abril 27, 2009

Bens de traficantes serão leiloados

A Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania promoverá, no próximo dia 29 de abril, o terceiro leilão de bens de traficantes no Estado de São Paulo. Serão leiloados 90 lotes entre carros, caminhões, motos e sucatas de veículos, além de eletroeletrônicos e alguns itens curiosos como 486 pares de tênis e, o destaque desta edição, um jatinho (aeronave), avaliado em R$ 40 mil.

Todos os bens ficarão disponíveis para avaliação prévia, no mesmo local onde será realizado o leilão, entre os dias 27 a 28 de abril, das 08 horas às 17 horas. Os objetos serão leiloados nas condições em que se encontram, não cabendo qualquer reclamação posterior ao arremate.

Em dezembro do ano passado o governo do Estado realizou o segundo leilão de bens de traficantes do Estado de São Paulo, onde foram arrecadados R$ 575 mil com a venda de 116 lotes. Na oportunidade compareceram cerca de 450 pessoas e o maior lance foi para um caminhão, vendido por R$ 60 mil. Na comparação com a soma dos lances mínimos, foi atingido um ágio de 94,36%.

Os valores arrecadados serão recolhidos ao Fundo Nacional Antidrogas (Funad), sendo que a distribuição é de 80% para o Estado de São Paulo (Segurança Pública, Justiça e Defesa da Cidadania e Ministério Público Estadual) e 20% ao Governo Federal.

Quem arremata um veículo não precisa se preocupar com o fato de o dono anterior estar envolvido com o tráfico de drogas. O veículo só é colocado à venda após determinação judicial e procedimento de inspeção e avaliação do Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran-SP), que libera toda a documentação.

Serviço:
Leilão de bens apreendidos de traficantes
Onde: Pátio Sodré Santoro
Endereço: Marginal da Via Dutra, km 224,6 – Vila Augusta – Guarulhos/SP
Data: 29 de abril
Horário: 09h30

Outras informações em: http://www.ssol.com.br/main.php

Assessoria de imprensa da Secretaria de Estado da Justiça e da Defesa da Cidadania



Powered by ScribeFire.

“Nova” Lei Rouanet promete corrigir distorções

seria natural que estados mais ricos arrecadassem mais dinheiro das empresas.

Outra parte, principalmente na Região Norte e Nordeste, está ansiosa para ver as mudanças prometidas pelo ministro. Somadas, as duas regiões ganham apenas 9% dos recursos.

De acordo com o ministro Juca Ferreira, as distorções na lei chegam a prejudicar itens que nem são percebidos em um primeiro momento. “Quando uma escola pública, por exemplo, quer usar algum material cultural já financiado, ela tem que pagar de novo. Assim, a sociedade sai prejudicada”.

Hoje, os investimentos em Cultura realizados pelo Governo Federal são divididos em duas frentes: o sistema de mecenato, que a Lei Rouanet regula ao regulamentar as doações de empresas, e o Fundo Nacional de Cultura, que são os investimentos diretos do Governo Federal. As mudanças na Lei Rouanet prevêem o fortalecimento do Fundo Nacional de Cultura. Grosso modo, esse mecanismo lembra o atual Funcultura, em que os recursos são investidos diretamente pelo governo após a análise dos projetos.

Para ficar em um exemplo mais próximo da realidade local, o SIC Recife é um mecanismo que funciona de forma mais similar à Lei Rouanet, em que os produtores culturais têm de bater à porta das empresas após conseguirem renúncia fiscal, ou seja, o Governo deixa de receber impostos para que o dinheiro seja revertido em projetos culturais.

Da Comunicação Social do Ministério da Cultura



Powered by ScribeFire.

Governo brasileiro distribui panfletos sobre gripe suína em aeroportos do Rio e de SP

Da Agência Brasil

O Ministério da Saúde está distribuindo 70 mil panfletos com informações preventivas sobre a gripe suína no Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo, e 30 mil no Galeão, no Rio de Janeiro. Os primeiros casos da doença foram registrados no México e já há ocorrências nos Estados Unidos e no Canadá. O ministério ainda não foi informado oficialmente sobre o caso confirmado na manhã de hoje (27) na Espanha.

Segundo o secretário de Vigilância em Saúde da pasta, Gerson Pena, o governo brasileiro adotou o plano preventivo elaborado desde 2006 para a gripe aviária.

“Não foi possível distribuir os panfletos antes porque nós estávamos adaptando o material que existia sobre gripe aviária. Além do mais, temos que imprimir poucos panfletos por vez porque as informações mudam o tempo todo”, explicou Pena. Cerca de 7 mil pessoas desembarcam no Brasil diariamente vindas da América do Norte.



Powered by ScribeFire.

Parlamentares querem negociar demissões ocorridas na Embraer

Integrantes da Frente Parlamentar em Defesa da Indústria Aeronáutica Brasileira visitam nesta quinta-feira (30) a sede da Empresa Brasileira de Aeronáutica (Embraer), em São José dos Campos (SP).

A intenção do presidente da Frente Parlamentar, deputado Marcelo Ortiz (PV-SP), é abrir uma rodada de negociação com os diretores da empresa sobre demissão de 4.270 funcionários em fevereiro. Os parlamentares também vão avaliar propostas para geração de empregos e renda na cadeia aeronáutica nacional.

A unidade da Embraer em São José dos Campos tem 14 mil funcionários e conta com o auxílio de mais de cem empresas satélites especializadas na montagem de aviões.

No mês passado, a Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público discutiu as demissões na Embraer. Na ocasião, sindicalistas disseram que a empresa demitiu funcionários para apresentar maior rentabilidade a seus acionistas. A Embraer, no entanto, negou a acusação e disse que a empresa depende do mercado externo, muito afetado pela crise financeira mundial.

Da  Agência Câmara



Powered by ScribeFire.

FCA/Unesp e Prospecta marcam presença na Agrishow 2009

A Faculdade de Ciências Agronômicas (FCA), câmpus da Unesp de Botucatu, e a Prospecta – Incubadora Tecnológica de Botucatu estão participando da Agrishow 2009, uma das maiores feiras agrícolas da América Latina, realizada em Ribeirão Preto de 27 de abril a 2 de maio.

A FCA está representada na Agrishow pelos integrantes do Cenagri Jr., empresa júnior de consultoria agrícola, formada por alunos da Faculdade. Instalados num estande próprio, os alunos distribuem material de divulgação e atendem o público interessado em conhecer mais sobre os cursos de graduação, pós-graduação, projetos de extensão e pesquisa desenvolvidos pela FCA.

A Prospecta, por sua vez, está representada por seis empresas incubadas: Meta Ambiente Consultoria Florestal; EcoBioTech Tecnologia Aplicada à Agricultura; Cenagri Jr. Consultoria Agrícola; Conapc Jr. Consultoria Agropecuária; Realiza Consultoria Agropecuária e Conflor Jr. Consultoria Florestal.

Durante o evento, os empresários vão atender o público, divulgar as atividades de suas empresas e da Prospecta, atualmente uma das incubadoras tecnológicas mais bem sucedidas do Estado de São Paulo.

Esta é a décima - sexta edição da Agrishow. Participam cerca de 800 expositores e os organizadores da feira esperam um público de mais de 140 mil visitantes nacionais e internacionais.

ASSESSORIA DE IMPRENSA - Faculdade de Ciências Agronômicas da Unesp de Botucatu - FCA / Fundação de Estudos e Pesquisas Agrícolas e Florestais - FEPAF



Powered by ScribeFire.

Docente e alunos do IB avaliam eficácia de atividades sobre piolhos realizadas em escolas

Projeto de extensão universitária desenvolvido pelo Instituto de Biociências (IB) da Unesp, câmpus de Botucatu, revelou que atividades de orientação e educação sobre piolhos da cabeça realizadas em escolas podem ter influência relevante na atitude de alunos e pais em relação a esse problema.

O trabalho coordenado pelo professor Newton Goulart Madeira, do Departamento de Parasitologia do IB, e que teve apoio do programa Núcleo de Ensino da Pró-Reitoria de Graduação (Prograd), foi dividido em várias etapas. Inicialmente, os pais foram entrevistados com o intuito de se obter informações gerais dos mesmos sobre o tema.  Essa pesquisa revelou que 92% das pessoas ouvidas notavam que as crianças que apresentavam piolho sofriam preconceito e 60% acreditavam que esse parasita transmitia doenças, voava e pulava.

Segundo Madeira, também foi observado que a maioria das famílias não procurava tratamento adequado. “Alguns pais utilizavam produtos como inseticida e querosene para combater o problema”, comenta o docente do IB.

A partir desses resultados, o professor resolveu desenvolver trabalho com os alunos de 3ª a 5ª séries do Ensino Fundamental das escolas Professor Luiz Tácito Virgínio dos Santos e João Queiroz Marques com o intuito de promover maior conscientização sobre o assunto. “Os professores possuíam grande dificuldade de trabalhar essa temática com os alunos”, lembra Madeira.

O docente e acadêmicos do IB produziram, então, materiais que poderiam atuar como suporte pedagógico como “O piolho na sala de aula”, que possui conteúdos sobre o formato do piolho; seu ciclo de vida; crenças; diagnóstico; forma de tratamento; transmissão; prevenção; e sugestão de atividades que podem ser desenvolvidas em sala de aula.

Também foi elaborado o “Meu caderno de educação e saúde”, que contém diversas atividades que enfocam o tema piolho, além de jogos educativos que abordam o assunto.

O coordenador do projeto explica que os alunos foram avaliados antes e após a aplicação das atividades e o resultado obtido pela equipe foi que, depois dos trabalhos realizados nas escolas, os estudantes demonstraram maior conhecimento sobre o assunto.

Entre os pais das crianças, também houve um retorno positivo. De acordo com inquérito realizado, dos 155 responsáveis por estudantes dos dois estabelecimentos de ensino, 84,5% disseram que os alunos comentaram sobre os aprendizados que tiveram em relação ao tema piolho e 74,8% afirmaram que, após o início das atividades educativas, notaram vontade dos filhos em aprender mais sobre o assunto. Já 73,9% disseram ter suas atitudes em relação ao problema influenciadas pelos alunos

Os questionários ainda revelaram que o interesse dos responsáveis pelas crianças das escolas João Queiroz Marques e Luiz Tácito em palestras sobre infestação de piolho foi, respectivamente, de 91,3% e 84,6%.

As professoras afirmaram que, entre os alunos que participaram das atividades, houve redução significativa de piolhos. As educadoras da escola Luiz Tácito Virgínio dos Santos também apontaram redução do preconceito em relação ao tema.

Já a diretora desse estabelecimento de ensino, Lúcia Helena Calori Jorgeto, na época do encerramento dos trabalhos realizados na escola, comentou que o projeto tem relevância inclusive para o futuro dos alunos. “Esses alunos aprendem a se cuidar melhor e quando forem pais também vão saber orientar seus filhos”, disse. 

Transmissão e tratamento de piolho da cabeça


Segundo Madeira, a transmissão do parasita se dá por meio do contato, ou seja, quando uma pessoa encosta o seu cabelo no de outra.

De acordo com ele, a remoção do piolho pode ser realizada com pente fino ou remédio, que deve ser prescrito pelo médico. Porém, ele explica que o uso de medicamentos pode fazer com que os piolhos adquiram resistência e passem a não apresentar mais eficácia no combate ao problema.

No caso da aplicação do pente fino, ele aconselha que se lave o cabelo com xampu ou sabonete. Após enxaguar, desembarace o cabelo, utilize condicionador, e divida-o em mechas. Em seguida, deve se aplicar o pente fino da raiz às pontas, lavando o pente após cada passada.

Madeira explica ainda que o tratamento precisa ser realizado a cada quatro dias, durante, no mínimo, duas semanas.

O professor salienta também que não há comprovação de que produtos caseiros como, por exemplo, o vinagre combatem o problema, e que não se deve fazer uso de gasolina, inseticidas, querosene, álcool e óleo.  

Assessoria de Comunicação e Imprensa do Instituto  de Biociências



Powered by ScribeFire.

Inscrições para a oficina de iniciação teatral termina dia 30

A Quadrilha de Teatro Notívagos Burlescos e a Secretaria de Cultura dão continuidade ao Projeto Trilogia da Fé abrindo inscrições para a Oficina de Iniciação 2009. A oficina terá a duração de três meses e contará com um encontro semanal que será realizado nas quartas-feiras, das 19hs às 22hs, no Centro Cultural de Botucatu (Ao lado do Cine Nelli).

Serão 30 vagas disponíveis para maiores de 14 anos com pouca ou nenhuma experiência teatral. As inscrições estão abertas durante todo o mês de abril na Secretaria de Cultura de Botucatu ou pelo e-mail notivagosburlescos@yahoo.com.br. A oficina terá início no dia 06 de maio e como conclusão os participantes se apresentarão no espetáculo "Ativar!" em agosto.

Mais informações no site www.notivagosburlescos.blogspot.com