junho 22, 2009

Documentário 'Escola Eldorado' outra visão sobre a guerrilha no Araguaia

Testemunha viva da história recente do Brasil, Alcione Silva migrou do Maranhão para o sul do Pará nos anos 60 em busca de terra e trabalho.

Como agricultor no Araguaia, presenciou a ação do Exército no embate com a guerrilha e a derrota do movimento, comandada por Sebastião Curió, atual prefeito de Curionópolis. Por boa parte dos anos 80, Alcione viveu no garimpo de Serra Pelada sem fazer fortuna, voltando depois a trabalhar como agricultor.

Juntou-se ao MST e, baleado na curva do S, sobreviveu ao massacre de Eldorado dos Carajás em 1997. Hoje vive em Eldorado, trabalhando em terras que nunca foram suas. Todos seus filhos têm o estudo que lhe foi negado pelos pais.

"Mesmo analfabeto, hoje eu sei que existe uma constituição e que nela tem um artigo que diz que todo brasileiro é igual perante a lei. (...) Hoje eu sei que é assim: pode ser um médico ou um advogado, ele é tão brasileiro quanto eu."


Este curta faz parte do projeto Marco Universal.

Gênero Documentário
Diretor Victor Lopes
Ano 2008
Duração 13 min
Cor Colorido
Bitola indisponível
País Brasil

Ficha Técnica
Produção TV ZERO Som Renato Calaça Edição de som Bernardo Gebara Direção de produção Henrique Castelo Branco, Eudes Santos Assistente de Direção Marcela Bourseau, Luana Pagin Assistente de Câmera Bruno Magalhães Pesquisa de Imagens Adriana Cursino Produção Executiva Rodrigo Letier Assistente de edição Gisele Barreto Direção de Fotografia Luis Abramo Mixagem Bernardo Gebara Pós-produção Leonardo Domingues Montagem Fernando Vidor Fotografias Bruno Magalhães Produção de Finalização Giovana Saad Produtor Associado Roberto Berliner Coordenador de produção Lorena Bondarovsky Créditos Luciano Godói Curadoria Carla Esmeralda Assistência de Curadoria Alice Gomes

Festivais
Mostra Cinema e Direitos Humanos na América do Sul 2008

Governo de SP inicia avaliação de servidores comissionados

Serão realizadas entre os dias 13 de julho e 7 de agosto as avaliações do primeiro processo de Certificação Ocupacional do Estado de São Paulo. Instituído por decreto pelo governador José Serra, a avaliação atesta o conhecimento, habilidades e capacidade técnica dos ocupantes de cargos de confiança nas áreas estratégicas de comando e assistência das secretarias e autarquias paulistas.

Neste período, inicialmente realizarão obrigatoriamente o exame, a ser aplicado por uma instituição externa, os atuais 91 servidores comissionados que atuam no cargo de dirigente regional de ensino da secretaria da Educação. O edital com as regras dessa avaliação foi publicado no Diário Oficial do Estado de quarta-feira, 17 de junho.

Em uma segunda etapa, outros 55 servidores da pasta da Saúde, que atuam como diretores de hospitais (38) e diretores regionais de saúde (17), participarão do processo de certificação, a partir de julho. As regras e as datas dessa avaliação serão divulgadas também por meio de edital no Diário Oficial no próximo mês.

O funcionário comissionado em atividade em um destes três cargos que não obtiver o certificado na primeira tentativa terá uma nova oportunidade, após passar por curso de aperfeiçoamento na Fundação do Desenvolvimento Administrativo (Fundap), vinculada à Secretaria de Gestão Pública. Caso ele não seja aprovado na segunda vez, ficará impossibilitado de permanecer no cargo.
Ocupantes de cargos da Educação e da Saúde serão os primeiros a passarem por avaliação

Além de comprovar a capacidade técnica dos profissionais para desenvolver com eficiência as atividades da função no governo paulista, a Certificação Ocupacional promove o desenvolvimento profissional dos servidores estaduais.

"Esta ação integra o conjunto de medidas do Governo de São Paulo com foco na profissionalização da força de trabalho e na melhoria do padrão de excelência dos serviços públicos", diz o secretário de Gestão Pública, Sidney Beraldo.

O processo de Certificação Ocupacional é implantado e administrado pela Secretaria de Gestão Pública, com o apoio da Fundação Getulio Vargas (FGV). O organismo certificador é a Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas - EBAPE, da FGV.

De acordo com o secretário Sidney Beraldo, a intenção é estender a Certificação Ocupacional para os cargos estratégicos e de comando de livre provimento de outras pastas da administração estadual.

Avaliação

Os exames da Certificação Ocupacional serão realizados on line em centros de testes da FGV. Para o cargo de dirigente regional de ensino, a data e o local da prova deverão ser escolhidos pelos participantes durante o período de 13 de julho a 4 de agosto. São 14 centros, localizados nos municípios de São Paulo (duas salas), Santo André, Guarulhos, Presidente Prudente, São José do Rio Preto, Franca, Ribeirão Preto, Bauru, Campinas, Sorocaba, Registro, Santos e São José dos Campos. Os centros de testes contam com monitores treinados pela FGV para monitorar a realização do exame. Além disso, as salas são equipadas com câmeras.

A primeira avaliação será a prova de múltipla escolha, que abordará gestão pedagógica, gestão de demanda escolar e gestão de processos administrativos. A bibliografia pertinente a cada tema indicado para o exame consta do edital. A prova terá 40 questões objetivas e duração máxima de 3 horas. Na sequência, os servidores realizarão o inventário comportamental, que apontará as características de comportamento do candidato, como estilo interpessoal e estratégia de tomada de decisão. Serão 40 questões com duração de até uma hora.

A partir do dia 14 de agosto, o resultado estará disponível para consulta dos participantes. A Certificação Ocupacional tem validade de três anos.

Banco de Certificados

De acordo com o decreto nº 53.254, de 21 de julho de 2008 do governador José Serra, somente profissionais certificados poderão ocupar os cargos comissionados de dirigente regional de ensino, diretor de hospital e diretor regional de saúde. Dessa forma, com o objetivo de criar um Banco de Certificados para esses cargos, também haverá a abertura de 354 vagas para profissionais interessados em participar dos processos de Certificação Ocupacional.

Para formar o Banco de Certificados do cargo de dirigente regional de ensino estarão disponíveis 212 vagas para servidores públicos estaduais da Secretaria da Educação. Para participar é necessário ser titular no cargo de supervisor de ensino ou diretor de escola de uma única unidade por pelo menos três anos, além dos requisitos técnicos já utilizados atualmente.

Os interessados deverão fazer a pré-inscrição até 23 de junho, pelo site http://www.recursoshumanos.sp.gov.br/certificasp/. Quem se cadastrar deverá encaminhar documentação referente à sua formação acadêmica e profissional para a Diretoria de Ensino da sua região até o dia 25 de junho. Nessa fase de pré-inscrição, os candidatos vão passar por uma avaliação curricular, na qual os títulos de pós-graduação e a experiência de trabalho serão pontuados para selecionar os profissionais. Os 212 melhores classificados serão convocados para o processo de Certificação Ocupacional. A lista será divulgada no dia 8 de julho e a partir do dia 9, do mesmo mês, os candidatos selecionados deverão efetivar a inscrição.

Na área da Saúde, o edital com os requisitos necessários para participação e o calendários das etapas da Certificação Ocupacional estará disponível em julho.

Profissionalização

O Estado realiza uma série de ações para profissionalizar a sua força de trabalho e elevar a qualidade dos serviços públicos. Fazem parte desse conjunto de medidas a meritocracia e a bonificação por resultados; as medidas legais, de saúde e de gestão para combater o absenteísmo; a capacitação e qualificação dos funcionários; a criação das carreiras de Especialista em Políticas Públicas e de Analista em Finanças, Planejamento e Orçamento; o recadastramento dos servidores da ativa; a redução dos cargos de confiança na administração estadual; o estabelecimento das regras para contratação de servidores temporários e sua substituição por cargos efetivos preenchidos por concurso público.

Minha Casa Minha Vida: Prefeitura de Botucatu divulga relação final de inscritos no Programa

A Prefeitura Municipal de Botucatu, por intermédio da Secretaria de Habitação, divulga a relação final de inscritos no programa federal Minha Casa Minha Vida.

De acordo com o secretário de Habitação, Vicente Ferraudo, após a publicação no Semanário Oficial [nessa próxima quinta-feira, 25], a relação será enviada à Caixa Econômica Federal [CEF] de Bauru, responsável pela região e a CEF que fará a seleção a partir de critérios próprios.
Atualizada em 14 de julho de 2010 - Começou recadastramento para casas do Parque Santa Maria 1

Matéria atualizada em 30 de junho de 2010 - LEIA "Cadastros para Residencial Santa Maria 1 serão atualizados"
“À princípio Botucatu deve receber 400 casas do Programa”, explica Ferraudo.
Relação de inscritos: http://www.botucatu.sp.gov.br/news/one_news.asp?IDNews=8259

Subsecretaria de Comunicação e Informação

Secretário e comando da GCM participam da mesa de Fórum Paulista de Segurança

O secretário de Segurança Adjair de Campos, o comandante da Guarda Civil Municipal Capitão Salvador Theodoro e o Inspetor Paulo Renato da Silva vão compor a mesa de autoridades do Fórum Paulista de Segurança Municipal, que será realizado no próximo dia 25 de julho, na cidade de Cajamar.

De acordo com adjair, o convite aconteceu em razão da repercussão positiva do novo direcionamento da GCM de Botucatu, que teve um aumento de mais de 10 vezes no número de chamadas em relação ao ano de 2008. “Hoje a filosofia e atuação da GCM de Botucatu é referência nacional”, explica Adjair.

Além dos representantes botucatuenses, vão compor a mesa do evento o Secretário Nacional de Segurança Ricardo Balestreri e os prefeitos das cidades de Cajamar, Franco da Rocha, Caieiras, Jundiaí, Mairiporã, Francisco Morato e Campo Limpo Paulista.

GCM: 199
Subsecretaria de Comunicação e Informação

GCM ministra curso de mediação de pequenos conflitos para Pratânia e Unesp

O secretário municipal de Segurança Adjair de Campos, o comandante da Guarda Civil Municipal [GCM] Capitão Teodoro, o e inspetor Paulo Renato da Silva, vão ministrar um curso de mediação de pequenos conflitos para os novos recrutas da GCM local, os recrutas da GCM de Pratânia e os funcionários da vigilância da Unesp, campus Lageado. O curso será na próxima quinta-feira [25], na sala de teleconferências da Secretaria de Educação, antigo seminário São José.

De acordo com campos, a mediação de conflitos é essencial para que pequenas ocorrências não se transformem em tragédias. “É importante saber como acalmar e mediar. Uma mediação mal feita pode agravar uma situação”, explica.

“Essa parceria entre a Secretaria de Segurança e as instituições mostra como elas [instituições e outras cidades] confiam e admiram o novo direcionamento de Segurança da cidade de Botucatu”, finaliza o secretário.

GCM: 199

Subsecretaria de Comunicação e Informação

Saúde vacina 82% das crianças contra a pólio no sábado

As equipes da Secretaria Municipal de Saúde vacinaram contra a paralisia infantil 7.210 crianças de zero a cinco anos, o que corresponde a 82% dessa população da cidade.

Para alcançar o objetivo de vacinar as 8.811 crianças, a campanha prossegue durante toda a semana em todas as Unidades Básicas de Saúde [endereços abaixo].

Unidades básicas de saúde: http://www.botucatu.sp.gov.br/news/one_news.asp?IDNews=8256

Subsecretaria de Comunicação e Informação

Prefeitura promove audiências públicas sobre Transporte coletivo

A Prefeitura Municipal de Botucatu, por intermédio da Secretaria de Descentralização e Participação Comunitária e Secretaria de Mobilidade/Departamento de Engenharia de Tráfego [DET], promove nos próximos dias 25 e 26 de junho, audiências públicas para tratar de assuntos referentes ao transporte coletivo.

No dia 25, o debate será sobre a região do Parque Vila Real, Marajoara e Imperial. O evento será no Cras da Vila Real, na Avenida Brasil, nº 263.

No dia 26, a região debatida será as dos bairros Santa Elisa, Jardim Botucatu e Califórnia I, além do distrito de Rubião Junior. A reunião será no salão da Igreja de Rubião Junior.

As audiências contarão com as presenças dos secretários de mobilidade Vicente Ferraudo e Descentralização e Participação Comunitária João Carlos Figueiroa, de representantes da Empresa Auto-ônibus Botucatu, Conselho Municipal de Usuário de Transporte Coletivo e Unasabs.

As audiências são abertas à população.

Serviço: audiências públicas sobre Transporte coletivo

25 de junho – 19h00 – Parque Vila Real e Marajoara, Imperial.
Local: CRAS da Vila Real [Projeto] Av. Brasil 263 [Parque Imperial]

26 de junho – 19h00 – Vila Santa Elisa, Rubião Junior, Jardim Botucatu e California I.
Local: Salão da Igreja de Rubião Junior.

Subsecretaria de Comunicação e Informação

Paraglider: campeões mundiais aprovam infra-estrutura de Botucatu

A cidade dos Bons Ares pode começar a se firmar como a cidade dos Bons Vôos e sediar campeonatos nacionais e internacionais. Os campeões mundiais Frank Brown e Marcelo Prieto, o Ceceú, que participaram da Etapa do Campeonato Paulista de Paraglider nesse último final de semana, na rampa Na Base da Nuvem, aprovaram e elogiaram a infra-estrutura que a Prefeitura Municipal proporciona à prática do esporte.

Apesar das condições de vôo não serem as ideais devido à época do ano, os pilotos aprovaram a etapa. “A estrada de acesso [vicinal Geraldo Biral] está ótima, a organização e apoio da Prefeitura deixaram o evento impecável”, disse o piloto e secretário da Associação Brasileira de Voo Livre [ABVL], Ricardo Branco, o Chapolim.

“A Prefeitura está de parabéns, a infra-estrutura é de nível internacional, é muito bom ver que a cidade investe no voo livre, um esporte que não agride a natureza e que cresce muito no Brasil”, elogiou Frank Brown. “Botucatu tem tudo para se firmar como um centro de prática e competições de voo livre, não sei se a cidade consegue sediar uma etapa internacional devido a altura da rampa, que deve ser de 300 metros e aqui é de 200, mas tudo depende dos observadores internacionais que devem vir no campeonato brasileiro”, completa.

Cecéu não economizou nos elogios. “Fomos muito bem recebidos, a cidade é limpa, bonita, bem organizada, o prefeito [João Cury] e os secretários municipais nos receberam de braços abertos. Com certeza, quando falarem de Botucatu, vou me lembrar com muito carinho”, declara.

O presidente da Associação Brasileira de Voo Livre [ABVL] Marcelo Almeida declarou que o empenho de Botucatu em promover o esporte trará bons frutos à cidade. “Existem muitos locais do Brasil com excelentes condições de vôo, a diferença é a vontade em promover eventos com qualidade e infra-estrutura de primeiro mundo”, finaliza.

Subsecretaria de Comunicação e Informação

Jori: Botucatu é campeã geral em Itapetininga

Botucatu superou os principais adversários Sorocaba, Votorantim, Itapetininga e Jaú; a desconfiança de alguns e é campeã geral dos Jogos Regionais dos Idosos [Jori] 2009, disputados em Itapetininga entre os dias 19 e 21.

Os atletas chegaram à cidade na tarde de ontem [domingo, 21] escoltados pela Guarda Civil Municipal [GCM] e foram recepcionados em frente à catedral com uma bateria de rojões, secretários municipais, assessores, imprensa, familiares, e a primeira-dama Rachel Cury.

A emoção era grande, alguns choraram de alegria com a recepção. A coordenadora esportiva Marilza Carvalho desabafou. “Estou mais que satisfeita, muitos diziam que Botucatu tinha sido campeã no ano passado [2008] por jogar em casa e agora provamos que nossa cidade é uma potência esportiva”, disse.

A jogadora de vôlei Dora Ferreira, 77, transbordava alegria. “Estou muito feliz. Além de competir, nós atletas nos confraternizamos, é uma realização pessoal”.

Após os rojões e abraços, comandados pela atleta Salete Rúbio, todos cantam a canção oficial do município, Saudades de Botucatu, de Angelino de Oliveira.

A primeira-dama e presidente do Fundo Social do Município, Rachel Cury, parabenizou a todos. “Acho que Botucatu prova seu valor, uma vitória da união, do coração e da vontade”.

O secretário municipal de Esportes e Lazer, professor Pereira, resumiu a conquista em uma palavra: superação. “Se Botucatu não tem as melhores equipes porque não contrata atletas vence com o coração. Se falta a técnica não falta vontade e a superação”, finaliza.

Secretaria de Governo - Subsecretaria de Comunicação e Informação

Pós-graduação em Ciência Florestal da Unesp produz suas primeiras dissertações

O mês de maio marcou um momento especial para as atividades de pesquisa da Faculdade de Ciências Agronômicas da Unesp, câmpus de Botucatu, com as defesas das três primeiras dissertações de mestrado do programa de pós-graduação em Ciência Florestal.

Aprovado pela Capes em 2006, com nível 4, o maior conceito conferido a cursos novos, o programa iniciou suas atividades em 2007. No final de 2009, a Capes deve reavaliar o programa e a expectativa da coordenação é que as dissertações defendidas colaborem para melhorar ainda mais a avaliação do programa. “O nível das dissertações de mestrado é muito bom e traz credibilidade para nosso curso”, explica o professor Iraê Amaral Guerrini, coordenador do programa. “Até agora, o balanço das atividades é muito positivo e no ano que vem teremos as primeiras teses de doutorado que devem contribuir para a consolidação do programa”.

Outras ações também colaboram para o fortalecimento do curso, como a ampliação do quadro de docentes. “Começamos com um grupo muito qualificado, porém reduzido, de professores e agora estamos ampliando esse panorama”, conta o professor Guerrini. “A área de Ciência Florestal é muito ampla e envolve temas tão diversos quanto produção de mudas, manejo de solos, colheita, transporte e secagem de madeira, tecnologias de papel e celulose. Hoje, conseguimos atender todas estas áreas”.

O crescimento do curso aconteceu sem perder de vista a qualidade. Segundo o professor Guerrini, estratégias como a aproximação com o setor produtivo para o desenvolvimento das pesquisas e a colaboração constante de pesquisadores estrangeiros ministrando palestras e disciplinas foram adotadas como metas pela coordenação do programa. “Queremos gerar pesquisas com qualidade, consistência e relevância. Já temos conseguido isso e a tendência é evoluir”.

A qualidade do Programa segue a tradição da FCA em pós-graduação. A Faculdade conta hoje com oito programas de pós-graduação, todos bem avaliados. “As unidades da Unesp de Botucatu produziram em 2008, 226 trabalhos entre dissertações de mestrado e teses de doutorado. Somente na FCA foram 60 dissertações de mestrado e 52 teses de doutorado. São números muito expressivos”, diz o diretor da Faculdade, professor Edivaldo Domingues Velini. “Estamos trabalhando para desenvolver tecnologias e mudar os ambientes de produção em praticamente todas as culturas que existem no Brasil”.

As primeiras dissertações defendidas no programa de pós-graduação em Ciência Florestal foram:

“Mastofauna Terrestre Associada à Área em Processo de Restauração na Fazenda Experimental Edgárdia, Botucatu, SP”, defendida por Beatriz Rosangela Murbach Cães, sob a orientação da professora Vera Lex Engel;

“Diversidade de Mamíferos de Médio e Grande Porte e sua Relação com o Mosaico Vegetacional na Fazenda Experimental Edgárdia, UNESP, Botucatu/SP”, defendida por Telma Regina Alves, sob a orientação da professora Vera Lex Engel;

“Estoque de Carbono em Solos sob Plantios de Eucalipto e Fragmentos de Cerrado”, defendida por Ana Maria Martins Rufino, sob a orientação do professor Iraê Amaral Guerrini.

ASSESSORIA DE IMPRENSA - Faculdade de Ciências Agronômicas da Unesp de Botucatu - FCA / Fundação de Estudos e Pesquisas Agrícolas e Florestais - FEPAF

Mais 35 casos de gripe suína são confirmados no país

Da Agência Brasil

Subiu de 180 para 215 o número de casos confirmados de influenza A (H1N1) – gripe suína – no país. Os suspeitos passaram de 184 para 221, segundo o último balanço do Ministério da Saúde. Os casos descartados somam 560.

O estado de Alagoas teve seu primeiro caso de gripe suína confirmado hoje. O mais afetado continua sendo São Paulo – de ontem para hoje, o número de pessoas contaminadas no estado aumentou de 80 para 95.

O Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Minas Gerais registraram quatro novos casos cada. Em Santa Catarina foram confirmadas mais três contaminações. O Paraná, Mato Grosso, o Espírito Santo e o Distrito Federal têm um novo caso cada. Todos apresentam quadro clínico moderado e passam bem.

Apesar do constante aumento de casos, o Ministério da Saúde considera que a transmissão no Brasil é limitada, sem indícios de transmissão sustentada da gripe suína de pessoa para pessoa.

Segundo a Organização Mundial da Saúde, 51.095 pessoas já contraíram o novo vírus em 93 países, com 230 mortes.

LER: bancário obrigado a fazer hora extra receberá R$ 100 mil

A exigência de que um empregado prestasse habitualmente serviço em horário extraordinário, aliada à não-observância de normas de medicina e segurança do trabalho, resultou em condenação a uma indenização de R$ 100 mil. Esse é o valor que o Banco ABN AMRO Real S.A. terá que pagar a um gerente operacional de agência em Recife (PE), afastado do trabalho por sofrer lesão por esforço repetitivo – LER. Em agravo de instrumento ao Tribunal Superior do Trabalho, o banco pretendia obter a redução da indenização, mas a Sétima Turma rejeitou o apelo patronal e negou provimento ao agravo.

O gerente trabalhou para o banco por mais de 25 anos. Segundo afirmou, em dias normais sua jornada de trabalho era das 7h30 às 20h, com intervalo de até 30 minutos para almoço. Nos dias de maior movimento - entre os dias 25 de um mês ao dia 10 do mês seguinte -, a jornada em média ia até as 21h, com o mesmo intervalo. Ele não era submetido a controle de ponto, mas apresentou testemunha que confirmou a informação e disse não haver flexibilidade na jornada do gerente geral de serviços (antigo gerente operacional). Ao contrário, a testemunha da empresa não soube elucidar nada a respeito.

A partir de setembro de 1994, o bancário passou a receber o benefício previdenciário, após vários laudos periciais, inclusive do INSS, que atestaram a a doença. Ele ajuizou, então, ação em que pedia indenização por danos morais pela doença profissional, entre outros pedidos, como horas extras. A 17ª Vara do Trabalho de Recife (PE) estipulou a indenização em R$ 100 mil.

Trabalhador e empresa recorreram da sentença. Enquanto o trabalhador buscou a majoração da indenização para R$ 500 mil, conforme pedido inicial, o banco queria a redução para um valor entre 10 e 20 salários mínimos, sob a alegação de que o juízo de primeira instância “fugiu aos princípios da razoabilidade e proporcionalidade, fixando montante que representa enriquecimento sem causa do autor”.

O Tribunal Regional do Trabalho da 6ª Região (PE) manteve a sentença. Considerando que a incapacidade para o trabalho tem reflexos de ordem psicológica, o Regional entendeu que o valor era razoável. O Regional concluiu que o banco “deixou de observar as normas sobre medicina e segurança do trabalho e de propiciar ao trabalhador condições adequadas”, chegando a exigir a prestação rotineira de horas extras.

Com o recurso de revista barrado pelo TRT, a empresa interpôs agravo de instrumento ao TST. Para o ministro Ives Gandra Martins Filho, relator do apelo, o Regional demonstrou a culpa do empregador, e não havia, no acórdão regional, a violação às disposições legais e constitucionais alegadas pelo banco. (AIRR –2427/2006-017-06-40.0)

Assessoria de Comunicação Social - Tribunal Superior do Trabalho

Visão do Futuro dá óculos a quase 1.800 alunos

Quase 1.800 alunos vão ganhar óculos do Programa Visão do Futuro, iniciativa do Fundo de Solidariedade e Desenvolvimento Cultural e Social do Estado de São Paulo (FUSSESP) em parceria com a Secretaria de Estado da Educação. O programa pioneiro no Estado ainda vai encaminhar outros 46 mil estudantes aos exames médicos ambulatoriais, em grandes hospitais da cidade. Todos os alunos tiveram problemas de visão detectados durante a triagem feita nas escolas da rede.

As consultas acontecem todos os sábados até o dia 15 de agosto e são realizadas na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, Hospital das Clínicas, Hospital São Luiz Gonzaga, Hospital Municipal de Ermelino Matarazzo e na Universidade Federal de São Paulo.

46 mil estudantes da rede vão passar por exames oftalmológicos até dia 15 de Agosto
A parceria capacitou 4.800 professores que realizaram nas salas de aulas a primeira etapa do programa. Por meio dos testes de acuidade visual, aplicados pelos docentes, foi possível identificar os alunos com sintomas que denunciem a existência de algum problema de visão.
Ao todo, 133 mil alunos entre 6 e 8 anos matriculados na 1ª série do Ensino Fundamental foram avaliados.

Trabalho com a comunidade

As unidades escolares têm também a tarefa de reforçar junto à comunidade a importância de comparecer às consultas e do uso dos óculos no processo de aprendizagem de seus filhos. “É necessário que a família compreenda a importância de levar seu filho para fazer o exame”, comenta Ana Leonor Sala Alonso, coordenadora do programa Visão do Futuro na Secretaria de Estado da Educação. Esse trabalho de conscientização terá o apoio da Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social.

Visão do Futuro

O programa Visão do Futuro também conta com a parceria de outras entidades como a Santa Casa de Misericórdia, Unifesp e com a Secretaria de Estado da Saúde e as secretarias municipais de Educação, Saúde, Assistência e Desenvolvimento Social. Outro importante apoio vem da Associação das Consulesas (Aconsp), que doa os óculos para as crianças.

Além do diagnóstico e suporte aos alunos com problemas de visão, o programa irá realizar um estudo sobre a saúde visual das crianças com base nos resultados.

Secretaria de Estado da Educação - Assessoria de Imprensa

Governo do Estado abre inscrições para o Programa Jovens Embaixadores

Estudantes da rede estadual de ensino já podem se inscrever para o Programa Jovens Embaixadores, que vai levar 35 jovens para uma viagem de três semanas aos Estados Unidos.

As inscrições podem ser feitas no site da Secretaria de Educação (http://www.educacao.sp.gov.br/), no link específico para o Programa Jovens Embaixadores 2009. Lá, o aluno pode imprimir a ficha de inscrição que deve ser entregue, juntamente com a documentação necessária, à unidade escolar que ele frequenta.
35 estudantes de escolas públicas farão uma viagem de três semanas pelos Estados Unidos

As fichas de inscrição devem ser entregues pela diretoria da escola à Embaixada Americana até o dia 12 de agosto.

O Programa Jovens Embaixadores é uma iniciativa da Embaixada dos Estados Unidos em parceria com os setores público e privado dos dois países.

Documentação necessária

Uma fotografia recente (colorida)
Uma cópia da carteira de identidade
Uma cópia da matrícula escolar para 2009
Uma cópia do histórico escolar ano a ano
Uma cópia do certificado de curso de inglês (caso tenha estudado inglês fora a escola)
Uma cópia do comprovante de renda de ambos os pais ou responsáveis legais
Uma cópia da conta de luz mais recente da residência em que vive
Uma carta de recomendação de um professor ou da escola
Uma carta de recomendação dos pais ou tutores legais
Uma carta de recomendação do projeto social em que está envolvido

Festa de Santana 2009 já tem shows agendados

A Agfest Promoções e Eventos assume esse ano a responsabilidade pelos shows da tradicional “Festa de Santana de Botucatu”. Segundo Gustavo Aguiar, sócio proprietário da produtora, serão 4 dias de shows no Largo da Catedral. “Teremos uma missão importante, manter o evento com a mesma qualidade do ano passado, que de acordo com a paróquia, foi uma das melhores edições com atrações de peso todos os dias”.


• Confira a programação da Festa de Sant'Anna em 2010

Alexandre Haddad, sócio da Agfest, revela queque já estão cinfirmados na agenda shows com a dupla Sertaneja Ulisses e Moisés (23 de Julho), o grupo de pagode Karametade (25 de julho) e o show da banda de forró Bicho de Pé (28 de julho).

Gustavo Aguiar explica que a programação será fechada por bandas regionais e municipais. “Este ano a novidade é que vamos convidar um dia cada Rádio da Cidade para apresentar o evento, faremos o convite para Clube FM, Municipalista, F8 e Criativa, a intenção é integrar todas as emissoras no evento”.