julho 29, 2008

Novas Fatecs abrem inscrições para o Vestibular

A partir do segundo semestre de 2008, mais sete municípios do Estado de São Paulo vão ter Ensino Superior Tecnológico gratuito e de qualidade, oferecido pelas Faculdades de Tecnologia (Fatecs): Bragança Paulista, Bauru, Catanduva, Franca, Lins, Mogi das Cruzes e São Sebastião.

Para essas unidades, que integram o plano de expansão para o ensino profissional, uma das prioridades do governo estadual, o Centro Paula Souza vai adotar um calendário especial para o Vestibular, com 500 vagas.

A inscrição será apenas pela internet, no período de 30 de julho a 8 de agosto – no último dia, o prazo vai até 14 horas. O candidato poderá colocar como segunda opção um outro período do mesmo curso, na mesma faculdade. Nas sete cidades haverá Postos de Apoio para Inscrição com computador e internet disponíveis a quem não tem acesso à rede.

É necessário preencher a Ficha de Inscrição e o questionário socioeconômico, imprimir o boleto e pagar a taxa no valor de R$ 70 (em dinheiro) em qualquer agência bancária. Após cinco dias úteis do pagamento, o candidato receberá, em seu e-mail, a confirmação da efetivação de sua inscrição.

O Manual do Candidato, que traz todas as datas, normas e orientações para o processo seletivo, estará disponível somente no site www.vestibularfatec.com.br.

A lista dos locais de exame será divulgada no dia 21 agosto. O exame será aplicado em 24 de agosto, das 13h30 às 17h30.

A previsão para o início das aulas é dia 3 de setembro - data a ser confirmada de acordo com a aprovação final dos cursos pelo Conselho Estadual de Educação (CEE).

Inclusão Social

O Sistema de Pontuação Acrescida concede bônus de 3% a estudantes afrodescendentes e de 10% a oriundos da rede pública. Caso o aluno esteja nas duas situações, recebe 13% de bônus.

Para ter direito ao bônus, o candidato afrodescendente deve fazer a autodeclaração no ato da inscrição.

O candidato também deve informar, no momento da inscrição, se é egresso do ensino público. A comprovação de que cursou integralmente o Ensino Médio na rede pública (municipal, estadual ou federal) será exigida no ato da matrícula por meio da apresentação do histórico escolar.

Postos de Apoio para Inscrição

- Bauru: Etec Rodrigues de Abreu, na Rua Virgílio Malta, esquina com a Duque de Caxias, 12 – quadra 70 - Centro.

- Bragança Paulista: Centro de Inclusão Digital, na Rua Dr. Tosta, 224 – Centro.

- Catanduva: Etec Elias Nechar, na Rua Guariba, 800 – Jardim Bela Vista.

- Franca: Etec Dr. Júlio Cardoso, na Rua General Carneiro, 1.675 - Centro.

- Lins: Etec de Lins, na Rua São Pedro, 300 – Vila Perin.

- Mogi das Cruzes: Etec Presidente Vargas, na Rua Adriano Francisco Salgado, 30 – Sud Menucci.

- São Sebastião: Escola Municipal Henrique Botelho, na Rua Ítalo do Nascimento, 366 – Porto Grande.

Outras informações pelos telefones (11) 3471-4103 (Capital e Grande São Paulo) e 0800-596 9696 (demais localidades) ou pelo site www.vestibularfatec.com.br.

Do Centro Paula Souza

Empresas devem responder a reclamações de consumidores em até cinco dias úteis

Da Agência Brasil

As empresas que receberem reclamações por meio de serviços telefônicos terão prazo de cinco dias úteis para dar uma resposta ao consumidor. A previsão consta de um decreto que será assinado na próxima quinta-feira (31) pelo presidente da República. A norma traz novas regulamentações para os call centers e foi divulgada hoje (29) pelo Ministério da Justiça.

“A expectativa é que o consumidor seja mais respeitado, garantido a ele o acesso, o direito ao cancelamento e ao acompanhamento das reclamações”, ressaltou o diretor do Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor (DPDC), Ricardo Morishita.

“Quando se tratar do direito à informação, a resposta deve ser imediata. Já no caso de reclamações, o prazo será de cinco dias úteis. Quando o consumidor faz uma reclamação ele tem direito a um recibo e com base nele poderá verificar se a decisão for correta ou incorreta pela empresa”, acrescentou.

O decreto também estabelece que os efeitos de um cancelamento solicitado pelo consumidor serão imediatos a partir do contato telefônico. Para se adaptarem a esta e outras regras, as empresas terão prazo de 120 dias a partir da assinatura decreto. Depois desse período estarão sujeitas a ações de fiscalização e, caso descumpram as normas, poderão receber multas que vão de R$ 200 a R$ 3 milhões.

“Os Procons, o Ministério Público e as Defensorias Públicas vão estar atentos para defender o consumidor”, afirmou Morishita.

Caso a empresa não forneça recibo - por e-mail, mensagem de celular ou de forma escrita - , o diretor do DPDC esclareceu que o consumidor pode relatar oralmente os fatos aos órgãos responsáveis pela apuração das irregularidades.

A nova regulamentação dos call centers abrangem setores que originam o maior número de queixas dos consumidores. São eles: os serviços de telecomunicações, instituições financeiras, companhias aéreas, transportes terrestres, planos de saúde, serviços de água e energia elétrica.

Serviços telefônicos de atendimento ao consumidor terão de ser gratuitos

Da Agência Brasil

Os serviços telefônicoss de atendimento ao consumidor brasileiro terão que ser obrigatoriamente gratuitos para receber pedidos de informação, reclamações ou solicitações de cancelamento de contrato. Essa é uma das medidas anunciadas hoje (29) pelo Ministério da Justiça. As novas regras serão publicadas em decreto presidencial que será assinado na próxima quinta-feira (31) pelo presidente da República.

“A mudança fundamental é que acaba o jogo de esconde-esconde e empurra-empurra. O fornecedor tem que estar 24 horas por dia, sete dias por semana, à disposição do consumidor”, afirmou a secretária de direito econômico, Mariana Tavares.

No atendimento telefônico, a primeira opção do menu para o consumidor deverá ser "falar com o atendente". As empresas não poderão mais manter números distintos para os atendimentos referentes ao mesmo pacote de serviços. Isso significa que, se uma mesma empresa presta serviços de telefonia, internet e tv por assinatura, ela terá que manter um único número gratuito para atendimento ao consumidor.

Outra mudança que será estabelecida pelo decreto se refere ao momento em que o contrato perderá a sua eficácia. Os efeitos de um cancelamento solicitado pelo consumidor serão imediatos a partir do contato telefônico.

As novas regras serão aplicadas aos serviços de telecomunicações, instituições financeiras, companhias aéreas, transportes terrestres, planos de saúde, serviços de água e energia elétrica. Estes são os setores responsáveis, atualmente, pelo maior número de queixas dos consumidores.

As empresas terão prazo de 120 dias, a partir da assinatura do decreto, para se adaptar às novas regras. O descumprimento dessas normas acarretará em penalidades previstas no artigo 56 do Código de Defesa do Consumidor, que prevê multas de R$ 200 a R$ 3 milhões.

Produzir etanol a partir do milho é “idéia de jerico”, afirma ministro do Planejamento

Da Agência Brasil

A produção de etanol a partir do milho é, na avaliação do ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, uma “idéia de jerico”, na medida em que, para produzir o combustível, segundo o ministro, os norte-americanos estão contribuindo para o encarecimento dos alimentos em todo o mundo.

“Você retirar um produto de larga utilização, na alimentação humana e de animais, para fazer etanol – e que sabidamente está provocando o encarecimento do milho e, por extensão, dos alimentos no mundo inteiro – é insustentável e não há como manter desta forma”, acredita Bernardo.



O ministro do Planejamento disse acreditar que os americanos vão acabar por perceber a inviabilidade do processo por lá utilizado e que é muito mais barato produzir álcool combustível a partir de outras fontes, inclusive a própria cana-de-açúcar produzida nos Estados Unidos.

Na avaliação de Paulo Bernardo, cedo ou tarde este processo (o americano, que usa o milho) vai entrar em “colapso”, o que será benéfico para os produtores brasileiros de álcool.

“O Brasil já é vitorioso no caso da produção do etanol a partir da cana e, no caso dos americanos, todo o mundo sabe que a produção a partir do milho é uma idéia de jerico. Agora é preciso que a produção se expanda pelo mundo, porque ninguém vai querer sair da dependência do petróleo para o etanol, pelo menos enquanto ele estiver sendo produzido por apenas uns dois países”, disse.

Os comentários do ministro do Planejamento foram feitos em palestra a executivos do Instituto Brasileiro dos Executivos de Finanças (Ibef), hoje (29), no Rio de Janeiro.

SP atinge menor mortalidade infantil da história

Um balanço da Fundação Seade com base nos dados da Secretaria Estadual da Saúde aponta que, em 2007, o Estado de São Paulo conseguiu atingir o menor índice de mortalidade infantil de sua história. A taxa ficou em 13,1 óbitos de crianças menores de um ano por mil nascidas vivas, o que representa uma queda de 11,5% na comparação com 2003, quando o índice era de 14,8. Em relação a 1995, ano em que o índice ficou em 24,6, a queda foi de 46,7%.

Na região metropolitana de São Paulo o índice de 2007 foi de 12,9, contra 13,3 no ano anterior, 13,4 em 2005, 14,4 em 2004 e 14,8 em 2003. “Se pegarmos o período de 1995 até hoje a mortalidade infantil em São Paulo caiu quase 50%. Foram mais de 100 mil vidas poupadas”, analisou o governador José Serra após anunciar os números. Num intervalo de 30 anos, o índice foi reduzido em 82%. Serra ressaltou que nenhuma das regiões do Estado tem índice superior a 19,0 – valor abaixo da média brasileira, que é de 24,9 óbitos segundo dados do ministério da Saúde de 2005.

AondeNamoro.com! Totalmente Gratuito!

O aprimoramento da assistência ao parto e à gestante, a ampliação do acesso ao pré-natal, a expansão do saneamento básico e a vacinação em massa de crianças pelo SUS (Sistema Único de Saúde) são os principais motivos para a queda na taxa de mortalidade infantil, que é considerado o principal indicador de saúde pública, segundo a OMS (Organização Mundial de Saúde).

Ano a ano o Estado de São Paulo vem conseguindo reduzir as mortes infantis. Em 2006 o índice era de 13,3. No ano anterior, 13,4. Em 2004, 14,3. Em 2002 a taxa ficou em 15,0 e, em 2001, 16,1. Dos 645 municípios paulistas, cerca de 250 apresentaram índice de mortalidade infantil inferior a dois dígitos, comparável a países desenvolvidos.

Para o governador deve-se investir em saneamento básico nos municípios que não apresentaram indicadores ideais de mortalidade infantil. “É o que estamos fazendo agora, como por exemplo, na Baixada Santista, onde temos cidades com situação muito insatisfatória. Lá, estamos aplicando R$ 1,2 bilhão na rede de coleta e tratamento de esgoto. O índice na Baixada já está caindo”, frisou Serra. Num estado como São Paulo, completou Serra, onde o saneamento básico já está mais avançado, as principais causas de mortalidade infantil estão localizadas nas condições de saúde das mães, no parto, pós-parto e no acompanhamento dos primeiros meses de vida dos bebês.

Barretos foi a região do Estado que apresentou a menor taxa de mortalidade infantil em 2007, com 10,3 óbitos por mil nascidos vivos, seguida por Araraquara, com 10,7, e Presidente Prudente, com 11,0. Na comparação com 2006, Presidente Prudente também se destacou por registrar a maior queda do índice em apenas um ano: 18,7%. Normalmente, quanto mais baixa a taxa de mortalidade infantil, mais lenta costuma ser sua redução.

“Constantemente o Estado tem diminuído seus índices de mortalidade infantil, o que comprova o acerto das políticas de saúde pública desenvolvidas em parceria com os municípios nos últimos anos. Não é natural haver óbitos de crianças. Por isso vamos trabalhar para reduzir ainda mais a taxa de 2008”, afirma o secretário estadual da Saúde, Luiz Roberto Barradas Barata.

Ano Mortalidade infantil em SP (por mil nascidos vivos)

1995 24,6

2003 14,8

2007 13,1

Variação de 1995 a 2007 - 46,7%


Manoel Schlindwein com Secretaria da Saúde

Jaú obtém licença para internet gratuita

A cidade tecnológica do futuro, toda interligada pela internet sem fio e gratuita, onde qualquer cidadão pode sentar na praça, abrir um notebook e já começar a navegar na rede está prestes a se tornar realidade em Jaú. A Agência Nacional de Telecomuniciações – Anatel autorizou a Prefeitura Municipal a explorar o serviço de banda Larga de acesso à Internet gratuito para a população.

A administração municipal protocolou processo no início deste ano para regulamentar o uso da radiofreqüência que será utilizada pelo poder público. No último dia 14, foi publicado no Diário Oficial da União, o ato que autoriza a exploração de forma direta dos serviços de telecomunicações do Serviço de Rede Privado, na submodalidade do Serviço Limitado Privado, de interesse restrito, por prazo indeterminado, sem caráter e exclusividade e de forma gratuita, limitando o acesso aos serviços da prefeitura e aos munícipes.


De acordo com o gerente de Tecnologia da Informação, Marcos Ribeiro, a licença foi concedida porque o município mantém um programa de inclusão digital. “A proposta da Prefeitura é conectar, gradativamente, todos os setores externos ao paço municipal e disponibilizar o acesso à rede mundial de computadores aos munícipes, através de hotspots, telecentros e Acessa Jahu e as residências do cidadão, através de antenas/kit’s sem fio”, explica.

Programa Cidade Digital – etapas concluídas

Atualmente, estão em funcionamento os telecentros Acessa Jahu, no terminal rodoviário, e o telecentro Acessa São Paulo. Cerca de 70% das unidades de saúde estão interligadas, disponibilizando a população agendamento de consultas e dispensação de medicamentos, hotspots (pontos em que a tecnologia Wi-Fi, sem fio) estão disponíveis na Praça da República e os sistemas internos de gestão estão interligados.

Prova para supervisor de ensino começa domingo

A Secretaria de Estado da Educação definiu os locais de provas do concurso para supervisor de ensino, que serão realizadas no próximo dia 3. Cerca de 24 mil pessoas se inscreveram para concorrer às 372 vagas. O salário inicial é de R$ 2.400.

O supervisor de ensino tem a função de analisar os indicadores educacionais das escolas, além de integrar as unidades com a Diretoria de Ensino. Os supervisores visitam regularmente os estabelecimentos escolares e auxiliam na aplicação dos projetos da pasta.

A secretaria também fará, no dia 17 de agosto, prova para selecionar 2.545 secretários de escola, com salários iniciais de R$ 921,86. Aproximadamente 156 mil interessados se inscreveram para concorrer a essas vagas. O secretário de escola exerce a coordenação das atividades nas secretarias das unidades de ensino e atua para integrar as equipes.

Prova – A prova para supervisor de ensino será no dia 3 de agosto, sendo a parte objetiva às 8h30, com duração de quatro horas. A parte dissertativa, com início às 14h30, terá duração de três horas. O candidato precisa chegar ao local designado com meia hora de antecedência, a fim de ser identificado e tomar ciência da sala onde fará o exame. Deverá levar caneta azul ou preta, lápis número 2 e borracha.

SERVIÇO
Locais de provas estão relacionados nos sites www.educacao.sp.gov.br e www.institutocetro.org.br
Mais informações, ligue para o número (11) 3146-2777, de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 17h30

Da Agência Imprensa Oficial

Marília distribui cartilha sobre segurança infantil

A cartilha Aprendendo o A B C da Criança com Segurança é um informativo que visa orientar pais e estudantes das escolas municipais de Marilia sobre a prevenção de violência e acidentes infantis. Foi produzida pelo Comitê Gestor de Segurança e Qualidade de Vida da Prefeitura, com conteúdo elaborado pelos grupos de pesquisa Gestão Urbana e de Trabalho Organizado (Guto) e Educação e Acidentes (Edaci), da Faculdade de Filosofia e Ciências (FFC), câmpus local.

De acordo com a coordenadora do Guto e do Comitê Gestor, Sueli Andruccioli Felix, o Estado de São Paulo registra diariamente, em média, uma morte de criança por causas evitáveis. “As instruções, em linguagem acessível a toda faixa etária, contemplam medidas básicas para serem praticadas tanto no âmbito doméstico quanto no espaço público e são transmitidas por dois personagens, a Ritinha e o Jorginho”, destaca a professora da Unesp.


“A cartilha foi bem recebida pela comunidade”, disse Sueli. Segundo a docente, foram atendidas consultas de 25 prefeituras do Estado e uma de fora com o interesse em reproduzi-la. “Por esta razão o material está liberado na internet para reprodução, desde que citada a fonte”, avisa.

Os riscos de acidentes variam de acordo com a faixa etária. Quando as crianças ainda são pequenas, as quedas, queimaduras, violência doméstica e ingestão de medicamentos são as causas mais freqüentes de ocorrências médicas e policiais. “É importante que os educadores, agentes de segurança e de saúde estejam atentos, pois não são incomuns casos de violência doméstica relatados como acidentes para encobrir a ação criminosa de tutores dos menores”, alerta.

As principais ocorrências envolvendo crianças maiores que já freqüentam a escola ainda são os casos de desaparecimento e pedofilia, quando a criança é atraída por criminosos. Nestes casos, as orientações são que as crianças evitem conversas com estranhos, válidas também para o uso da internet, e recomendações para não aceitarem qualquer tipo de benefício como doce e brinquedo.

Em se tratando de acidentes, atualmente, as principais causas são as pipas. Elas podem provocar incêndios, caso se enrosquem em redes elétricas; ferimentos graves, se os fios forem envolvidos com migalhas de vidros, o ceral; ou ainda quedas de locais altos, como as lajes das casas em construção. “O Comitê Gestor de Segurança e Qualidade de Vida de Marília organiza as ações de prevenção de violência e de acidentes, produzidas no âmbito da academia”, enfatiza a docente. A parceria entre a prefeitura e o Guto da Unesp tem contribuído para minimizar os custos humanos e financeiros provocados por estes dois fatores.

Da Unesp

Juros do cheque especial em junho são os mais altos desde agosto de 2003

Da Agência Brasil

Os juros cobrados pelo uso do cheque especial continuam em alta. Em junho chegaram a 159,1% ao ano, a maior taxa desde agosto de 2003 (163,9%). Em maio, a taxa havia sido de 157,1% ao ano. O aumento foi de 21 pontos percentuais no ano e 19,4 pontos percentuais em 12 meses.

A taxa média de juros (pessoas físicas e jurídicas) passou de 37,6% ao ano, em maio, para 38% ao ano em junho. Nos 12 meses fechados em junho, a taxa média subiu 1,3%. No ano, a alta é de 4,2%.

No caso das operações destinadas apenas a pessoas físicas, a taxa média passou de 47,4% em maio para 49,1% ao ano no mês passado a maior desde março de 2007, que foi de 49,9% . A taxa média de juros anuais para empresas (pessoa jurídica) foi de 26,6% em junho, menor do que os 26,9% de maio.
O volume de crédito do Sistema Financeiro Nacional chegou a R$ 1,067 trilhão em junho, o que equivale a 36,5% da soma de bens e serviços produzidos no país, o Produto Interno Bruto (PIB).

No mês anterior, esse percentual havia sido de 36,3%. Em junho do ano passado, o volume de crédito foi de R$ 799,91 bilhões, ou 32% do PIB. Os dados foram divulgados hoje (29) pelo Banco Central.

A inadimplência geral, considerados atrasos superiores a 90 dias, chegou a 4%, contra 4,3% de maio. Para as pessoas jurídicas, a indadimplência ficou em 1,7%, contra 1,8% de maio. Para as pessoas físicas caiu de 7,4% para 7%.

Os consumidores também estão pagando mais pelo crédito pessoal, que inclui operações com desconto em folha de pagamento. A taxa de juros passou de 48,4% em maio para 51,4% em junho. No ano o aumento foi de 5,6 pontos percentuais e em 12 meses, 0,3 ponto percentual.

Na aquisição de veículos, a taxa subiu de 30,6% para 31,1% ao ano. A alta no ano foi 2,3 ponto percentual e em 12 meses 1,7 ponto percentual.

O spread, diferença entre o que os bancos pagam nos investimentos (captação) e o que cobram na concessão do empréstimo (financiamentos) ficou em 13,9 pontos percentuais para empresas, 34,7 pontos percentuais para pessoas físicas e 24,5 pontos percentuais no total, o mesmo resultado do mês de maio. Boa parte do lucro dos bancos vem do spread.

Em 12 meses encerrados em junho, o spread para as empresas e para as famílias subiu 1,3% e no total foi registrada redução de 1,3%.
O prazo médio dos financiamentos para as empresas chegou a 303 dias corridos em junho, contra 298 dias corridos de maio. Para as famílias, o prazo médio passou de 456 para 467 dias corridos.

Parceria entre OPO e TG pretende ampliar conhecimento sobre doação de órgãos

Por Flávio Fogueral

Conscientizar e mostrar a importância da doação de órgãos. Com este intuito, a Organização de Procura de Órgãos do Hospital das Clínicas/FMB e o Tiro de Guerra 02-048, de Botucatu realizam em agosto o ‘Projeto Multiplicadores: Avaliação do Conhecimento da população sobre doação de órgãos e tecidos para transplantes’. Este é o segundo ano de trabalho entre as duas instituições.

O projeto será realizado em três etapas. Na próxima terça-feira, dia 5, cerca de 90 atiradores do TG serão capacitados sobre aspectos e a necessidade da doação de órgãos e tecidos em uma aula realizada na sede do serviço militar, na Cohab 1. No dia 6, os mesmos realização uma visita às instalações da OPO no Hospital das Clínicas para conhecerem como funciona o serviço de captação e de diálise.

A terceira fase do projeto terá início no dia 7, com os militares percorrendo diversos bairros onde farão uma entrevista com a comunidade. No questionário, serão sete perguntas que servirão de parâmetros para futuras campanhas de conscientização, conforme explica a bióloga Talita Pompiani Paes de Almeida, idealizadora do projeto e integrante da OPO/HC/FMB.

Este ano devem ser visitadas 4 mil residências em 136 bairros do município. A expectativa dos idealizadores do projeto é que mais de 12 mil pessoas sejam ouvidas e recebam informações a respeito da doação de órgãos.

Conforme explica o sargento do TG 02-048, Alexandre Wagner de Oliveira, a parceria com a OPO tende a proporcionar melhor integração entre a população e os atiradores do serviço militar e contribuir com a cidadania, ao explicar sobre doação de órgãos e tecidos. “A missão do TG é formar cidadãos conscientes e vimos que esta necessidade de esclarecer a população é algo que podemos auxiliar. Nossa preocupação é trabalhar a prática da cidadania em nossos atiradores“, declara. O sargento explica que cada militar deverá fazer a entrevista no bairro em que reside, o que facilita a integração entre o mesmo e a comunidade.

85% dos entrevistados autorizariam doação de órgãos

Em 2007, o projeto abrangeu um total de 65 bairros do município, onde os atiradores visitaram 2.233 residências em uma população estimada de 8.136 pessoas. Desse total, 92% dos entrevistados já ouviram falar sobre doação de órgãos e 86% se dizem favoráveis a este processo. Outro dado mostra a eficácia de projetos de conscientização, já que 85% autorizariam a doação de órgãos e tecidos de seus familiares.

No entanto, um dado que ainda preocupa os idealizadores do projeto ‘Multiplicadores’ é o fato de que 38% das pessoas ouvidas não sabiam da existência da OPO/HC/FMB e 14,6% não autorizariam a doação. O percentual é considerado alto pelos pesquisadores. “Queremos com este trabalho esclarecer à população sobre nosso trabalho e principalmente, a importância da doação. Esperamos quebrar barreiras”, frisa Talita.

Matrícula de aprovados no vestibular das Etecs termina hoje

A quinta lista de convocação dos aprovados no Vestibulinho para o 2º semestre de 2008 das Escolas Técnicas (Etecs) estaduais já está disponível na Etec em que o candidato pretende estudar. A matrícula deve ser feita nesta terça-feira, 29.

Documentos para matrícula

Para efetivar a matrícula, o candidato deverá apresentar: requerimento de matrícula - fornecido pela Etec -, preenchido e assinado. Se o candidato tiver menos de 16 anos, no momento da matrícula, caberá a seu responsável legal assinar o documento; cópia simples, com apresentação do original, da cédula de identidade (RG) e do histórico escolar com certificado de conclusão do Ensino Médio; ou documento original da declaração de conclusão do Ensino Médio, firmada pela direção da escola de origem, contendo a data em que o certificado e o histórico serão emitidos; ou documento original da declaração que o candidato está matriculado a partir da 2ª série do Ensino Médio; quatro fotos 3x4 recentes e iguais.

Quem fizer o Ensino de Educação de Jovens e Adultos - EJA (supletivo), deverá levar cópia simples de, no mínimo, quatro certificados de eliminação de disciplina ou dois certificados de aprovação em áreas de estudos, com apresentação do documento original, no momento de efetivar a matrícula.

O candidato que ingressou no Sistema de Pontuação Acrescida pelo item escolaridade pública, se convocado para matrícula, deverá, obrigatoriamente, apresentar histórico escolar demonstrando que cursou integralmente o Ensino Fundamental, da 5ª à 8ª série, em instituição pública.

Outras informações pelos telefones (11) 3471-4071 (Capital e Grande São Paulo) e 0800-772 2829 (demais localidades) e pelo site www.vestibulinhoetec.com.br.

Do Centro Paula Souza

Ufólogos se reúnem em Botucatu


Por Renato Fernandes

A Estância Nova Era, localizada em Botucatu (interior de São Paulo), sediará entre os dias 5 e 7 de setembro o “XII Diálogo com o Universo”, evento que contará com a presença de autoridades da ufologia nacional, cientistas e espiritualistas, que participarão de debates conferências e discussões obre a vida extraterrestre.

A cidade de Botucatu não foi escolhida por acaso, segundo especialistas o município possui o segundo melhor céu da América do Sul para a observação de estrelas, outra motivação é a existência da formação geológica chamada Três Pedras. Ponto que fica entre os municípios de Botucatu, Bofete e Pardinho e que será um dos locais visitados pelos participantes do evento.
Segundo relatos de moradores locais e estudiosos da ufologia as pedras podem ter relacionamento com uma série de avistamentos.

Conferencistas
Segundo divulgou o jornal Da Cidade de Bauru, vários conferencistas marcarão presença no evento. O paulista Nélson De Paula, que diz ter estado a bordo de uma nave, contará sua experiência.

Dois integrantes da Revista UFO, publicação especializada no assunto, também devem participar do evento. A.J.Gevaerd, editor da revista e coordenador do Centro Brasileiro para Pesquisas de discos Voadores (CBPDV); e Rafael Cury, presidente da Associação Nacional dos Ufólogos do Brasil (ANUB), coordenador do Núcleo de Pesquisa Ufológica (NPU) e co-editor da Revista UFO.

Outros nomes constam da extensa lista de conferencistas: Wagner Borges, diretor do Instituto de Pesquisas Projeciológicas e Bioenergéticas (IPPB); Salvatore de Salvo, engenheiro químico (FEI) eleito Cientista Internacional em Geobiologia de 2001 pela International Byographic Center de Cambridge (Inglaterra); Rubens Villela, mestre em meteorologia (USP) e pesquisador da Nasa na Antártica.

O coronel da aeronáutica Antônio Celente Videira, da Escola Superior de Guerra do Ministério da Defesa, também foi convidado para o evento. Além deles, Luciano Stancka, médico especialista em abduções; Alfredo Nahas, economista e escritor; Marco Antônio Petit, diretor da Associação Fluminense de Estudos Ufológicos (AFEU) e pesquisador; Pedro de Campos, autor e espiritualista.

Completa a lista, Gener Silva, diretor do Instituto de Astronomia e Pesquisas Espaciais (Inape); Paulo Aníbal Mesquita, biólogo, professor e pesquisador; e o professor universitário Alexandre Ficheli.

Notoriedade
Histórias em torno de abduções e contatos com extraterrestres não é novidade na cidade, na década de 80, o porteiro João Valério da Silva, diz ter sido abduzido. O caso tomou notoriedade nacional e a presença de Valério no programa de auditório do apresentador Flávio Cavalcanti, tornou a cidade conhecida em todo o território nacional.
Para conhecer a História completa sobre o caso João Valério da Silva CLIQUE AQUI


A PROGRAMAÇÃO OFICIAL DO EVENTO
XII DIALOGO COM O UNIVERSO

05/09/2008 Sexta-feira
18h00 Inscrições e distribuição de materiais
19H00 Abertura Oficial
Francisco A.P.P.Campos
19H30 A.J.Gevaerd
21h00 Jantar

06/09/2008 Sabado
09h00 Dra. Monica Medeiros
10h30 intervalo
11h00 Marco Antonio Petit
12h30 almoço
14h00 Rafael Cury
15h00 Rubens Junqueira Villela
16h15 intervalo
16h30 Cel. Antonio Celente
17h30 Prof. Salvatore de Salvo
18h30 Gener Silva
20h00 jantar

21h30 vigilia Alexandre Fichelli / Paulo Anibal G. Mesquita

07/09/2008 Domingo
09h00 Alfredo Nahas
10h30 Intervalo
11h00 Pedro de Campos
12h30 Almoço
14h00 Wagner Borges
15h30 Intervalo
16h00 Nelson de Paula
17h00 Encerramento Francisco A.P.P.Campos

Programas opcionais:
A Dra Monica Medeiro atenderá gratuitamente 50 pessoas por dia na Estância Nova www.casadoconsolador.com.br/

Visita ao Mirante das Tres Pedras
UFOTURISMO com Paulo Aníbal G. Mesquita

Fuvest divulga dia 9 lista da 2ª fase do exame de transferência

A Fuvest aplicou no domingo a primeira etapa do processo de transferência para cursos da Universidade de São Paulo. Os aprovados farão matrícula em 2009. Inscreveram-se 2.306 candidatos para as 619 vagas. No ano passado, 2.279 estudantes concorreram a 562 vagas.

Neste ano, 231 (10%) dos inscritos não compareceram. No exame do ano passado, 214 (9,4%) estudantes estiveram ausentes. A Fuvest divulgará a lista de convocados para a segunda etapa no dia 9 de agosto.

AondeNamoro.com! Totalmente Gratuito!

O candidato classificado deverá entregar a documentação na respectiva Seção de Alunos em 18 ou 19 de agosto, oportunidade em que será informado sobre as avaliações (datas e formas) da segunda etapa de provas.

Roedor é reprovado pelo bafômetro

Um pequeno roedor encontrado no Sudeste Asiático obviamente não dirige automóvel, mas, se fosse submetido a um bafômetro, poderia ser preso, caso tivesse que respeitar as leis de trânsito dos humanos.

O motivo é que o animal, que lembra um esquilo, ingere álcool em níveis que para o homem seriam alarmantes. Apesar de se acreditar que o homem é o único animal que consome álcool, cientistas acabam de descobrir que o Ptilocercus lowii subsiste há 55 milhões de anos com uma dieta composta por um equivalente da cerveja.

A espécie da ordem Scandentia, da qual fazem parte as tupaias, também conhecidas como musaranhos-arborícolas, é encontrada na Malásia e foi estudada por um grupo de cientistas do país e da Alemanha. Os resultados serão publicados esta semana no site e em breve na edição impressa da revista Proceedings of the National Academy of Sciences (PNAS).

Os pesquisadores apontam que o pequeno mamífero placentário é muito semelhante ao último ancestral comum de todos os primatas, o que implicaria que a sensibilidade humana ao álcool seria um componente evolucionário.

O Ptilocercus lowii se alimenta do néctar produzido por flores de uma palmeira (da espécie Eugeissona tristis), que é fermentado a uma graduação alcoólica de até 3,8%, semelhante à da cerveja.

O alemão Frank Wiens, da Universidade Bayreuth, e colegas gravaram imagens em vídeo do roedor, que tem hábitos noturnos, e fizeram análises da concentração alcoólica encontrada em seu organismo. Segundo eles, em qualquer noite, a probabilidade de o Ptilocercus lowii estar bêbado, de acordo com os padrões humanos, é de 36%.

Apesar do consumo considerado elevado, não foi encontrado qualquer sinal de intoxicação. Segundo os cientistas, uma explicação é que o animal contaria com um sistema de degradação alcoólica mais eficiente do que o dos humanos.

O artigo Chronic intake of fermented floral nectar by wild treeshrews, de Frank Wiens e outros, poderá ser lido em breve por assinantes da Pnas em www.pnas.org.

Da Agência FAPESP