janeiro 13, 2008

Sabesp fechou 2007 com 107 contratos renovados

Assessoria de Comunicação - Sabesp

Um ano de mudanças e metas ambiciosas para o saneamento. Com esse espírito, a Sabesp chega em 2008 cumprindo seu compromisso de assinar os contratos de programa e convênios de cooperação com 107 municípios do Estado de São Paulo, em uma cerimônia realizada no dia 28/12, na sede da empresa, com a presença dos prefeitos, vereadores e demais autoridades e empregados da companhia.
“No início do nosso trabalho, tanto o Governo do Estado como a Secretaria de Saneamento e
Energia estabeleceram uma diretriz muito importante, centrada especialmente na renovação
de todos os contratos vencidos e vincendos dos municípios com a Sabesp. Hoje, esse objetivo está sendo concretizado por meio da assinatura de mais 40 contratos, alcançado o número de cem municípios”, informou o presidente Gesner Oliveira, para o qual esse trabalho somente foi possível graças ao envolvimento e à participação das parcerias que foram criadas ao longo desse tempo de acertos e conversas.
“Foram vários os parceiros que apoiaram e lideraram esse processo na secretaria, na empresa e, principalmente, nos municípios – nossos principais clientes”.
Com isso, a Sabesp rompe aquela situação de impasse e conquista a estabilidade contratual, permitindo, assim, uma perspectiva de bons serviços de saneamento, com metas claras e em períodos relativamente curtos. “Em 2010, serão mais de 200 municípios com 100% de tratamento e isso é uma amostra do que consideramos ideal e do que deve ser obtido. Não podemos perder de vista o foco no cliente e na boa prestação de serviços, pois isso está diretamente vinculado à meta de aumentar a satisfação de nossos clientes que, neste caso, são os municípios, seus prefeitos, representantes e, obviamente, os usuários”, completou Gesner.
A empresa duplicou o patamar de investimentos no saneamento ambiental, outra de suas prioridades, e a previsão é que entre 2007 e 2010 sejam investidos cerca de R$ 6 bilhões para se alcançar uma infra-estrutura adequada para todo o Estado. Para se ter uma idéia das dimensões e da preocupação com essa questão, juntos os 40 municípios presentes ao evento receberão aproximadamente R$ 500 milhões de investimentos para beneficiar uma população de 350 mil pessoas. “Quando eu assumi o cargo de prefeita, eu tinha uma pendência a resolver referente à concessão dos serviços de água e esgoto. Fiz questão de ouvir o que a minha população desejava e percebi que o que eles queriam de fato era continuar com a Sabesp.
Em respeito a isso, estou aqui honrando essa decisão”, afirmou Ana Maria Matoso Bim, prefeita de Fernandópolis, que também representou todos os administradores municipais, ao explicar a decisão das cidades de assinar os contratos com a Sabesp.
Dilma Pena lembrou, em seu discurso, o dia da posse de Gesner Oliveira, em janeiro de 2007 quando traçaram as grandes diretrizes para o saneamento básico nos quatro anos do governo de José Serra: “Conseguimos plantar os alicerces desse programa de trabalho, do qual um é a renovação das concessões e temos convicção de que a manutenção do padrão da prestação dos serviços depende disso, inclusive para a continuidade dos investimentos no setor.
A secretária parabenizou a Sabesp pelo trabalho sério realizado por todos, com uma menção especial ao diretor de Sistemas Regionais, Umberto Semeghini, e também sua equipe, o qual, em sua opinião, mesmo com os desafios impostos, mostrou perseverança e tranqüilidade. “É fundamental e urgente sanear, é preciso acabar o quanto antes com o uso nefasto dos recursos hídricos que é a diluição dos esgotos nos corpos de água. A forma é tratar antes de lançá-los nos efluentes dos rios e córregos e é o que estamos fazendo. Com a criação da Arsesp, o Estado se torna mais gestor e não produtor, beneficiando não só a si mesmo como o pais. O Estado deve ser moderno e competente e passar segurança nas relações entre os prestadores de serviços públicos e privados e entre os consumidores. A defesa do interesse publico é paradigma deste governo, pois é isso o que realmente move o desenvolvimento sustentável. Assim como a educação, para o Estado o saneamento é um investimento de retorno certo e seguro. Graças ao abastecimento vários municípios reduziram o índice de mortalidade, como por exemplo, Cássia dos Coqueiros, aqui presente, que reduziu seu índice a zero, uma grande conquista. Mas sabemos que ainda há muito a se fazer e estamos prontos para o desafio”, finalizou a secretária Dilma Pena.
Regional de Botucatu
Entre os 40 municípios que firmaram contratos e convênios de cooperação, em evento realizado no dia 28 de dezembro, no auditório da Sabesp, em São Paulo, quatro pertencem à Unidade de Negócio Médio Tietê, cuja sede da superintendência está lotada em Botucatu. São eles: Anhembi, Arealva, Bocaina e Porangaba.

Pólo Cuesta terá documentário em março

Por Renato Fernandes

produtora de vídeo Holooptica deverá estrear deverá estrear um documentário a respeito do Pólo Cuesta em março.
O documentário faz parte do Projeto Continuum e será dividido em duas versões, edição do diretor, com aproximadamente uma hora de duração e outra versão de 20 minutos para ser exibida no estande do Pólo Cuesta, em eventos e feiras de turismo.
Segundo Luciano Fabris, um dos idealizadores do projeto já foram captadas mais de cinco horas de imagem.
“Posso afirmar que 80% do material já foi captado, em seguida entraremos na etapa de edição desse material”, explica Fabris.
Como conteúdo o vídeo apresentará os pontos turísticos urbano, científico, natural e industrial, das 12 cidades que compõem o consórcio de turismo Pólo Cuesta, são elas: Areiópolis, Anhembi, Botucatu, Bofete, Conchas, Itatinga, Pardinho, Pratânia, Paranapanema e São Manuel.
“Estamos elaborando e difundindo uma estatística dos atrativo turísticos, e seus fatores históricos, de forma a empregar o entretenimento e o lazer, desbravando o conhecimento histórico de nossa cidade a toda comunidade em âmbito regional”, explica Fabris.
O vídeo também dá abertura ao esporte de aventura, com uma abordagem propícia ao estudo e pesquisa.
“Vamos apresentar toda a geografia da Cuesta, surgindo assim um mapeamento com acesso pelo rio ate as cachoeiras, e como interatividade a pratica do esporte de aventura com as devidas técnicas, fazendo uso da forma preventiva para o exercício seguro do esporte”.
O documentário conta com o apoio dos seguintes patrocinadores: Big TV, Auto Posto Marchi, Escritório Político do Deputado Milton Monti, empresa Rosa Turismo, Curtume Pioneiro, honda Giromoto, Colégio La Salle, Colégio Seta, Colégio Santa Marcelina e Senac.
“Ainda não temos detalhes sobre o lançamento”, antecipa Fabris.

crianças de Itatinga vão à praia

Do site Itatinga News

Dentro do programa Caravana do Conhecimento, projeto Interior na Praia, coordenado pelo Centro de Estudos e Pesquisas da Administração Municipal (Cepam), 40 crianças (20 meninos e 20 meninas) com idades de 9 a 10 anos, estudantes da rede municipal de ensino de Itatinga, viajam à cidade de Ubatuba, litoral de São Paulo onde ficarão do dia 14 ao dia 18.
Elas partem de ônibus para Ubatuba, às 04 horas do dia 14, e nessa cidade ficarão hospedados na Escola Municipal Padre Anchieta. Além de conhecerem o mar e suas praias nessa localidade, os pequenos itatinguenses conhecerão pontos turísticos, museus e outros atrativos, bem como de um pouco da cultura dessa região litorânea.
Diferença
– Para essa viajem, o Departamento de Educação e Cultura fez uma criteriosa seleção das crianças, de modo a contemplar principalmente aquelas de baixíssimo poder aquisitivo tanto da zona urbana como da zona rural. Depois de selecionadas, com o perfil de cada uma, o órgão tratou de adquirir e oferecer gratuitamente a elas um o kit-viagem, composto de uma bolsa de viajem, cobertor, lençol, fronhas, travesseiro, toalhas, dois conjuntos de shorts, biquínis, maiôs, sungas, tênis, chinelos, meias, cuecas, calcinhas e protetor solar.
Na quinta-feira, o prefeito Lineu Adalberto Barnabé e a professora Sônia Paes, diretora Municipal de Educação e Cultura, foram ao Distrito do Lobo, para acompanhar a entrega de kits às crianças daquela localidade e ficaram impressionados com o contentamento das crianças e de seus familiares na hora da entrega dos kits.
“Nós estamos procurando fazer o melhor este ano, oferecendo esse kit à todas as crianças de Itatinga que vão para a praia. Isso é para facilitar a vida das famílias mais carentes, que antes se viam em apuros nesse momento, por não poderem comprar o mínimo desses itens para a viagem”, explica o prefeito.
Segundo ele, independente desse programa, o município vai estudar a possibilidade de sempre estar levando crianças carentes para conhecer a praia.

Prefeitura entrega Kits às crianças que irão à praia

Do site Itatinga News

O prefeito em exercício, Lineu Adalberto Barnabé “Biguá” esteve no final da tarde de sexta-feira,11, na Escola Municipal Criança É Esperança, para entregar os ki
ts de viagem para as crianças da zona urbana que vão para a cidade litorânea de Ubatuba-SP, dentro do Programa Caravana do Conhecimento, projeto Interior na Praia. Biguá se reuniu com as crianças e seus familiares e fez a entrega pessoalmente, a cada uma, e cobertores. Na oportunidade ele estacou que foi feita uma seleção das crianças beneficiadas, contemplado às mais carentes, e que a intenção é estender isso à todas as crianças em outra oportunidade. Observou que o kits completo era uma exclusividade. Depois o professor Djalma passou as orientações aos pais daquelas que vão viajar nesta segunda-feira. O horário de partida será às 4 horas, em frente à Casa da Cultura.