fevereiro 18, 2009

Março é o mês de Charles Chaplin no cineclube Ybitu Katu

O cineclube Ybitu Katu, responsável pela exibição de filmes que não estão no circuito comercial de cinema aos sábados, no Centro Cultural de Botucatu, dará uma pausa e retorna as atividades em março, mês que será dedicado a clássicos do humorista Charlie Chaplin.

No primeiro dia de projeções, 7 de março, serão exibidos os curtas metragens: Vida de Cachorro (1918), Carlitos Presidiário (1917) e Carlitos Guarda Noturno (1917). Nos demais sábados do mês - 14, 21 e 28 - estarão em cartaz so seguintes filmes: “O Garoto (1921), “Luzes da Cidade” (1931) e “O Grande Ditador” (1941).

Em abril, o “Cinema Cubano” será o tema das projeções, com a exibição dos filmes: “Memórias do Sudesenvolvimento” (Tomás Gutiérrez Alba – 1968).

Shaman faz show em Botucatu

Por Renato Fernandes

A banda brasileira de Power Metal, Shaman, se apresenta em Botucatu no dia 8 de março, a partir das 17 horas, na casa noturna, Garage, que fica no Distrito de Rubião Júnior. O show da turnê “Immortal Tour 2009” tem a produção local assinada pela Botucatu Metal Stock, mesma que em 2008 trouxe para a cidade a banda Rockfellas, com o ex-vocalista do Iron Maiden Paul Di´Anno.

A abertura ficará por conta das conceituada Mythria e Fairy Tale.
Ingressos antecipados custam R$20 e podem ser encontrados em Botucatu na Drum Shop escola de música, Sleeper CD´s e Spunk Rock Shop. Em São Manuel a venda acontece no Auto Posto São Manuel e em Avaré na DAT Revistaria. Os produtores preparam uma promoção para beneficiar voluntários que doarem sangue ao hemocentro.

Shaman é uma banda brasileira formada em 2000 por três ex-integrantes do Angra - André Mattos, Luis Mariutti e Ricardo Confessori. Algum tempo depois, o guitarrista Hugo Mariutti se uniu ao grupo e completou a formação que durou até 2006.

Atualmente a banda está se reformulando, sob a mediação do único integrante remanescente, o baterista Ricardo Confessori.

A história da banda começa quando os músicos André Mattos (vocal e teclado, ex-Viper ), Luis Mariutti (baixo, ex-Firebox ) e Ricardo Confessori (bateria, ex-Korzus) deixaram a banda Angra. Na época de sua formação, o grupo ainda não tinha um guitarrista, sendo então Hugo Mariutti (Henceforth), irmão de Luís, chamado inicialmente apenas para auxiliar nas composições. O resultado obtido foi tão positivo e inesperado que o músico acabou sendo incorporado.

Mesclando heavy metal, música clássica e world music, a banda deu início às gravações de seu primeiro álbum, intitulado Ritual, em janeiro de 2002. O disco foi inteiramente gravado na Alemanha, com exceção de algumas participações especiais que foram registradas no Brasil e EUA. A produção ficou a cargo do produtor e multi-instrumentista Sascha Paeth (Angra, Edguy, Avantasia, Rhapsody, Virgo, Épica).

Ritual foi bem recebido no Brasil e em todo mundo, sendo lançado em mais de 15 países.

Excursão cultural foi cancelada

O Centro Cultural de Botucatu decidiu cancelar a excursão cultural que faria no dia 4 de abril, aos museus paulistanos. O grupo visitaria o Museu da Língua Portuguesa, a Pinacoteca do Estado, Museu do Ipiranga e o Jóquei Clube Cidade Jardim.

O presidente da entidade, João Carlos Figueiroa, explica que as adesões não atingiram a expectativa. “Gostaríamos muito de realizá-la, mas como houve baixa adesão até agora, julgamos prudente para a entidade cancelar.

Apesar de toda campanha, do apoio da imprensa e do esforço em divulgar através dos nossos e-mails, apenas 8 pessoas manifestaram o desejo de conhecer os museus paulistanos”, coloca Figueiroa.

Paramotor faz aterrisagem forçada em Botucatu

Por Renato Fernandes

Uma pipa quase provocou uma tragédia ontem no Bairro Comerciários. Por volta das 18h30, o piloto de Paramotor (espécie de parapente motorizado), Décio Ferraz da Silva, 34 anos, foi surpreendido por uma pipa e acabou perdendo o controle, vindo a fazer um pouso forçado sobre as residências de nº 51 e 61, da Rua Pedro Colino, em frente à escola EMEF Jonas Alves de Araújo.

A vítima perdeu altitude rapidamente, mas conseguiu segurar a velocidade da queda até uma altura de três metros, quando caiu de costas. Silva foi socorrido pela equipe do Corpo de Bombeiros, e deu entrada no Hospital das Clínicas de Botucatu por volta das 19 horas. Segundo boletim Assessoria de Imprensa do HC/FMB, ele passou por exames para verificar se houve traumas e permaneceu em observação.

“Ele está bem. Conseguiu fazer o pouso de emergência sem provocar danos ou vítimar terceiros, foi um herói nesse ponto. Segurou o equipamento até os últimos momentos, quando caiu de costas”, disse Marcel Moresi, amigo que acompanhou o piloto no hospital.

Moradores da região, que testemunharam o acidente afirmam que realmente havia pipas no céu e que o piloto desceu fazendo círculos, até cair sobre o telhado. “Estávamos na rua vendo as pipas quando o ele apareceu descendo rápido e acabou caindo sobre as casas. Fomos para lá ajudar e ele nos disse para que não o tocássemos”, disse o menor de idade A.B.R, 14 anos.

Ronivone Oliveira Domingues, explica que estava fazendo café em sua casa quando ouviu a aterrisagem. “Levei um susto, foi um barulho estranho e depois vi o paraquedas (Velame) no meu telhado e o piloto na casa da vizinha”, relata.

Equipe visita Parque Tecnológico de São Carlos

O secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Ricardo Veiga, e os subsecretários da pasta, Antonio Carlos Stein – Comércio; Paulo Urbanavicius – Indústria; e Paulo Machado – Ciência e Tecnologia; visitam o parque Tecnológico de São Carlos nessa quinta-feira [19]. A única subsecretária da pasta que não participará é a do Turismo, Priscila Ribas, que acerta os últimos detalhes do carnaval.

O objetivo da visita é conhecer o parque tecnológico de São Carlos que está em fase de implantação. Trata-se de um projeto semelhante ao que será instalado em Botucatu. “O Secretário Estadual de Desenvolvimento Econômico, Geraldo Alckmin, ficou bastante animado com o projeto botucatuense”, disse o secretário.

Também participam da visita o diretor da Faculdade de Ciências Agronômicas [FCA] Edvaldo Domingues Velini e os diretores da Fundação de Estudos e Pesquisas Agrícolas e Florestais [Fepaf], Irae Amaral Guerrini, Carlos Alexandre Costa Crusciol e Osmar Carvalho Bueno.

De acordo com Veiga, o Parque Tecnológico de Botucatu é um projeto que está sendo trabalhado há dois meses em conjunto com a FCA e Fepaf.

A criação de um parque tecnológico contempla uma nova fase de desenvolvimento planejado para a cidade. Segundo Veiga, é um espaço para a implantação de empresas de alta tecnologia, de energia limpa; e uma forma de transformar a produção acadêmica em tecnologia, produtos e serviços. “Enquadra-se no plano de governo na área de geração de emprego, renda e democratização do conhecimento”, finaliza.
Um parque tecnológico é um agrupamento, num mesmo ambiente, de universidades, centros de pesquisa, centros de desenvolvimento, incubadoras, indústrias e empresas de base tecnológica. Ele conta com infra-estrutura de lazer, residências, redes de comércio e de prestação de serviços, hotéis e centro de eventos.

A idéia é criar um ambiente de incentivo à inovação e à troca de conhecimento.


Subsecretaria Municipal de Comunicação e Informação de Botucatu

Mutirão Futebol Clube começa pelo campo do Sete de Setembro

O campo do Sete de Setembro Futebol Clube foi o primeiro a receber a equipe do Mutirão Futebol Clube, projeto realizado pela parceria entre as secretarias de Esporte e Lazer e de Meio Ambiente.

Os trabalhos de limpeza, corte e colocação de herbicidas do gramado do Sete de Setembro FC acontecem durante toda a quarta-feira, 18, e quinta-feira, 19.

Durante a manhã de quarta-feira, 18, os secretários Antônio Carlos Pereira [Esportes e Lazer] e Mário Rodrigues [Meio Ambiente], estiveram no local acompanhando o trabalho e conversando o presidente do Sete de Setembro, Osvaldo Joaquim.

O mandatário do clube comemorou as benfeitorias feitas no gramado. “Tudo o que for de benefício é bem vindo. Está sendo feito um ótimo trabalho e essa parceria com a Prefeitura é importante”, disse o popular Vadão.

Em contrapartida ao trabalho recebido, o Sete de Setembro colocará o campo à disposição da Prefeitura. “Além de estarmos melhorando as praças esportivas da cidade, os campos ficam à nossa disposição para qualquer necessidade”, explicou o secretário de Esportes e Lazer.

Já a equipe do Meio Ambiente será responsável pela parte externa do gramado. “Iremos fazer a maquiagem. Vamos embelezar o espaço, plantar árvores, fazer canteiros. Cuidar de toda essa parte”, disse Mário Rodrigues. “Faremos um bom trabalho nos campos que participam do Mutirão Futebol Clube”, completou.

Além do campo do Sete de Setembro, o Mutirão Futebol Clube fará trabalhos nos campos da Vila Maria, Beira Rio, Monte Mor, Vila Real, 24 de Maio, Cohab IV, Vila São Benedito, Rubião Júnior e no Estádio Municipal “Professor João Roberto Pilan”.

Nesta quinta-feira, 19, começam os trabalhos no campo da Vila Maria.

Subsecretaria Municipal de Comunicação e Informação de Botucatu

Carnaval 2009: Turismo espera mais de duas mil pessoas nos blocos

Em ritmo de Carnaval, desde a escolha do Rei Momo e da Rainha, que aconteceu na última sexta-feira, 13, Botucatu agora se prepara para acompanhar o Desfile dos Blocos.

Serão 16 blocos carnavalescos, que descerão duas das principais ruas da cidade. No sábado, 21, os foliões desfilam na Rua Major Matheus, a partir das 20 horas.

Já na segunda-feira, 23, os blocos percorrem a Rua Amando de Barros, também a partir das 20 horas.
A subsecretária de Turismo, Priscila Ribas, está otimista quanto a participação dos botucatuenses e animada com a Folia de Momo. “Acredito que teremos mais de duas mil pessoas desfilando. Convido todos botucatuenses a assistir o desfile. Que for não se arrependerá”, afirma Priscila Ribas.

Entre os dias 21 e 24, a Praça do Paratados recebe o Carnaval Popular, com animação da Banda Karisma. A expectativa da Subsecretaria de Turismo é que cinco mil pessoas, por dia, participem da festa. “O Karisma é uma banda que todos gostam. Teremos crianças, jovens e adultos acompanhando. É uma festa para toda a família”, disse a subsecretária.

Rio Bonito e Mina
Os bairros do Rio Bonito e da Mina terão três dias de festas no Carnaval [21, 22 e 23], a partir das 19 horas.

No Rio Bonito, a folia acontecerá no clube de Campo de Náutica da Associação Atlética Botucatuense. Já na Mina, a festa será nas proximidades do Lago da Mina.

Rei e Rainha
A corte carnavalesca de Botucatu, formada por Yasmim Santana, Rainha, Jorge Carriel, Rei Momo, Natalina Pereira, 1ª Princesa, e Gisele Ignácio, 2ª Princesa, participam de todos os eventos do Carnaval 2009.

No dia da escolha das personagens, a quadra do Botucatu Tênis Clube [BTC] recebeu a grande novidade do Carnaval da cidade. Após a eleição da corte, a Ala Show da X-9 Paulista, escola de samba do Grupo Especial de São Paulo, animou todos os presentes e colocou todos para sambar.

“O concurso foi bom, as concorrentes a Rainha eram muito bonitas e os candidatos a Rei Momo esbanjaram animação. Com a Yasmim e o com o Jorge estamos bem representados”, diz Priscila Ribas, que elogiou a apresentação da X-9. “Foi muito legal, a população foi acompanhar e dançou o tempo todo. Quando a bateria da X-9 parou de tocar ninguém queria ir embora”, completou.

Subsecretaria de Comunicação e Informação da Prefeitura de Botucatu

Jovem da Fundação Casa entra na faculdade e consegue trabalho

Além de ser aprovado no vestibular, adolescente que cumpre medida socioeducativa de semiliberdade na Fundação Casa conseguiu bolsa de 45% para realizar o curso de Logística, na Faculdade Flamingo, capital. Após atuar como aprendiz em projeto desenvolvido por instituição estadual, ele também acaba de obter um emprego. Aos 17 anos, o rapaz já passou pelas unidades de internação provisória e de semiliberdade da Fundação Casa. Em razão do seu bom comportamento, conseguiu ser encaminhado para o Projeto Aprender Trabalhando, da Fundação para o Desenvolvimento da Educação (FDE), vinculada à Secretaria de Estado da Educação.

No projeto, o garoto atuou como aprendiz de serviços de mixagens de livros e descobriu o que vem a ser logística. “Nesse trabalho, eles cuidavam dos livros que a secretaria compra para a rede estadual de ensino. Aprenderam a organizar a chegada e distribuição dessas publicações”, explica a analista técnica da Fundação Casa, Janaina de Brito, que trabalha com os meninos atendidos pelo projeto. Para a agente educacional Alessandra Rocha, o adolescente é exemplo de disciplina. “Quando ficou em liberdade assistida vinha trabalhar de bicicleta. Sempre estudou e demonstrou muito interesse”.

Agora o rapaz – que está na fase final do trabalho como aprendiz – acaba de ser contratado por uma empresa terceirizada para desenvolver as tarefas que realizou durante o projeto na FDE.

Participam do projeto 20 jovens, que trabalham com mixagens de livros e recuperação de mobiliário. Pela atividade que executam como aprendizes, recebem R$ 400. A sede da iniciativa fica na Vila dos Remédios, zona oeste de São Paulo. Resultado de convênio entre a Fundação Casa e a Secretaria de Estado da Educação, a ação é direcionada para jovens em semiliberdade. “Em 2008, atendemos 60 adolescentes”, informou a agente educacional Alessandra. Ela explica que o período de atendimento é de seis a oito meses.

Para fazer parte do grupo, o jovem que cumpre medida socioeducativa em semiliberdade precisa estar matriculado em ensino regular, ter maturidade e excelente comportamento. “Com esses atributos, pode ser indicado pela direção da unidade para o projeto”, afirma a gerente de Educação Profissional da Fundação Casa, Ana Maria da Silva.

Da Fundação Casa

Botucatu sedia o 9º Workshop de Genética

Faltam 94 dias para o início do evento. Duração: 2 dias
O 9º Workshop de Genética de Botucatu, realizado pelo Programa de Pós-Graduação em Ciências Biológicas da Universidade Estadual Paulista (Unesp), ocorrerá nos dias 23 e 24 de maio, em Botucatu (SP).

Marcelo Sady Plácido Ladeira, da Unesp, falará sobre o tema “Dieta e danos no DNA”. Robson Carvalho, da Applied Biosystems do Brasil, apresentará a palestra técnica “Novas tecnologias para o estudo de SNPs”. Thiago Campos Pereira, da Universidade Estadual de Campinas, abordará o tema “Aplicações biotecnológicas do RNAi”.

A mesa-redonda “Aplicações da citogenética moderna nas diferentes áreas” reunirá André Vanzela, da Universidade Estadual de Londrina (UEL), Sílvia Regina Rogatto, da Unesp em Botucatu, e Marta Svartman, da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

“A criação de um banco nacional de dados genéticos criminais” será o tema de Norma Bonacorso, do Instituto de Criminalística de São Paulo. A palestra “Células-tronco: da biologia às reais possibilidades de uso terapêutico” será apresentada por Marimélia Porcionatto, da Universidade Federal de São Paulo.

Mais informações: www.ibb.unesp.br

Da Agência FAPESP

REvitalização da Amando volta a ser discutida por comissão na Câmara

Na tarde de quarta-feira, dia 18, a comissão formada pelos vereadores Abelardo (PV), Bombeiro Tavares (DEM) e Curumim (PSDB), com o intuito de estudar questões relativas a revitalização da Rua Amando de Barros iniciou seus trabalhos.

Nesta primeira reunião os vereadores se inteiraram das leis municipais 4.975 e 4.760 que tratam do assunto com o objetivo de conhecer toda a questão e assim ter subsídios para contribuir com o processo de revitalização da principal rua do comércio de Botucatu.

A comissão irá se reunir nesta quinta-feira, dia 19, com o Secretário Municipal de Planejamento, Mário Pilan Jr, na Prefeitura Municipal para checar o projeto de revitalização e discutir o assunto com o Poder Executivo.

Os vereadores afirmam que constituíram a comissão com o intuito de ajudar a comunidade. “Queremos garantir a transparência do processo assim como também queremos garantir que toda a população seja realmente beneficiada com a revitalização da Rua Amando de Barros”, define o vereador Abelardo, presidente da comissão.

Assessoria de Comunicação e Imprensa da Câmara Municipal de Botucatu

Santa Casa de Jaú espera repasse de R$60 mil/mês

O Prefeito de Jaú, Osvaldo Franceschi e a diretoria da Santa Casa de Jaú, reuniram essa semana prefeitos e secretários de saúde da região em um encontro cordial e produtivo para tratar do Programa Pró Santa Casa II. O programa traz um valor adicional às verbas já enviadas às Santas Casas.

Estiveram presentes no Espaço Cultural do Hospital a Diretora da Santa Casa de Jaú, Jovani Gil Andrade Prefeitos e Secretários de Saúde de 11 cidades da região, a diretora do departamento regional de saúde Doroti Vieira Alves Ferreira e o Deputado Federal, José Paulo Tóffano.

O Pró-Santa Casa II, iniciativa do Governo do Estado, garantirá recursos adicionais à entidade, trata-se de um importante reforço de caixa para 2009. O objetivo do encontro foi sensibilizar os prefeitos da região para colaborar este ano com o programa. A Santa Casa de Jaú espera, este ano, repasse mensal de R$ 60 mil/mês. O repasse de cada cidade é definido conforme seu número de habitantes. A intenção é que todos ajudem.

Do site oficial do município

Bariri vai auxiliar no transporte de estudantes

O Projeto de Lei que institui auxílio para o transporte de estudantes, de autoria do Executivo, foi aprovado por unanimidade na sessão da Câmara de segunda-feira, dia 16. O projeto prevê ajuda de custo aos estudantes que residem em Bariri e frequentam cursos pré-vestibulares, universitários, técnicos e profissionalizantes nas cidades de Barra Bonita, Bauru, Ibitinga, Jaú e Pederneiras. Cerca de 400 estudantes serão beneficiados.

O prefeito Benedito Mazotti explica que elaborou o Projeto de Lei para atender a um grande anseio da população estudantil. “Estimulamos a educação exonerando parte das despesas dos estudantes que, em sua maioria, arcam também com o pagamento das mensalidades dos cursos”, diz.

O benefício será repassado aos estudantes em nove parcelas, sendo a primeira em março e a última em novembro, nos valores de R$ 80,00 aos que estudam em Barra Bonita; R$ 90,00 para os que estudam em Bauru; e R$ 60,00 para os que estudam em Ibitinga, Jaú e Pederneiras. Alunos de cursos idênticos aos oferecidos em Bariri não terão direito ao benefício.

A nova lei está sendo regulamentada e em breve serão divulgados local, prazo e documentos necessários para o cadastramento.

Do site oficial do município

Prefeita de Conchas pleiteia a construção de casas populares e melhorias em conjuntos

A prefeita de Conchas, Adriana Dearo Del Bem, participou na segunda-feira, 16 de fevereiro, juntamente com outros cinco prefeitos paulistas, de reunião com o secretário de Estado da Habitação e presidente da Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU), Lair Krähenbühl, para tratar de questões habitacionais do Município. O encontro foi articulado pelo deputado federal Mendes Thame.

Adriana Dearo Del Bem solicitou a construção de novas moradias e recursos do Programa Especial de Melhorias (PEM) para obras de infraestrutura em conjuntos já entregues, como muros de arrimo e creches. "A maior parte dos conjuntos antigos precisa de melhorias, que não foram requisitadas pelas gestões anteriores", disse a prefeita. Esse programa oferece recursos da Secretaria aos municípios, sem ônus, para obras de melhorias habitacionais.

Quanto às novas moradias, a prefeita informou que já está viabilizando área para a edificação do empreendimento e que, após estudos, será possível definir o potencial de moradias a serem edificadas. "Temos uma demanda de cerca de 800 famílias inscritas para a habitação popular, inclusive funcionários públicos da prefeitura", explicou. Atualmente, a CDHU tem em construção, em parceria com o Município, o conjunto Jardim São Benedito, com 132 casas, que já se encontra em fase de conclusão. Os pleitos do Município foram encaminhados para análise pelas equipes técnicas da Secretaria de Estado da Habitação e da CDHU.

Segundo o deputado federal Mendes Thame, é preciso concatenar esforços entre Estado e Municípios para resolver a questão habitacional. Ele também enalteceu o trabalho da CDHU na implantação de um modelo construtivo que respeita o meio ambiente. "O secretário Lair está cumprindo o seu papel de administrador público com bastante eficiência". Thame ressaltou ainda a importância da moradia para a sociedade: "Uma moradia própria muda a vida das pessoas, constrói cidadania, enfim, faz o bem para aqueles que dela se beneficiam", concluiu.

Além de Adriana Dearo Del Bem, estiveram presentes os prefeitos de Rio das Pedras, Itapeva, Pereiras, Avaré e São Pedro.

Sabesp seleciona projetos culturais para apoio institucional e financeiro

Interessados em obter parcerias e patrocínios podem conferir informações e acompanhar andamento dos processos pela Internet

A Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo), em linha com a diretriz de maior transparência nas suas ações em todas as áreas de atuação, elaborou um novo sistema para a seleção dos projetos interessados em obter apoio institucional e financeiro da empresa. O sistema foi disponibilizado nesta sexta-feira (13/2) no site da companhia (www.sabesp.com.br), relacionando as atividades e as condições para habilitação, além de anunciar o primeiro período para inscrições de projetos e ações promocionais. Podem participar apenas pessoas jurídicas.

Ao longo do ano serão três períodos para a inscrição, sempre pelo site da Sabesp. Os interessados apresentarão as informações necessárias - cadastro de pessoa jurídica, planos de trabalho, recursos pretendidos, contrapartidas e terão a oportunidade de acompanhar a tramitação dos seus processos também pela Internet.

As inscrições ficarão restritas aos períodos definidos por um orientador para apoios institucionais e financeiros aprovado pela Diretoria Colegiada da Companhia: de 15 de fevereiro a 15 de março; 15 de junho a 15 de julho e 15 de outubro a 15 de novembro.

Essa mudança inovadora, segundo o presidente da Sabesp, Gesner Oliveira, democratiza mais a programação orçamentária da Companhia para parcerias e ações promocionais, garantindo que os interessados em obter o apoio também se preocupem com o planejamento das suas iniciativas com uma antecedência mínima de 90 dias da realização das atividades propostas.

“Estudamos bastante os modelos de outras empresas públicas e privadas brasileiras para conceber esse sistema de patrocínios. Acredito que o resultado vai agradar entidades que sempre buscaram nosso apoio, tanto pela identificação com os objetivos de valorização da marca e da atuação da Sabesp quanto pela transparência no acompanhamento dos seus processos", ressaltou Raul

Christiano, superintendente de Comunicação - área responsável pela aprovação das propostas. Na sua política de apoios institucionais e financeiros a Sabesp também contempla projetos com incentivos da Lei Rouanet, conforme diretrizes em decreto estadual que sustenta o seu programa "Para Quem Tem Sede de Cultura".

Movimento Teatral elege nova diretoria

A Associação Movimento Teatral de Botucatu realiza na noite de hoje, às 20h30, no Teatro Municipal Camillo Fernandez Dinucci, a eleição da nova diretoria da entidade.

O grupo agrega aproximadamente 30 representantes entre atores de grupos de companhias teatrais de Botucatu e região. O evento é aberto ao público.

Atualmente a entidade é presidida pela atriz Regina Blanco (foto).

Municipal em ordem e rumo à informatização

Por Renato Fernandes

O administrador do Teatro Municipal Camillo Fernandez Dinucci, Tico Villela, disse ontem, através da Subsecretaria Municipal de Comunicação, que o local já está pronto para abrir a agenda de 2009.

Como acontece anualmente, o Municipal permaneceu durante o mês de janeiro e fevereiro fechado para reparos e manutenção. Villela destaca que foram trocados os drives da caixa de som, revisado todos os cabos e as vias de retorno para o palco e que ainda faltam a substituição de as lâmpadas queimadas e lentes quebradas”, completa.

Outro problema apontado por Villela no início do ano e que já foi solucionado pela Secretaria Municipal de Obras, era a desobstrução da saída de emergência, que estava com o acesso prejudicado devido a mesas, cadeiras e parte do antigo aparelho de ar condicionado.

Agora o desafio é a implantação do sistema de cadeiras numeradas, projeto que depende da informatização da bilheteria e do desenvolvimento de software específico. Para isso, a Secretaria Municipal de Cultura negocia, junto à Fatec (Faculdade de Tecnologia de Botucatu) a utilização de um estagiário para esse projeto. “A intenção é que tenhamos um mapa da platéia para que a pessoa escolha a poltrona nesse mapa e já receba o seu ingresso personalizado, na hora”, diz Villela.

A dificuldade encontrada pelo administrador é no método que deve ser utilizado para compartilhar o mapa da platéia com os prováveis pontos de comercialização de ingressos para evitar a venda de poltronas numeradas repetidas. “Consultamos algumas empresas especializadas que já trabalham com softwares semelhantes, mas o valor pedido por eles foi muito alto, algo entre R$ 80 e R$ 120 mil”, coloca.

A intenção do administrador é criar mecanismos para possibilitar a venda de ingressos numerados o quanto antes. “Uma das idéias, enquanto o software não é desenvolvido, é trabalhar com o mapa da platéia na bilheteria do teatro e disponibilizar fileiras de poltronas específicas nos pontos de venda”, revela.

Exposição Mundo Feminino homenageará Tomie Otake

Cláudia Basseto diz que o importante é que as obras
espelhem os sentimentos e as emoções feminina


Texto e foto - Renato Fernandes

A tradicional exposição coletiva “Mundo Feminino”, realizada em comemoração ao Dia Internacional da Mulher (8 de março), está com inscrições abertas no Museu de Arte Contemporânea (MAC) Itajahy Martins, até o dia 4 de março.

A agente cultural Cláudia Basseto explica que pode se inscrever qualquer artista da cidade, nas seguintes categorias: desenho, pintura, escultura, fotografia, tapeçaria e patchwork (painel), inspirados no universo feminino, suas nuances e peculiaridades. “O importante é que as obras tenham alguma relação com o tema, mostrando as emoções, sentimentos e a maneira de viver das mulheres”, diz Basseto.

Pelo 4º ano consecutivo, a exposição prestará homenagem a uma artista. A primeira homenageada foi Anita Mafaldi, em seguida Tarcila do Amaral, no ano seguinte Maria Bonome e, em 2008, Maria Amélia Piza. “Este ano decidimos homenagear Tomie Otake devido a sua característica de trabalhar em várias linguagens. Além disso, ela reforça a característica de um museu com arte contemporânea”, comenta.

De acordo com o regulamento, cada participante pode inscrever-se com até dois trabalhos inéditos, gratuitamente, das 9 às 18 horas, até o prazo final. É necessário apresentar os trabalhos e preencher a ficha de inscrição por completo.
O participante também pode se inscrever em mais de uma categoria, desde que preencha fichas distintas.

A vernissage da exposição coletiva acontecerá no dia 7 de março, às 10 horas, quando o espaço será aberto para visitação pública até o dia 28 do mesmo mês.

Informações e inscrições na Secretaria de Cultura, pelos telefones: (14) 3882 - 1489, 3882 - 1747 ou pelo e-mail: - macbtu@botucatu.sp.gov.br.

O MAC Itajahy Martins fica na Avenida Dom Lúcio, nº 755.
A homenageada

Tomie Otake nasceu em Quioto, no dia 21 de novembro de 1913, e é uma pintora japonesa naturalizada brasileira. Aos vinte e um anos de idade emigrou para o Brasil, iniciando sua carreira aos quarenta anos.

É uma das principais representantes do abstracionismo informal. Sua obra abrange pinturas, gravuras e esculturas, muitas delas expostas em locais públicos, principalmente na cidade de São Paulo, como pode ser visto no Auditório Ibirapuera.

Durante sua carreira realizou diversas obras públicas, como o painel no Edifício Santa Mônica, na Ladeira da Memória, em São Paulo; a escultura Estrela do Mar, na Lagoa Rodrigo de Freitas, no Rio de Janeiro; a escultura em homenagem aos oitenta anos da imigração japonesa no Brasil, painéis para o Memorial da América Latina, para a estação Consolação do Metrô, em São Paulo.

Em 2000, foi lançado em São Paulo o projeto do Instituto Tomie Otake, idealizado e coordenado por Ricardo Ohtake.