junho 03, 2009

Prefeitura e carnavalescos querem a reativação da União das Escolas de Samba

A Prefeitura Municipal irá reativar a Liga das Escolas de Samba de Botucatu, que perdeu a função em 96, quando o carnaval de rua ficou inativo por quatro anos.

Segunda a Secretária Adjunta de Turismo, Priscila Ribas, a reativação vai trazer mais força e recursos para o carnaval botucatuense, que nos últimos anos foi representado por alguns blocos pequenos. “Com a notícia, os blocos já começaram a se unir e a tendência é que se formem várias escolas”, explica Ottony Tonin, da Subsecretaria de Turismo.

A nova diretoria e conselho fiscal da UESB, União das Escolas de Samba de Botucatu, será definida em assembléia, marcada para o próximo dia 15, segunda-feira, ás 20h no Espaço Cultural Antônio Gabriel Marão, localizado na Avenida Dom Lúcio, 755.

Na ocasião serão eleitos 12 cargos: Presidente, Vice, Secretário, Vice Secretário, Tesoureiro e 2° Tesoureiro, além de 3 membros efetivos e 3 suplentes para o Conselho Fiscal. O sistema de votação será em sistema de maioria absoluta em primeira instância e após 30 minutos, com o número de presentes. Terá direito a voto os participantes da última diretoria e 1 representante por bloco.

Tudo pronto para a apresentação da Esquadrilha da Fumaça

Já está tudo preparado para a visita da Esquadrilha da Fumaça em Botucatu, no próximo dia 13 de junho. Na tarde de terça-feira,02, os organizadores do evento se reuniram na Prefeitura Municipal para definir os detalhes do evento aéreo “ Cruzando os Bons Ares”, que leva ainda para o Aeroporto Tancredo Neves exposições de aviões, aeromodelismo, oficinas recreativas, brinquedos infláveis, acrobacias aéreas com girocóptero, entre outras atrações.

A expectativa da Prefeitura Municipal é atrair visitantes de toda região para ver a Esquadrilha da Fumaça, que não se apresenta em Botucatu há 4 anos. Entre os pilotos da atração está o botucatuense Capitão Caldas, filho do Vice-Prefeito Prof. Caldas, que integra o seleto time há um ano e meio.

O evento ainda terá praça de alimentação, com renda revertida para o Fundo Social, e monitores para cuidar das crianças. O estacionamento e a entrada serão gratuitos, linhas especiais de ônibus para o local também estarão disponíveis, saindo da Igreja São Benedito a partir das 12h. O retorno será até o camelódromo.

A segurança do evento será feita pela Guarda Municipal, Polícia Militar e homens do Tiro de Guerra. Idosos e deficientes terão acesso especial.

CRUZANDO OS BONS ARES
Sábado- 13 de junho
13h às 17h
Aeroporto Municipal Tancredo Neves

Movimento Urbano vai reunir, skate, grafite, malabares, dança de rua e rock

O Movimento Urbano vai reunir as tribos do Skate, grafite, dança de rua, malabares e rock n’roll, no próximo dia 27, na Praça do Bosque. Na ocasião também acontece a exibição de lançamento do DVD Radical Fest. O evento é promovido pela Jows Underground e apoiado pela Prefeitura Municipal, através da Secretaria Municipal de Esportes.

Com início previsto para as 10h da manhã o Movimento Urbano também terá o torneio Game Of Skate - modalidade ‘street-, premiação do ‘Melhor Vídeo do Site’, praça de alimentação e show de encerramento com a banda Rockwell.

A entrada é franca.
Para competir no torneio de skate o custo de inscrição é de R$ 10.

Mais informações: www.jows.com.br

Vovô do tráfico é preso em Botucatu

Por Renato Fernandes

Na noite de quarta-feira (3 de junho), uma equipe da Dise – Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes, prendeu por tráfico de drogas o senhor, Carlos José Moreira (62), vulgo Mineirinho ou Véio.

O ‘vovô’ do tráfico, é natural da cidade de Limeira, e fornecia cocaína a traficantes de Botucatu. Suas vendas não eram em pequenas quantidades. No momento da prisão ele negociava a troca de 50 gramas do entorpecente com um casal que havia adquirido o produto, mas não havia gostado da qualidade do mesmo.

Com ele foi encontrada 50 gramas de cocaína pura, o casal (Marcos Santos Floriano, 45, e Taiani Cristina Vilas Boas, 21) portava a mesma quantidade da droga. O montante equivale a R$ 2 mil.

O idoso tem três passagens por tráfico de drogas e cumpriu pena de 17 anos, pelo crime. Ele estava em liberdade há cinco meses.

Com informações do Diário da Serra

FMVZ promove descerramento do retrato do Professor Edson Ramos de Siqueira

A reunião da Congregação da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, realizada no dia 01 de junho, teve um momento especial para toda a comunidade da unidade, com o descerramento do retrato do professor Edson Ramos de Siqueira na galeria dos diretores.

A reunião contou com a participação de representantes dos alunos, dos servidores técnico-administrativos e dos docentes da FMVZ. “É com muita alegria que nos reunimos aqui para homenagear o professor Edson. Ele sempre lutou pelo bem desta Faculdade e, certamente, em sua atuação como diretor, colocou vários tijolos que ajudaram a construir essa unidade de excelência que a Faculdade é hoje”, disse o professor Luiz Carlos Vulcano, atual diretor da FMVZ.

O professor Edson agradeceu a homenagem e fez questão de saudar a equipe de trabalho que esteve ao seu lado durante o quadriênio em que dirigiu a Faculdade. “Buscamos fazer sempre o melhor para a FMVZ nesse período. Tudo na nossa vida é efêmero. O que é duradouro são as amizades sinceras. Por isso, gostaria de agradecer o trabalho e o companheirismo de todos”.

Carreira

Diretor da FMVZ de 2005 a 2009, o professor Edson Ramos de Siqueira é formado em Agronomia pela Faculdade de Agronomia e Zootecnia Manoel Carlos Gonçalves (1978), tem mestrado em Zootecnia pela Universidade Federal de Pelotas (1983) e doutorado em Zootecnia pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1990).

É professor titular da FMVZ e atua primordialmente na área de Zootecnia, com ênfase em ovinocultura, atuando principalmente nos seguintes temas: produção de carne ovina, produção de lãs, produção de leite ovino, confinamento de cordeiros e comportamento animal.

Pagani: “Quero esclarecer a atual situação do cinema

Conforme antecipou o blog O Grito Notícias e o jornal Diário da Serra, o vereador Lelo Pagani apresentou na sessão Legislativa de segunda-feira (1º de junho), requerimento pedindo informações sobre a situação do Cine Teatro Nelli, em Botucatu.

Pagani explica que, nos últimos dias, estudantes têm encontrado dificuldades para usufruir das leis que normatizam o pagamento de meia entrada, sobre o valor efetivamente cobrado para ingresso. “Pela lei vigente que trata do assunto, todos os estudantes, devidamente matriculados em estabelecimento de ensino têm direito à cobrança de metade do valor do ingresso, sendo que a prática dessa ação será devidamente fiscalizada pelo Procon. Nas últimas semanas, assistimos a uma verdadeira fila de reclamações no Procon contra fatos ocorridos no Cine Nelli, que interpretou as leis de forma a não deixar muitas pessoas assistirem aos filmes em cartaz gerando revolta e humilhação. Diante desses fatos, é necessária a averiguação da situação do Cine Nelli em Botucatu e por isso, peço algumas informações à Prefeitura Municipal”, justifica o vereador.

Em seu requerimento, o parlamentar anexa leis sobre a concessão do prédio ao Grupo de Teatro Taenca, na década de 1950, e pede esclarecimentos sobre o fiel cumprimento das leis que tratam do desconto de 50% em valor de ingressos a estudantes, como está a regularização do cinema perante a Prefeitura e se o alvará de funcionamento do estabelecimento está em situação regular com laudos técnicos que garantam suas atividades

"O Analista Machão de Bagé e o Filho Gay" é atração sexta-feira em Botucatu

Espetáculo que será exibido na sexta-feira,
no Teatro Municipal, tem em seu elenco:
Alysson Lima, Cláudio Cunha e Adriani Richter

Por Renato Fernandes

O ator Cláudio Cunha retorna para Botucatu com o espetáuclo “O analista de Bagé e o Filho Gay”, em sessão às 20h30, de sexta-feira, dia 5 de junho, no Teatro Municipal Camillo Fernandez Dinucci.

No espetáculo, Cunha vive “Pai Doto”, que, assessorado pela sua recepcionista Margarida (Adriani Richter) e pelo filho Olegário (Alysson Lima), recebe o público para uma palestra cujo tema è a “terapia do riso”.

A performance do trio leva o público a um verdadeiro tratado do humor, de Aristóteles, que disse ser o homem o único animal que ri, a Millôr Fernandes, que completou a frase dizendo: rindo ele mostra o animal que é.

”Pai Doto” fala das propriedades e efeitos da endorfina, conta causos, anedotas, aponta soluções para problemas do dia-a-dia e prioriza a piada bem contada.

No meio da esplanação, chega a notícia de que seu filho é gay. E para complicar ainda mais, irrompe pela platéia uma sexóloga que entra em batalha verbal. Está travada, então, a guerra dos sexos.

O Analista de Bagé já foi aplaudido por mais de dois milhões de expectadores em todo o Brasil, consagrada com dois Recordes no Guinness Book. “No início representávamos os causos do livro, mas aos poucos o personagem foi criando vida própria distanciando-se do original”, diz Claudio Cunha, que assume: “hoje o Analista é meu Alter Ego”.

Em 1998, o espetáculo já aparecia no Guinness Book com 2 recordes: a peça a mais tempo em cartaz e o ator a mais tempo permanente num personagem. Cunha reclama um outro recorde: o ator que mais viaja no Brasil. Em 26 anos de andanças pelos palcos do país, as várias adaptações da peça fizeram rir mais de 2 milhões de espectadores. Espetáculo acumula ainda as funções de autor e diretor. Seguindo a Escola do Teatro de Revista, para ele a grande linguagem de cena brasileira.

“Pai Doto” já esteve na Casa da Dinda, numa animada terapia com o casal Fernando e Rosane Collor. Participou da CPI do PC Farias. Já foi candidato à presidência da republica, teve um caso com uma super fêmea e agora esta às voltas com um filho gay.

Informações pelo telefone: (14) 3882-9004.

Paratodos recebe o Projeto Preto no Branco

Por Renato Fernandes

A Associação Hip Hop e a Crew Estilo Leve Movimento realizam no dia 21 de junho, na Praça Coronel Moura (Paratodos), o ‘Projeto Preto no Branco’, das 13 às 18 horas.

Durante o evento haverá concursos de B.Boys (categorias adulto e júnior) e B.girls. Eles disputarão prêmios como mochilas, camisetas, medalhas, bonés e DVD´s.

O número de participantes é limitado da seguinte forma: B.boys adultos, 13 vagas, e 8 vagas nas categorias B.boys Júnior e B.Girls.

Vagas podem ser confirmadas em recado no orkut, no perfil de ‘b.boyevertinhoel leme’, onde devem constar informações como nome do concorrente e da Crew que representa. A taxa de R$ 3, deve ser quitada no dia do evento.

“Dançando Pelo Mundo” vai auxiliar comunidades carentes

Por Renato Fernandes

No dia 18 de junho, às 20 horas, o Teatro Municipal Camillo Fernandez Dinucci receberá o espetáculo de dança “Dançando pelo Mundo”, que faz parte do 5º Festival de Dança da Unifac - Faculdades Integradas de Botucatu.
O espetáculo prevê a participação de 46 alunos da Unifac e 85 colaboradores de Botucatu e região, que integram parte das coreografias apresentadas.

O espetáculo conta a história de dois viajantes que narram suas experiências através das danças que conheceram pelo mundo. No repertório, constam performances típicas dos Estados Unidos, Egito, Argentina, danças de origem africana, indígena, brasileiras, nobres e até religiosas. Ao longo de seu desenvolvimento, a montagem aborda as diferenças culturais e resgata valores esquecidos, estimulando a liberdade de expressão e o respeito por todos os povos.

O ingresso será trocado por um quilo de alimento não perecível, para ser repassado a crianças e adolescentes dos Projetos Sócio Educativos “Preservando o Futuro”, Rubião Júnior, e “Jovem Cidadão”, Jardim Santa Elisa. Litros de leite que forem doados serão repassados ao Asilo Padre Euclides.

O Festival integra as atividades disciplinares acadêmicas e solidariedade. Toda a estrutura organizacional do evento fica sob a responsabilidade de profissionais qualificados e alunos do 3º semestre do Curso de Educação Física.

No contexto universitário, a atividade surge como necessidade de complementar a formação do profissional, fazendo parte da grade curricular do Curso.