fevereiro 14, 2008

Documentário sobre tatuagem



Documentário criado em 2004, para um trabalho acadêmico da faculdade de Passo Fundo, para aturma de publicidade e Propaganda. O contexto do documentário era escolher qualquer profissão e fazer um documentário falando sobre a mesma. Escolhemos a profissão de Tatuador e gravamos várias imagens com o Tatuador Fofo, de Passo Fundo - RS.


Produção:
Renan Tiago Ceolin (Grosso)
Renan Soso (Pilha)
Rodrigo Molina (Bolinador)
Tiago Diersmann (Schultz)
João Bressan (O cara que não emprestou a memória)
Laércio da Cunha (Lalas)

Itatinga sondada para as gravações do filme Menino da Porteira

Prefeito Biguá, Gilson e Apolo

Por Adauto Nogueira
Do site Itatinga News


No começo desta semana o cineasta Gilson de Góes Maciel esteve em Itatinga, onde se reuniu com o prefeito Lineu Adalberto Barnabé “Biguá” e assessorias, para discutir a possibilidade do aproveitamento de fazendas do município para cenário de parte da refilmagem de “O Menino da Porteira”, uma mega-produção estimada em R$ 12 milhões, que desta vez terá como um dos atores principais o cantor Daniel, no papel do boiadeiro Diogo.
De acordo com Maciel, as gravações estão previstas para o início de Abril e serão feitas em três núcleos: uma na cidade cenográfica que será construída em Paulínia-SP, outra na cidade de Brotas-SP(terra Natal de Daniel) e uma outra que tenha ainda uma fazenda com perfil dos anos 40, época que antecede a migração do homem do campo para a cidade.
Para avaliação da direção geral da produtora, Gilson Góes fotografou as fazendas Santa Maria e a Fazenda de Nenê Rocha, localizada na estrada para Angatuba.Image Esta última, cuja a sede ainda mantém a arquitetura da época da escravidão, reúne boa parte das condições para gravação da casa do fazendeiro Major Batista(outro personagem importante do filme), cuja a sinopse é a seguinte:
“O boiadeiro Diogo, ao trazer uma boiada para o Major Batista, de Ouro Fino, passa pelo Sítio Remanso e trava amizade com o menino Rodrigo, que sempre abre a porteira para a passagem do gado.
Diogo entrega a boiada para o Major, e reage ao modo truculento como é tratado. No vilarejo é procurado por sitiantes, que lhe revelam a maneira violenta como o Major domina a região, forçando-os vender gado e terras pelo preço que impõe. Contra os que recusam costuma usar a fúria de seus capangas.
Diogo aceita levar o gado dos pequenos criadores para que seja vendido em melhores condições, em outra região. O Major reage ordenando a seus homens, que expulse o peão da cidade.
Diogo se envolve com Juliana, a enteada do Major.
Começa então a recolhida que concentrará o gado no Remanso.
Na Ouro Fino, o Major trama uma vingança. Os capangas provocam um estouro da boiada. O menino é ferido de morte.
Na seqüência, Diogo lidera a reação para que se faça justiça. Ele e Otacílio revidam e arremessam toda a boiada contra a casa da fazenda do Major e liquidam o bando.
Na manhã cinzenta o menino é sepultado sob forte comoção dos presentes.
Diogo deposita seu berrante sobre a sepultura do menino e parte solitário, ao som da música “O Menino da Porteira”, até desaparecer no horizonte.
A produtora desse longa-metragem é a JerêFilmes – Jere Moreira Produtora de Filmes e Vídeos Ltda -., criada em 1992 pelo diretor Jeremias Moreira , que dirigiu e co-produziu entre 1976 e 1978, como sócio da Topázio Cinematográfica, os filmes “O Menino da Porteira” e “Mágoa de Boiadeiro”, dois dos maiores sucessos do cinema brasileiro.
O projeto estima um público de 75.000.000 de pessoas assistam o filme, registrado na Ancine sob o número 4471/2005.
“Vamos fazer tudo o que pudermos para essa gravação ocorra em Itatinga. Isso, além de imediatamente trazer divisas econômicas, será o carro-chefe na divulgação do nome da nossa cidade”, garantiu o prefeito Biguá.

Definidas semifinais do voleibol nos Jogos de Verão 2008

Secretaria Municipal de Comunicação

A equipe feminina de voleibol da Prefeitura Municipal de Botucatu entrou em quadra nesta quarta-feira, 13 de fevereiro, e foi derrotada pelo BTC por 2 sets a 0, com parciais iguais de 25/11. A partida valeu pelos Jogos de Verão 2008, que estão sendo organizados pela Secretaria de Esportes.
Em seguida, ainda pela categoria feminino, a representação do CDV bateu o time do Supermercado Edu por 2 sets a 1 na primeira semifinal da modalidade, com parciais de 25/08, 23/25 e 15/06. Agora a equipe espera o vencedor do duelo entre BTC e Clube APV.
No último confronto da noite, a Duratex venceu a Medicina/Unesp por 2 sets a 0, com parciais de 25/18 e 25/17, e se classificou na categoria masculino para a seqüência da competição. A rodada de quarta-feira foi disputada no Ginásio II da Associação Atlética Botucatuense.
Nesta quinta-feira, 14 de fevereiro, o Ginásio do Botucatu Tênis Clube recebe três partidas que definirão os finalistas dos Jogos de Verão 2008.

Confira abaixo os jogos:
19 horas: masculino – Duratex X Embraer
20 horas: feminino – BTC X Clube APV
21 horas: masculino – Clube APV X Medicina/Unesp

Fundo Social e Secretaria de Esportes farão seletiva para os JORI

Secretaria Municipal de Comunicação - Botucatu

A Prefeitura de Botucatu, através do Fundo Social de Solidariedade e da Secretaria Municipal de Esportes, está convidando todas as equipes esportivas de Botucatu composta por idosos com 60 (sessenta) anos ou mais para participar da seletiva para os 12º Jogos Regionais do Idoso – JORI.
As equipes que tiverem o interesse em participar da competição devem fazer a inscrição no Estádio Municipal Professor João Roberto Pilan, na Vila Ferroviária, com a professora Mariuza Carvalho. O telefone para contato é 3815-8295.
Os Jogos Regionais do Idoso será realizado em Botucatu, no período entre os dias 09 e 13 de abril. Estarão em disputa as modalidades de vôlei, natação, atletismo, malha, xadrez, dama, tênis de mesa, truco, buraco, bocha, dominó, dança de salão e coreografia.

Botucatu terá Museu Biológico de Animais Peçonhentos

Secretaria Municipal de Comunicação

O CEVAP - Centro de Estudos de Venenos e Animais Peçonhentos da Unesp, em parceria com a Prefeitura de Botucatu, através da Secretaria Municipal de Turismo e Lazer, pensando no sério problema de saúde pública causado por acidentes com animais peçonhentos, reservou uma área exclusiva para visitação pública e ensino monitorado. Trata-se do Museu Biológico de Animais Peçonhentos.
Os acidentes com animais peçonhentos se constituem em problema de saúde pública para o Brasil, pois, a cada ano, segundo dados oficiais, o Ministério da Saúde recebe cerca de 20.000 notificações de acidentes causados por serpentes, escorpiões, aranhas, abelhas, entre outros. Em Botucatu, 100 desses casos são registrados anualmente.
O Museu Biológico de Animais peçonhentos encontra-se preparado para receber toda a população em geral e em especial os alunos das escolas de ensino fundamental e médio. Os objetivos desse projeto são os de receber alunos e professores para ensinar o reconhecimento, a biologia, o comportamento e os primeiros socorros frente a um acidente.
As monitorias do Museu serão feitas por uma equipe de cinco estagiários selecionados pela Secretaria de Turismo, que receberão aulas teóricas e praticas de pós-graduandos da Faculdade de Medicina Veterinária, além de material didático fornecido pelo CEVAP para estarem aptos e capacitados para tratar do assunto, e durante as visitas, profissionais do Centro darão todo o apoio necessário.
A previsão de inicio das atividades é para o mês de março. Mais informações podem ser obtidas entrando em contato com a Secretaria de Turismo, pelo telefone 3882-1315, ou no CEVAP pelo telefone 3814-5446.

Daniel jogará em Botucatu no final do mês


Secretaria Municipal de Comunicação


No próximo dia 24 de fevereiro, domingo, o cantor Daniel estará participando da final da 7ª Copa Laércio Policastro de Futebol Veteranos, que será realizada no Estádio Doutor Acrísio Paes Cruz” – Ferroviária. A rodada está marcada para ter início as 13h30.
O jogo final será entre as equipes do Botucatu Fazendo Caridade, defendido pelo cantor Daniel e seu empresário Hamilton Régis Policastro, e da Associação Atlética Botucatuense/Serralheria São Luis. Na preliminar decidem o terceiro lugar as equipes da AA Ferroviária e Dinamite FC.
O jogo terá um caráter beneficente e o ingresso deve ser trocado por 2 quilos de alimentos não perecíveis. A troca do ingresso poderá ser feita a partir da tarde desta sexta-feira, dia 15, no prédio da Prefeitura Municipal, Ginásio Municipal de Esportes, AA Ferroviária e Estádio Municipal Professor João Roberto Pilan.
As pessoas que adquirirem o ingresso para a partida estarão concorrendo a sorteios de diversos brindes, sendo nove bicicletas, uma TV de 29 polegadas, três aparelhos de DVD e um fogão.
Os brindes foram doados por várias empresas e entidades, como Eletrônica Jamas, Associação Atlética Botucatuense, Casa Pincelli, Serralheria São Luis, Copical Tintas, Rosa Turismo, Farmácia São Bento, Eletro Casagrande, A Libanesa, Comercial B&B e Areia Rays.

Arena Cross: competição deve ser marcada pela disputa entre pilotos e marcas


A primeira etapa da temporada 2008 do Arena Cross, que vai ser realizada no dia 1º de março, em São Manuel/SP (255 km da capital), deve ser marcada não só pelas disputadas entre pilotos, mas também pela concorrência entre as fábricas de motos. Quando cair o gate de largada os pilotos levam consigo não só a torcida de seus fãs e torcedores, mas também a expectativa das marcas que vão representar durante as oito etapas da competição.
A Honda, que na temporada 2007 faturou os títulos das categorias MX1, MX2 e 85cc, entra na disputa da MX1 com o atual campeão do Arena Cross, Leandro Silva (PR), e Wellington Garcia (GO), campeão no ano passado na MX2 e que estréia na categoria principal. A Honda também estará apoiando a equipe dos pilotos Denis Cordeiro e Fábio Correa.
Já a Yamaha, mantém Pipo Castro (SC), bi-campeão da MX1 (2005/2006), como seu principal trunfo. Comenta-se também nos bastidores que a equipe poderá contar com o reforço do piloto americano Scott Simon. A KTM vai disputar a competição com dois pilotos bastante experientes: Rafael Ramos (SP), campeão em 2001, e Massud Nassar (MG), 7º colocado no ano passado. A Suzuki vem como uma estratégia um pouco diferente e aposta em jovens revelações. A equipe vai contar com Ari Paschoal (SP), que disputou a MX2 no ano passado e Felipe Grimberg (SP), que fará sua segunda temporada na MX1.
Quem também promete entrar com força e não deixar a disputa do título somente entre os pilotos das fábricas é a Pro Tork. O “team” privado que participa do Arena Cross há vários anos, joga suas fichas em Roosevelt Assunção (SP), vice-campeão em 2006.
Na MX2 a “briga” das fábricas também promete ser intensa. A Honda vem com um time recheado de “feras”, começando pelo paranaense Jean Carlos Ramos, que volta a disputar a MX2 depois de ser o terceiro colocado na MX1 em 2007, e pelos paulistas Thales Vilardi (3º na MX2 em 2007), Marcelo Lima “Ratinho” (5º na MX2 em 2007) e Dudu Lima (7º na MX2 em 2007). A Yamaha não deixa por menos e vai competir com Davis Guimaraes e Lucas Moraes. Na Suzuki, a aposta é em César Augusto Popinhak. A KTM mantém o carioca Swian Zanoni, vice-campeão no ano passado.
Serviço – A primeira etapa do Arena Cross será realizada em uma área localizada às margens da Rodovia Tharcilio Baroni, em São Manuel. Os treinos estão programados para às 14h (livres) e 16h30 (cronometrados). A abertura oficial está prevista para às 19h00, com as provas começando às 19h30. O ingresso deve ser trocado por 02 kg de arroz nos seguintes pontos: Supermercados Jau Serve (Botucatu, São Manuel e Lençóis Paulista), Concessionária Honda em Botucatu e Concessionária Yamaha em Botucatu. Os patrocinadores do Arena Cross são Honda e Gol, com co-patrocínio de Yamaha, Peels e Metzeler. O apoio é da Prefeitura de São Manuel, Rádio Criativa FM, Rádio Integração, Rádio Hot 107 e revista Moto.

.

Suspensão do sistema de cotas


Como uma pessoa bem informada que você é, creio que leu em algum lugar a respeito da suposta suspensão do sistema de cotas na Universidade Federal de São Catarina.
Para quem não sabe, o sistema de cotas é adotado pelas universidades públicas, a fim de "reservar" uma porcentagem das vagas a alunos negros, índios e ex- alunos de escolas do governo. Mas na verdade, é mais uma vergonha assinada pelo Sr. Presidente visando o mercado escolar.
Com esse intuito de lucro, as escolas deixaram no passado valores como a honra e até mesmo a própria educação para visar o consumismo e a competição.
O nível das escolas públicas do país está deplorável, os professores estão desmotivados assim como os alunos, que para passar de ano necessitam apenas de 75% da presença, pois a aprovação está garantida com o "passaporte livre" da progressão continuada.
A sabedoria, hoje, é um luxo para poucos, pois nesse nosso país emergente quem quer educação paga por isso. E paga caro.
Nossos quatro meses de impostos pagos com suor vão diretamente aos bolsos gordos e sedentos do capitalismo. E a educação e saúde ficam sempre para depois...
O número de faculdades de "boca de estrada" aumentou drasticamente. Promovendo ainda mais o mercado da educação e tornando o país um dos últimos na lista dos melhores do mundo em termos de aprendizado.
Por enquanto nada disso vai mudar, pois para o governo é muito mais fácil assinar um papel "doando" algumas vagas em vez de "tapar" o buraco negro de suas escolas e dar um futuro melhor ao NOSSO país.
As cotas para estudantes de escolas públicas é a maior prova do comodismo desses políticos e da hipocrisia nojenta que os ronda.
A lei para as cotas é o atestado de falência da educação no Brasil.
Cotas para índios e negros servem para o que?Pelo que eu saiba a melanina determina a pigmentação da pele, não o grau de inteligência...
O investimento no aprendizado deve ser urgente pois a educação está em extinção!
Mas, infelizmente, o país jamais vai sair dessa lama enquanto não trocar os porcos e limpar o chiqueiro...

ABR.3 apresenta show renovado na UP neste sábado



O grupo ABR.3 é a atração deste sábado, dia 16, a partir das 23 horas, da UP Club, em Botucatu. Dando seqüência a turnê do CD Abstrato, mas agora com um show renovado, Bruno Suman, André Nascimento, Pedro Langona e Rafael Basso, retornam à casa onde a banda começou.
Entre os destaques do show estão novidades como covers de grupos NX Zero, Fresno e Simple Plan. Depois dos sucessos de “Aquele Olhar” e “Só Você”, o ABR.3 estará apresentando a nova música de trabalho: "Viciado em Você". “Tenho certeza que a galera vai gostar e cantar junto com a gente”, garante o guitarrista Pedro Langona.
O vocalista Bruno Suman faz um convite especial para o público de Botucatu. “É sempre bom tocar na Up Club, pois é uma casa onde a gente fica muito à vontade e sempre fomos muito bem recebidos”, explica. O baterista André Nascimento aproveita para lembrar “que o CD Abstrato pode ser encontrado em Botucatu nas lojas Yabba Dabba e Sleeper CS’s”.
“Quem quiser conhecer um pouco melhor nosso trabalho também pode navegar nos sites www.abr3.com.br e www.myspace.com/bandaabr3”, convida o baixista Rafael Basso.
Os ingressos para o show na UP podem ser encontrados na Yabba Dabba, MC Donald´s, Up Club e com os promoters a R$ 12,00 (homens) e R$ 15,00 (mulheres). Mais informações pelo telefone: (14) 3813-6541.

MTV retorna ao ar após permanecer quase um mês sem sinal

Por Renato Fernandes

A emissora MTV, especializada em programação musical, retornou ao ar na tarde de terça-feira, dia 12 de fevereiro.
Segundo o Operador de TV, Ilson Tavares, responsável pela manutenção das antenas retransmissoras de Botucatu, o canal estava sem sinal desde o dia 13 de janeiro, quando seu retransmissor foi atingido por um raio. “O raio queimou tudo e como o retransmissor estava na garantia teve que retornar para a fábrica para passar por manutenção”, explica Tavares.
Ilson acrescenta que a situação da emissora é semelhante a dos canais Bandeirantes, Rede TV e Cultura. “São canais que possuem apenas um retransmissor e quando acontecem problemas como esses acabam ficando sem sinal”, disse.
De acordo com o operador, existe a possibilidade de reduzir a potência de emissão do sinal, mas no caso da MTV a possibilidade foi descartada. “O retransmissor queimou totalmente e não pudemos fazer nada para manter a emissora no ar durante esse período”, disse.
Os equipamentos de retransmissão ficam no Jardim Paraíso.

Notívagos está com inscrições abertas para oficinas de teatro

Por Renato Fernandes

A quadrilha Teatral Notívagos Burlescos já abriu o período de inscrições para o ciclo de oficinas promovidas através da Secretaria Municipal de Cultura.
Segundo o diretor responsável pela quadrilha, Robert Coelho, estão disponíveis 30 vagas para a Oficina de Iniciação, Núcleo de Improviso e o Núcleo de Montagem. “As Oficinas de Iniciação são realmente para aquelas pessoas que estão começando, o Núcleo de Improviso é uma espécie de fase intermediária e o Núcleo de Montagem já é reservado para as pessoas que tenham alguma experiência, ou que participaram do ciclo de oficinas no ano passado”, explica Coelho.
De acordo com ele, o objetivo é montar o espetáculo Mirabelli com os atores que integram o Núcleo de Montagem. “Existe a possibilidade de utilização de alguns elementos do Núcleo de Improviso nessa produção“, disse.
A intenção de Coelho é estrear o espetáculo até o mês de julho, mas ele antecipa que essa não é uma data fechada e que o cronograma depende do andamento das oficinas.
As inscrições podem ser efetuadas pessoalmente, de forma gratuita, na Secretaria Municipal de Cultura ou através do endereço eletrônico: notivagosburlescos@yahoo.com.br. Vale lembrar que as atividades terão início no dia 3 de março.
A “Oficina de Iniciação Teatral” é destinada para pessoas com idade acima de 14 anos, com pouca ou nenhuma experiência de teatro, e será oferecida todas as terças-feiras, das 19 às 22 horas.
A Secretaria fica na Avenida Dom Lúcio, 755. Informações: (14) 3882-0133.

Horário de verão termina sábado


relojes web gratis

Da Assessoria de Imprensa da CPFL

Termina neste sábado, dia 16 de fevereiro de 2008, a 34ª edição do Horário de Verão. Os relógios devem ser atrasados em uma hora à meia noite de sábado. Essa edição do Horário de Verão, versão 2007/2008, teve início dia 14 de outubro de 2007, com duração de 126 dias. A aplicação do Horário de Verão nesse período permitiu um melhor aproveitamento da luz natural, em função da defasagem em relação ao horário normal, já que os dias ficaram mais longos.

Com o horário de verão, além do melhor aproveitamento da luz natural, há uma queda na demanda máxima do sistema elétrico pelo deslocamento da curva de carga para fora do horário de pico habitual, entre 18 e 21 horas. Esse efeito alivia o carregamento dos sistemas de transmissão e distribuição de eletricidade, principalmente nas regiões Sul e Sudeste, onde o consumo de energia é mais intenso.
Na região atendida pela distribuidora de energia elétrica CPFL Paulista, foi contabilizada uma redução da ordem de 1% no consumo de eletricidade e de 1,4% na demanda no horário de ponta, para o período de outubro a fevereiro, em função do Horário de Verão. A economia de consumo de eletricidade nas 234 cidades do interior paulista atendidas pela CPFL Paulista atingiu 76.587 MWh, o suficiente para atender uma cidade do porte de Campinas, com 1,1 milhão de habitantes, por 11 dias. Com esse mesmo volume de energia elétrica, seria possível abastecer Ribeirão Preto por 21 dias, ou São José do Rio Preto por 37 dias, ou ainda Bauru durante 41 dias.

Ciclovia na Gastão Dal Farra depende do Governo do Estado




Por Renato Fernandes


O secretário municipal de Obras de Botucatu, Rubens Bicudo, disse ontem em entrevista à Rádio Clube FM (Botucatu), que a criação de uma ciclovia na Rodovia Gastão Dal Farra depende única e exclusivamente do Governo do Estado.
“Infelizmente para os moradores dessa região esse rodovia, que para mim mais se parece com uma avenida, pertence ao Estado e é necessário que ele repasse a concessão ao município para realizarmos uma obra dessa natureza”, disse.
Em dezembro de 2007, a ONG Nascente colocou um boneco em tamanho natural, sentado em uma bicicleta no acostamento da rodovia, na altura do quilômetro 4.
A manifestação pede a instalação de uma ciclovia ligando os bairro Demétria e o Lavapés.
Parte dos moradores do bairro Demétria é constituída por trabalhadores rurais. Famoso pelo estilo de vida que preza pela preservação do meio-ambiente e agricultura orgânica, a bicileta é um importante meio de transporte para os moradores da Demétria.
A ciclovia também favoreceria alunos da escola Aitiara que poderiam substituir o ônibus pelos pedais. A reivindicação tem um forte apelo ecológico e pede pela preservação do cerrado.

Leia mais sobre ciclovia. Clique Aqui
Leia mais sobre bicicleta. Clique Aqui