julho 02, 2008

Libertação de Betancourt não significa fim das Farc, diz especialista

Da Agência Brasil

O professor da Universidade Nacional da Colômbia e especialista político Jaime Zuluaga avaliou hoje (2) que a libertação da ex-candidata à Presidência colombiana Ingrid Betancourt, por meio de uma ação militar do Exército, foi um “duro golpe” para as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), mas ainda é muito cedo para falar em fim da guerrilha.
“É exagerado pensar que porque liberaram esses seqüestrados [foram libertados além de Bitencourt mais 14 reféns] as Farc vão acabar. Não se esqueçam que as Farc são uma estrutura militar, que têm presença em muitos locais do território nacional, que segundo informes oficiais há cerca de 10 mil homens em armas ainda”, disse em entrevista à Agência Brasil.
O governo colombiano anunciou hoje a libertação de Betancourt e outros 14 reféns, em uma ação que não deixou feridos. É a primeira ação militar colombiana contra as Farc que obtém êxito. “Todas os anteriores haviam fracassado e havia acontecido a morte dos seqüestrados”, lembrou Zuluaga.
De acordo com o professor, o resgate de Betancourt é uma derrota política para a guerrilha. Ele avalia, no entanto, que as estruturas militares básicas devem estar praticamente incólumes.
“Se espera que uma guerrilha com a experiência das Farc esteja tomando todas as medidas necessárias para evitar um confronto que a debilite estrategicamente. Seguramente vão acentuar sua política defensiva, esperando condições mais favoráveis”, destacou o professor.
Zuluaga disse que enquanto as Farc saem desse episódio ainda mais isoladas politicamente tanto dentro da Colômbia quanto no cenário internacional, o governo do presidente Álvaro Uribe deve ser saudado pela população colombiana, apesar da crise institucional que está vivendo, com problemas políticos e com a Corte Suprema de Justiça do país.
O professor acredita que a libertação de Betancourt vai alentar uma posição triunfalista das forças militares do governo, “que muito provavelmente vão acentuar a pressão, com o apoio norte-americano, para tratar de golpear algumas de suas estruturas”.

Campanha contra queimadas será lançada nesta sexta-feira

A Campanha contra queimadas 2008, com objetivo de reduzir e fiscalizar os focos de incêndio no município de Botucatu, será lançada em frente ao prédio da Prefeitura nesta sexta-feira, 04 de julho, a partir das 11 horas.
Com o tema “Botucatu não merece queimar”, as pessoas envolvidas no trabalho irão distribuir folhetos e materiais explicativos para todos que estiverem passando pelo posto montado, buscando conscientizar em relação ao prejuízo ambiental causado pelas queimadas.
Todo ano, instituições como as Secretarias Municipais do Meio Ambiente, Obras, Saúde e Comunicação, Defesa Civil, Polícias Militar e Ambiental, Corpo de Bombeiros, Unesp, Sabesp, ONGs, entre outras, participam deste ato.
Depois dos resultados obtidos com as edições anteriores, notou-se uma significativa redução nas denúncias sobre queimadas na cidade e foi observado também mudanças de comportamento nas práticas do uso do fogo.
Neste ano, o evento tem a intenção de prosseguir com o trabalho e contará também com a presença dos Jovens Construindo a Cidadania e Guarda Civil Municipal.
Mais informações podem ser obtidas através do telefone 3882-1290, da Secretaria Municipal do Meio Ambiente.


Campanha educativa sobre nova regra de Zona Azul tem início nesta quinta-feira

A nova regra de fiscalização da Zona Azul, de acordo com a Lei nº 4.902 de 02 de abril deste ano, que determina vagas específicas para motos nos bolsões de estacionamento, entra em vigor na cidade de Botucatu a partir de segunda-feira, 07 de julho.
Para orientar os motociclistas, o Departamento de Engenharia de Tráfego realiza durante esta quinta e sexta-feira, dias 03 e 04 de julho, uma campanha educativa com ajuda da Guarda Mirim na distribuição de folhetos explicativos e bloqueio da Polícia Militar na Rua Amando de Barros.
A educadora de Trânsito, Thaís Carvalho, destaca outras ações da campanha. “Junto a esta campanha serão colocadas sinalizações para que esta nova regra possa ser respeitada por todos os motoristas, além da afixação de cartazes nos pontos de venda de Zona Azul”, explica.
Vale lembrar que cada bolsão terá um número determinado de vagas e, caso o motociclista estacione em desacordo ou fora da sinalização específica, poderá sofrer multa no valor de R$ 53,20 e também 3 pontos na Carteira Nacional de Habilitação.
Mais informações podem ser obtidas através do telefone 3882-9888, do Departamento de Engenharia de Tráfego de Botucatu.

Confira os pontos fixos de venda de cartões de Zona Azul determinados pelo DET, de acordo com o processo nº16737/2007.

Rua Amando de Barros
- nº 314 – Panificadora e Lanchonete Pessin Ltda
- nº 445 – Print Center
- nº 471 – Pastelaria Damando
- nº 550 – Café do Ponto
- nº 657 – Café Caruso
- nº 817 – Bar Pirâmide
- nº 847 – Lápis e Papel Papelaria
- nº 949 – Nova Escolástico
- nº 1119 – Mister Gula

Rua Curuzu
- nº 283 – Móveis Curuzu
- nº 565 – CDL
- nº 717 – Cópia & Cia

Crianças do CEI Professor João Queiroz Marques visitaram a Câmara Municipal

A Câmara Municipal de Botucatu recebeu na tarde de terça-feira, 1º de julho, a visita de 15 crianças com idade entre dois e três anos do Centro de Educação Infantil Professor João Queiroz Marques.
Depois de conhecerem as instalações do local, os alunos se colocaram a frente do auditório e recitaram poesias para os funcionários e mães que estavam presentes.
A diretora do CEI, Cláudia Gabriel, explicou o motivo da visita. “Constantemente nós realizamos visitas em diversos locais da cidade até para mudar um pouco a rotina das crianças. A apresentação deles faz parte de um projeto que a escola tem para desenvolver a linguagem oral”, comentou.
A professora Nicilene Grizzo Martins destacou a importância do projeto. “O trabalho que está sendo realizado pelo projeto é importante para desenvolver a linguagem oral das crianças. A facilidade que elas tiveram para memorizar esta poesia me surpreendeu, assimilaram muito rápido e também não tiveram vergonha de se apresentar diante das pessoas”, finalizou.
Após a visita à Câmara, os alunos se dirigiram até a Secretaria de Educação, para mais uma apresentação. O CEI Professor João Queiroz Marques está localizado à Rua Joaquim Lyra Brandão, 181, na Vila Assumpção. Mais informações podem ser obtidas através do telefone 3814-8030.

Sábado acontece mais uma edição da Exposição UNIART

Será realizada neste sábado, dia 5 de julho, na Praça Comendador Emilio Pedutti - Bosque, das 9 às 14 horas, a exposição da União dos Artistas de Botucatu (UNIART). O evento é aberto a toda população.
Estarão sendo expostos trabalhos de temáticas diversas em desenhos, pinturas, fotografias e esculturas. Também está prevista a apresentação da Corporação Musical Doutor Damião Pinheiro Machado.
O objetivo principal da UNIART é desenvolver o trabalho artístico, em suas diversas técnicas e estilos, dando oportunidade de aprimoramento e crescimento conjuntos, através de cursos, mostras e exposições.
O evento é realizado todo primeiro sábado de cada mês e já faz parte do calendário cultural do município. As atividades contam com apoio da Prefeitura de Botucatu, através das secretarias de Cultura e Turismo e Lazer.
Arraiá - A Prefeitura de Botucatu, através da Secretaria Municipal de Turismo e Lazer, promove durante os dias 05 e 06 de julho o 1º Arraiá dos Artesãos, no Espaço Cultural Antonio Gabriel Marão.
A festividade terá praça de alimentação, com diversas comidas e bebidas típicas como quentão, vinho quente, entre outras, além da feira de artesanato, shows, personagens a caráter e praça de diversões.
O grupo de pagode Mais Presença sobe ao palco no primeiro dia do evento, a partir das 20 horas. No domingo, 06 de julho, no mesmo horário, será a vez do cantor Rodrigo Montenegro animar o público com seu variado repertório.

Campanha contra rubéola pretende atingir 70 milhões de adultos brasileiros

Da Agência Brasil

O Ministério da Saúde pretende vacinar, entre os meses de agosto e setembro, aproximadamente 70 milhões de pessoas na faixa etária de 20 a 39 anos contra a rubéola. A campanha será feita em parceria com 204 instituições dos setores público, privado e não-governamental, e foi apresentada hoje (2), no Ministério da Saúde.
Embora a mobilização seja grande, o ministro da Saúde, José Gomes Temporão, assegura que a motivação para a vacinação não é uma possível epidemia da doença, mas um processo de prevenção para eliminar a rubéola do país. No ano passado, foram registrados 8.407 casos.
“Não há uma epidemia, há uma medida de saúde pública que tem que ser eficaz. Você não consegue erradicar a doença fazendo apenas bloqueios setoriais ou que cubram apenas parte da população. Quando você quer, do ponto de vista de saúde pública, erradicar, você tem que criar o que chamamos de imunidade coletiva”, afirma Temporão.
Essa “imunidade coletiva” significa que todos devem se vacinar, inclusive aqueles que já tiveram rubéola ou que já tomaram a vacina. “Quem já teve rubéola fica imune, que nem sarampo, para o resto da vida. Mas quando queremos eliminar uma doença, precisamos constituir uma imunidade de grupo”, detalha o secretário de Vigilância em Saúde, Gerson Penna.
As únicas pessoas que não devem tomar a vacina são as mulheres grávidas. O público masculino será o alvo preferencial da campanha de divulgação. Do total de casos de rubéola confirmados em 2007, 70% foram em homens. Ainda segundo o ministério, há, no imaginário popular, a idéia de que a doença só atinge mulheres.
“Nossos comunicólogos vão ter que pensar numa abordagem que mostre que, nesse ponto específico, o homem e a mulher estão juntos na erradicação de uma doença. É uma situação nova e bem interessante, mas acho que é também um processo pedagógico. Eu começo a perceber que os homens estão mais sensíveis, mais abertos e mais preocupados”, afirma Temporão.
Penna detalhou que a divulgação da campanha será voltada às atividades masculinas – ambientada em fábricas e campos de futebol, por exemplo. “Os homens precisam entender que eles têm rubéola igualzinho às mulheres e são, hoje, os responsáveis pela circulação do vírus no Brasil. Eles podem não tê-la, mas serem portadores, e transmitirem a uma mulher grávida”, defende.
O principal risco da rubéola em uma mulher grávida é a transmissão do vírus para o feto, o que pode originar a Síndrome da Rubéola Congênita. A doença é capaz de provocar danos na visão, na audição e nas funções cerebrais do bebê.
A expectativa do ministério é que as parcerias com a iniciativa privada e com o terceiro setor tornem a campanha mais eficiente, pois será possível que se monte postos de vacinação, por exemplo, dentro das empresas – o que permitirá ao trabalhador tomar a vacina sem se preocupar em ir a um posto de saúde. Depois de tomar a vacina, a pessoa fica imunizada para sempre.
O governo federal investiu cerca de R$ 230 milhões na campanha, sendo R$ 135 milhões em seringas, R$ 9 milhões em agulhas, e pelo menos R$ 10 milhões na divulgação.

Feminista: 2,7 mil abortos ocorrem por dia no Brasil

A representante do Centro Feminista de Estudos e Assessoria (Cfemea) Gilda Cabral afirmou há pouco que legalizar o aborto é uma das lutas das feministas e, em especial, da entidade que ela representa. "Não se trata de ser contra ou a favor do aborto, mas temos que discutir esse assunto", defendeu. "A cada dia são 2.740 abortos no Brasil. Querendo ou não, há aborto neste País. A vida real é esta. Estando ou não no Código Penal, sendo ou não crime", afirmou. "Infelizmente os homens não engravidam, mas eles podem compartilhar conosco essa angústia", acrescentou.
Ela defendeu que quem faz aborto não é criminosa e nem deve ser presa. "Como a gente sofre ao tomar a decisão de fazer um aborto. Por que, mesmo sendo crime, tantas e tantas mulheres fazem aborto?", questionou. "Quem faz aborto precisa de nosso apoio, compreensão e compaixão", acrescentou. Segundo a feminista, mesmo as mulheres que sofrem aborto espontâneo são tratadas feito bichos no hospital, situação que ela mesmo viveu na década de 70 no Hospital de Base de Brasília.
Gilda Cabral participa da audiência pública promovida pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) para discutir o Projeto de Lei 1135/91, que suprime o artigo do Código Penal (Decreto-Lei 2.848/40) que define como crime o aborto provocado pela gestante ou com o seu consentimento.

Da Agência Câmara

FLIP vai homenagear Machado de Assis


Começa nesta quarta-feira, 2 de julho, a sexta edição da Festa Literária Internacional de Paraty (FLIP), que traz em sua programação um repertório eclético de convidados, com a participação de diversos nomes da literatura nacional e internacional. Em 2008, ano do centenário da morte de Machado de Assis (1839-1908), o escritor carioca é o grande homenageado do encontro.

A abertura oficial será realizada na Tenda dos Autores, da cidade histórica de Paraty, no Rio de Janeiro, às 19h, e contará com a presença do intérprete da obra machadiana, Roberto Schwarz, que falará sobre o romance Dom Casmurro. Na ocasião, o cantor e compositor Luiz Melodia apresentará um show que representa uma incursão pelo samba dos anos 30, 40 e 50, incluindo músicas de Geraldo Pereira e Cartola.

O coordenador-geral de Livro e Leitura do Ministério da Cultura, Jéferson Assumção, estará presente na abertura da VI FLIP. Para ele, é um importante evento de discussão da literatura no Brasil. “Nesse sentido, a homenagem ao grande Machado de Assis demonstra a influência do legado do famoso escritor brasileiro para a literatura nacional. Essa celebração compõe o calendário de atividades que marcam o Ano Machado de Assis”.

Durante o evento, que termina no dia 6 de julho, estão programadas 19 mesas-redondas, palestras, apresentações teatrais, exposições, além da Oficina Literária, dando continuidade à tradição da FLIP de trazer para a Festa um braço educativo que dialoga com a programação principal.

São 41 autores convidados vindos da América do Norte, da Europa, da África e de vários países da América do Sul, além dos 22 autores nacionais. O dramaturgo inglês Tom Stoppard, a psicanalista francesa Elisabeth Roudinesco e a roteirista argentina Lucrecia Martel são alguns dos nomes confirmados para a FLIP 2008.

A programação principal, realizada na Tenda dos Autores, será transmitida ao vivo na Tenda do Telão. Simultaneamente, vários outros eventos irão ocorrer em diversos locais da cidade. Há também uma programação exclusiva para as crianças - a Flipinha -, em que jovens estudantes de Paraty apresentam o resultado de seus trabalhos inspirados no universo literário e participam de palestras com autores convidados.



Encontro Literário

Considerada umas das principais comemorações literárias do cenário mundial, a Festa Literária Internacional de Paraty é reconhecida pela qualidade dos autores convidados, pelo entusiasmo de quem participa e pela hospitalidade da cidade. O evento conta com o apoio da Lei Federal de Incentivo à Cultura do Ministério da Cultura.

Desde 2003, passou a fazer parte da lista de importantes festivais literários como Hay-on-Wye, Adelaide, Harbourfront de Toronto, Festival de Berlim, Edimburgo e Mântua. Com a presença de autores mundialmente respeitados, como Julian Barnes, Don DeLillo, Eric Hobsbawm e Hanif Kureishi, a primeira FLIP estabeleceu um padrão de excelência às edições seguintes.

Dos brasileiros, alguns dos autores mais talentosos já estiveram presentes, como Ariano Suassuna, Ana Maria Machado, Milton Hatoum, Millôr Fernandes e Luís Fernando Verissimo, além de ícones da cultura brasileira como Chico Buarque e Caetano Veloso.

Campanha educativa sobre nova regra de Zona Azul tem início nesta quinta-feira

A nova regra de fiscalização da Zona Azul, de acordo com a Lei nº 4.902 de 02 de abril deste ano, que determina vagas específicas para motos nos bolsões de estacionamento, entra em vigor na cidade de Botucatu a partir de segunda-feira, 07 de julho.
Para orientar os motociclistas, o Departamento de Engenharia de Tráfego realiza durante esta quinta e sexta-feira, dias 03 e 04 de julho, uma campanha educativa com ajuda da Guarda Mirim na distribuição de folhetos explicativos e bloqueio da Polícia Militar na Rua Amando de Barros.
A educadora de Trânsito, Thaís Carvalho, destaca outras ações da campanha. “Junto a esta campanha serão colocadas sinalizações para que esta nova regra possa ser respeitada por todos os motoristas, além da afixação de cartazes nos pontos de venda de Zona Azul”, explica.
Vale lembrar que cada bolsão terá um número determinado de vagas e, caso o motociclista estacione em desacordo ou fora da sinalização específica, poderá sofrer multa no valor de R$ 53,20 e também 3 pontos na Carteira Nacional de Habilitação.
Mais informações podem ser obtidas através do telefone 3882-9888, do Departamento de Engenharia de Tráfego de Botucatu.
Confira os pontos fixos de venda de cartões de Zona Azul determinados pelo DET, de acordo com o processo nº16737/2007.

Rua Amando de Barros
- nº 314 – Panificadora e Lanchonete Pessin Ltda
- nº 445 – Print Center
- nº 471 – Pastelaria Damando
- nº 550 – Café do Ponto
- nº 657 – Café Caruso
- nº 817 – Bar Pirâmide
- nº 847 – Lápis e Papel Papelaria
- nº 949 – Nova Escolástico
- nº 1119 – Mister Gula

Rua Curuzu
- nº 283 – Móveis Curuzu
- nº 565 – CDL
- nº 717 – Cópia & Cia

Google se compromete a repassar informações sobre pedofilia na internet à Justiça

Da Agência Brasil

Depois de terem sido notificados pelo Ministério Público e convocados pela Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pedofilia, representantes brasileiros do site de busca Google assinaram hoje (2) Termo de Ajustamento de Conduta em que a empresa se compromete a colaborar com as investigações de crimes de pedofilia na internet.
Pelo acordo, o Google terá de encaminhar ao Ministério Público e à Polícia Federal os dados sobre pedofilia de usuários do site de relacionamento Orkut. Deverá, também, armazenar essas informações por seis meses. O descumprimento das cláusulas resultarão multa diária de R$ 25 mil.
O site ainda será obrigado a cumprir a legislação brasileira sobre crimes cibernéticos. Até a notificação do Ministério Público de São Paulo, a Google alegava que, por ser uma empresa americana, estava sujeita apenas à legislação dos Estados Unidos.
"A Google se recusou a estabelecer qualquer comunicação com as autoridades brasileiras. Inúmeras tentativas foram feitas para ajustar a conduta da empresa. Foi preciso que a CPI convocasse o diretor geral a prestar depoimento para que a corporação finalmente atendesse às formulações elaboradas pelo Ministério Público”, explicou o procurador da República Sérgio Suiama.
"Prevaleceu o bom-senso", disse o relator da CPI da Pedofilia, senador Demóstenes Torres (DEM-GO). "A pedofilia acontece em 90% dos sites mantidos pelo Google, especialmente o Orkut. Foi um gol a favor do Brasil", completou o senador.
De acordo com o parlamentar, a assinatura do Termo de Ajustamento de Conduta abre precedente para que o Google também assine documentos semelhantes em outros países. "Se assinou no Brasil, vai ter de assinar na Índia, no Japão, na Alemanha e assim por diante. É um instrumento em favor de se combater um dos crimes mais nojentos que temos que é a pedofilia", disse.
O representante do Google no Brasil, Alexandre Hohagen, espera que, a partir de agora, se possa manter um "entendimento de alto nível" com as autoridades brasileiras. "Quero reiterar o nosso compromisso com a sociedade brasileira e com a lei vigente. Evoluímos para um novo patamar de proteção da infância", analisou.


Aluna do IB é premiada em programa destinado a melhores alunos de escolas públicas

Graziele Zenaro Manin, 17 anos, aluna do curso de Ciências Biomédicas do Instituto de Biociências (IB) da Unesp, câmpus de Botucatu, foi contemplada com bolsa de estudo da 13ª edição do “Programa para inclusão dos melhores alunos de escola pública na universidade”, desenvolvido por meio de parceria entre a Unesp, a Fundação para o Vestibular da Unesp (Vunesp) e a Secretaria de Educação do Estado de São Paulo.
Este ano, foram premiados com o benefício 12 estudantes oriundos de escolas públicas que apresentaram melhor desempenho no processo seletivo 2008 da Unesp. O auxílio, equivalente a um salário mínimo, será válido durante todo o período em que esses estudantes estiverem cursando a graduação.
Sobre a conquista, a aluna do IB, disse que agora ficou menos preocupada com a sua manutenção em Botucatu. “Fiquei muito feliz. Antes de ingressar aqui, eu tinha preocupação com a questão financeira para poder me manter”.
A diretora do IB, Maria de Lourdes M. V. Paulino, também acredita que esse programa tem um papel fundamental na permanência estudantil. “O que dificulta a pessoa com menor poder aquisitivo é se manter fora de casa. Essa proposta oferece tranqüilidade”.
Ela ressalta ainda que, além de reconhecer os esforços dos alunos das
escolas públicas, o programa de inclusão pode estimular outros estudantes que desejam ingressar em uma universidade pública, e que, portanto, deve-se pensar em ampliar o número de beneficiados.
Maria de Lourdes faz questão de salientar que Graziele também tem apresentado um bom desempenho na graduação.
A aluna premiada destacou ainda que a oferta dessas bolsas mostra que, hoje, existem alternativas que favorecem quem se esforça para ingressar em um curso superior. “Com essas bolsas, é possível perceber que, quem deseja estudar, consegue. Existem vários meios de ajuda do governo, é só se esforçar”, comentou.
Graziele concluiu o Ensino Médio na Escola Estadual Ephigênia Cardoso Machado Fortunato, localizada em Bariri.


Ator Zé de Abreu crítica produção de peça e fala de exploradores em Botucatu

Por Renato Fernandes

O ator Zé de Abreu, que esteve em Botucatu nos dias 27 e 28 de junho com o espetáculo “Fala Zé!”, usou o seu blog (www.bloglog.globo.com/josedeabreu) para criticar a produção do espetáculo na cidade, citando a presença de pessoas que exploram artistas no município. Na mesma postagem o ator elogia o prefeito Mário Ielo e o secretário da Indústria e Comércio, Edison Baptistão. “Quatro da manhã em Botucatu. Escuto ainda os aplausos afetuosos do povo daqui. Pena que tem uns F.D.P. que tentam enganar e explorar os artistas. Graças a Deus que o prefeito é um baita ser humano, o Ielo, e corrigiu tudo a tempo. Grande figura, trabalhador para caramba e que, ao lado do Edinho de Araraquara, está fazendo um governo tão bom quanto o do Lula (ok, rosnem, babem, mas eu adoooooto o Lula), tomara que os dois consigam eleger os sucessores. Vou fazer campanha para eles.”
Na postagem do dia anterior, ele crítica a produção local e volta a elogiar o prefeito da cidade. “Fiz (apresentações) anteontem em Santa Bárbara d’Oeste, lotado, em troca de agasalhos, reinauguração do Teatro Municipal. Ontem fizemos em Botucatu onde me encontro na solidão do hotel. Vamos sair para almoçar daqui a pouco, mas estou meio de bode com a produção local, mais furada que chuveiro. Em compensação o Prefeito Ielo, sua esposa e seus secretários são muito gente fina e foram TODOS ver a peça: é muito raro conseguir levar políticos no Teatro.
Outro lado - O secretário municipal de Cultura e diretor administrativo do Teatro Municipal Camillo Fernandez Dinucci, Marco Pinheiro, explica que o ator estava exaltado e insatisfeito com o público que compareceu para prestigiar o espetáculo. “O público não vem mais ao teatro apenas pelo nome do artista é necessário um trabalho de divulgação, o que não foi feito. Logo ao chegar na cidade convidei o Zé de Abreu a dar uma volta pela Rua amando de Barros, para tomar um café e ser visto pelas pessoas. Ele também tinha entrevistas agendadas em rádios da cidade e não compareceu. Orientamos ainda para que ele passasse nos jornais, mas ele não concedeu entrevista nem por telefone”, explica Pinheiro.
Segundo ele, a insatisfação do ator gerou transtornos no segundo dia de apresentação. “Ele se recusava a assinar o borderô e o contrato do teatro e chegou, inclusive, a tentar partir para a ignorância, essa atitude chegou ao ponto de quase ser obrigado a cancelar a apresentação, já que, o artigo 5º do regulamento do teatro autoriza o cancelamento de sessões quando qualquer pessoa, seja do público ou do grupo que está se apresentando, esteja agindo de maneira alterada”, acrescenta Pinheiro.
Ele acrescenta que chegou a explicar ao ator que a freqüência de público no teatro é um problema antigo. “Fiz um levantamento sobre esse assunto, o espetáculo do Humberto Magnani, por exemplo teve 74 pessoas na primeira sessão e 108 na segunda; a peça do ator Dalton Vigh, foi prestigiada por apenas 37 pessoas; No Sérgio Britto, vieram 39 pessoas na primeira sessão e 66 na segunda já o Francisco Cuoco conseguiu trazer ao teatro uma platéia de 300 pessoas. O espetáculo do Zé de Abreu teve uma platéia de 115 pessoas na primeira apresentação e 224 na segunda”, disse.
Consultado pelo Diário, o prefeito Mário Ielo, informou que conversaria com o secretário da Cultura sobre o assunto e lamentou o público baixo.

Revista apresenta um novo ângulo da Revolução de 1932

Por Renato Fernandes

Muitas publicações se dedicaram a narrar a história da Revolução Constitucionalista de 1932, mas a sorte de utilizar um diário escrito no cotidiano do campo de batalha, pelo jornalista e posteriormente major Átila Bonilha, é privilégio apenas do professor José Sérgio Turriani Marques, que lançará na sexta-feira, a revista “Ocorrências da Revolução de 32 no Setor Sul”, na CCB - Centro Cultural de Botucatu.
A solenidade contará com apresentação de vídeo documentário e exposição de peças utilizadas por soldados paulistas durante a revolução, como matracas, capacete, granada, bombarda, máscara contra gás, dentre outros artefatos. As peças pertencem ao Museu Histórico e Pedagógico Francisco Blasi e estarão à disposição do público através de expositores protegidos com vidro. O Centro Cultural também manterá em exposição literatura da época.
A obra de Marques foi financiada com recursos do Pipa - Programa de Incentivo à Produção Artístico-Cultural, da Secretaria de Estado da Cultura, com valores na ordem de R$ 3 mil.
O relato da revolução foi desenvolvido tomando como base o diário do major Átila Bonilha, que recebeu de parentes do militar. O autor também tem laços de parentesco com o major que era seu tio avô.
Para manter a originalidade Marques assumiu sozinho a diagramação, mantendo as fontes manuscritas e as linhas comuns nos cadernos escolares. A intenção foi respeitar a dedicação do major, que escreveu em um caderno escolar seu diário da revolução. A revista tem 84 páginas, em tamanho A4, grampeadas.
O prefácio é assinado pelo historiador Hernâni Donato. “O livro é um achado . Guarda pronunciamentos até agora inéditos, realça sem adjetivos ou detalhes técnicos a constante e assustadora presença da aviação em ambos os lados, descreve o ir e o vir das famílias desalojadas pelo canhão e pelo boato”, afirma Donato.
A publicação mostra como foi a movimentação das tropas na região sul do Estado e a falta de notícias quanto aos conflitos além de detalhar a respeitos das vestes, armamento, comportamento e combates que marcaram o ano de 1932. “Itapeva - Faxina ganhou a batalha da história a respeito de 1932. Do livro que é fundamentalmente revolucionário-constitucionalista, salta-nos, graças ao empenho e ao talento dos Bonilha e dos Marques, uma visão toda especial da guerra cívica, da qual ela foi, pelo que se lê nesta obra, uma das trincheiras que não se rendeu, pois guardou a memória daqueles dias”, adjetiva Donato.
Antes de seguir carreira militar Átila Martins Bonilha, era proprietário do jornal “O tempo”, da cidade de Itapeva, e assistiu a oficina gráfica de sua empresa ser invadida pelos militares para a confecção de panfletos.
Um capítulo que promete chamar a atenção dos estudiosos da Revolução é a respeito da aviação. “Não me prendi apenas ao diário, também utilizei textos adaptados e algumas pesquisas, entre elas o da aviação. Alguns aviadores saíram do Campo dos Afonsos, no Rio de Janeiro com seus aparelhos aderiram às causas constitucionalistas”, explica.

A obra segundo Hernani Donato

O professor José Sérgio Turriani Marques, convidou o historiador Hernani Donato para escrever o prefácio da obra. A revolução de 1932 é um dos temas prediletos de Donato, que sempre é convidado para palestrar e participar de documentários televisivos sobre o tema. Confira parte do que ele escreveu sobre a revista “Ocorrências da Revolução de 32 no Setor Sul’.
“...O relato é documentário pelos nomes, os fatos, os números; é testemunho, pelo revelar que entre faxinenses havia getulistas e entre os getulistas havia humanistas. Mas é também uma animação tipo cinema, pela agilidade, o suspense, os heróis e os ‘longe disso’, os acontecimentos, as idas, as vindas as faltas, as sobras.
Sobretudo , aqui e ali, discreto e permanente útil quanto corajoso, o socorro da população aos prisioneiros paulistas que nessa condição passaram pela cidade. Respira-se o clima da adesão fraterna aos derrotados na trincheira. Revela-se o espírito conciliador de um general. Vive-se na Faxina de 32 o espírito de que a revolução não foi momento ou uma vitória frustrada pela traição, mas um momento de definição...”

O autor (à frente) presenteia o autor do prefácio
Hernani Donato, como o exemplar nº 1



Adquira um exemplar

Matérias relacionadas

Livro sobre a Revolução de 1932 será lançado no dia 4 julho

Livro apresenta o diário de um jornalista na Revolução de 1932

Educação abre 5 mil vagas para Escola da Família, com bolsa integral para universitários

A Secretaria de Estado da Educação abre nesta quarta-feira, 2 de julho, inscrições para 5 mil vagas destinadas ao Programa Escola da Família. As inscrições podem ser realizadas até 10 de junho, pelo site www.escoladafamilia.sp.gov.br. Os novos integrantes iniciarão suas atividades em 2 de agosto.
Os participantes do Programa Escola da Família têm a função de trabalhar nas escolas estaduais nos finais de semana. Em troca, recebem bolsa integral na universidade. O governo do Estado paga 50% da mensalidade com teto de R$ 267. A instituição privada completa o restante do valor da mensalidade, chegando à bolsa integral.
Os candidatos precisam preencher os seguintes pré-requisitos: serem concluintes do Ensino Médio na rede pública paulista (estadual ou municipal - onde deve ter cursado as três séries), estarem matriculados em curso de graduação de uma das 242 instituições de ensino conveniadas com a Secretaria e não receberem outro benefício para custeio da mensalidade do curso superior.
O Programa Escola da Família transforma escolas estaduais em centros de convivência, com atividades voltadas às áreas esportiva, cultural, de saúde e de trabalho. Os universitários serão monitores para, por exemplo, atividades de dança, música, brincadeiras, atividades esportivas, ações de prevenção em saúde, cursos de informática e idiomas e aulas de cerâmica, pintura e idiomas.

Instituições participantes

Universidade Bandeirante De São Paulo
Centro Universitário Claretiano
Faculdades Integradas Claretianas
UNIVERSIDADE DE FRANCA
Faculdade De Filosofia Ciências E Letras De Presidente Venceslau
Universidade São Judas Tadeu
Universidade Do Oeste Paulista
Faculdade Bandeirantes
Faculdade Dehoniana
FACULDADE METROPOLITANA DE CAIEIRAS
Faculdade de Engenharia de Sorocaba
Faculdade Bertioga
Faculdade De Agronomia E Engenharia Florestal De Garça
Faculdade De Ciências Sociais E Agrárias De Itapeva
Centro de Educação Técnologico Thereza Porto Marques
Faculdade De Educação Thereza Porto Marques
Faculdade De Tecnologia Thereza Porto Marques
Faculdades Evolução
Instituto De Ensino Superior De Cotia
Faculdades Integradas Fafibe
Faculdade Bandeirantes De Educação Superior
Universidade De Ribeirão Preto
Faculdade De Educação Ciências E Artes Dom Bosco De Monte Aprazível
FACULDADE GUAIANÁS
Faculdade Max Planck
Faculdade De Orlândia
Faculdade De Educação De Osvaldo Cruz
Faculdade De Administração E Ciências Contábeis De São Roque
Faculdade de Sertãozinho
Faculdades IDEPE
Faculdades Integradas Torricelli
Centro Universitário Central Paulista
Escola Superior De Tecnologia E Educação De Porto Ferreira
Faculdade De Ciências E Letras De Araras
Unijales- Centro Universitário de Jales
Faculdade De Itápolis - Facita
Centro Universitário Nove De Julho
Faculdade Marechal Rondon
Faculdade Prudente De Moraes
Faculdades Integradas de Ciências Humanas, Saúde e Educação de Guarulhos
Associação Educacional Toledo
Faculdades Integradas Campos Salles
Faculdades Integradas De Araraquara
Escola Superior De Tecnologia E Educação De Rio Claro
Faculdade Interlagos De Educação E Cultura
Faculdades Integradas de Itararé
Faculdade De Educação São Luís
Faculdade Integral Cantareira
Faculdade Orígenes Lessa
Instituto Superior De Educação Orígenes Lessa
Instituto Superior De Ciências Aplicadas - Isca
Faculdade De Educação E Cultura Montessori
Faculdades Integradas Paulista
Faculdades Integradas Paulista
Universidade Ibirapuera
Faculdades Integradas De Bauru
Universidade Paulista
Faculdade Cenecista de Capivari
Universidade São Francisco
Faculdade De Ciências Contábeis De Lucélia
Faculdade de Auriflama
Faculdade Autônoma de Direito
Faculdade De Agudos
Faculdade Birigui
Faculdade De Ciências Gerenciais De Dracena
Faculdade De Guararapes
Faculdade De Mirandópolis
Faculdade De Presidente Epitácio - Fape
Faculdade Pontal do Paranapanema
Escola Superior De Administração E Gestão
Faculdade De Tupi Paulista
Instituto Superior De Educação De Tupi Paulista
Escola Superior De Administração E Marketing E Comunicação De Campinas
Faculdade de Administração do Centro Educacional de Santos
ETEP - Faculdades
Faculdade de Tecnologia Uirapuru
Instituto Superior De Educação Uirapuru
Faculdade Barretos
Centro Universitário Salesiano Auxilium - Lins
CENTRO UNIVERSITÁRIO DAS FACULDADES ASSOCIADAS DE ENSINO-FAE
UNI - FACEF
Centro Universitário Salesiano Auxilium - Araçatuba
Faculdade Presidente Venceslau
Universidade Camilo Castelo Branco
Faculdade Network
FACULDADE SALESIANA DOM BOSCO DE PIRACICABA
Instituto Superior de Educação Santa Marina
Instituto Superior De Educação Ranchariense
Faculdade Ranchariense
Faculdade De Administração De Diadema
Faculdade Diadema
Faculdade Santa Rita
Faculdade de Ciências Humanas do Vale do Rio Grande
Faculdade Eniac
Faculdade Carlos Drummond De Andrade
Centro De Educação Tecnológica João XXIII
Faculdade De Ciências De Guarulhos
Academia de Ensino Superior
Faculdade De Ciências E Letras
Escola Superior de Educação Física de Cruzeiro
Escola Superior De Administração, Marketing E Comunicação De Sorocaba
Faculdade Joana DArc
Faculdade Fernão Dias
Faculdade Brasília De São Paulo
Faculdade de Direito de Franca
Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de São José do Rio Pardo
FACULDADES ADAMANTINENSES INTEGRADAS
FEFISA - Faculdades Integradas de Santo André
Instituto Municipal De Ensino Superior De Assis
Faculdade de Tecnologia das Américas
Faculdade de Tecnologia Flamingo
Faculdade Flamingo
Faculdade De Tecnologia De São Vicente
Centro Universitário Eurípedes de Marília
Faculdades Integradas Feob - Fifeob
Universidade De Sorocaba
Faculdades De Dracena
Faculdade da Fundação Educacional Araçatuba
Faculdades Integradas Stella Maris De Andradina
Faculdades Integradas de Fernandópolis
Faculdade De Filosofia Ciências E Letras De Ituverava
Instituto Taquaritinguense de Ensino Superior Dr Aristides de Carvalho Schlobach
Centro Universitário De Votuporanga
Faculdades Integradas De Jahu
Centro Universitário da FEI
Faculdade De São Bernardo Do Campo - Fasb
Faculdades Integradas De Ourinhos
Centro Universitário Álvares Penteado
Escola De Sociologia E Política De São Paulo
Faculdade De Biblioteconomia E Ciência Da Informação
Faculdades Integradas De Itapetininga
Centro Universitário Lusíada
Faculdades Integradas de Santa Fé do Sul
Faculdades Da Fundação De Ensino De Mococa
Escola Superior De Educação Física E Desportos De Catanduva
Centro Universitário De Lins
Faculdades Integradas Regionais de Avaré
Pontifícia Universidade Católica De São Paulo
Universidade Do Vale Do Paraíba
Faculdade Gennari E Peartree
Centro De Educação Tecnológica De Rio Claro
Faculdade Impacta De Tecnologia Da Informação - Fiti
Faculdade De Presidente Prudente
Centro de Educação Tecnologica Da Alta Paulista
Faculdade Da Alta Paulista
Faculdade De Direito Da Alta Paulista
Faculdade de Ciências Sociais Aplicadas de Atibaia
Faculdade De Educação De Atibaia
Faculdade Ítalo-Brasileira
Universidade Cruzeiro Do Sul
Instituto Japi De Ensino Superior
Escola Superior de Educação Física da Alta Paulista
Faculdade Politécnica de Campinas
Faculdade Sudoeste Paulista
Faculdades Integradas Coração de Jesus
Universidade Do Sagrado Coração
Faculdade Campo Limpo Paulista
Faculdades São Sebastião
Faculdade De Arujá
Instituto De Ensino Superior De Bauru
Instituto De Ensino Superior De Garça
Instituto Superior De Educação De Garça
Centro Universitário De Santo André
Instituto Superior De Educação Alvorada Plus
Faculdade De Administração E Negócios De Monte Alto
Faculdade Paulista De Administração E Ciências Contábeis De Hortolândia
Faculdade de Jaguariúna
Faculdade Euro-Panamericana De Humanidades E Tecnologias
Faculdade Anchieta
Faculdade Brasileira de Recursos Humanos
Faculdade De Comunicação Social De Hortolândia
Faculdade De Pedagogia De Vargem Grande Paulista
Faculdade Hoyler De Letras
Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Catanduva
Instituto Municipal de Ensino Superior de São Manuel
Faculdade de Tecnologia IPEP de Campinas
Faculdade de Tecnologia IPEP de São Paulo
Faculdades Integradas Do Instituto Paulista De Ensino E Pesquisa
Universidade Presbiteriana Mackenzie
Faculdades Integradas Teresa D´Ávila
Faculdade Sumaré
Universidade Anhembi Morumbi
Instituto Superior de Educação de São Paulo/Singularidades
Universidade Santa Cecília
Faculdade de Saúde São Paulo
FACULDADE DE TECNOLOGIA RADIAL
Faculdade Radial Jabaquara
Faculdade Radial São Paulo
INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO DE TUPÃ
Centro Universitário Barão de Mauá
Instituto Manchester Paulista De Ensino Superior
Faculdade de Administração Ciências Econômicas e Contábeis de Guaratinguetá
Faculdade De Educação De Guaratinguetá
Centro Unversitário Paulistano - UniPaulistana
Faculdade De Educação E Ciências Gerenciais De Indaiatuba
Faculdade De Educação E Ciências Gerenciais De São Paulo
Faculdade De Educação E Ciências Gerenciais De Sumaré
Faculdade De Filosofia, Ciências E Letras De Piraju
FACULDADE IESA
Faculdade De Direito De Itú
Faculdade De Administração De Limeira
Faculdade Taboão Da Serra
Faculdade Do Litoral Sul Paulista
Instituto De Ensino Superior Thathi
CENTRO DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DO VALE DO RIBEIRA
Faculdade Do Litoral Sul
Faculdades Integradas Do Vale Do Ribeira
Centro Universitário Amparense- UNIFIA
Faculdade Do Guarujá
Faculdades Integradas Hebraico Brasileiras Renascença
Faculdade Associada Brasil
Pontifícia Universidade Católica De Campinas
Universidade Braz Cubas
Faculdade Alfa
Centro Universitário Módulo
Faculdade De Ciências Econômicas E Administrativas Santa Rita De Cássia
Faculdades Integradas Rui Barbosa
Centro Universitário De Rio Preto
Faculdade de Tecnológica Estácio de Sá de Ourinhos
Faculdade Estacio de Sá de Ourinhos
Faculdade Mozarteum De São Paulo
Faculdades Integradas Toledo
Faculdade Paulista De Serviço Social
Faculdade Paulista De Serviço Social De São Caetano Do Sul
Faculdade Das Américas
Faculdade Paulista De Educação E Comunicação
Instituto Superior De Educação De Ibiúna
Centro De Educação Tecnológica Em Hotelaria, Gastronomia E Turismo De São Paulo
Centro de Educação Tecnológica Carlos Drummond de Andrade
Faculdade Editora Nacional
Universidade Católica De Santos
Faculdade de Pindamonhangaba
Faculdade Santa Giulia
Faculdade Integração
Faculdade Magister
Faculdade União
Faculdade De José Bonifácio
Instituto Superior De Educação De Junqueirópolis
Instituto De Ensino Superior Coc
Faculdade de Ciências Gerenciais de Itanhaém
Universidade Do Grande Abc
Faculdade Montessori de Ibiúna



Powered by ScribeFire.

Guitarrista Adriano Reis fez shows na Europa



Confira parte da apresentação de
Adriano Reis na Casa do Brasil em Portugal


Por Renato Fernandes

O guitarrista botucatuense Adriano Reis já retornou de sua turnê pela Europa, onde percorreu Portugal, Espanha e Suiça. Em três semanas, o músico pôde se apresentar em igrejas da Assembléia de Deus, no Centro Pentecostal Europeu e na Casa do Brasil. “O que eu trouxe de mais importante dessa viagem é a experiência de vida e o aprendizado cultural”, disse.
Agora o artista retoma a sua rotina de aulas e shows pela região de Botucatu.
Adriano Reis é formado em guitarra pelo conservatório de Tatuí, no conservatório Souza Lima e é reconhecido no país por utilizar o método Two Hands. Ele também é endorser da marca Lamá de guitarras e violões. Influenciado por Stanley Jordan, ele usa a mesma técnica deste para interpretar as músicas, o método Two Hands.
O talento de Adriano chamou a atenção do melhor violonista do mundo (segundo a crítica especializada) o músico Robson Miguel, que o convidou para diversas apresentações.

Márcia Freire no Carnabotuca

Por Renato Fernandes

A produtora AG Fest já definiu que a atração principal do Carnabotuca 2008, será a cantora baiana Márcia Freire, (foto) ex-vocalista da banda Cheiro de Amor. O evento acontecerá no dia 20 de setembro, na AAB - Associação Atlética Botucatuense.
Márcia iniciou sua carreira artística em 1985, puxando o bloco carnavalesco, com trio elétrico, free-lance e no ano seguinte, em abril do memso ano, surgiu o convite para integrar a Banda Cheiro de Amor, que na época chamava-se "Pimenta de Cheiro". Entre julho e agosto do ano seguinte o grupo gravou seu primeiro CD intitulado "Pimenta de Cheiro", nome que permaneceu por outros dois discos.
Em 1996, a cantora decidiu deixar a Cheiro de Amor e iniciar carreira solo, o que lhe deu total controle sobre o seu trabalho. Coma bagagem adquirida como vocalista da banda a qual comandou durante dez anos, Márcia continua sendo uma das principais atrações dos carnavais fora de época pelo Brasil e Exterior a exemplo do primeiro Carnaval realizado no México, na cidade de Cancun "O Carnacancun".
Desde então já são 14 álbuns gravados, quatro de carreira solo e vários prêmios de reconhecimento ao seu talento. Na voz de Márcia Freire, músicas como Pureza da Paixão, Auê, Macarena, Baiana Merengueira, Tema do cheiro, Doce Obsessão, Lero Lero e os hits Vermelho (sensação do festival de Parintins e do festival do Avante em Portugal) e ainda Subir Ladeira, Maravilha, Nó de Marinheiro, Dá Dá Carinho, marcadas pela interpretação vigorosa da artista, viraram sucesso.
Música cantadas por ela tiveram inúmeras participações em trilhas sonoras, como a do seriado Malhação da Rede Globo, Casa de Samba, Axé Bahia, Axé Brasil e várias outras coletâneas. Retornando à Banda Cheiro de Amor em Junho de 2001, atendendo aos pedidos dos fãs, a cantora colocou sua voz em mais dois discos em setembro de 2003, decidiu seguir uma nova carreira solo.
Abertura - Para abrir o show de Márcia Freire, A AG Fest convidou a “A Mika7”, para subir ao palco da AAB. A banda surgiu no mercado há seis anos nas Micaretas, shows e grandes festas do Brasil. Liderada por Genah Odara a Mika7 vem formando uma legião de fãs por onde passa. A humildade, profissionalismo e a qualidade musical são citadas pelos adoradores do estilo como principais características do grupo que já conquistou respeito dos principais nomes do axé music como Ivete Sangalo, com quem fez o dueto no “Folia do Vale”. O grupo cativa o público jovem e universitário se tornando referência musical.
Em seu repertório são apresentadas músicas próprias, como: “Saudades”, “Litoral do Brasil”, “Praça Castro Alves”, “Dengosa da Mika7”, “Tudo Azul”, Pra te Ter”, “Detono meu Amor”, dentre outras. Eles também interpretam pérolas consagradas da Bahia como: Márcia Freire, Chiclete com Banana, Asa de Águia, Timbalada, Olodum, Araketu, Ivete Sangalo, Margareth Menezes, Gil, Netinho, Daniela Mércury e Banda Mel.
A desenvoltura dos músicos e a familiaridade com o estilo já foram mostrados em shows nas principais casas noturnas de São Paulo e na abertura de show do Chiclete com Banana na Marina da Glória/RJ, com Araketu nas festas Carnamoinho, Estância Folia, Parnaíba Fest (em Alphaville/SP) e Castello Folia, eles também subiram ao palco com Ivete Sangalo, na Folia do Valle em (Pindamonhangaba/SP) e nas festas Cervegelada e Cerveja e Cia. Com o Asa de Águia trabalharam juntos no CarnaFaap e Carna Itu.