dezembro 04, 2008

Ataque de abelhas mata garoto de 10 anos

Por Renato Fernandes

No final da manhã de quarta-feira, o garoto Giovani Ribeiro Tassi (foto ao lado), 10 anos, foi atacado por mais de mil abelhas em uma área verde, próxima ao Jardim Cambuí, em Botucatu, interior de São Paulo.

O garoto saiu com outros dois amigos para apanhar manga e no caminho de volta para a casa a mochila de um dos garotos, que estava cheia da fruta, se soltou e despencou sobre um enxame de abelha. Giovani não conseguiu fugir e acabou caindo de um barranco.

Os dois amigos correram para a casa e acionaram a unidade de resgate do Corpo de Bombeiros, que teve dificuldades para encontrar o local exato do acidente. A vitima foi socorrida por familiares e levada ao HC – Hospital das Clínicas da Unesp, onde deu entrada por volta das 16 horas, em choque anafilático.

O falecimento ocorreu no início da manhã de quinta-feira, devido ao choque e insuficiência renal. A escola onde o garoto estudava está em luto e as aulas serão retomadas na segunda-feira.

Em um gesto de bondade, a família de Giovani, doou as córneas do garoto para o Banco de Olhos do Hospital das Clínicas (HC) da Faculdade de Medicina de Botucatu/Unesp (FMB).

Em nome dos pacientes que aguardam na fila por um transplante, tanto o Banco de Olhos quanto a OPO (Organização de Procura por Órgãos) do HC agradecem à família de Giovani pelo ato consciente.

Polícia apresenta suspeitos por explodirem delegacia em Botucatu

Por Renato Fernandes

A Polícia Civil de Sorocaba apresentou à imprensa, na tarde de quinta-feira (04), quatro suspeitos pela explosão da Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes de Botucatu (DISE), interior de São Paulo.

Foram presos e apresentados os seguintes acusados Daniel Leandro Bruder Perger (Medingo), Suastra Duarte da Silva (Fiota), Willian Ricardo Porfírio (Macalé) e Euci Cassemiro de Oliveira Júnior (Pescoço).

A justiça também já decretou a prisão de dois suspeitos pelo roubo da caminhonete S-10, utilizada no crime, são eles: Devair José de Sá e Eduardo Luiz Ribeiro, em Lençóis Paulista.

A possível elucidação do atentado a bomba ocorrido no dia 10 de novembro, apresenta seus primeiros resultados 25 dias após o crime que colocou abaixo uma delegacia especializada, culminando com o furto de 106 kg de drogas [73 kg de maconha, 17 kg de crack e 16 kg de cocaína], 3 pistolas, 12 revólveres calibre 38, 3 pistolas, 1 espingarda, 3 revólveres calibre 32 e 1 calibre 22.

Com informações do site Entrelinhas (www.entrelinhas.com)

Rede Social de Botucatu inicia Programa de Desenvolvimento Local

A iniciativa visa dar continuidade aos trabalhos desenvolvidos desde 2005
A Rede Social de Botucatu desenvolve, há três anos, uma série de atividades para fortalecer e capacitar as organizações sociais do município. Assim, reúne 32 entidades sociais, empresas privadas e órgãos públicos com o objetivo de implementar projetos de promoção das comunidades.

Durante esse tempo, foram realizadas ações de consolidação da rede e agora o grupo trabalha na implantação do Programa de Desenvolvimento Local. A meta é identificar os principais problemas enfrentados nos bairros, solucionar as dificuldades e estimular o crescimento sustentável.

“Pretendemos integrar os setores público e privado para realizar diagnósticos participativos e identificar talentos locais. Depois disso, definimos as prioridades e realizamos ações que promovem o desenvolvimento dos bairros”, explica Simone Rodrigues Alves Pafetti,coordenadora de Projetos Socias do Senac Botucatu.

Para dar início ao trabalho, serão mapeados as localidades mais desfavorecidos do município, onde a atuação da rede pode trazer benefícios. O intuito é definir que tipo de atividades, como cursos de capacitação, campanhas de conscientização, fóruns, seminários, feiras, oficinas e workshop, podem ser desenvolvidas, de acordo comas necessidades.

Sobre a Rede Social
Há 10 anos o Senac São Paulo desenvolve o Programa Rede Social nas cidades onde está presente. Trata-se de uma metodologia de trabalho que reúne pessoas e organizações com o propósito de levar soluções para os problemas sociais locais.

Em Botucatu, a rede foi formada em 2005 para atuar sobre quatro pilares: trabalho, empreendedorismo, articulação e responsabilidade social, representados pela sigla Tear, que identifica as ações na cidade.

Entre as principais atividades realizadas estão: Fóruns de Responsabilidade Social e Desenvolvimento Local, curso Gestão de Voluntariado, oficina Elaboração de Projetos, seminário Captação de Recursos, Projeto Passanet (inclusão digital da terceira idade carente), Projeto Rompendo o Silêncio (curso de Libras), Assessoria em Informática para o Terceiro Setor, simpósio Direito do Terceiro Setor: aspectos jurídicos.

Uma das ações mais recentes é o CD: Informações sobre Conselhos Municipais. O principal objetivo do material é incentivar a participação das Organizações e Associações nos conselhos de seu interesse, visando fortalecer e influenciar as políticas públicas. O CD apresenta documentos históricos importantes e ressalta a lei de criação de cada um dos Conselhos Municipais bem como seus regimentos internos.

Para 2009, a meta é ampliar o atendimento e intensificar o trabalho, atuando ativamente nos desafios indicados pelas comunidades, seja em capacitações, campanhas de conscientização, eventos, parcerias, entre outras atividades.

Podem participar membros de organizações sociais, associações de moradores e representantes do poder público ou da iniciativa privada. Simone enfatiza que a rede é aberta a todos os públicos. “A Rede Social Botucatu não tem dono nem um responsável único. Todos os participantes são responsáveis, conforme projeto e comissão que pertencer. O que a Rede possui é um mediador na execução dos trabalhos”, completa.

As reuniões são abertas a todos os interessados e ocorrem sempre na segunda terça-feira de cada mês. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (14) 3112-1162 ou e-mail rede.botucatu@sp.senac.br.

Serviço
Reuniões da Rede Social de Botucatu
Data: toda segunda terça-feira do mês
Horário: 19h30
Local: Senac Botucatu
Gratuito