junho 06, 2009

Hemocentro do HC/Unesp cadastra doadores de medula óssea

O Hemocentro de Botucatu, vinculado ao Hospital das Clínicas (HC), da Faculdade de Medicina/Unesp (FMB), realiza neste sábado, dia 6 de junho, cadastramento de doadores de medula óssea. A atividade acontece durante a Feira da Saúde, que acontece na praça Emílio Pedutti (Bosque) e terá oferta de serviços e esclarecimentos à população gratuitamente.

Na oportunidade, a equipe do Hemocentro recolherá amostra de sangue que serão enviadas a Marília para realização de exames de compatibilidade. Após a análise, os dados e material recolhido serão encaminhados para o Redome (Registro Nacional de Doadores Voluntários de Medula Óssea), no Rio de Janeiro.

Interessados em serem doadores devem ter entre 18 e 55 anos e apresentar documento de identidade com foto (RG ou Carteira Nacional de Habilitação). No local será fornecido um formulário para preenchimento de dados pessoais com endereço e telefones próprios e de pessoas próximas (parentes e/ou amigos) para futuros contatos.

Medula óssea é um tecido líquido que ocupa o interior dos ossos, conhecida popularmente por ‘tutano’. Através dela são produzidos os componentes do sangue como hemácias (glóbulos vermelhos), leucócitos (glóbulos brancos) e plaquetas. O transplante de medula óssea é necessário em doenças como anemia aplástica grave- falta de produção de células do sangue na medula óssea- e alguns tipos de leucemia.

Atualmente o Brasil tem o terceiro maior banco de doadores de medula óssea do mundo, com mais de um milhão de cadastrados. No entanto, a chance de compatibilidade de doadores fora da família da pessoa é de um para cada milhão de doadores. “Por isso a importância de campanhas de cadastro e de conscientização o que aumentam as chances de encontrar doadores compatíveis”, explica Dr. Newton Okama, responsável pelo cadastro de medula óssea no Hemocentro.

Flávio Fogueral - Jornal da FMB

Pajerama - versão brasileira e animada de 2001

Um índio é pego numa torrente de experiências estranhas, revelando mistérios de tempo e espaço.


Uma versão brasileira e animada de 2001, Uma Odisséia no Espaço. Um alerta em 3D contra a devastação da Amazônia.


Ficha Técnica

Produção Paulo Boccato, Mayra Lucas Roteiro Leonardo Cadaval Edição de som Ruggero Ruschioni Produção Executiva Mayra Lucas, Michele Lavalle Música Ruggero Ruschioni


Gênero Animação
Diretor Leonardo Cadaval
Ano 2008
Duração 9 min
Cor Colorido

Festivais
Amazonas Film Festival 2008
Anima Mundi 2008
Animadrid 2008
Cine Esquema Novo - Porto Alegre 2008
Cine PE 2008
Curta Cinema - Festival Internacional de Curtas do Rio de Janeiro 2008
Curta-se - Festival Luso-Brasileiro de Curtas Metragens de Sergipe 2008
Festival de Cinema do Pará 2008
Festival de Cinema e Vídeo de Cuiabá 2008
Festival de Curtas de São Paulo 2008
Festival Guarnicê de Cinema do Maranhão 2008
Festival Internacional de Curtas de Belo Horizonte 2008
Festival Internacional de Curtas-Metragens de Oberhausen 2008
FICA 2008
Florianópolis Audiovisual Mercosul 2008
Goiânia Mostra Curtas 2008
Granimado Festival Brasileiro de Animação 2008
Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis 2008
Mostra Londrina de Cinema 2008
Seminário Internacional de Cinema e Audiovisual 2008
Festival Internacional de Cinema Infantil 2008