julho 01, 2008

MEC aprova oito novos cursos tecnólogos no interior de SP

Gestão de Recursos Humanos, Mecatrônica Industrial, Banco de Dados, Gestão da Tecnologia da Informação, Redes de Computadores, Análise e Desenvolvimento de Sistemas, Controle de Obras e Logística. Estes são os novos cursos superiores de curta duração (Tecnólogos) da ETEP Faculdades, aprovados pelo MEC (Ministério da Educação) no início de junho e que já estão com inscrições abertas para o vestibular para turmas do 2º semestre de 2008.
Com menor duração, os cursos tecnólogos são a opção para aqueles que buscam uma formação de nível superior, com foco na profissionalização e rápido ingresso no mercado de trabalho. Na ETEP, as disciplinas dos cursos são agrupadas em módulos trimestrais, o que ao final de cada semestre certifica o aluno a desempenhar atividades até ali estudadas. Então, ao longo curso, o aluno recebe certificados de auxiliar, assistente, analista, e por fim, gestor.
“O tecnólogo é um curso superior, ou seja, uma graduação de curta duração, de 2 a 3 anos. No tecnólogo os alunos vêem menos disciplinas, porém em uma profundidade muito maior e com muitas atividades práticas, que o possibilite atuar em determinada área. Por exemplo, na área de tecnologia da informação temos o bacharel em Ciência da Computação ou Engenharia da Computação; no tecnólogo temos o Tecnólogo em Banco de Dados, Redes de Computadores, Sistemas para Internet, entre outros. Isto é, o tecnólogo visa à empregabilidade do aluno e sua atuação em uma área específica de conhecimento, o que demanda das empresas um menor investimento em tempo e qualificação, para que o aluno atue na função para o qual foi contratado”, explica Helen Toyama, gerente de marketing da ETEP Faculdades.
O vestibular para os tecnólogos – incluindo os de Gestão Financeira, Gestão Comercial, Gestão da Produção Industrial e Sistemas para Internet, aprovados pelo MEC em maio – acontece dia 6 de julho. As inscrições vão até dia 4 de julho. Todos os cursos tecnólogos serão oferecidos no período noturno, na unidade Esplanada da ETEP Faculdades.
Mercado de trabalho – Pesquisas de mercado apontam que o setor de serviços é o que mais emprega atualmente no país, sendo responsável por 17 milhões de vagas ocupadas. A participação do número de empregos ocupados no setor vem crescendo em média 0,9% ao ano no Brasil, enquanto que na cidade de São José dos Campos, a média sobe para 2,7% ao ano.
Os números explicam o aumento na oferta de cursos tecnólogos – principalmente na área de serviços como Tecnologia da Informação e Gestão –, que vão ao encontro desse cenário, pois o ensino tecnólogo visa à formação prática do aluno em um curto período de tempo, fornecendo ao mercado profissionais com formação em nível superior e com alto potencial de empregabilidade para essas vagas.
Ainda, as pesquisas evidenciam uma tendência: os empregados com ensino superior completo no setor de serviços ultrapassam os do setor industrial, sendo respectivamente 23% e 6% no país, 24% e 9% no estado de São Paulo, e 26% e 17% em São José dos Campos.
“Existe ainda um preconceito quanto ao tecnólogo, pois a maioria das pessoas não sabe que é um curso superior e naturalmente associam ao curso técnico. Muitas instituições no início, ofereciam um tecnólogo “remendado” com o conteúdo dos bacharelados, logo a qualidade e o objetivo do curso perdiam o sentido. Hoje, as instituições entenderam que a proposta do tecnólogo vem atender à demanda brasileira. Existem instituições, como a ETEP Faculdades, oferecendo cursos de excelente qualidade, totalmente voltadas para a formação de profissionais altamente qualificados. Acredito em uma quebra de paradigmas: as empresas conhecerão a qualidade dos profissionais com formação tecnológica, e mudarão a visão de contratação. Hoje nos EUA, 60% dos profissionais com ensino superior tem sua formação tecnológica”, afirma Helen Toyama.


Powered by ScribeFire.

Fatec anula questão 44 da prova de português

A questão número 44 da disciplina de português do Vestibular para o 2º semestre de 2008 das Faculdades de Tecnologia (Fatecs) foi anulada, conforme mostra o gabarito.
Neste processo seletivo, 27.424 candidatos disputam as 6.695 vagas, distribuídas entre 39 unidades que oferecem 39 cursos superiores de tecnologia gratuitos.
O curso mais procurado é o de Análise e Desenvolvimento de Sistemas, no período noturno, oferecido na Fatec São Paulo, com 1.187 inscritos concorrendo a 80 vagas, que representa uma relação de 14,84 candidatos por vaga.

Resultados
No dia 21 de julho, cada Fatec vai divulgar a primeira lista dos convocados para a matrícula. A relação também estará nos sites www.centropaulasouza.sp.gov.br e www.vestibularfatec.com.br. Se as vagas oferecidas não forem preenchidas pelos candidatos da primeira chamada, a segunda lista será afixada na faculdade no dia 24 de julho.
A matrícula deve ser feita na secretaria da Fatec onde o candidato pretende estudar, no horário determinado pela unidade de ensino. Perderá direito à vaga quem não fizer a matrícula na data determinada ou deixar de apresentar os documentos exigidos.

Calendário
22 de julho: deverão efetuar a matrícula os convocados na primeira lista;
24 de julho: divulgação dos convocados da segunda lista, nas respectivas Fatecs;
25 de julho: data da matrícula para os candidatos da segunda lista.

Documentos
Para efetivar a matrícula, o candidato deve entregar cópias autenticadas ou cópias simples acompanhadas dos originais dos seguintes documentos: carteira de identidade (RG - uma via); certidão de nascimento ou de casamento (uma via); documento de quitação com o serviço militar (uma via); título de eleitor, para os brasileiros maiores de 18 anos, com o comprovante de votação da última eleição (uma via); histórico escolar do Ensino Médio ou equivalente (duas vias); certificado de conclusão do Ensino Médio ou equivalente (uma via); duas fotos 3x4 iguais e recentes.
Outras informações pelos telefones (11) 3471-4103 (Capital e Grande São Paulo) e 0800-596 9696 (demais localidades).


Powered by ScribeFire.

Senado aprova projeto que incentiva abertura de escolas públicas nos finais de semana

Da Agência Brasil

A Comissão de Educação, Cultura e Esporte do Senado Federal aprovou hoje (1) o projeto de lei que incentiva a abertura das escolas públicas em feriados, finais de semana e recessos escolares, com o objetivo de oferecer atividades extracurricular para os alunos e a comunidade.
O projeto altera o Artigo 1º da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB), e foi aprovado em caráter terminativo, ou seja, não será apreciado no plenário da Casa, seguindo direto para análise da Câmara.
O senador Expedito Júnior (PR-RO), autor da proposta, lembrou que a inciativa já acontece espontaneamente em algumas escolas, mas que agora será regularizada.
O projeto prevê o repasse de verbas do Plano Nacional de Alimentação Escolar (Pnae) para apoiar a abertura das escolas.
“Por causa da miséria e do desemprego, você tem alunos que passam o fim de semana em casa torcendo para a segunda-feira chegar para poderem se alimentar novamente”, disse o senador.
A comissão aprovou também o PL 546/2007 que reserva metade das vagas das instituições federais de educação profissional e tecnológica a estudantes que tenham cursado todo o ensino fundamental em escola pública.
Os senadores decidiram ampliar a medida à todas as instituições federais de ensino superior. Dentro dessa reserva de vagas, o projeto prevê cotas para alunos negros e índios em proporção igual à composição da população na unidade da federação em que a instituição estiver localizada.
A proposta também segue para apreciação da Câmara.


Powered by ScribeFire.

Google do Brasil deve assinar termo de ajustamento de conduta com MPF

Da Agência Brasil

Um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) deve acabar, amanhã (2), com uma briga que já dura mais de dois anos, entre o Ministério Público Federal (MPF) em São Paulo e a empresa Google do Brasil.
Durante audiência pública na CPI da Pedofilia do Senado, a Google deve finalmente assinar o TAC na qual se compromete, entre outras coisas, a guardar e repassar para o MPF todas as provas desse tipo de crime, cometido nas páginas do site de relacionamentos Orkut.
Ainda de acordo com o termo, a empresa ficará obrigada a criar mecanismos de filtragem, tecnológicos e humanos, para evitar que as fotos de pedofilia cheguem a ser postadas no site, e deverá fazer campanhas educativas, alertando as crianças sobre os riscos da internet. A multa para descumprimento de qualquer uma das 13 cláusulas do acordo será de R$ 25 mil por dia.
O MPF em São Paulo vinha acusando a Google do Brasil de agir com “prepotência”, ao se recusar a atender aos pedidos de fornecimento de dados sobre os crimes praticados no Orkut.
O site de relacionamentos é responsável por 90% das denúncias de pedofilia na internet, recebidas pela central coordenada pela Organização Não Governamental (ONG) Safer Net, em parceria com o MPF em São Paulo.

Powered by ScribeFire.

Trabalhadores dos Correios entram em greve por tempo indeterminado

Os trabalhadores da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) entraram em greve, por tempo indeterminado, desde a zero hora de hoje (1º). De acordo com a assessoria da ECT, a paralisação dos carteiros interrompeu os serviços como Sedex 10, Sedex Hoje e Disque Coleta.
Os funcionários dos Correios em quatro estados (Santa Catarina, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Roraima) e em cidades do interior de São Paulo (Bauru, Ribeirão Preto e Campinas) e de Minas Gerais (Juiz de Fora e Uberaba) devem decidir ainda hoje se aderem ou não à greve iniciada durante a madrugada.
Segundo a Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresa de Correios e Telégrafos e Similares (Fentect), a categoria reivindica a adoção de um novo Plano de Carreiras, Cargos e Salários (PCCS); mudanças na forma de distribuição da Participação nos Lucros e Resultados (PLR); e o cumprimento, pela ECT, do termo de compromisso que garante adicional de 30% sobre o salário dos carteiros, assinado pelo ministro das Comunicações, Hélio Costa, em novembro do ano passado.
De acordo com o secretário-geral da Fentect, Manoel Cantoara, a empresa chegou a pagar o adicional de 30% durante três meses, mas, no quarto mês, que seria o período de efetivação da gratificação, deixou de fazer o pagamento.
Segundo Cantoara, a ECT pediu mais três meses para solucionar a situação. “O governo liberou R$ 390 milhões para resolver o problema e a empresa aplicou de outra forma, sem discutir com os trabalhadores, pagando R$ 260 milhões [de forma] linear para os carteiros. Por esse motivo estourou a greve em todo o país.”
Segundo a ECT, a lei que prevê o pagamento de adicional de periculosidade não inclui os carteiros. Por isso, a empresa criou o Adicional de Atividades de Distribuição e/ou Coleta (AADC) e o Adicional de Atendimento em Guichê em Agências dos Correios (AAG), que garantem o valor fixo de R$ 260 para todos os trabalhadores.
Essa gratificação começou a ser paga ontem (30), no salário correspondente ao mês de junho. Mas, segundo a ECT, a categoria não aceita a decisão, porque os funcionários com mais tempo de trabalho alegam que, com o valor fixo, vão receber menos do que ganhariam com o adicional de 30% sobre os salários.

Da Agência Brasil


Powered by ScribeFire.

Morador de município-sede do pedágio pode ser isento

Tramita na Câmara o Projeto de Lei 3062/08, da deputada Angela Amin (PP-SC), que isenta do pagamento de pedágio em rodovias os moradores ou trabalhadores do município no qual se localiza a praça de cobrança. De acordo com a proposta, os veículos dessas pessoas deverão ser cadastrados e identificados pelo órgão de trânsito do município. A proposta altera a Lei 9.277/96, que trata da exploração de rodovias e portos federais.
Angela Amin argumenta que a população dos municípios onde se instalam as praças é punida economicamente em seus deslocamentos diários, para trabalhar, estudar ou fazer compras. Indústrias e produtores rurais, diz ainda, também são prejudicados pela cobrança dos pedágios, pois os custos operacionais aumentam e comprometem a competitividade econômica do município. "Tal situação pode assumir contornos inimagináveis, com estagnação da economia local, redução do número de empregos e evasão populacional."

Tramitação
A proposta tramita em caráter conclusivo e será analisada pelas comissões de Viação e Transportes; de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Da Agência Câmara


Powered by ScribeFire.

Há 2 meses do seu início Expo Botu já é sucesso

80% do stands foram comercializados e dos 20%
restantes, metade está com reserva solicitada


Ela está de volta e com força total. Ainda faltam dois meses para o início da Expo Botu 2008, e a maior feira de negócios do Centro Oeste paulista já pode ser considerada um sucesso. O último levantamento feito pelos organizadores revela que dos cerca de 100 stands disponibilizados para expositores, 80% foram comercializados. Dos 20% restantes, metade está com reserva solicitada.
Algumas das maiores empresas e entidades do município estarão presentes no evento que vai ser realizado de 27 a 31 de agosto no Aeroporto Estadual Tancredo Neves, com destaque para a Embraer, Duratex, Irizar, Induscar, Sabesp, Prefeitura de Botucatu, as incubadoras com apoio do Sebrae estarão presentes com aproximadamente 26 empresas. O setor automotor é outro exemplo de sucesso, já tendo garantida a presença de montadoras nacionais e internacionais. Lapenna Fiat e Ford, Prodive Chevrolet, SPI Honda, Citroen, Hyundai e Renault.
Além dos stands com produtos e serviços a Expo Botu vai garantir um espaço diferenciado para a praça de alimentação, que vai contar com bares, restaurantes e lanchonetes tradicionais da cidade, como a Liga do Chopp e UP Club e Kotobure. Os setores de Decoração, Moda e Tendências, Tecnologia e Eletrônicos, Verde e Paisagismo, Ecoturismo e Pequenos Animais também prometem agradar as cerca de 50 mil pessoas que deverão passar pela feira. Outra participação importante será das emissoras de TV. A empresa Carlinhos Romagnolli Promoções e Eventos firmou parceria com as regionais da Globo, SBT e Record.
A área de exposição da Expo Botu será 100% coberta, inclusive o local de shows e a praça de alimentação. As atrações musicais ficam por conta de ABR.3 (27/8), Grupo Tradição (28), Fábio Júnior (29), Fundo de Quintal (30) e Edson e Hudson (31).
Ingressos – Os ingressos serão vendidos a R$ 15,00 individual e R$ 50,00 o pacote. Os camarotes para 10 pessoas com ingresso incluído vão custar R$ 900,00 para todas as noites. Para garantir o acesso ao local da Feira, serão disponibilizadas linhas de ônibus especiais em vários horários. Aqueles que forem de carro terão área de estacionamento com segurança. Os interessados em participar como expositor da Expo Botu 2008 devem correr para não ficarem de fora e podem se informar pelo telefone (14) 3815-5090 ou 3882-6353. Outra opção é o site www.expobotu.com.br.
Patrocínio - O patrocínio da Expo Botu é da Prefeitura Municipal, Aymoré Financiamentos, o co-patrocínio é da Sabesp e das incubadoras de Botucatu.

Olimpíada de Física premiará os melhores alunos do Estado

A comissão estadual da Olimpíada Brasileira de Física (OBF) premiará, este ano, os melhores alunos das escolas públicas do Estado, além de seus professores e Diretorias de Ensino. A iniciativa visa ao aumento da participação dessas instituições de ensino na competição. No ano passado, dos 16.648 estudantes paulistas que participaram da OBF, cerca de 40% eram da rede pública e o restante da privada. Considerando que o Estado tem aproximadamente um milhão de estudantes no ensino público e 400 mil no privado, a proporção ideal seria a inversa.
Promovida anualmente pela Sociedade Brasileira de Física (SBF), a Olimpíada Brasileira de Física é realizada em todo o Brasil, com provas em três fases. Em 2007, foram inscritos 129.268 alunos de 3.414 escolas. Os objetivos da competição são despertar e estimular o interesse pela Física e por outras áreas da ciência, melhorar seu ensino e incentivar os estudantes a seguirem carreiras científico-tecnológicas. Para estimular o envolvimento dos alunos, as coordenações estaduais da Olimpíada adotam várias estratégias, a exemplo de São Paulo que, além da premiação especial, também promove palestras e oficinas para alunos e professores do ensino médio.
Segundo o coordenador da OBF em São Paulo, o professor Euclydes Marega Junior, do Instituto de Física da Universidade de São Paulo (USP) de São Carlos, este é o segundo ano em que jovens do ensino público de São Paulo são premiados na Olimpíada. “Como a maioria deles tem dificuldade de chegar à terceira fase, a premiação é baseada em uma seleção feita na segunda fase”, explica. “Além de reconhecer o esforço desses alunos, é um estímulo para que continuem estudando e participando de outras edições da competição”, acrescenta.
A cerimônia de premiação ocorrerá no dia 1º de novembro, no câmpus da USP, em São Carlos. Serão premiados 28 alunos de escolas públicas de cada série, sendo quatro com medalha de ouro, seis com prata, oito com medalhas de bronze, e dez com menção honrosa. Outras homenagens também contemplam professores, Diretorias de Ensino e as próprias escolas.

Como participar
O aluno interessado em participar da Olimpíada Brasileira de Física (OBF) deve pedir na sua escola para que a mesma seja credenciada no evento. Para isso, a instituição de ensino deverá preencher o cadastro de inscrição on-line, até o dia 6 de agosto, no site www.sbfisica.org.br/olimpiadas (link Inscrição Professor). Depois de credenciada, a escola poderá inscrever quantos alunos quiserem. Podem participar estudantes do último ano do ensino fundamental e das três séries do ensino médio. A escola que não possuir conexão com a Internet poderá solicitar o formulário impresso à secretaria geral do evento. As inscrições são gratuitas.

SERVIÇO
Mais informações, no site www.sbfisica.org.br/olimpiadas ou pelo tel. (11) 3814-5152 ou, ainda, pelo e-mail obfisica@sbfisica.org.br

Powered by ScribeFire.

Em Jaú devedores podem pagar tributos com até 80% de desconto

Na edição nº 328 do Jornal Oficial do Município de Jaú, de 27 de junho a 3 de julho, foi publicado a lei complementar 303/08, que concede redução dos encargos sobre os débitos de contribuintes com o município, vencidos até dezembro de 2007. A partir de segunda-feira, dia 30, o beneficio estará à disposição dos inadimplentes para o pagamento à vista, com desconto de até 80% nas multas e juros de mora. O Secretário de Finanças Antonio Dias de Jesus explica que para a obtenção da redução no débito, o valor deve ser pago integralmente e atualizado. “Quem deve R$ 500,00 para o município, por exemplo, vai continuar devendo o mesmo valor. O desconto será aplicado apenas nos juros e na multa. E se o tributo precisar de atualização monetária, ela será feita. Portanto, não há renúncia de receita para os cofres da prefeitura”, afirma Dias.
Aqueles que efetuarem o pagamento até 29 de agosto têm direito ao desconto de 80%. A partir desta data até o dia 31 de outubro, quando terminam os efeitos da lei, o contribuinte tem direito a um desconto de 50%. Se o débito já está em fase de execução fiscal, o devedor pode quitar também com abatimento, desde que pague as custas processuais e honorários advocatícios de 5% ao procurador constituído pelo município. Nos casos onde o débito foi apurado após Auto de infração e imposição de multa, a multa por infração (de ofício) também ficará dispensada. “Se todos optarem pelo pagamento, a Prefeitura poderá ter um reforço de caixa da ordem de R$ 42 milhões, afinal hoje são 21 mil inadimplentes”, declara o secretário de finanças. A orientação de Antonio Dias é que o contribuinte procure o setor de divida ativa com antecedência, para evitar as filas que sempre ocorrem no final do prazo do benefício.


Powered by ScribeFire.

Governo discute condições de trabalho em canaviais

Da Agência Brasil

O ministro Luiz Dulci, da Secretaria-Geral da Presidência, coordena hoje (1º), às 14h, no Palácio do Planalto,a instalação da Mesa de Diálogo para Aperfeiçoar as Condições de Trabalho na Cana-de-Açúcar.
Estarão presentes representantes dos trabalhadores - por meio da Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag) e da Federação dos Empregados Rurais Assalariados do Estado de São Paulo (Feraesp) - e dos empresários, por meio da União da Indústria de Cana-de-Açúcar (Unica).
A expectativa é de que a Mesa de Diálogo apresente soluções até a realização da Conferência Internacional sobre Biocombustíveis, que será promovida pelo governo brasileiro de 17 a 20 de novembro deste ano em São Paulo.

Powered by ScribeFire.

Grupo de trabalho discutirá projeto sobre motim de presos

O grupo de trabalho que analisa projetos sobre direito penal e processo penal se reúne hoje para discutir o Projeto de Lei 4862/01, que aumenta a pena para o crime de motim de presos. O projeto aguarda votação pelo Plenário da Câmara.
A versão que terá preferência na votação é o substitutivo aprovado no último dia 16 pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania. Entre outros dispositivos, o substitutivo estabelece pena de reclusão de um a quatro anos para presos que fogem da prisão com o uso de violência ou que provocam rebeliões.
A pena atual é detenção de seis meses a dois anos. Na proposta original, do deputado licenciado Alberto Fraga, a pena seria aumentada para reclusão de dois a quatro anos.
O substitutivo da CCJ também prevê que, no caso de rebeliões em presídio, a pena será dobrada se resultar em reféns. Todas as penas se somarão as já cumpridas pelo preso.

Da Agência Câmara


Powered by ScribeFire.

Aprovado aumento de até 12% para professor estadual

Os deputados paulistas aprovaram na noite desta segunda-feira, 30, projeto de lei enviado pelo governador José Serra que garante reajuste de até 12,2% do salário-base dos profissionais da rede estadual de Educação. O piso mínimo do professor, PEB I (1ª a 4ª série) em jornada de 40 horas semanais, passa de R$ 1.166,83 para R$ 1.309,17. Para PEB 2 (5ª a 8ª e Ensino Médio) em 40 horas vai de R$ 1350,75 para R$ 1501,50. O benefício será pago em agosto e é retroativo a julho.
O aumento do piso salarial dos professores da rede estadual atende uma política do governo do Estado de valorizar os profissionais da Educação, incluindo incorporação de gratificações e reajuste. O governo do Estado calcula gastar mais R$ 670 milhões por ano com este aumento.
O reajuste de 5% do piso e a incorporação da GTE (Gratificação do Trabalho Educacional) beneficiam os servidores ativos e inativos, além de incidir nos pagamentos de férias, sexta parte e qüinqüênio, por exemplo. É importante esclarecer que a remuneração dos professores estaduais inclui o salário-base, agora reajustado, e gratificações. A remuneração inicial dos professores pode chegar a R$ 1819,63.
O aumento definido pelo governo do Estado será também para diretores, supervisores e funcionários do Quadro de Apoio. Os diretores passarão de salário-base R$ 1490,26 para R$ 1,648.77 (10,5% de aumento). Os supervisores passarão de R$ 1638,03 para R$ 1803,93 (10%). O salário-base do Quadro de Apoio também aumentará, passando de, por exemplo (varia de acordo com o nível): R$ 634,53 para R$666,26 (agentes de serviço escolar), R$ 665,48 para R$ 698,75 (agente de organização) e R$ 882,14 para R$ 926,25 (secretário de escola).
A Secretaria está implantando neste ano a política de bônus por merecimento, que proporcionará até 16 salários anuais para os profissionais que atingirem as metas estabelecidas. O reajuste anunciado hoje incidirá também sobre o bônus por merecimento.

Mais vagas
O governo do Estado vai criar 72 mil cargos para professores na rede estadual de Educação. O objetivo da Secretaria de Estado da Educação é que passem a existir cargos com jornada de 10 horas semanais, beneficiando o ensino aos estudantes da rede.
Com a criação de jornada de 10 horas semanais, aulas de disciplinas com menor incidência na grade escolar (filosofia, química, física, entre outras) poderão ter professor único, o que irá auxiliar na aprendizagem dos alunos. Com mínimo de 20 horas semanais, muitas vezes o professor era obrigado a ensinar em mais de uma unidade.

Powered by ScribeFire.

Direitos Humanos da OAB vai pedir investigação na GCM

Do site Entrelinhas

A Comissão de Direitos Humanos da OAB de Botucatu deverá apresentar oficialmente as testemunhas que apontam integrantes da Guarda Civil Municipal de Botucatu, como autores de atentados contra mendigos e alcoolistas nos últimos meses.
Segundo o presidente da Comissão de Direitos Humaos da OAB de Botucatu, Ronaldo Tecchio Jr, existem testemunhas que presenciaram e ouviram das vítimas, relatos de agressões e estão dispostas a oficializar a queixa para autoridades da Polícia Civil e Promotoria Pública, objetivando evitar que o problema continue e os autores sejam apontados e penalizados, conforme o crime apurado. CLIQUE AQUI e leia essa notícia na íntegra.


Matérias relacionadas

Mulher diz que mendigos e alcoolistas apontaram GCM por violencia

Sitiantes temem mendigos abandonados pela GCM na Indiana

Guarda Municipal será processada por caso de suposta agressão

Mãe acusa Guarda Municipal de Botucatu de agressão e de recusa de socorro

Guarda Municipal pede para internautas assisitirem vídeo de imobilização a menor com "suposto ataque epilético"

Secretário da Segurança afirma que uso da força foi necessário para conter jovem em crise de saúde

Internauta anônimo contesta matéria sobre denuncia de uso da violência pela Guarda Civil Municipal