novembro 25, 2008

Projeto Guri busca técnicos em instrumentos em Jaú e Bauru

Vagas são para as áreas de cordas friccionadas, coral, percussão, cordas dedilhadas e sopros
A Associação Amigos do Projeto Guri, organização social de cultura, abre processo seletivo para a contratação de Técnicos em Instrumentos nas cidades de Jaú e Bauru.

Os interessados devem possuir formação superior em música completa ou cursando; sólidos conhecimentos musicais gerais; sólidos conhecimentos musicais em um instrumento específico de seu naipe; conhecimentos em educação musical de uma forma geral; conhecimentos em ferramentas administrativas, tais como planilhas e relatórios e conhecimentos básicos em manutenção de instrumentos de seu naipe, entre outros.

As vagas são para as áreas de cordas friccionadas, coral, percussão, cordas dedilhadas e sopros.

Os currículos devem ser encaminhados, até o dia 28/11, para o e-mail vagas@projetoguri.org.br, com pretensão salarial e o código correspondente a vaga (lista abaixo) no título da mensagem. Mais informações na seção ‘Trabalhe Conosco’ do site do Projeto Guri - http://www.projetoguri.org.br/site/institucional.trabalhe.vagas.abertas.php.


Códigos das vagas:

Cordas friccionadas – CF/J.B.

Coral – C/J.B.

Percussão – P/J.B.

Cordas dedilhadas – CD/J.B.

Sopros – S/J.B.

Sobre o Projeto Guri

Criado em 1995 pela Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo, o Projeto Guri tem como missão promover a inclusão sociocultural de crianças e adolescentes por meio do ensino musical. Hoje, o Projeto é gerido pela Organização Social de Cultura Associação Amigos do Projeto Guri. A entidade conta com diversos parceiros, patrocinadores e colaboradores, sendo seu principal mantenedor o Governo do Estado de São Paulo. Graças a estas importantes parcerias e apoios, o Guri atende cerca de 48 mil crianças e jovens e está presente em 376 pólos, configurando-se como um dos mais bem sucedidos projetos da área sociocultural. Empresas privadas que queiram colaborar com o Projeto Guri podem usufruir da Lei de Incentivo à Cultura, do Ministério da Cultura. Pessoas físicas também podem contribuir com o Projeto. Visite nosso site: www.projetoguri.org.br.

ABR.3 fará show para Schumacher, Massa e Barrichello

Grupo vai tocar no jantar de confraternização dos pilotos que vão participar do Desafio Internacional das Estrelas de Kart em Florianópolis
Se para muitos ter a oportunidade de assistir o maior evento de kart do planeta, o Desafio Internacional das Estrelas com Felipe Massa e Convidados, que vai ser realizado em Florianópolis (SC) nos dias 29 e 30, já uma emoção forte, imagina fazer um show para todas as feras que vão participar da prova. Esse é o desafio, ou melhor, o privilégio que Pedro Langona, André Nascimento e Rafael Basso, da ABR.3, terão pela frente.

O grupo foi o escolhido pela organização do evento para tocar, entre outros, para Michael Schumacher, Felipe Massa e Rubens Barrichello, no jantar de confraternização do evento que será realizado no dia 29, no Resort Costão do Santinho. O grupo está animado para fazer um show para um grupo tão seleto e mostrar o novo trabalho pela LGK/Som Livre que em breve chega às lojas de todo o Brasil. “É um privilégio, mas também uma grande responsabilidade fazer um show pra todas essas feras”, diz o grupo em coro.

A banda promete um show muito animado. “Vamos entrar no clima da corrida e fazer uma apresentação com muita energia”, garante Pedro Langona. O grupo vai apresentar as canções do novo CD. Entre os destaques estão a nova música de trabalho “Se Liga”, que já está tomando conta das rádios e a novíssima “Tem que ser Você”. Outra novidade é a faixa bônus do sucesso do primeiro CD “Aquele Olhar” em uma versão acústica.

“Tenho certeza que será um mais um show inesquecível pra gente”, diz André Nascimento, que relembra a apresentação que fizeram em Florianópolis no Reveilon de 2007. Para Rafael Basso será um momento de descontração antes dos pilotos entrarem na pista. “Por isso temos de dar o nosso melhor e agitar a galera”, explica.

Além de Massa, Schumacher e Barrichello, também vão participar da prova
Vitantonio Liuzzi, Lucas di Grassi, Tony Kanaan, Vítor Meira, Jeff Gordon, Antonio Pizzonia, Xandinho Negrão, Cristiano da Matta, Ricardo Zonta, João Paulo Oliveira, Alexandre Barros, Ricardo Maurício, Marcos Gomes, Thiago Camilo, Cacá Bueno, Luciano Burti, Popó Bueno, Allam Khodair, Max Wilson, Tarso Marques, Roberto Pupo Moreno e Felipe Giaffone. Mais informações no site www.desafiodasestrelas.com.br.

Professores recebem certificado de conclusão do Curso de Italiano

Sete professoras da rede municipal de ensino receberam na manhã desta terça-feira, dia 25, o certificado de conclusão do Curso de Língua, Linguagem e Cultura Italiana. As aulas tiveram início há dois anos e meio e têm como objetivo capacitar educadores no sentido de multiplicar o conhecimento da língua para seus alunos.

O evento foi realizado no Centro Municipal de Educação Permanente (Cemep) e contou com a presença do secretário de Educação, Gilberto de Azevedo Borges, o presidente do Centro Cultural, João Carlos Figueiroa, a professora de italiano, Leni Moreira, funcionários da Secretaria de Educação, alunos e professores da Escola Municipal Luiz Tácito Virgínio dos Santos.

O projeto de levar a língua italiana para as escolas municipais foi implantado através de um convênio assinado entre a Prefeitura de Botucatu e a Federação das Entidades Culturais Ítalo Brasileiras do Estado de São Paulo – FECIBESP.

A parceria, segundo a professora de italiano, Leni Moreira, foi fundamental para a implantação do projeto. “Foi um esforço mútuo que está sendo coroado com êxito. Agora sabemos que a proposta é possível de se concretizar e também sabemos das dificuldades que se têm que enfrentar. O apoio dado por todos os envolvidos foi essencial para o bom andamento e conclusão desse projeto”, afirmou a professora.

No total foram atendidos aproximadamente 600 alunos por ano. O curso teve a duração de 450 horas presenciais com atuação no aspecto gramatical, vocabulário e estudo da civilização da Itália.

Neste ano, 23 classes se envolveram no projeto e receberam da Secretaria Municipal de Educação cadernos de atividades para os alunos atendidos extracurricularmente com a língua italiana.

Para o secretário de Educação, Gilberto de Azevedo Borges, a proposta de levar outra língua para dentro das salas de aula foi um desafio bem sucedido. “Tenho certeza que foi muito produtivo, enriquecedor para as nossas crianças. Foi um desafio, mas que superando quando se vê o resultado final dos trabalhos apresentados pelos professores e alunos. Só tenho a agradecer o empenho dos professores e todos os envolvidos nesse projeto”, disse o secretário.

Para os alunos, o italiano agora faz parte do cotidiano da escola e do convívio familiar. “Eu falo as palavras que aprendi na escola com meus pais e irmãos. Gostei muito de aprender a língua e ano que vem quero aprender mais ainda”, finalizou a aluna da Escola Municipal Luiz Tácito Virgínio dos Santos, Laiara Chuvukian Chinaque, 10 anos.

Certificado Município Verde será entregue em São Paulo nesta quarta-feira

As autoridades políticas e representantes de Botucatu estarão na capital paulista nesta quarta-feira, 26 de novembro, para acompanhar a divulgação do ranking completo com a pontuação das cidades inscritas no Programa “Município Verde”, criado através da Lei nº 13.304 de 19 de maio de 2003 e regulamentada pelos Decretos 27.703 e 27.704.

O evento será realizado no Memorial da América Latina e irá contemplar com o certificado “Município Verde” todos aqueles que cumpriram com as etapas estabelecidas no protocolo.

No ano passado, o prefeito Antonio Mario Ielo esteve em São Paulo para inscrever Botucatu no programa, acompanhado do secretário municipal de Meio Ambiente, Vado Silva, e do interlocutor responsável por fornecer as informações do município ao Estado, Ciro Croce.

Para poder receber a pontuação, o governo municipal precisou prestar contas e cumprir dez diretivas sobre questões ambientais, como esgoto tratado, lixo mínimo, recuperação de mata ciliar, arborização urbana, educação ambiental, habitação sustentável, uso racional da água, controle da poluição do ar, estrutura ambiental e conselho ambiental.

O interlocutor de Botucatu no Programa “Município Verde” está confiante na conquista do certificado. “Amanhã estaremos em São Paulo e temos tudo para conquistar este reconhecimento. Botucatu é um município verde. Claro que tem muita coisa ainda para melhorar, mas estamos no caminho certo, rumo à sustentabilidade”, explicou Ciro.

IV Taça Cidade de Handebol teve início em Botucatu

A rodada de abertura da IV Taça Cidade de Botucatu de Handebol foi realizada na noite de segunda-feira, 24 de novembro, com duas partidas disputadas no Ginásio da Escola Municipal de Educação Fundamental Professor Luiz Tácito Virgínio dos Santos, no Jardim Flamboyant.

No primeiro confronto, a equipe feminina infantil da ABHb/SEMESP Botucatu venceu o Colégio Liceu/Anglo por 22 a 05. Na seqüência, pela categoria masculina, o Colégio LA Salle derrotou o Liceu/Anglo por 22 a 08.
A segunda rodada da competição está programada para esta quarta-feira, 26 de novembro, com apenas um jogo válido pela categoria feminina infantil. A partir das 19h30, o Colégio Liceu/Anglo entra em quadra diante do La Salle buscando o resultado positivo.

Na sexta-feira, 28 de novembro, às 19 horas, acontece o duelo infantil entre as meninas da ABHb/SEMESP Botucatu e Colégio La Salle, pela 3ª rodada do torneio.

A IV Taça Cidade de Botucatu de Handebol reúne 21 agremiações e todas as partidas são realizadas no Ginásio da EMEF Professor Luiz Tácito Virgínio dos Santos, localizado à Rua Rosa Maria Basseto, nº 214, no Jardim Flamboyant.

Câmpus de Botucatu será destaque em documentário da TV Cultura sobre a Unesp

Uma equipe da Fundação Padre Anchieta - TV Cultura - esteve na terça-feira, 25, na Faculdade de Medicina de Botucatu/Unesp (FMB) captando imagens e entrevistas para um documentário que contará a história da Unesp (Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho". O material, com histórias de unidades instaladas em outros campi deve ir ao ar em março de 2009 pelo canal UNIVESP TV, criado através de uma parceria entre Unesp, USP (Universidade de São Paulo), Unicamp (Universidade Estadual de Campinas) e Governo do Estado de São Paulo.

Na FMB, eles entrevistaram o docente do Departamento de Urologia e ex-reitor da Unesp, professor José Carlos de Souza Trindade, mas antes haviam falado com o professor Reinaldo Ayer. Para terem embasamento histórico sobre a antiga FCMBB (Faculdade de Ciências Médicas e Biológicas de Botucatu), por intermédio da ACI (Assessoria de Comunicação e Imprensa) também conversaram com a historiadora Isaura Bretan.

Os produtores do documentário filmaram o memorial da FMB com fotos antigas da FCMBB e outras mais recentes, da atual Faculdade de Medicina, inclusive de um ângulo aéreo. O mesmo foi feito com o painel do Anfiteatro da Patologia, mais conhecido como "Anfi da Pato".

A fachada do prédio do Hospital das Clínicas (HC), que também abriga, por enquanto, a ala administrativa da Faculdade de Medicina de Botucatu ganhou destaque por ser o prédio mais antigo entre as unidades de Rubião Júnior. Para ilustrar como são realizadas as aulas práticas, também será exibido o funcionamento do Laboratório Experimental de Ginecologia e Obstetrícia.

Mais informações sobre o canal UNIVESP podem ser encontradas no link: http://www.ensinosuperior.sp.gov.br/portal.php/univesp

Assessoria de Comunicação e Imprensa da FMB e HC

Corrida com Felipe Massa ajuda vítimas de enchentes em Santa Catarina

Organizadores doam R$ 50 mil para vítimas das chuvas em Santa Catarina
Apesar das fortes chuvas que castigam o Estado de Santa Catarina desde a semana passada, a edição 2008 do Desafio Internacional das Estrelas está confirmada. A prova será realizada no próximo sábado e domingo, no Kartódromo dos Ingleses (Florianópolis), com a presença de Felipe Massa, Michael Schumacher, Jeff Gordon, Luca Badoer, Vitantonio Liuzzi e outras estrelas do automobilismo mundial e brasileiro.

Nesta segunda-feira, Carinhos Romagnolli, organizador do evento, anunciou a doação de R$ 50 mil para as vítimas das enchentes de rios e deslizamentos de terra. O montante será entregue ao Governo do Estado para a compra de alimentos, colchões, agasalhos e outros gêneros de primeira necessidade. A exemplo dos anos anteriores, o Instituto Guga Kuerten também receberá uma parcela da arrecadação de ingressos de arquibancadas.

As fortes precipitações dos últimos dias causaram estragos na região norte de Florianópolis. A Rodovia SC 401, que liga o centro da capital catarinense ao bairro onde o kartódromo está instalado, foi interditada desde o fim da tarde de domingo por causa da queda de barreiras e só terá o tráfego restabelecido no prazo mínimo de uma semana. Os torcedores que forem à corrida precisarão utilizar desvios montados pelas autoridades de trânsito locais.

“A chuva complicou e atrasou um pouco os trabalhos de conclusão da estrutura, mas até quinta-feira estará tudo finalizado”, garantiu Romagnolli, que procurou tranqüilizar as dezenas de pessoas que ligaram ao longo do dia buscando informações sobre a prova. “Felizmente, a área não está isolada e o acesso pode ser feito por rotas alternativas.” Romagnolli informou também que todos os ingressos foram vendidos e que um público recorde de 12 mil pessoas é esperado no domingo.

Nesta segunda-feira, o italiano Luca Badoer também confirmou presença. Com a vinda do piloto de testes da Ferrari, a lista com 26 nomes está fechada. No final de semana, o mineiro Cristiano das Matta desistiu de participar por causa de uma contusão nas costelas sofrida durante as 500 Milhas da Granja Viana e foi substituído por Luís Tedesco, campeão brasileiro de rali de velocidade pela FIAT. Tedesco dará um toque local à competição, já que, embora gaúcho de nascimento, reside em Florianópolis.