são 18 membros paritários, metade deles indicados pelo Prefeito e a outra metade de órgãos e instituições relacionados com o tema. O importante é garantir um caráter técnico para o conselho”, ressalta.

A presença da presidente do Conselho de Limeira foi importante para traçar paralelos entre os órgãos e também para conhecer a realidade de um município que já trabalha nessa frente há alguns anos. “Essa presença foi frutífera pelo aval de estarmos indo no caminho certo e na comprovação de que a lei que temos foi bem elaborada, devido a itens chaves necessários ao processo de tombamento. Em termos de lei temos uma base que garante tranqüilidade”, finaliza Dr. Bitar.

A cidade de Botucatu começou a caminhar rumo ao estabelecimento do Conselho Municipal de Patrimônio Histórico, Cultural e Natural de Botucatu (Conpatri), em 2002, através do projeto de Lei do então vereador e atual vice-prefeito Antônio Luiz Caldas. A primeira iniciativa do grupo foi garantir a preservação histórico-cultural e ambiental da capela de Ana Rosa e de seu entorno.
Com a visita da comissão técnica do Condephaat, a Câmara Municipal de Botucatu se articulou a através da iniciativa do vereador Bittar (PCdoB), o grupo de especialista participou na noite de ontem do encontro municipal sobre Conselho de Defesa do Patrimônio.

Em Limeira - Em entrevista ao blog O Grito / Diário da Serra, a presidente do Conselho do Patrimônio Histórico de Limeira (Condephali), Juliana Binotti Pereira Scariato, falou sobre a experiência da iniciativa. “O Conselho Municipal e o Condephaat são órgãos separados. Em Limeira, o conselho faz a análise sobre o interesse histórico e dá início a todo o processo. O tombamento final é feito pelo prefeito. Algumas ações, de maior importância remetemos ao Condephaat”, explica.

Segundo ela, o tombamento municipal não significa que o bem não poderá também ser incorporado ao patrimônio Estadual. “Existem alguns imóveis tombados pelo Condephaat e que estamos iniciando agora o processo a nível municipal”.

Segundo ela, o bom funcionamento do Conselho não depende muito de sua equipe. “É necessário uma equipe boa para trabalhar, com um suporte jurídica forte, historiadores empenhados, além de corpo técnico específico como arquitetos e engenheiros. Sem equipe não se faz muita coisa”, coloca.

Exposição Máquina do Tempo segue em sua itinerância

A exposição fotográfica “Máquina do Tempo” segue em sua itinerância e chega ao Centro Cultural de Botucatu (CCB), para o período de um mês. A vernissage acontece na noite de hoje, às 19h30. A entidade cultural fica na Praça XV de Novembro, nº 30.

As ampliações de cartões postais doados pela família do comerciante Arthur Bratke e imagens do fotógrafo Marcelino Dias, já passou pelo saguão do Teatro Municipal Camillo Fernandez Dinucci e Biblioteca do Lageado.

Dias foi convidado pela Secretaria Municipal de Cultura para organizar a exposição, com a missão de contrapor as imagens de ontem com retratos das mesmas localidades na atualidade.

O início do trabalho foi o tratamento dos postais antigos. “São fotos antigas coloridas à mão, que foram ampliadas para o tamanho de 25 por 38 centímetros. São 20 postais do comerciante e 20 fotografias minhas”, explica o fotógrafo.

Bratke foi comerciante e possuía uma papelaria onde hoje funciona o Banco do Brasil, na Praça Comendador Emílio Peduti (Bosque), no início do século 20.

As imagens mostram os corredores comerciais da cidade, suas paisagens e costumes que atravessam épocas, com reproduções de cenários da Amando de Barros, entre outros.

Cinema da Gente no Parque Convívio

A Secretaria Municipal de Cultura promove hoje a noite, às 19h30, na Sociedade de Assistência Social Apostólica e Missionária (Sasam), mais uma edição do projeto “Cinema da Gente”, com a projeção da animação nacional “Cine Gibi”, de Maurício de Souza.

A expectativa é reunir aproximadamente 150 crianças. A entidade fica na Rua Violeta, 71, no Convívio Parque Residencial.

No filme, Franjinha inventa uma máquina que transforma gibis em desenhos animados. O equipamento é uma mistura de liquidificador com projetor, que engole as HQs e projeta suas histórias nas telas dos cinemas. Mônica, Cebolinha, Cascão e Magali vão à inauguração do aparelho e, na tela do cinema passam uma série de histórias, colocando os personagens no caminho de Luciano Huck, Fernanda Lima, Wanessa Camargo, a dupla Pedro e Thiago e o próprio quadrinista.

Hoje tem cerimônia de posse da Academia Botucatuense de Letras

Acontece na noite de hoje, às 19h30, a solenidade de posse da VI Diretoria da Academia Botucatuense de Letras (ABL), na Câmara Municipal de Botucatu.

Na ocasião também acontecerá a premiação dos vencedores do IV Concurso de Crônicas sobre Botucatu, “Elda Moscogliato”, que foi promovido pela Academia Botucatuense de Letras com apoio da Câmara Municipal de Botucatu e Secretaria Municipal de Cultura.

A sexta diretoria ficou constituída da seguinte forma: presidente perpétuo - Antonio Gabriel Marão; presidente emérito - José Celso Soares Vieira; presidente - Newton Colenci; vice-presidente - Antônio Evaldo Klar; 2º vice-presidente - Marcos Luciano Corsatto; 1º secretário - Maria da Glória Guimarães Dinucci Venditto; 2º secretário - Carmen Sílvia Martin Guimarães; 1º tesoureiro- Márcia Furrier Guedelha Blasi; 2º tesoureiro - Domingos Scarpelini; 1ª bibliotecária - Maria Helena Blasi Trevisani; 2ª bibliotecária - Maria Amélia Blasi de Toledo Piza; 3º bibliotecário - Flávio Baccari Júnior; Comunicações - Maria da Glória Guimarães Dinucci Venditto.

Oxido Vox retorna ao Centro Cultural de Botucatu

Após a estreia no mês passado, o espetáculo “Óxido Vox - poesia para seres urbanos”, retorna ao
Centro Cultural de Botucatu (CCB), com sessão marcada às 20 horas, de hoje, 26.
A produção tem duração de 50 minutos e trabalha a proposta de apresentações em teatros, salas e espaços alternativos.

A concepção da peça é do poeta e ator Everton Oliveira, que mostra o resultado de experimentações com as possibilidades que a linguagem poética oferece. Na encenação, Oliveira conta com o músico, compositor e diretor teatral Julio de Carvalho, responsável pela trilha sonora elaborada com composições instrumentais próprias.

“O espetáculo apresenta poemas que com delicadeza e aridez tecem um emaranhado sobre o homem, o tempo e a cidade, com uma linguagem simples. Um mergulho em nosso cotidiano de sons, vozes, cantos, esquinas, personagens desconhecidos, memória e presença pelas ruas da cidade, construídas junto ao teatro, à música e às artes visuais”, explica Oliveira.

Oito casos suspeitos de gripe suína em Botucatu

Um casal de Botucatu e seis atletas de Avaré deram entrada na tarde de ontem, dia 25 de junho, ao Hospital das Clínicas da Unesp de Botucatu apresentando síntomas da gripe suína (Vírus Influenza H1N1).

Os sintomas colocam o grupo como casos suspeitos. Os pacientes foram isolados logo após darem entrada à unidade hospitalar, por volta das 14 horas. Equipes especializadas recolheram amostras orgânicas dos pacientes para análise no Instituto Adolfo Lutz, em São Paulo.

O casal retornou do Paraguai recentemente e começou a apresentar o sintomas logo após a viagem. Já as atletas de Avaré, tiveram contato com uma jogadora de futebol que retornou dos Estados Unidos recentemente. Atleta essa que está sendo diagnosticada em São Paulo.

O hospital estima que o prazo para a apresentação dos resultados dos exames, varie entre 3 e 4 dias.

(Com informações do Jornal Diário da Serra)

Leia também - Botucatu registra morte por Gripe Suína (H1N1)

Divulgado o regulamento do concurso que irá eleger a melhor pizza de Botucatu

Por Renato Fernandes

A ACE / CDL – Associação Comercial e Empresarial / Câmara de Dirigentes Lojistas de Botucatu, já divulgou o regulamento do concurso que irá eleger a melhor pizza da cidade de Botucatu.

Segundo o diretor social da CDL, Gustavo Aguiar, as inscrições já estão abertas e seguem até o dia 4 de julho.

Para participar é necessário contribuir com uma taxa de R$100 e registrar a sua inscrição no Sinhores (Sindicato dos Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares), das 9 às 17 horas.
Segundo o regulamento a escolha será feita de forma numérica, ou seja, cada pizza avaliada receberá uma nota única de 0 (zero) a 10 (dez).

Serão definidas as quatro melhores pizzas do município, garantindo aos estabelecimentos responsáveis pela sua preparação um selo de qualidade da ACE / CDL (Associação Comercial e Empresarial de Botucatu / Câmara de Dirigentes Lojistas), podendo utilizar o no período de um ano.

Cada Pizzaria inscrita pode participar com duas pizzas. “O concurso se estende para todas as pizzarias regularmente inscritas na Prefeitura Municipal e órgãos competentes (Vigilância Sanitária). Não existe a necessidade das pizzarias serem filiadas a CDL”, explica o diretor social da Câmara de Dirigentes, Gustavo Aguiar.

Estão nos planos da entidade representativa do comércio de Botucatu a realização de outros concursos gastronômicos até o final do ano. “Estenderemos as iniciativas até o final do ano, envolvendo também os bares da cidade com o Concurso do Melhor Petisco. Nosso objetivo é motivar todos empresários do seguimento com criatividade e novidades, e em conseqüência aquecer o comércio local com a divulgação dos vencedores”, completa o diretor.

Leia o REGULAMENTO