janeiro 11, 2008

Filatelista aponta queda no número de colecionadores

Por Renato Fernandes

O presidente do Departamento de Filatelia e Numismática do CCB - Centro Cultural de Botucatu, Angelo Albertini, aponta para uma queda no quadro de colecionadores que participam das reuniões semanais, realizadas nas tardes de sábado, entre as 14h30 e 17 horas, na sede da entidade, na Praça XV de Novembro, nº 30.
“Já tivemos reuniões com mais de 20 colecionadores, mas atualmente o quadro não passa de cinco participantes por semana”, explica Albertini.
Ele acrescenta que há cerca de dez anos, o grupo assistiu o surgimento de novos colecionadores.
“Nessa época surgiram os cartões telefônicos e muitos jovens iniciaram coleções e encontraram no CCB o ponto de encontro para troca e venda de material”, explica.
Um dos fatores que pode ter contribuído para a redução nesse quadro é a participação de colecionadores em sites de comércio virtual.
“Encontraram na internet um bom local para fazer negócio, mas a internet funciona para a venda em dinheiro, além disso seria interessante o contato cara a cara, e a possibilidade de também trocar peças entre os colecionadores”, explica.
Albertini explica que nunca se preocupou em cadastrar o quadro de associados. “Sempre achei desnecessário esse comportamento, posso ter um registro com mais de 80 nomes, mas de nada isso vai adiantar se só participam cinco colecionadores”, acrescenta.
Uma forma para reverter a situação seria incentivar a prática de guardar selos ns salas de aula ou através de projetos dos Correios.
“Na minha opinião falta um pouco de incentivo. Os Correios poderiam promover mais ações para incentivar e criar novos colecionadores. Nas escolas os educadores poderiam explicar a importância de criar hábitos culturais, como as coleções de selo”, acrescenta.

A tradição tropeira será mostrada em revista patrocinada pelo Pipa

Por Renato Fernandes

As aventuras dos homens que cortaram o país guiando o gado serve de inspiração para o presidente da Assoc
iação Paulista de Tropeirismo, David José Devidê, que pretende lançar até abril a revista “Troperismo: a saga dos homens, que desafiando os perigos das estradas, levaram o progresso para todos os quadrantes do Brasil”. A obra conta com recursos da Secretaria Municipal da Cultura através do Pipa - Programa de Incentivo à Produção Artístico e Cultural, e tem como colaboradores os professores Sérgio Marques (diagramação e revisão) e Benedito Vinicio Aloise (ilustrações). “Graças a esse apoio a obra terá preço popular, pretendo vender a R$ 5,00 nas bancas e entre os membros da associação”, explica Devidê. A intenção do trabalho é resgatar a história dos tropeiros através de relatos e causos de personagens ilustres do tropeirismo, como Lauro Branco, Quinto Jó, Joaquim Galerani, dentre outros. “São profissionais respeitados no meio e que tem muito a ensinar. Para desenvolver a revista eu procurei essas pessoas e além das entrevistas também filmei muita coisa. Desenvolver um documentário é algo que está em meus planos e pode ser o meu próximo projeto”, coloca. Devidê explica que pretende realizar o lançamento da obra durante o 9º Congresso sobre Tropeirismo, que acontece em abril, no Rio Grande do Sul. “É impressionante perceber que apesar de muitos considerarem o tropeirismo como algo do passado e que está acabando, conseguimos conquistar o público jovem. Nos eventos que participo percebo muitos jovens e adolescentes se envolvendo com esse universo fascinante. Lançar a revista nesse evento é uma forma de divulgar a nossa região”. O leitor encontrará na revista informações sobre mulas, comida tropeira, acampamento, cidades e vilas que surgiram pela rota percorrida pelos tropeiros, travessias de rio, missões, dentre outros temas. A obra será vendida em bancas e livrarias de Botucatu, contando ainda com distribuição dirigida às bibliotecas públicas da cidade.

Nos Cinemas - Hitman



Em uma trama que envolve tanto a Interpol quanto o exército russo, o Assassino 47 (Timothy Olyphant), depois de receber a missão de matar o primeiro-ministro da Rússia, começa a ser perseguido. A partir daí, o matador tenta obstinadamente encontrar quem armou a cilada na qual está envolvido e o porquê de tudo isso.

Gênero: Ação
Tempo: 93 min.
Lançamento: 14 de Dez, 2007
Classificação: 14 anos
Distribuidora: Fox Films

Estrelando: Timothy Olyphant, Dougray Scott, Robert Knepper, Olga Kurylenko, Ulrich Thomsen, Michael Offei.
Dirigido por: Xavier Gens
Produzido por: Adrian Askarieh, Luc Besson, Chuck Gordon, Pierre-Ange Le Pongam.

Mais informações clique AQUI

Projeto Zazen Zuns abre inscrições


Por Renato Fernandes

A atriz e coordenadora da Escola Livre de Teatro e Movimento Dynamis, Luciana Cah, abriu o período de inscrições para o projeto “Zazen Zuns”, que acontecerá entre os meses de fevereiro e novembro em Botucatu.
O projeto recebe incentivos do PIPA - Programa de Incentivo à Produção Artística e Cultural, da Secretaria Municipal de Cultura e tem como proposta a montagem de um espetáculo interativo fechando o projeto. A previsão de estréia está entre os meses de outubro e novembro, no Teatro Municipal Camillo Fernandez Dinucci.
As quinze pessoas aprovadas para o projeto participarão de workshops bimestrais, ministrados por profissionais da área de dança e teatro e que tenham relação com a pesquisa proposta pelo projeto. Os participantes também acompanharão as aulas semanais coordenadas por Luciana.
“Mensalmente acontecerão intervenções cênicas pela cidade. Intervenções essas que terão relação direta com o público, que contribuirá para o espetáculo final”, garante a diretora. “O espetáculo interativo será o produto do processo vivenciado e construído por todos; público e elenco”, completa.
Para desenvolver a proposta a diretora pede apenas que os candidatos tenham disponibilidade.
“Quando falo disponibilidade não estou querendo dizer apenas do tempo, mas sim do envolvimento e disposição em experimentar, conhecer e vivenciar atitudes e ações diferentes e novas”, explica.
Segundo ela essa disposição é fundamental, já que serão trabalhadas várias linguagens artísticas, entre elas: palhaço, improvisação, filosofia, meditação, canto, jogos cênicos, contato-improvisação e movimento consciente.
“Tudo será gratuito para os quinze participantes selecionados para o elenco”, disse.
As inscrições podem ser feitas pelo e-mail: teatrodynamis@ yahoo.com.br , até o dia 15 de fevereiro. Para participar é necessário ter mais de 16 anos.
“No dia seguinte (16) haverá uma primeira entrevista com os candidatos interessados em participar do projeto”, explica.

Prefeitura de Botucatu e Unesp lançam Projeto “Sementinha da Esperança”

Secretaria Municipal de Comunicação

A Secretaria Municipal do Meio Ambiente, em parceria com o S.T. UTI Neo Natal e Berçário da Unesp, lançou na manhã desta quinta-feira, 10 de janeiro, o Projeto “Sementinha da Esperança – Crescer e Preservar”.
O evento foi realizado no Pronto Atendimento Maternidade, Bloco Berçário, no Hospital das Clínicas da Unesp, com o objetivo de preservar o meio ambiente através de um processo educativo de distribuição de árvores aos pais de cada criança que nascer no município. “Isto é um incentivo à manutenção do meio ambiente, que assim como as crianças, precisa ser cuidado da melhor forma possível”, comentou Patrícia Kelly Silvestre, orientadora do Berçário. Valquíria Rodrigues Machado, uma das mentoras do projeto, agradeceu o apoio dado pela Prefeitura. “Esse projeto vem do nosso coração e buscamos fazer alguma coisa para ajudar de certa forma na preservação do meio ambiente. Entramos em contato com a Prefeitura e tivemos todo o apoio para seguir com a idéia”, explicou. O secretário do Meio Ambiente, Wado Silva, esteve presente no lançamento. “São iniciativas como esta que podem mudar o cenário de destruição e contribuir no combate a danos causados pelo homem ao planeta”, finalizou. Ao fim, Mara Silva dos Santos, que recentemente deu à luz no Hospital da Unesp, representou as mães e recebeu a primeira muda de pitanga entregue pelo projeto. “Achei muito interessante e gostei muito do projeto. É um incentivo mesmo para que as pessoas se conscientizem na importância de preservar o meio ambiente”, disse. Mais informações sobre o Projeto “Sementinha da Esperança – Crescer e Preservar” podem ser obtidas através do telefone 3882-1290, da Secretaria Municipal do Meio Ambiente, ou pelo e-mail sementinhadaesperanca@yahoo.com.br.

Mais quatro casos suspeitos de dengue são notificados pela EVSA

Secretaria Municipal de Comunicação - Botucatu

A Equipe de Vigilância em Saúde Ambiental divulgou nesta quinta-feira, dia 10, mais quatro casos suspeitos de dengue em Botucatu. No início desta semana, a Equipe já havia notificado três casos, todos no Setor Norte da cidade.
As últimas notificações foram registradas no Jardim Ipiranga, Cohab 1, Jardim Cristina e Vila Jardim. Como forma de prevenção e notificação de novos casos suspeitos, a Equipe já iniciou o trabalho de bloqueio e retirada dos criadouros do mosquito Aedes aegypti. Serão visitadas todas as casas em um raio de 500 metros dos locais notificados.
O coordenador da EVSA, André Peres, explica que o trabalho consiste em visita casa a casa para verificar se mais alguém está com sintomas da doença e eliminar possíveis criadouros do mosquito. “As informações serão colhidas pelos agentes de saúde e pedimos para que os moradores colaborem, passando o máximo de informações possíveis. Vale ressaltar que os agentes estarão devidamente identificados para a realização do trabalho”, diz André.
O coordenador alerta ainda para os números apresentados neste começo de ano. “Já são sete casos suspeitos de dengue em nosso município em menos de uma semana. A população tem que ficar alerta, pois estamos em período de férias e têm diversas pessoas viajando para outras cidades e trazendo a doença para o nosso município”, finaliza André.
A EVSA solicita aos moradores que colaborem eliminando possíveis criadouros do mosquito em suas residências e que diante de qualquer sintoma suspeito da doença, como febre prolongada, e dores pelo corpo, principalmente atrás dos olhos, que procurem assistência médica. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 150.