abril 08, 2009

Elvis cover anima o dia das Mães na AAB

Por Renato Fernandes

A produtora AG Fest e a Associação Atlética Botucatuense (AAB), promovem no dia 9 de maio, a partir das 21h30, um show baile, tendo como atração principal “Elvis Presley Cover”.

O Show terá duas horas de duração com a banda completa de Elvis Presley Cover, interpretação premiada de Edson Galhardi, eleito um dos melhores covers do Elvis do Mundo. “Todo seu figurino é feito pelo mesmo designer que fazia as roupas de Elvis, e são réplicas perfeitas do astro imortal”, diz Gustavo Aguiar, sócio proprietário da AG Fest.

Após o show, o evento continua com um baile dançante animado pela Banda Acorde. Reserva de mesas na secretaria da AAB, ou pelos telefones: (14) 8111 - 9401 e 8111 - 1404 .
Informações pelo telefone: (14) 3882- 1866 ou pelo site www.agfest.com.br.



Powered by ScribeFire.

Coral da Assembleia de Deus apresenta “Vivo Está”, dia 9

Por Renato Fernandes

O Coral da Igreja Assembleia de Deus, apresentará o show “Vivo Está”, na quinta-feira, dia 9 de abril, no Teatro Municipal Camillo Fernandez Dinucci. O musical de Gary Rhodes e Claire Cloninger, tem Vital Walter como regente desta montagem.

O musical coloca que desde o amanhecer dos tempos, era plano de Deus manter um relacionamento de amor com a humanidade. Numa noite assombrosa, quando o céu escurece, um homem inocente, um anônimo servo de Deus, foi torturado até a morte.

“Combinamos  novas e entusiasmadas canções, amadas e familiares, para narrar essa preciosa história com sensibilidade e poder. O resultado é um musical dinâmico e atraente. Conta com grupo de dança, grupo de teatro, videos, conjunto coral, solistas, duetos e quartetos”, explica o regente Vital Walter.

O coral que apresentará o trabalho,  tem mais de dez anos de fundação, contando com um grupo de aproximadamente 70 pessoas, incluindo grupo de dança, teatro e equipe técnica.
A entrada é franca. (RF)



Powered by ScribeFire.

Nany People em Botucatu com “Deu no que Deu”

A atriz Nany People assume a cena na comédia stand-up

Por Renato Fernandes

A drag queen Nany People apresenta no Teatro Municipal Camillo Fernandez Dinucci, o espetáculo “Deu no que Deu”, no dia 23 de abril, às 20h30. Os ingressos antecipados custam R$ 25. Na bilheteria, estarão à venda, no dia do espetáculo, a R$ 30.

O Espetáculo, idealizado pela própria Nany People, satiriza situações do cotidiano, e as diferenças e acertos do universo masculino/feminino. A apresentação tem total interação com a plateia, marca registrada da atriz e humorista, que por 80 minutos dá uma aula de como encarar a vida de maneira positiva e altruísta.

O espetáculo segue o gênero de comédia stand-up, que é considerado por muitos o estilo artístico mais difícil de se executar e dominar, por deixar o ator à mercê da audiência, que é colocado como elemento integrante do ato. “Um verdadeiro stand-up comedian tem de saber ajustar rapidamente sua rotina de acordo com o humor e gosto de um público específico”, explica o site www.clube dacomedia.com.br.

Em maio de 2008, a atriz já esteve em Botucatu, apresentando o espetáculo “Nany People Salvou Meu Casamento”. A apresentação foi sucesso de público o que garantiu a presença da artistas.

Nany People é a típica artistas multimídia, assumindo o papel de atriz, humorista, Apresentadora de shows, eventos performáticos, telegramas animados, feiras, convenções e comédia stand up.


Fez curso de Extensão Universitária de interpretação pela Unicamp, além de ter estudado teatro na Escola Macunaíma.

Trabalhou 10 anos no Teatro Paiol (SP) com a Família Goulart/Bruno em diversas funções. Projetou-se no cenário nacional, em 1997, como repórter do programa “Novo Comando da Madrugada” de Goulart de Andrade (Extinta Rede Manchete), foi jurada residente do programa “Guerra é Guerra”, da Rede Mulher.

Em 1998, interpretou com absoluto sucesso um dos mais importantes papéis femininos da obra do dramaturgo alemão Bertold Brecht, a viúva Begbck, na peça “Um Homem é um Homem”, dirigida por Alexandre Stockler (Teatro Faap/SP)

Participou do programa humorístico A Praça é Nossa SBT, por três anos. Informações pelo telefone: (14) 3882-9004.

Crianças atendidas pela oncologiada Unesp/Botucatu recebem presentes para a Páscoa

Chocolates foram doados a 16 crianças atendidas pelo HC/FMB/Unesp

Chocolate e coelho são dois símbolos da Páscoa que transformam a data (uma das mais celebradas entre os cristãos) em uma das preferidas entre as crianças. E a alegria de se ganhar um presente amenizou, em parte, a dura realidade enfrentada por pacientes atendidos pelo serviço de oncologia pediátrica do Hospital das Clínicas (HC), vinculado à Faculdade de Medicina de Botucatu/Unesp (FMB).

A iniciativa, da escola de educação infantil “Colinho da Mamãe”, levou caixas de bombons, cartões e outros presentes a 16 crianças atendidas pelo serviço no HC. A entrega, que aconteceu na manhã do dia 8 de abril teve a presença de uma ‘coelha da Páscoa’ que alegrou os pequenos pacientes. Cada aluno da escolinha comprou os chocolates e os embrulhou. Além disso, confeccionaram cartões com mensagens referentes à data.

A entrega, que aconteceu na manhã do dia 8 de abril teve a presença de uma ‘coelha da Páscoa’ que alegrou os pequenos pacientes. Cada aluno da escolinha comprou os chocolates e os embrulhou. Além disso, confeccionaram cartões com mensagens referentes à data.

Integrante do Departamento de Enfermagem da FMB e mãe de uma aluna da escolinha, Bianca Paiva explica que a ideia surgiu durante uma reunião de pais e mestres da escola. Lá foi apresentada a proposta da doação. “Em uma das reuniões, vimos que as crianças assistidas pelo hospital enfrentam uma realidade complicada. Com esse gesto, pretendíamos explicar a todos o que é ser solidário e criar este espírito de ajuda”, ressaltou.

Luciara Ricardi, diretora do “Colinho da Mamãe, salienta que a entrega dos chocolates é apenas uma das ações sociais que as crianças desenvolvem. Além dos pacientes da oncologia pediátrica do HC, alunos de uma creche no Parque Marajoara, em Botucatu, também foram contemplados pelos presentes. De acordo com ela, a iniciativa visa despertar o sentimento de solidariedade nos futuros cidadãos. “É um resgate dos valores e o respeito pelas pessoas que pretendemos ensinar aos nossos alunos com estas ações”, declarou.

Flávio Fogueral - Jornal da FMB

Lições da Febre Amarela

Carlos Magno Castelo Branco Fortaleza
Professor Assistente-doutor e Chefe do
Departamento de Doenças Tropicais
da Faculdade de Medicina
de Botucatu – UNESP.





“O doutor Rieux decidiu, então, redigir esta narrativa (…) para dizer simplesmente o que se aprende no meio dos flagelos: que há nos homens mais coisas a admirar que coisas a desprezar.” (Albert Camus, A Peste)


Poucas palavras assustam tanto quanto “epidemia”. Pronunciada em tom grave, ela nos evoca pessoas agonizando em praça pública. Lares desfeitos, mães pranteando filhos...

A memória coletiva explica os temores. A peste bubônica dizimou um terço da população da Europa no Século XIV. Em 1918, pelo menos 40 milhões de pessoas em todo o mundo faleceram em decorrência da gripe espanhola. Varíola e cólera deixaram um rastro mortífero na história da humanidade...

Por outro lado, a ciência do século XX nos prometeu segurança. Erradicou-se a varíola. Controlou-se a poliomielite. Dezenas de vacinas e antibióticos foram disponibilizados. Tudo indicava, de fato, que a civilização saíra vitoriosa de uma antiga guerra.

Por que razão os velhos inimigos ressurgem de onde menos esperamos?

“Febre amarela? Uma doença dos tempos de Dom Pedro II?”, esbravejava recentemente um apresentador de telejornal. “Onde vai parar a saúde desse país? É uma vergonha!”

A resposta adequada exige uma boa dose de lucidez.

De fato, nos tempos de Dom Pedro II, a febre amarela causou a morte de 120 habitantes na cidade do Rio de Janeiro em um só dia: 15 de Março de 1850. Mas, graças a uma combinação feliz de vacinação e controle de vetores, a febre amarela urbana foi eliminada do país em 1942. Restou a forma silvestre da doença, mantida na natureza pelos macacos.

Nas décadas de 1990 e 2000, novas atividades (como o ecoturismo) aumentaram o fluxo indivíduos não vacinados para áreas de risco. A conseqüência natural foi o aumento do número de casos de febre amarela.

No entanto, desde 2008, essa doença tem causado especial temor. Duas razões explicam esse fenômeno. Em primeiro lugar, a área de risco aumentou. Por outro lado, os sistemas de vigilância tornaram-se mais sensíveis. Atualmente, campanhas de vacinação são iniciadas a partir da detecção de mortalidade em macacos.

Ainda assim, os eventos recentes nos tomaram de surpresa. Para todos que nos envolvemos diretamente na assistência a pacientes com febre amarela, as últimas semanas foram uma batalha intensa e muitas vezes frustrante.

“Trata-se de um surto ou de uma epidemia?”, perguntaram muitos. A distinção é meramente técnica, e não diminui a dor dos que perderam pais, maridos, filhos. Mas ouso crer que mesmo de um episódio doloroso podemos extrair exemplos e lições.

O diagnóstico dos pacientes foi ágil. A velocidade do fluxo de informações permitiu que medidas de controle fossem instituídas prontamente. Os meios de comunicação contribuíram de forma surpreendente para o esclarecimento da população. Equipes municipais e estaduais trabalharam em uma colaboração exemplar. O Hospital das Clínicas da Unesp re-estruturou seus fluxos de atendimento para conduzir da melhor forma possível os pacientes com suspeita de febre amarela.

O que nós constatamos em Botucatu e região não foi caos e pânico. Vimos uma população consciente buscando o meio eficaz de proteção.

Tudo isso nos leva a refletir sobre o trecho do livro A Peste, de Albert Camus, que citamos acima. Cada profissional da saúde, nas visitas domiciliares, nos postos volantes de vacinação ou à beira do leito de pacientes, demonstrou que há muito a admirar na humanidade.

É impossível prever quantas novas doenças emergirão, quantas velhas pestes ressurgirão. Mas é possível contar com mecanismos ágeis de resposta a essas “emergências epidemiológicas”. A identificação dos pacientes e a vacinação oportuna evitaram novos casos de febre amarela e salvaram vidas. Medidas como estas nos convidam a um olhar mais respeitoso para o Sistema Único de Saúde.

GCM recebe duas viaturas e nova identidade visual

A Guarda Civil Municipal [GCM] recebeu nessa quarta-feira [8] duas novas viaturas, modelo Blazer. Com isso a frota fica com 12 veículos, sendo quatro motocicletas e uma base móvel. Os carros possuem a nova identidade visual da GCM, com as cores do município e sem alusão a qualquer marca de governo.

Para o secretário de Segurança, Adjair de Campos, com as novas viaturas e o aumento de efetivo que vai acontecer em breve - já que 28 novos recrutas estão em treinamento-, a GCM terá mais capacidade de ação e vai ampliar da área de cobertura. “Pretendemos dar mais atenção ao patrulhamento de Vitoriana, Rio Bonito, Porto Said e Mina, pois atualmente é apenas esporádico”, disse.

Campos ressalta que com o aumento de efetivo será possível expandir o programa de patrulhamento comunitário. “É um novo foco em Segurança, queremos deixar os mesmos guardas trabalhando nas mesmas regiões, assim cria-se um identificação entre os guardas e os cidadãos, o que facilita o trabalho da Guarda e aumenta a sensação de segurança, refletindo diretamente na qualidade de vida das pessoas”, explica.

As áreas que terão maior atenção da GCM, além da região de Vitoriana e Rio Bonito, serão os cemitérios, hortas comunitárias e parques municipais.

Da Subscretaria Municipal de Comunicação e Informação



Powered by ScribeFire.

Educação divulga resultado de supletivo na internet

Cerca de 245 mil pessoas se inscreveram para o exame

A Secretaria da Educação possui em seu site, www.educacao.sp.gov.br, um link para acesso dos resultados do Exame Nacional para Certificação de Competência de Jovens e Adultos (Encceja), espécie de supletivo para conclusão do Ensino Fundamental ou Ensino Médio.

Cerca de 245 mil pessoas se inscreveram em São Paulo. As provas ocorreram em 13 e 14 de dezembro, em 169 municípios do Estado de São Paulo. O exame foi aplicado em São Paulo, pela primeira vez, após parceria entre a Secretaria e o governo federal.

Os certificados de conclusão serão entregues aos aprovados nos locais da prova e nas 91 diretorias de ensino da Secretaria após o Ministério da Educação enviar o banco de dados para a Secretaria.

Da Secretaria da Educação




Powered by ScribeFire.

Durante feriado, 210 mil pessoas devem deixar a cidade de São Paulo

Da Agência Brasil

Nos próximos dias, cerca de 210 mil pessoas devem embarcar nos terminais rodoviários do Jabaquara, Tietê e Barra Funda, conforme previsão da Socicam, empresa que administra os terminais.

Para dar conta da demanda, a empresa aumentou em 15% o número de pessoas responsáveis pela limpeza, segurança e operação para garantir mais tranquilidade aos passageiros.

Em nota enviada à imprensa, a empresa afirmou que 570 mil pessoas devem circular nos terminais rodoviários durante os próximos dias. Os destinos mais procurados são Belo Horizonte, Curitiba, Rio de Janeiro e cidades do litoral norte de São Paulo.




Powered by ScribeFire.

Câmara aprova aula obrigatória à noite para motoristas

A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania aprovou na terça-feira (7) o Projeto de Lei 1015/07, do deputado Celso Russomanno (PP-SP), que obriga os futuros motoristas a terem aulas de direção à noite. De caráter conclusivo, o projeto segue agora para o Senado.

O relator na CCJ, deputado Hugo Leal (PSC-RJ), recomendou a aprovação da matéria, observando que o projeto atende às normas constitucionais.

Precauções adicionais

Russomanno argumenta que dirigir à noite exige precauções adicionais e atenção redobrada. Por essa razão, afirma, "o candidato deve submeter-se a essa circunstância no processo de treinamento, para não vir a fazê-lo apenas quando já lhe tiver sido concedida a permissão para dirigir".

Pelo projeto, o Conselho Nacional de Trânsito (Contran) baixará regulamento para determinar qual a carga mínima do curso de direção durante a noite. As novas regras passarão a vigorar 60 dias após eventual publicação da lei que vier a se originar do projeto.

Da Agência Câmara




Powered by ScribeFire.

Comissão aprova fim da conta de água a quem tem Bolsa-Família

A Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público aprovou nesta quarta-feira isenção de tarifa de água e esgoto para beneficiários do Bolsa-Família. Para ficar livre da conta de água, o usuário deverá usar no máximo 15 m3 por mês e residir em casa com no máximo 45 m2.

O novo direito está previsto em substitutivo da relatora da matéria, deputada Gorete Pereira (PR-CE), aos projetos de lei 1630/99, do deputado Pompeo de Mattos (PDT-RS) - que criava a gratuidade sem exigir inscrição no Bolsa-Família - e 7433/02, da Comissão de Legislação Participativa - que restringia o direito às famílias com renda per capita inferior a meio salário mínimo.

O prejuízo das empresas de abastecimento de água e saneamento com a isenção poderá ser abatido de tributos devidos à União. Essa compensação, segundo a deputada, "afasta a possibilidade de vir a ser questionado o rompimento do equilíbrio econômico-financeiro dos contratos de concessão".

Gorete Pereira afirmou que o fim da conta de água para os beneficiários do Bolsa-Família que atenderem aos requisitos tem base na Lei 11.445/07, que permite a criação de subsídios para usuários de serviços de saneamento com baixa renda.

Tramitação
O projeto ainda terá que passar por três comissões (Minas e Energia; Finanças e Tributação; e Constituição e Justiça e de Cidadania) antes de ir a Plenário.

Da Agência Câmara




Powered by ScribeFire.

Instrumental de quinta recebe o grupo Amanajé

Instrumental de Quinta, acontece todas as quintas-feiras na Artistas S/A e  a cada semana recebe em seu palco grandes nomes da música instrumental brasileira e quem fará o espetáculo nessa quinta-feira, 09 de abril, será o Amanajé.

Amanajé em tupi-guarani significa aquele que leva a boa nova. É composto pelos jovens músicos, Raphael Ferreira (sax e flauta), Hercules Gomes (piano), Rodrigo Pinheiro (baixo) e Lucas Casácio (Bateria). O quarteto deleita-se sobre os ritmos brasileiros como o frevo, o samba, o maracatu e o baião. Influenciaram-se também pela música erudita e pelo jazz como ponto de partida para a busca de novos sons e também para a criação de uma linguagem própria.

Formado em 2004 o Amanajé resulta da afinidade entre os intrumentistas-compositores que tinham uma idéia em comum: a criação de um trabalho com músicas próprias, que pudesse contribuir e ao mesmo tempo dar continuidade à escola da “música instrumental brasileira criativa”.

Desde então o Amanajé tem se apresentado em alguns dos mais importantes festivais de música instrumental no Brasil como o “Cascavel Jazz Festival” (2004) e o festival “Brasil Instrumental” (2005 e 2008), além de ter sido premiado em festivais como o “Americanta” (Americana/SP) e o festival “Nascente” promovido pela USP.

Na gravação de seu primeiro disco “Amanajé” o grupo contou com as participações especiais de importantes nomes da música instrumental brasileira como Arismar do Espírito Santo, Michel Leme e Sandro Haick. Para saber mais sobre o grupo acesse seu endereço eletrônico:  www.myspace.com/amanaje.

O Amanajé faz parte das boas notícias do Instrumental de Quinta contando com a participação de grupos convidados de Botucatu e região, além disso, a entrada para o evento custará apenas R$ 4,00 (couvert), fomentando a apresentação e a produção artística e musical de qualidade em nossa cidade.

Confira a programação do Instrumental de Quinta para o mês de abril:

16 de abril: Fogo na Canjica

23 de abril: Sabagaê

30 de abril: Trio Jabour


No site www.artistassa.com.br você encontrará um material completo sobre todos os grupos que se apresentam no Instrumental de Quinta e, inscrevendo-se, você também poderá receber a programação atualizada do evento, além da agenda cultural da Escola. Mais informações pelo fone (14) 3815-8293.
 

Serviço

Quem: Amanajé
Quando: 09 de abril das 20:00h a 22:30h
Onde: Cantina Artistas da Bola
Rua Visconde do Rio Branco 1.426 – Vila dos Médicos / Botucatu – SP
Quanto: R$ 4,00 (couvert)


Assessoria de Imprensa Artistas S/A





Powered by ScribeFire.

Curso em Botucatu aborda produção in vitro de embriões bovinos

Procurando atender a crescente demanda do setor pecuário, a Prime Embryo – Biotecnologia da Reprodução Animal, empresa residente na Prospecta – Incubadora Tecnológica de Botucatu, realizará de 16 a 18 de abril, o “Curso de Aspiração Folicular e Manipulação de Oócitos Bovinos”.

O curso visa capacitar os participantes, a partir de informações teóricas e práticas, a desempenhar as técnicas de aspiração folicular e a manipulação, seleção e envase de oócitos, além de disponibilizar informações a respeito de empreendedorismo na biotecnologia.

O Brasil é referência mundial em produção in vitro de embriões bovinos, com uma crescente demanda por profissionais habilitados nessa cadeia produtiva. Anualmente, são produzidos in vitro cerca de 140 mil embriões bovinos no país. Considerando todas as etapas que envolvem o processo, a movimentação financeira do setor chega a 71 milhões de reais por ano. “Esses números demonstram a importância e a força do segmento, que tende a crescer apesar da atual crise econômica”, ressalta Sara Tomita, doutora em biotecnologia da reprodução animal. “Hoje, já existem cerca de cem laboratórios de produção in vitro no território nacional. Portanto, o profissional que pretende ingressar no setor terá boas oportunidades tanto como autônomo, quanto como associado a algum laboratório”.

O processo

A aspiração folicular é a primeira etapa da produção in vitro de embriões bovinos. Por meio de uma ultrassonografia, guia-se uma agulha acoplada a um sistema de vácuo para aspirar os folículos do ovário, os oócitos (gametas femininos). Eles serão processados, maturados e fecundados gerando embriões que serão transferidos com sete dias de idade para as vacas receptoras.

A produção in vitro de embriões, atualmente, é considerada uma poderosa ferramenta de reprodução e melhoramento genético. Já superou em volume a técnica de produção de embriões in vivo, que ocorre a partir da colheita do próprio embrião e sua transferência para a receptora.

Porém, a técnica ainda apresenta algumas limitações que são alvo de pesquisas científicas. A Prime Embryo conta com um moderno laboratório de produção in vitro, situado na Fazenda Lageado, em Botucatu, que atualmente apresenta duas linhas de desenvolvimento: prestação de serviços e pesquisa, desenvolvendo novas tecnologias tanto para gado de corte como de leite. “Em parceria com a Unesp e a USP, estamos pesquisando uma solução para uma das principais limitações que ainda existe na técnica da produção in vitro, que é a dificuldade com a criopreservação do embrião, ou seja, como mantê-lo apto a utilização após o congelamento”, explica a doutora Sara Tomita. “Apesar desta limitação, a técnica dispensa o uso de elevadas doses hormonais, ao contrário dos procedimentos convencionais de colheita e transferência de embriões”.

Inscrições e mais informações podem ser obtidas pelo site: www.prime-embryo.com.br ou pelos telefones (14) 3811-7263/ 3811-7210.

 

Serviço:

“Curso de Aspiração Folicular e Manipulação de Oócitos Bovinos”

Vagas: 12

Data: de 16 a 18 de abril

Local: Prospecta – Incubadora Tecnológica de Botucatu, Fazenda Lageado, Botucatu, SP.

Inscrições e mais informações: www.prime-embryo.com.br

Legenda:
João Cláudio pede a colaboração da comunidade para mobiliar salão


Asilo tenta mobiliar salão de atividades

O Asilo Padre Euclides vai entregar aos seus idosos um salão para atividades de lazer. Mas, para dar esse salto na qualidade no atendimento aos velhinhos, a direção da entidade precisa de doações para mobiliar o local.

O salão tem 12x27 metros e faltam os móveis, como: mesas, cadeiras e poltronas. "Trata-se de um salão para atividades dos idosos, com terapeuta ocupacional, onde haverá realização de pintura de quadros, sessão de filmes, jogo de baralho, dentre outras ocupações para eles" comenta o presidente da entidade, João Cláudio Alves.

O novo salão já está sendo finalizado e fica no mesmo local onde funcionava a antiga lavanderia, que foi demolida para a nova construção. Essa edificação mais o muro que será feito no asilo tiveram investimento da Prefeitura e apoiadores. O telefone da entidade é: 3882-2005.

Apenas um terço dos contribuintes declarou IR a pouco mais de 20 dias para fim do prazo

Da Agência Brasil

O número de contribuintes que entregaram a declaração de Imposto de Renda Pessoa Física 2009 chega a 7,8 milhões ou 31,2% do total de 25 milhões de documentos estimados para este ano.

O prazo de entrega vai até a meia-noite (horário de Brasília) de 30 de abril, para quem vai usar a internet. Nos outros casos, o contribuinte terá que observar o horário de atendimento das agências bancárias ou dos Correios. Quem não enviar os dados dentro do prazo terá de pagar multa de R$ 165,74.

Este ano, a Receita Federal tem alertado os contribuintes para observarem com atenção o preenchimento da parte referente a pagamentos e doações. Ao informar os dados do pagamento, é importante demonstrar também quem foi o responsável pela referida despesa.

Estão obrigadas a declarar o Imposto de Renda as pessoas físicas que receberam em 2008 acima de R$ 16.473,72 em rendimentos tributáveis (que pagam impostos). Quem teve rendimentos não-tributáveis ou isentos de impostos acima de R$ 40 mil no ano passado também terá de acertar as contas com a Receita.

O envio da declaração é obrigatório, ainda, para sócios de empresas, pessoas físicas com patrimônio superior a R$ 80 mil (pelo valor de compra) em 31 de dezembro e para quem exerceu atividade rural e recebeu acima de R$ 82,5 mil em 2008.

Os programas para o preenchimento e a transmissão dos dados estão disponíveis na página da Receita na internet. O contribuinte também pode entregar a declaração em disquete nas agências do Banco do Brasil e em formulário de papel nas agências dos Correios.

ABR.3 abre festividades de 154 anos de Botucatu

Show contará com a participação de Maurício Gasperini do Rádio Táxi

Botucatu comemora 154 anos no próximo dia 14 e a responsabilidade de abrir oficialmente a programação de aniversário está a cargo da banda botucatuense ABR.3. O show está marcado para domingo, dia 12, no recinto da JVC Eventos, com entrada franca.

O grupo, que vai lançar em breve um novo CD pela Som Livre/LGK, está empolgado com a oportunidade de participar mais uma vez da festa. "É sempre muito bom tocar em casa, com um público que participa do show e curte o nosso som”, diz o baixista Rafael Basso.

A apresentação vai contar com uma participação muito especial, Maurício Gasperini, do Rádio Táxi. "Será um prazer mais uma vez tocar com ele”, diz André Nascimento, se referindo ao show que fizeram juntos para os pilotos do Desafio Internacional das Estrelas de Kart ano passado em Florianópolis (SC). Gasperini vai relembrar grandes sucessos do Rádio Táxi e também cantar algumas músicas da ABR.3.

O vocalista e guitarrista Pedro Langona promete levantar o público. "Vamos tocar nossas músicas já conhecidas do público e também apresentar as novidades do nosso novo CD, entre elas Se Liga, que já está tocando nas rádios do interior paulista e Tem que ser Você”, explica. Outra novidade é a faixa bônus do sucesso do primeiro CD "Aquele Olhar” em uma versão acústica.

Os shows de aniversário dos 154 anos de Botucatu são uma promoção da Prefeitura de Botucatu com organização da empresa Carlinhos Romagnolli Promoções e Eventos.

Programação de shows
12/04 - 14 horas – Artistas da terra
12/04 - 21h - ABR.3, com participação especial de Maurício Gasperini (Rádio Táxi)
13/04 - 21h - Fernandinho e convidados (Gospel)
14/04 - 21h - Matogrosso e Mathias

Avaré promove a "VI Paixão de Cristo"

A Secretaria Municipal de Cultura realizará a IV edição da "Encenação da Paixão de Nosso Senhor Jesus Cristo" que acontecerá na Sexta-Feira Santa, as 20h 30, no Campo Municipal que fica atrás do Cristo Redentor em Avaré.

Com estrutura preparada para receber cerca de 8 mil pessoas, o espaço conta com arquibancadas, estacionamento para carros e ônibus, banheiro químico e seguranças. O objetivo da Prefeitura é receber bem os avareenses e turistas com comodidade e segurança.

A encenação é focada no sofrimento de Jesus e sua paixão e morte de cruz. As passagens da "Via Sacra" serão reproduzidas por atores e cantores que há algumas semanas vêm se preparando para o espetáculo.

A Via Sacra é dividida em 14 estações e nos lembra o caminho da dor e do sofrimento de JESUS, no percurso de sua Divina missão Redentora. De modo perfeito e heróico, o SENHOR aceitou a Cruz para Redimir e Salvar todas as gerações, demonstrando uma profunda obediência ao SANTO PAI e um infinito Amor à humanidade.

Jovem morre com suspeita de febre amarela em Botucatu

O instituto Adolfo Lutz analisa amostra de sangues da jovem Thaís Gois Silvestre, 20 anos, que faleceu na madrugada de terça-feira, 7 de abril, em Botucatu. São apresentadas duas possíveis causas para a morte: febre amarela ou reação à sua vacina.

Thaís foi imunizada contra a febre amarela na primeira semana de abril, e dias antes do falecimento teria passado mal; com vômitos, dores pelo corpo e diarréia.

A jovem foi enterrada no Cemitério Jardim, na tarde de terça-feira.

Região - Em avaré, outra jovem de 20 anos morreu de febre amarela. A confirmação foi dada pelo Adolfo Lutz na segunda-feira, dia 06.

Ela foi infectada em um pesqueir, dando entrada no Hospital da cidade na sexta-feira, dia 3. Ao confirmar a doença ela foi transferida ao Hospital Emílio Ribas, em São Paulo.

Com informações do jornal Diário da Serra

Confira o Relatório do HC-UNESP sobre a Febre Amarela – Divulgado em 30/03/2009.