abril 15, 2008

Brasileiros têm quase R$ 1 tri em dívidas

Todos os consumidores e empresas brasileiras juntos devem em empréstimos, financiamentos e crediários quase R$ 1 trilhão. Segundo especialistas, o aumento da renda e a queda da taxa de juros facilitaram o acesso ao crédito e às compras. Veja mais detalhes no vídeo abaixo:

Câmara e ABL fazem sessão conjunta para celebrar os 153 anos de Botucatu



Por Flávio Fogueral

A Câmara Municipal de Botucatu, em parceria com a Academia Botucatuense de Letras realizaram na última sexta-feira, dia 11, uma sessão solene conjunta em homenagem aos 153 anos de emancipação político-administrativa do município e também pela comemoração dos 25 anos de fundação da ABL. Além disso, o evento marca o início das comemorações da instalação da Câmara Municipal, há 150 anos.
A sessão contou com a presença do vice-prefeito Valdemar Pereira de Pinho, do presidente da Câmara, José Carlos Lourenção, entre acadêmicos da ABL. Na ocasião a escritora Adriana Alves Vigliazzi foi a convidada pela Câmara para discursar em homemagem a Botucatu. Após, o ex-vereador e atual dirigente regional de ensino, prof. Bahige Fadel ocupou a tribuna e discursar aos presentes. Fadel lembrou da atuação do político e em seu discurso prestou homenagens à Câmara. Já Pinho foi enfático ao lembrar das oportunidades e da trajetória que teve em Botucatu.

A Câmara ainda entregou ao presidente da ABL, Newton Colenci, documentos de projeto de lei do vereador Lelo Pagani que institui de Escola Elda Moscogliato, a nova escola municipal que será instalada na antiga subestação da CESP, na Rodovia Gastão Dal Farra.

Internauta anônimo contesta matéria sobre denuncia de uso da violência pela Guarda Civil Municipal

Por Renato Fernandes

A matéria referente à denúncia que uma mãe fez a respeito do excesso de violência no atendimento de seu filho de 17 anos foi comentada por um internauta anônimo que afirmou que estava próximo ao fato.
A reportagem esclarece ao internauta que conforme menciona a nossa política de privacidade o blog coleta informações dos acessos através de cockies e do registro de IP.
Não queremos saber quem é o anonimo, mas seria interessante sim apresentarmos as versões divergentes da matéria, sem constrangimentos e que caia o anonimato das postagens para o pleno esclarecimento dessa denúncia.
O blog não se omite em postar diferentes versões da história, tanto é que o secretário Municipal de Segurança, ricardo Rodrigues, foi ouvido e falou a respeito do acontecido.
A reportagem está aberta para que todos os anônimos se pronunciem, mas acha que seria mais elegante e correta a identificação para que a credibilidade dos fatos possa ser estabelecida. A baixa qualidade das fotos e do vídeo se deve ao calor do momento, a reportagem estava a menos de dois metros do acontecido, a ação foi rápida conforme foi descrito e as máquinas tem limitações técnicas que impossibilitam maior qualidade quando a cena apresenta movimentos rápidos. É importante lembrar que o recinto da festa estava todo monitorado e a divulgação dessas imagens podem ser cruciais para que o caso seja desvendado. O Blog está aberto também para a divulgação desses vídeos de segurança e para todos aqueles que queiram utilizar o espaço para falar sobre o assunto.
Não vestimos bandeiras partidárias e estamos prontos a ouvir opiniões, ainda mais se forem de testemunhas que estavam próximas ao fato, para o pleno esclarecimento da história.
A versão da Guarda Civil Municipal só não foi postada junto com a matéria, no mesmo dia, devido à recusa do comandante em atender ao blog.

Confira abaixo o comentário.
"Estava presente na hora dos fatos e o que realmente aconteceu não está divulgado claramente em sua reportagem!
Sua reportagem é sensacionalista e confunde quem não presenciou o fato.
Vamos ter liberdade de imprensa mas com responsabilidade!
A população não deve ser enganada!"

Secretário da Segurança afirma que uso da força foi necessário para conter jovem em crise de saúde

Por Renato Fernandes

O secretário Municipal de Segurança, Ricardo Rodrigues, falou com a reportagem sobre a denúncia de agressão contra o menor de idade que sofreu uma crise de saúde com convulsões e teve que ser contido através do uso da força pela Guarda Civil Municipal, na sexta-feira, dia 4.

“Não considero uma agressão. O rapaz estava descontrolado. Falei com médicos e eles me descreveram o ataque epilético e o que o rapaz teve não foi esse tipo de ataque, foi na verdade um surto profundamente agressivo, que não sei explicar. Quem estava próximo viu que na verdade os Guardas Municipais o trouxeram para o palco, cada um segurou em um membro. Foi necessário conte-lo da forma possível, ele não foi chutado nem esmurrado. Foi contido na única forma possível no momento. Considero a atitude razoável, já li os relatórios entrevistei os seguranças temos testemunhas a respeito, pastores e pessoas que estavam presentes e pelo o que observei conversando com meu grupo aquela foi a única maneira de conte-lo. Agressão para mim significa esmurrar, espancar”, disse.
Com relação ao atendimento médico que não foi prestado no momento Rodrigues assume que esse foi um erro. “Acredito sim que era motivo para levar o rapaz para um atendimento médico. Ele teve a abordagem de uma outra pessoa, e me parece que foi por um membro de uma igreja, logo após chegou um pessoal e ficou conversando com ele e o tranqüilizou. Acredito que deveriam ter chamado uma ambulância, no local eu faria isso”, coloca. “Se houve um erro foi o fato de ninguém que atendeu ao caso e estava presente no momento chamar a ambulância”, completa.
O secretário desmente a utilização de armas de contenção como a pistola taiser ou gás pimenta. “São instrumentos para a contenção, mas eles não foram utilizados. Tenho o registro eletrônico da arma e ela não foi acionada, nem mesmo o gás pimenta foi utilizado. O que os guardas usaram foi a força física moderada para a contenção de uma pessoa que se debatia. Como conter alguem se ele não acata?. Considero que essa foi uma boa atitude da guarda, tenho profunda confiança em meu grupo, ele foi treinado para respeitar. Considero a atitude correta e a guarda vai continuar respeitando o cidadão como sempre fez”, finaliza.

Imprensa tratada como tiete

Por Renato Fernandes

Parte da imprensa de Botucatu foi tratada como tiete em busca de autógrafos durante os shows comemorativos aos 153 anos da cidade de Botucatu. Na festa realizada no largo da Catedral, entre os dias 10 e 14 de abril, os repórteres credenciados e que supostamente teriam acesso aos camarins e palco não tiveram esse direito plenamente respeitado.

No primeiro dia de festa, a dupla Eros & Eron e Hugo & Tiago, não restringiram o acesso da imprensa, que pôde inclusive acompanhar o show do palco. As entrevistas foram realizadas na coxia, eles estavam disponíveis a qualquer momento.
No dia seguinte, na apresentação da cantora Gospel Cassiane, uma ordem da produção foi emitida, solicitando a retirada plena de todos os profissionais da mídia do palco, a solicitação foi acatada e todos foram retirados. A reportagem questionou os acessos garantidos pela credencial, mas também teve que se retirar.
Na abertura que servia de passagem para o isolamento da área do palco os seguranças informaram a um grupo de três jornalistas que a saída do recinto significaria que eles não poderiam mais retornar. O grupo se retirou, com a consciência de que a cobertura seria prejudicada, não pela falta de vontade e esforço dos jornalistas, mas sim pelas restrições da produção.
Logo em seguida um dos produtores procurou a reportagem pessoalmente e solicitou o retorno ao palco. Um dos motivos dessa solicitação partiu do radialista Josias Nunes que explicou à produção que a noite não poderia ser prejudicada pela ausência da mídia. A partir daquele momento o tratamento dado foi exemplar, um grupo de jornalistas se posicionou junto aos principais organizadores do evento e teve liberdade total na cobertura.
A cantora Cassiane, entretanto, se atrasou, mas atendeu a imprensa após o show, a produção da artistas, antes da entrada do repórter para a entrevista, questionou o “tipo” de perguntas que seriam formuladas e se a entrevista seria demorada, já que a artista estava cansada.
No sábado, o cantor Dudu Nobre, deu um exemplo de recepção, não fez nenhum tipo de restrição, atendeu a todos sem problema ou preconceito com o órgão de comunicação que representavam. Ao lado da família respondeu as questões solicitamente, não filtrou os repórteres antes de terem acesso ao seu camarim, nem mesmo quis saber o que lhe seria perguntado.
No domingo, 13, o grupo de jornalistas teve que aguardar serem chamados para entrevistar a dupla Guilherme e Santiago. Os jornalistas esperavam pela ordem nas escadarias de acesso ao palco. A reportagem do O Grito se retirou da festa.
Dificuldade semelhante foi encontrada no último show comemorativo, durante a apresentação da banda Skank. Os fotógrafos se depararam com dificuldades para acessarem o palco e desenvolverem seu trabalho.
Desde a fundação do blog O Grito, em novembro de 2007, a reportagem nunca encontrou problemas em entrevistar personalidades. No currículo do blog contam entrevistas com astros como Lô Borges, Alcides Nogueira, Pena Branca, Chico César, Daniel, Domingos Meira, Karina Michelin, dentre outros. Artistas que compreendem que a imprensa faz parte de sua história e sem divulgação não se fazem astros.
A reportagem respeita o tempo certo das entrevistas e compreende que realmente são necessárias algumas restrições, mas também entende que os profissionais da comunicação devem ser tratados como verdadeiros profissionais e espera que nos próximos eventos seja criada estrutura para receber os jornalistas de forma digna, fica como sugestão a realização de coletivas, hábito que era comum em décadas passadas mas que se perdeu ao longo dos anos, ou a divulgação prévia da forma como será o tratamento com cada astro.

Botucatu fica com o título de campeã dos Jogos Regionais do Idoso

Terminou no final da manhã de domingo, dia 13 de abril, os 12º JORI - Jogos Regionais do Idoso. Botucatu confirmou a conquista do título, somando 93,5 pontos. A segunda colocação ficou com o município de Assis, com 77 e Sorocaba, após a conquista do terceiro lugar no voleibol feminino, superou São Manuel, ficando com 56 pontos.
Antes da entrega dos troféus aos três primeiros colocados os atletas fizeram uma verdadeira festa na quadra do Ginásio Municipal de Esportes. Ao som de machinhas de carnaval e acompanhados pela equipe de apoio dos Jogos, eles invadiram a quadra e forma responsáveis pelo encerramento oficial da competição. 'Eles fizeram a festa encerramento, emocionando a todos nós que organizamos e participamos desta competição', finalizou o prefeito de Botucatu, Antonio Mário Ielo.
A primeira dama de Botucatu, Roseli Ielo, juntamente com a atleta do atletismo, Teruko Kawabe, recebeu o troféu de campeã geral dos Jogos Regionais do Idoso das mãos do prefeito Antonio Mário Ielo.

Botucatu classifica-se em 6º lugar na Dança de Salão

Na noite de sábado, no ginásio da Associação Atlética Ferroviária, os competidores dos 12º JORI - Jogos Regionais do Idoso puderam disputar a classificação na modalidade de dança de salão.
Sincronismo, variedades de passos, leveza e ritmo foram os aspectos avaliados nos dançarinos. Samba, bolero, valsa e tango foram os quatro estilos que foram avaliados na competição.
Botucatu foi representada pelo casal Raimundo Nepomuceno e Dilma Palomo Franco, que conquistou o 6º lugar. 'Ensaiamos e nos esforçamos bastante para coordenar os movimentos do corpo e desenvolver os passos que aprendemos no momento exato. Foi muito gratificante representar Botucatu', afirma Dilma.
O casal foi ensaiado pelos professores Mônica Morelli e Fábio Gonçalves. A cidade de Salto realizou também uma bela apresentação e conquistou o 1º lugar, ficando em 2º a cidade de Tatuí e em 3º Avaré.

Botucatu vence a 12ª edição dos Jogos Regionais do Idoso

Com os resultados obtidos na manhã de sábado, dia 12 de abril, a equipe de Botucatu venceu os 12º JORI - Jogos Regionais do Idoso, que tiveram início na noite da última quarta-feira. Botucatu, antes mesmo da prova de dança de salão, realizada na noite de sábado, somou 87,5 pontos na contagem geral.
Com essa pontuação Botucatu não poderia mais ser alcançada pela segunda colocada, Assis que somava 72, mas não tinha mais nenhuma decisão para realizar. A terceira colocação estava com São Manuel, que tinha 48,5 pontos, mas ainda poderia perder a colocação para Itu, Águas de Santa Bárbara ou Ourinhos, que tinham 46, 45 e 43 respectivamente.
No sábado a cidade obteve resultados expressivos. No atletismo a equipe botucatuense ficou com a primeira colocação no feminino e no masculino. Na modalidade de buraco Botucatu obteve a segunda colocação. No truco a dupla botucatuense ficou com o terceiro lugar e na malha conquistou a quarta colocação.
A última modalidade disputada no sábado foi a dança de salão, onde a dupla botucatuense, formada por Raimundo Nepomuceno e Dilma Palomo Franco, ficou com a sexta colocação.
O prefeito de Botucatu, Antonio Mário Ielo ficou entusiasmado com o resultado obtido pelos atletas botucatuenses. 'Ficamos muito contentes, pois mostra a força do nosso município no esporte. Os nossos atletas estão de parabéns', comentou.
Ielo também destacou a receptividade que a população deu aos atletas da terceira idade. 'O botucatuense está de parabéns, pois receberam muito bem todas as delegações. Isso mostra que a nossa cidade não é apenas solidária, mas também hospitaleira', finalizou o prefeito.

Botucatu é campeão geral na modalidade atletismo

A delegação botucatuense de atletismo conquistou grandes resultados na manhã deste sábado, 12 de abril, e garantiu o primeiro lugar da classificação geral nas categorias masculina e feminina da modalidade, na 12ª edição dos Jogos Regionais do Idoso.
Pela categoria “A” 60 a 65 anos, a atleta Nair Martins de Souza fechou a prova dos 2.000 metros na vice-liderança e ficou com a medalha de prata. “Foi maravilhosa a competição, isso é tudo o que a gente quer, gosta e necessita. Essa é minha quarta participação nos JORI, mas a primeira no atletismo”, comentou Nair.
Já na categoria “C” 70 a 74 anos, José Antonio Felix e Maria Nair Belini se consagraram campeões na prova dos 1.000 metros. “Nem imaginava que fosse obter um resultado tão bom. Estou muito feliz também de ter conhecido bastante gente e feito muitas amizades”, contou Maria.
Os representantes botucatuenses da categoria “D” acima de 75 anos nas provas de 1.000 metros foram Teruko Kawabe, que garantiu a medalha de bronze, e Givaldo Caetano, que se tornou campeão da modalidade. “Há 62 anos que pratico o atletismo. Estou muito feliz com o resultado”, completou o maratonista.
Na categoria “B” 66 a 70 anos, o atleta de Botucatu Otacílio César Nascimento também conquistou a medalha de ouro para a cidade na prova dos 2.000 metros. Não houve representante feminina nesta categoria.
O botucatuense Cirilo Ferreira dos Santos competiu na categoria “A” 60 a 65 anos e terminou a prova na nona colocação. Vale lembrar que os três melhores colocados têm vaga garantida nos Jogos Abertos do Idoso, que serão disputados de 11 a 15 de junho na cidade de São José dos Campos.

Botucatu conquista medalha de bronze no truco dos JORI 2008

Os representantes botucatuenses da modalidade truco, Antonio Lopes e Renato Conte, conquistaram na manhã deste sábado, 12 de abril, a medalha de bronze na 12ª edição dos Jogos Regionais do Idoso.
Com este resultado obtido sobre a dupla Adolfo e Alcides, de Palmital, Botucatu garantiu uma vaga para disputar os Jogos Abertos do Idoso, que serão realizados de 11 a 15 de junho deste ano na cidade de São José dos Campos. Os outros classificados para a competição foram Sorocaba e Angatuba, primeiro e segundo colocados, respectivamente.
Já pela modalidade malha, os atletas de nossa cidade, Adão Herculano, Idalino dos Santos e Sebastião José Francisco, fizeram duas partidas neste sábado, conquistando uma vitória sobre Itu por 34 a 16 e sofrendo uma derrota para Ourinhos por 16 a 04.
O jogo contra Ourinhos definiu 3º e 4º lugares e a última vaga para os Jogos Abertos do Idoso. O título da modalidade ficou com a equipe de Paraguaçu Paulista, que venceu São Manuel na final por 30 a 28.


Dominó –
As representantes da modalidade dominó de Botucatu, Ivone Marques dos Santos e Amélia Visentim, encerraram a participação nos JORI 2008 na manhã deste sábado, 12 de abril, com uma vitória sobre Candido Mota e uma derrota para Assis.
Outras informações sobre os Jogos Regionais do Idoso podem ser conferidas no site www.joribotucatu.sp.gov.br.

Botucatu conquista 3º lugar na modalidade de Coreografia

Na noite de sexta-feira, dia 11 de abril, foi realizada a disputa da modalidade coreografia dos 12º JORI – Jogos Regionais do Idoso. Cinco jurados tiveram a responsabilidade de julgar a apresentação de equipes de 25 cidades.
A prova foi realizada no Ginásio Municipal de Esportes e contou com a participação de Sorocaba, Paraguaçu Paulista, Assis, Salto, Itu, Promissão, Itapeva, Piratininga, Cândido Mota, Pederneiras, Botucatu, São Manuel, Bofete, Palmital, Angatuba, Tatuí, Águas de Santa Bárbara, Marília, Tarumã, Maracaí, Jaú, Lins, Santa Cruz do Rio Pardo, Lençóis Paulista e Ourinhos.
Cultura Japonesa, Anos 80 e preservação do meio ambiente, foram alguns dos temas abordados pelas equipes. Ao final de cada apresentação o bom público que compareceu para prestigiar a prova aplaudia com entusiasmo o desempenho dos dançarinos. A prova teve duração de cerca de três horas.
Botucatu foi a 11ª cidade a se apresentar. O tema escolhido pelos coreógrafos Flavinho Alves e Flávia Fazzio, foi a lenda da Mãe do Ouro. “Este tema se insere no folclore brasileiro e principalmente regional. Reza a lenda que a Mãe do Ouro é uma mulher de cabelos de fogo que cruza as montanhas como uma bola ígnea, deixando um rastro dourado no céu e onde ela cai é sinal certo de um tesouro”, explica Flávia.
A apresentação contou com 14 dançarinas com idade entre 60 e 74 anos e teve a duração aproximada de quatro minutos. De acordo com os coreógrafos, os passos foram desenvolvidos dentro das especificações da modalidade, trabalhando com respeito à harmonia do conjunto e a utilização do espaço cênico.
No final das apresentações a expectativa era grande entre os participantes que esperavam o resultado final. As três primeiras colocadas se classificaram para a fase estadual dos Jogos Regionais do Idoso, que será realizada em São José dos Campos, entre os dias 11 e 15 de junho.
Já com as equipes na quadra, dançando e se confraternizando, o locutor fez o anúncio das três cidades classificadas para a fase estadual dos JORI.
A primeira colocação ficou com Sorocaba, que apresentou a coreografia ‘Ladies & Glamour’, em segundo ficou a coreografia ‘Brasil: Centenário da Imigração Japonesa’, apresentada pela equipe da cidade de Águas de Santa Bárbara.
Para o delírio do público, Botucatu, com a coreografia ‘Tributo à Mãe do Ouro’ ficou com a terceira colocação, também se classificando para a fase estadual. “É claro que a competição é um ingrediente importante para estimular o grupo, mas não é o único. O processo todo, vários ensaios, convivência diária, compartilhar emoções, dificuldades e vitórias.
É o espírito dos JORI, estamos muito felizes e orgulhosos com o resultado”, finalizou Flávia Fazzio.