novembro 10, 2008

Dr. Domingos Meira integrará conselho de especialistas da APM como fonte de conhecimento

O professor titular da Disciplina de Moléstias Infecciosas da Faculdade de Medicina de Botucatu/Unesp, Domingos Alves Meira, foi convidado para participar de um conselho de médicos especialistas da APM (Associação Paulista de Medicina). O grupo foi formado para discutir temas e abordagens para discussão com a sociedade durante seminários, workshops, simpósios, em entrevistas a veículos de comunicação e até programas de TV.

O conselho deve ser consultado, com freqüência, por exemplo, no Programa "Ação Saúde", que estréia no final deste mês, na Rede Vida, e tem como foco o público leigo. Dr. Domingos Meira deve ser referência para consulta, elaboração de pauta, eventuais entrevistas, participação em mesas de discussões, entre outras atividades organizadas pela Assessoria de Imprensa da APM.

Curriculum – O docente, que ocupa o cargo de diretor do Hospital Dia de AIDS, possui graduação em Medicina pela Universidade de São Paulo (1958) e doutorado em Doenças Infecciosas e Parasitárias pela Universidade de São Paulo (1965). Obteve a livre-docência na Universidade de São Paulo (1967). Tornou-se professor adjunto ,por concurso, na Faculdede de Ciências Médicas e Biológicas de Botucatu(1975). Conquistou o cargo de professor titular na Faculdade de Medicina de Botucatu-Unesp (1977). Atualmente é professor emérito da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Tem experiência na área de Medicina, com ênfase em Doenças Infecciosas e Parasitárias, atuando principalmente nos seguintes temas: aids, malária, paracoccidioidomicose, citocinas e HIV.

Assessoria de Comunicação e Imprensa da FMB e HC

Teatro Municipal apresenta “Auto da Compadecida”

Será apresentado na próxima quarta-feira, dia 12, às 20h30, no palco do Teatro Municipal Camilo Fernandez Dinucci, a peça teatral “Auto da Compadecida”. O espetáculo marcará os 20 anos do Grupo Octopus de Teatro.
Baseado na premiada obra de Ariano Suassuna, a peça conta sobre a saga de João Grilo e Chicó numa cidadezinha do Nordeste, lutando contra poderosos.

O autor mostra um povo religioso, de pé no chão, acuado pela seca, atormentado pelo fantasma da fome e em constante luta contra a miséria. Traça o perfil dos sertanejos nordestinos que estão submetidos à opressão a que foram, e ainda hoje são, subjugados por famílias de poderosos coronéis que possuem terras e almas por vastas áreas do Brasil.

Dentro desse contexto, João Grilo é a figura que representa os pobres oprimidos, é o homem do povo, é o típico nordestino amarelo que tenta viver no sertão de forma imaginosa, utilizando a única arma do pobre, a astúcia, para conseguir sobreviver.

“Auto da Compadecida” conta com apoio da Prefeitura de Botucatu, através da Secretaria de Cultura. Os ingressos estão disponíveis a preço popular de R$ 5,00 na Banca Paratodos. A bilheteria será revertida ao Movimento Teatral de Botucatu.

Dia 30 tem Concerto de Gala com a Orquestra Sinfônica

No dia 30 de novembro, a Capela do Seminário será palco da apresentação do Concerto de Gala da Orquestra Sinfônica de Botucatu. O evento será realizado em retrospectiva às atividades da orquestra e reunirá o melhor da música erudita num ambiente de beleza e espiritualidade.

O evento está marcado para ter início às 20 horas.

A apresentação inclui obras de Mozart, Vivaldi, Gounod, Caturla, Ginastera, Tchaikovsky, Puccini e Moniusco.

A realização é da Secretaria Municipal de Cultura e a entrada é franca. A Capela do Seminário está localizada na Rua Costa Leite, 648, Centro. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 3882-0133.

Encontro de “Leituras dramáticas” terá início nesta terça-feira

O elenco da Quadrilha de Teatro Notívagos Burlescos dará início nesta terça-feira, dia 11 de novembro, ao encontro “Leituras Dramáticas”. A iniciativa do grupo visa difundir autores contemporâneos ainda não encenados na cidade e pouco conhecidos pelo público botucatuense.

Serão cinco apresentações com textos dos autores Mário Bortolotto, Paulo F., Marcos Gomes, Paula Chagas Autran, João Fábio Cabral e Sérgio Mello. As leituras terão o acompanhamento dos participantes da Oficina de Trilha Sonora e Sonoplastia, que em seguida entra em cena com o Bando Musical dos Notívagos Burlescos.

Estréia - “Getsêmani”, de Mário Bortolotto, abre o ciclo de leituras contando a história de uma estranha quadrilha que seqüestra um editor de livros de auto-ajuda, com o objetivo de obrigá-lo a mudar a linha editorial e publicar obras de autores como Matsuô Bashô, Arthur Rimbaud, Jack Kerouac, John Keats e Charles Bukowski.

Dramaturgo de personagens à margem da sociedade, o londrinense Mário Bortolotto é o representante contemporâneo mais próximo ao universo do autor Plínio Marcos, de linguagem cáustica e direta. Com produção vasta e constante, Bortolotto marca presença no teatro paulista a partir de meados dos anos 90.

O evento, que será realizado todas as terças-feiras, terá início às 20h30, com entrada franca. O Bar Valentino está localizado na Rua Costa Leite, 1439, Centro.

Prefeitura vai ressarcir proprietário de imóvel onde ficava Delegacia

Paulo Buchignani: "Atentado contra o Estado"

Foto e texto: Renato Fernandes

Em entrevista à Tv Tem, o prefeito de Botucatu Mário Ielo, disse que irá ressarcir os proprietários do imóvel onde funcionava a Dise – Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes de Botucatu, Rua Rodrigues do Lago, nº 222.

O prefeito disse que indenizará os proprietários e aguardará a reposição dos valores por parte do Estado, que é responsável pela manutenção e atividades dos investigadores. “Esse é um atentado contra o Estado e temos que tomar providências”, disse o delegado da especializada, Paulo Buchignani.

A casa onde ficava a delegacia explodiu graças à ação de uma quadrilha, que invadiu o local levando drogas e armas, na madrugada de segunda-feira.Na ação, o prédio acabou condenado e duas viaturas foram danificadas.

Futsal de Botucatu empata e aguarda próximo adversário no Paulistão

O futsal de Botucatu, representado pela equipe principal da Associação Atlética Botucatuense/Prefeitura, entrou em quadra diante de Pinhal no último sábado, 08 de novembro, encerrando sua participação na 2ª fase do Campeonato Paulista – Série Prata.

A partida foi disputada no Ginásio II da Veterana, em Botucatu, e terminou empatada em 4 a 4. Os gols dos anfitriões foram marcados por Vinícius (2), Gú e Lelê.

O time botucatuense já havia garantido por antecipação uma vaga na próxima fase do torneio. Com este resultado, chegou a 07 pontos e se mantém na liderança do grupo G, mas ainda aguarda a definição do jogo entre Pinhal Futsal e Oportunity, que se enfrentam nesta quarta-feira, 12 de novembro.

A representação de Bragança Paulista ocupa atualmente a vice-liderança da chave, com 04 pontos, e em caso de vitória na última rodada, pode ultrapassar Botucatu nos critérios de desempate que constam no regulamento da competição.

Apoio - A AA Botucatuense/Prefeitura conta com o apoio da Unifac, Quitanda Dona Marina, CEBRAC - Centro Brasileiro de Cursos, Farmácia São Bento e Atlétic Sports.

Explosão de delegacia deixa trauma em vizinhos

Rua por onde a quadrilha fugiu na contramão. Ao fundo
a movimentação policial durante a manhã de segunda-feira


Por Renato Fernandes

A Rua Rodrigues do Lago, onde ocorreu um atentado a bomba a Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes de Botucatu (Dise), é movimentada dia e noite. A rua fica há dois quarteirões da Avenida Dom Lúcio, uma das principais via de tráfego de veículos da cidade.

O tráfego e a atividades dos agentes policiais que geralmente ocorriam dia-e-noite serviram de disfarce para o bando que provocou o atentado. Para os vizinhos à presença de uma caminhonete S-10, estacionada na cena do crime, momentos antes da explosão foi confundida com um veículo policial.

O aposentado Lauro Arlindo de Melo, 77 anos, morador da esquina mais próxima da delegacia, explica que a explosão poderia ser qualquer coisa, um vizinho de mudança ou um acidente de trânsito. Ele só se deu conta da real proporção do barulho ouvido no meio da madrugada quando saiu para a calçada, durante a manhã. “A rua tava cheia de gente e um movimento danado da polícia”, disse.

Já a cozinheira Neide Aparecida Albertini, 77 anos, mora ao lado da delegacia e explica que a sensação de segurança cedeu espaço ao medo. “Eu me sentia segura morando ao lado da delegacia e estava habituada em ver os policiais trabalhando durante a madrugada”, disse.

De acordo com ela, por volta das 5 horas da madrugada de segunda-feira, duas explosões, ouvidas em seqüência, chamaram a atenção dos vizinhos. “Abri a porta e vi o muro caindo e delegacia pegando fogo”, lembra.

Uma outra vizinha que pediu para não ser identificada relata que chegou a ver a caminhonete preta descendo na contramão, pela Rua Campos Sales.

Botucatu estréia dia 12 nos Jogos Abertos do Interior

Na próxima quarta-feira, dia 12 de novembro, Botucatu faz a sua estréia nos Jogos Abertos do Interior "Baby Barioni" que serão realizados na cidade de Piracicaba. A competição vai reunir 227 municípios divididos em duas divisões. Ao todo serão mais de 17 mil pessoas que vão participar dos Jogos.

Botucatu faz a sua estréia nos Jogos nas modalidades de futsal masculino e feminino e volei de praia masculino. No futsal feminino, Botucatu joga às 9 horas, contra Mogi das Cruzes, no Ginásio do Clube de Campo de Piracicaba. Já o futsal masculino joga às 14 horas contra Santana de Parnaiba no Ginásio da ESALQ - Escola Superior de Agricultura Luiz Queiroz.

Por fim, as 11h45 será a vez da dupla de vôlei de praia fazer a sua estréia enfrentando Itapetininga no Centro Esportivo do Jardim Prezotto.

Explosão de delegacia ganha repercussão nacional

Por Flávio Fogueral

A ação de criminosos, que invadiram, roubaram e explodiram a Delegacia Sobre Investigações em Entorpecentes (DISE), em Botucatu (interior de São Paulo), ganhou repercussão nacional pelo impacto da ação criminosa.

Emissoras de televisão afiliadas à Rede Globo e Record tiveram inserção ao vivo ou relataram o fato, destaque no programa Bom Dia São Paulo e nos canais de notícias GloboNews (veja o vídeo) e RecordNews. Havia a expectativa do fato também ser assunto nos telejornais.

Portais como Terra e IG deram espaço ao incidente em suas páginas iniciais. Todas com foco na explosão, as reportagens frisaram o roubo e a explosão. O site Globo.com também destacou o ocorrido ao acrescentar vídeos referentes às reportagens divulgadas no TEM Notícias e em outros telejornais. Além disso, relatou a experiência vivida pelos vizinhos.

Na madrugada desta segunda-feira, dia 10, homens não identificados roubaram documentos, armas e entorpecentes. Após a invasão do prédio, que ocorreu pela porta da frente, os criminosos explodiram a sede da delegacia com dinamite. O local corre o risco de desabar.

Inovações tecnológicas da cultura da banana serão debatidas em workshop

De 27 a 28 de novembro de 2008, a FCA - Faculdade de Ciências Agronômicas vai receber o I Workshop Sobre Inovações Tecnológicas em Bananicultura.

A cultura da banana tem evoluído consideravelmente nas ultimas décadas. Atualmente, o Brasil se destaca como segundo maior produtor mundial da fruta, com uma área plantada que supera os 500 mil hectares. Apesar da importância econômica da bananicultura, poucas são as áreas em que se aplicam novas tecnologias de cultivo visando altas produtividades.

Recentemente, técnicas foram aprimoradas e vêm sendo empregadas na bananicultura, como melhoramento e seleção de cultivares, uso racional da água e adubos, monitoramento e controle de pragas e doenças, além de técnicas de manejo cultural.

Dentre os temas abordados durante o Workshop estão: bananicultura em ambiente protegido; novos cultivares de banana; novas tendências para a nutrição da bananeira; manejo de controle da Sigatoka Negra e outros.
O evento terá a participação dos mais renomados pesquisadores da bananicultura nacional e mundial, representando instituições como a Unesp, o Instituto Canário de Investigações Agrárias (Espanha), Embrapa e Instituto Agronômico de Campinas

Mais informações, programação e inscrições através do site: www.fca.unesp.br.

Quadrilha levou armas e drogas de delegacia

A Polícia Civil de Botucatu ainda soma os prejuízos do atentado que explodiu a Dise - Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes em Botucatu e dá uma trégua à greve para capturar o grupo.
As investigações indicam que a quadrilha era formada por oito homens, com possível relação ao roubo de uma caminhonete em Lençóis Paulista.

Os marginais entraram na delegacia especializada na madrugada de segunda-feira e saíram do local por volta das 5 horas. A entrada se deu pela porta da frente, arrombando o cadeado. Na ação eles levaram 30 granadas e 29 armas, entre pistolas, escopeta, submetralhadoras e granadas. Carregando ainda um cofre com 73 quilos de maconha, 17 quilos de crack e 15 quilos de cocaína.

Antes de fugir eles deixaram preparadas cargas de dinamite que explodiram minutos depois provocando a queda do prédio. Ao chegarem ao local do atentado os policiais encontraram todos os inquéritos e Boletins de ocorrência em chamas.
Os criminosos ainda estão foragidos. Durante a segunda-feira, as investigações contaram com equipes antibombas da capital e o helicóptero Águia 5.

Roubo de caminhonete pode ter vínculo com explosão de delegacia em Botucatu

A Polícia Civil suspeita que o veículo utilzado por uma quadrilha para explodir a Delegacia de Investigações Sobre Entorpecente de Botucatu possa ter sido roubada no final da noite de domingo, em Lençóis Paulista. A caminhonete S-10, pertencia a um casal que foi assalto e mantido refém.

Segundo os site do jornal A Tribuna (www.tribunasite.com.br), o roubo foi praticado por três indivíduos por volta das 23 horas. Eles teriam agredido o rapaz com coronhadas e socos, a mulher não sofreu agressão.

O cativeiro durou cerca de seis horas e no início da manhã o casal foi deixado em uma plantação de eucalipto, às margens da Rodovia Marechal Rondon.

Quadrilha explode delegacia em Botucatu, interior de São Paulo

O que restou da especializada está comprometido

Fotos e texto - Renato Fernandes

Uma quadrilha explodiu a Dise – Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes de Botucatu e levaram do local armas e drogas. Além de explodirem a delegacia o bando também queimou os inquéritos e B.O – Boletins de Ocorrências.

Segundo relato de vizinhos a movimentação começou por volta das duas horas, quando chegara na ver uma caminhonete preta circulando a região. Informações não oficiais dão conta que o veículo chegou a estacionar na garagem da especializada e por volta das 5 horas da madrugada de domingo para segunda-feira, duas explosões foram ouvidas, e em seguida parte do prédio veio abaixo.

A Polícia Civil de Botucatu não descarta a possibilidade da ação de facções criminosas. A Dise ficava instalada em uma casa, na Rua Rodrigues do Lago, nº 222. Para fugir, o grupo seguiu na contramão de direção, pela Rua Campos Sales.

O que restou do prédio corre o risco de desabar e assim que o trabalho da perícia for concluído deverá começar a demolição.

Um grupo especializado em explosivos da polícia de São Paulo deverá chegar após o horário de almoço para ajudar nas investigações e levantar o tipo de explosivo utilizado. Os criminosos também levaram a central de alarmes da delegacia, impossibilitando precisar o horário da ação.