abril 10, 2009

Polícia fecha casa de jogo clandestina em Botucatu

Casa funcionava no centro da cidade
e foi fechada na noite de quinta-feira


Por Renato Fernandes


Os moradores da região próxima ao Mercado Municipal de Botucatu, na Rua Rangel Pestana, foram surpreendidos com a movimentação de policiais na altura do número 143, na noite de quinta-feira, dia 9 de abril. No endereço funcionava, há aproximadamente um mês e meio, uma casa de jogos clandestina, que foi fechada em uma ação policial envolvendo três viaturas e oito policiais.

No momento do flagrante os PMs surpreenderam uma jogadora, em plena aposta, e um funcionário, cuja identidade não foi revelada. A ação culminou com a apreensão de 12 computadores convertidos em máquinas caça níqueis, R$ 520 em dinheiro, celulares e uma curiosa espada japonesa estilo samurai.

Segundo informações do Tenente da Polícia Militar de Botucatu, Cagliari, a região próxima ao Mercado Municipal de Botucatu concentra o maior número de apreensões deste tipo. Isso ocorre devido ao tráfego constante de pedestres e movimentação regular de veículos.

A mulher que estava jogando foi liberada, já que a prática não é considerada crime. O funcionário da casa foi interrogado. A Polícia investiga o caso e acrescenta a documentação encontrada no local entre os itens a serem averiguados.

Com Jornal Diário da Serra

Material apreendido foi levado ao
Plantão Policial e será transferido ao 1º DP

Entre as apreensões estava uma espada samurai