março 31, 2008

Botucatu Metalstock 2008



11 e 12 de abril
Café Iguana
Paratodos
10 bandas
2 dias de festival

Reajuste nos preços dos remédios começa a valer em 9 de abril

Hugo Costa
Repórter da Agência Brasil


A Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (Cmed) informou que o reajuste médio de 3,18% nos preços de cerca de 20 mil medicamentos começará a valer no dia 9 de abril e não hoje (31), como anunciado anteriormente. A mudança na data foi publicada na edição da última sexta-feira (28) do Diário Oficial da União (DOU).
O reajuste definido pela Cmed se baseia no Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) acumulado nos últimos 12 meses. Estão previstas três faixas de reajuste, que devem variar entre 2,52% e 4,61%. O aumento foi maior ano passado, quando a variação ficou entre 3,64% e 5,51%.
Medicamentos fitoterápicos, homeopáticos e os incluídos na Resolução Cmed 5, de 2003 e a Resolução Cmed 3, de 2004 não estão incluídos no reajuste. As multas para as empresas que desrespeitarem as normas publicadas pela Cmed podem chegar a R$ 3,2 milhões.

Jois 2008: Modalidade de pesca reúne quase 80 participantes no Piracatu

João Augusto Bravim, Antônio Vinícius de Oliveira
e Marcos Tadeu Sasdelli venceram a competição


Os objetivos mais uma vez foram alcançados e a modalidade de pesca do JOIS 2008 (Jogos Industriários do Sesi) foi um sucesso. A competição, realizada no último sábado, dia 29, no Pesqueiro Piracatu, reuniu 77 funcionários de oito empresas da cidade: Duratex, Eucatex, Anidro/Centroflora, Bombeiros, Induscar, Embraer, Tecnaut e Sabesp.
Apesar de o número ser inferior ao de 2007 (neste ano só podem participar do funcionários de empresas beneficiárias do Sesi e associados do clube), a prova confirmou o espírito de integração entre família e empresa. Além dos participantes da competição, o Pesqueiro Piracatu também recebeu coordenadores, torcedores e familiares, que foram dar uma “força” e também se divertir. “Mais uma vez a prova foi um sucesso, dentro e fora das raias. A pescaria é um dos esportes que expressa bem o objetivo dos JOIS”, garante o coordenador de Esportes Artemio Montanha.
Cada participante teve direito a quatro horas de pescaria, podendo escolher o período da manhã ou da tarde. Ao final das 8 horas de disputas, quem se deu bem na primeira competição oficial dos JOIS 2008 foi João Augusto Bravim, da Duratex, que conseguiu fisgar 17,78 kg de peixe, quase que o dobro do segundo colocado, Antônio Vinícius de Oliveira, da Induscar, que pescou 8,90 kg. A Duratex também garantiu o terceiro e o quarto lugares respectivamente com Marcos Tadeu Sasdelli (7,70 kg) e Marco Antônio Braz (7,57 kg). O quinto lugar ficou com Carlos Alberto A. Neto (6,50 kg) da Eucatex e a sexta posição com Márcio Rogério Cruz (6,02 kg), também da Duratex.
As atenções se voltam agora para o próximo sábado, dia 5 de abril, quando acontecem as provas de natação. As inscrições ainda estão abertas e podem ser feitas no próprio Sesi, localizado a Rodovia Marechal Rondon, Km 247,4. Mais informações pelo telefone (14) 3815-1411 ou pelo e-mail: clebotucatu@sesisp.org.br.
No dia 12 de abril será a vez do Biribol, que está de volta aos JOIS. “Foi uma solicitação das empresas que esta modalidade retornasse a fazer parte da competição. Nos JOIS é assim, é o Sesi que organiza, mas são as empresas que realizam”, explica Montanha.
A abertura oficial do JOIS está programada para o dia 19 de abril, contando com dezenas de eventos e ações promovidas pelo Sesi e seus parceiros dentro do programa Vida Ativa, Botucatu Indústria Saudável, a partir das 13 horas. A organização promete muito Lazer, música, dança, esporte, beleza, recreação, ações de saúde, exposições e muita agitação. No dia 20 de abril, a partir das 19h30, serão disputadas no ginásio do Sesi mais três modalidades: cantor (a), dança de salão e Rainha JOIS.

FCA/ Unesp terá novo Laboratório de Topografia e Sensoriamento Remoto

Será inaugurado nos próximos meses o novo Laboratório Didático de Topografia e Sensoriamento Remoto, vinculado ao Departamento de Engenharia Rural da Faculdade de Ciências Agronômicas (FCA) da Unesp de Botucatu. A obra, custeada, pela Reitoria da Universidade, tem mais de 560 metros quadrados de área construída, com estrutura adequada para atender as necessidades dos alunos.
O novo laboratório foi aprovado dentro do Programa de Laboratórios Didáticos para a Graduação, em 2003. A Reitoria de então havia enviado uma comissão a várias unidades universitárias para avaliar as principais necessidades dos cursos. Face à dificuldades orçamentárias daquele momento, sua execução foi protelada, tendo sido aprovada pela atual Reitoria, no ano passado.
O Laboratório Didático vai contar com uma sala de aula e treinamento de cerca de 140 metros quadrados onde foram projetados dois balcões laterais, adequadamente estruturados para alunos manusearem imagens de satélite, mapas, cartas, fotos aéreas e equipamentos.
Nessa mesma sala será instalado também, um balcão central projetado especialmente para que o aluno possa fixar equipamentos de topografia convencional, como níveis de precisão, teodolitos e estações totais. “Nós sempre colocamos um grande número de alunos no campo, manuseando esses equipamentos e não há como um professor dar atenção a todos ao mesmo tempo”, explica o professor Lincoln Gehring Cardoso, da área de topografia e sensoriamento remoto da FCA e mentor do projeto. “Eventualmente, por inexperiência, os alunos acabam danificando esses equipamentos, que são caros. Com o uso desse balcão, o primeiro contato dos alunos com os equipamentos será feito em sala, dentro do laboratório, sob nossa supervisão. Após o pleno domínio do funcionamento, os alunos irão utilizá-los em campo. Sairão ganhando os alunos e a faculdade”.
O Laboratório Didático também vai contar com uma sala destinada à aulas, que utilizam softwares específicos de topografia, geoprocessamento e georeferenciamento. “São softwares com licença de uso e sua utilização é monitorada. Nessa sala, os alunos terão esse material à disposição em aulas normais e treinamento em horários livres”. O projeto prevê ainda sala de estudos, sala de apoio e banheiros, inclusive adaptados para portadores de necessidades especiais.
Segundo o professor Lincoln, essa estrutura vai atender adequadamente as necessidades dos alunos. “Hoje, mais do que nunca, engenheiros agrônomos e florestais que não tiverem uma sólida formação no uso de imagens de satélite, cartas, plantas, e receptores GPS, terão uma complicada lacuna em suas atividades”.
Atualmente, a área de Topografia e Sensoriamento Remoto oferece 16 disciplinas, divididas entre mais de 20 turmas de alunos de graduação e pós. “Embora o Laboratório tenha a função de atender cursos de graduação, no momento em que esses não os estiverem utilizando, servirá também a pós-graduação. É uma questão de bom senso na utilização dos recursos públicos”.

Equipamentos
Embora a FCA já tenha um respeitável parque de equipamentos, existe a intenção de, futuramente, dotar o Laboratório Didático de Topografia e Sensoriamento Remoto de novos equipamentos de topografia, georeferenciamento, fotogrametria e foto-interpretação. “Acredito que a FCA seja uma das faculdades da área de agrárias com maior diversidade de equipamentos voltados para a topografia. Temos desde equipamentos mais simples até estação total de alta precisão”, afirma o professor Lincoln. “Do ponto de vista de georeferenciamento tínhamos apenas receptores GPS de navegação, porém, recentemente foi adquirido receptor GPS de precisão. A partir desse ano, os alunos vão utilizar esse equipamento, considerado de ponta na área”.

Rede Unesp de Georeferência
O projeto original do Laboratório Didático prevê, como uma parte de seu conjunto arquitetônico, a construção de uma coluna anexa, no topo da qual deverá haver um marco geodésico. Marcos geodésicos são pontos fixos caracterizados por coordenadas de elevada precisão. Esses marcos se constituem em bases de referência confiáveis, através das quais é possível se georeferenciar outros pontos.
A intenção dos responsáveis pelo Laboratório é que o novo marco faça parte da Rede Unesp de Georeferência e seja homologado pelo IBGE. “O adensamento da rede de marcos geodésicos é necessidade do Estado e do país”, diz o professor Lincoln.
A Rede Unesp de Georeferência foi criada por Vilmar Antonio Rodrigues, orientado do professor Lincoln, em sua tese de doutorado, defendida em dezembro de 2006. Rodrigues definiu estações geodésicas em campus da Unesp como Assis, Botucatu (Rubião Júnior), Dracena, Guaratinguetá, Marília, Rosana, São José dos Campos, Jaboticabal e São Paulo. O IBGE homologou os marcos após comprovar a alta precisão de cada um deles.
Desde abril de 2007, os marcos da Rede UNESP de Georeferência passaram a integrar o SGB (Sistema Geodésico Brasileiro). “A criação dessa rede através de uma pesquisa desenvolvida na FCA atesta a qualidade de nossos cursos e de nossos alunos, o que nos deixa muito satisfeitos e orgulhosos”, comemora o professor Lincoln.

Público aprova primeira noite de contação de histórias da Livraria Nobel

Adultos e crianças se empolgaram com a iniciativa da livraria

Sob aplausos dos adultos e conquistando sorrisos das crianças. Foi assim que terminou a primeira noite de apresentação do grupo Era uma vez...na Livraria
Nobel de Botucatu, quinta-feira, 27. Mesclando coreografias, suaves canções acompanhadas de uma flauta e contos, o trio de cearenses agradou o público de aproximadamente 20 crianças que compareceram junto com seus responsáveis para a primeira sessão de contação de histórias.
Foram 50 minutos de muita fantasia, durante os quais, em vários momentos, os pequenos espectadores puderam participar da história tentando advinhar o próximo acontecimento e também dançando com o grupo durante as canções. Raimundo, Nazareno e Luisete utilizam, além de objetos para ilustrar a cena que estão apresentando, recursos que estimulam o raciocínio das crianças e ainda um sensível toque de humor.
Acomodados no espaço destinado a eles, os meninos e meninas tiveram suas atenções capturadas à medida que um novo personagem lhes era apresentado. Com livros nas mãos, alguns demonstravam que o gosto pela leitura já é algo que faz parte de seu dia-a-dia.
Maria Aparecida de Oliveira levou o filho José Henrique, de três anos, para a Livraria Nobel. Na opinião dela, que diz ter gostado da apresentação, o que prende a atenção das crianças é a inserção de canções entre uma história e outra. "Achei bastante interessante. Devo voltar outras vezes", destaca. Maria Cristina Potiens, professora do ensino infantil, avalia que o grupo Era uma vez...utiliza uma didática que consegue cativar o público infantil. "Eles constróem todo um ambiente para contar as histórias e também são bastante carismáticos. Gostei. A cidade estava precisando disso", comenta ela.
A Livraria Nobel oferecerá, com entrada franca, todas as quintas-feiras, a partir das 19 horas, seções de contação de histórias com o grupo Era uma vez...Mais informações pelo telefone 3882-6041. A Nobel fica na Avenida Dom Lúcio, 647.

Confira a programação de contação de histórias que a Nobel preparou até junho:


ABRIL

Era uma vez conta Monteiro Lobato

Em comemoração ao mês do livro e da leitura será possível viajar em histórias e canções, onde cada criança percorrerá caminhos encantados encontrados nas histórias do maior autor da literatura infantil.

MAIO

Acalanto e Colo Histórias que Mamãe contava

Em maio, mês das mães, as crianças poderão ouvir e cantar acalantos que embalam os sonhos infantis e histórias que os ajudaram a dormir e sonhar com as boas imagens da figura materna.

JUNHO

Contos populares juninos

Durante esse mês a cidade se ilumina com os festejos juninos. Quem for até a Livraria Nobel poderá partilhar das várias histórias populares que rodeiam o Brasil, dando seu às crianças a oportunidade de conhecer a diversidade cultural através dessas histórias varias vezes contadas e recontadas.


Produção do filme Menino da Porteira sonda acervo do Museu do Boiadeiro

O empresário Hamilton Policastro (esq) e o cantor Daniel
(boné) conheceram o projeto junto com os
cineastas Jeremias Moreira e Moracy do Val

Por Renato Fernandes

A equipe de produção do filme “O menino da Porteira”, que será rodado a partir de abril, tendo como protagonista o cantor Daniel, esteve na semana passada no distrito de Rubião Júnior, em Botucatu, visitando o Museu do Boiadeiro.
Segundo o curador do museu, Moacir Fabiano, os produtores estavam interessados em seu acervo. “Queriam que eu emprestasse as peças para serem usadas no filme, mas eu não aceitei”, explica Fabiano.
A preocupação do colecionador é com a preservação das peças. “Não tenho garantias. Se as filmagens fossem de algumas semanas eu poderia acompanhar, mas serão meses e as peças necessitam de cuidados especiais”, disse. “O problema não é nem o dinheiro, eles me ofereceram um aluguel, minha preocupação é realmente com a preservação do acervo”.
O Museu do Boiadeiro tem em seu acervo aproximadamente 1.500 peças que narram a vida dos boiadeiros e tropeiros de Botucatu que cortavam o País acompanhando boiadas.
O remake do clássico de 1976, terá o cantor Daniel interpretando o papel de Diogo, simples, justo e de bom coração, que em suas andanças pelo interior do país entrará em conflito com o poderoso Major Batista, papel que será interpretado por Cláudio Marzo.
As filmagens começarão em abril, no município de Brotas, interior paulista, e na cidade cenográfica que está sendo construída no Polo Cinematográfico de Paulínia (SP).
Os cineastas Jeremias Moreira e Moracy do Val, respectivamente diretor e produtor da primeira versão, voltam a se unir mais de 30 anos depois para essa filmagem onde desempenharão novamente as mesmas funções que tiveram no filme original.
A produção é da Jerê Filmes, empresa com atuação no mercado de produção cinematográfica comercial, várias vezes premiada no Brasil e no exterior.

Fatecs abrem inscrições para isenção da taxa do vestibular

Do Centro Paula Souza

As Faculdades de Tecnologia (Fatecs) vão abrir, entre o dia 1º e as 12 horas do dia 10 de abril, inscrições para isenção do pagamento da taxa do Vestibular para o 2º semestre de 2008, com uma novidade: além das seis mil isenções, oferecidas nos últimos processos seletivos, as Fatecs vão conceder também o benefício da redução de 50% na taxa de inscrição (de R$ 70 para R$35). Na Fatec Botucatu serão 70 as isenções concedidas pelo governo estadual.
Os candidatos podem pleitear os dois benefícios, desde que atendam aos requisitos determinados. Neste caso, devem efetuar duas inscrições.
Os interessados deverão preencher o formulário específico que estará disponível na internet. Após o preenchimento deste formulário, é preciso guardar o número do protocolo.
De 7 a 10 de abril, das 13 às 20 horas, o candidato deverá entregar os documentos comprobatórios, relacionados abaixo, em um envelope lacrado, na secretaria da Fatec em que se inscreveu para concorrer ao benefício.
No momento da entrega do envelope, o candidato precisa preencher, assinar e entregar o requerimento de solicitação de isenção/redução da taxa, que será fornecido pela secretaria da Fatec. A resposta à solicitação será divulgada em 5 de maio, somente pela internet.

Requisitos para isenção

O candidato precisa ter concluído integralmente, até o ano de 2007, o Ensino Médio em instituição pública ou em instituição particular com concessão de bolsa de estudo integral, ou ter cursado a Educação de Jovens e Adultos (supletivo). Além disso, é necessário ter renda familiar bruta mensal igual ou inferior a R$ 415 (por pessoa), e residir no Estado de São Paulo.

Documentos necessários

A - Cópia simples do histórico escolar com as informações da 1ª à 3ª série do Ensino Médio ou declaração de instituição de ensino comprovando a escolaridade. Em caso de ter cursado o Ensino Médio em rede particular, com bolsa de estudo integral, é necessário anexar o documento da escola que comprove a situação.
B - Cópia simples do contracheque (recibo, hollerith etc) ou declaração por escrito dos rendimentos mensais para autônomos ou trabalhadores do comércio informal de todos os integrantes que compõem a renda familiar bruta mensal.
C – Cópia simples de comprovante de residência recente ou declaração por escrito da condição de moradia.


Recomende

março 30, 2008

Show de Ivete Sangalo emociona e faz a 'poeira levantar' em Botucatu

Por Flávio Fogueral
(colaboração de Thiago Azanha)

A apresentação que a cantora Ivete Sangalo realizou na noite de sábado em Botucatu entrou para a história como um dos mais emocionantes e empolgantes shows já realizados na cidade.
Milhares de pessoas acompanharam uma das apre
sentações mais bem estruturadas do mercado musical brasileiro nos últimos anos. O show começou pontualmente à meia-noite com a cantora levando ao delírio o público botucatuense, que correspondeu às expectativas da artista com a empolgação e receptividade.
Com o sucesso do DVD Ao Vivo No Maracanã, o público pode acompanhar os maiores sucess
os da artista mais requisitada da atualidade no Brasil. Músicas como "Se Eu não te amasse tanto assim", "Deixo", "Berimbau Mecanizado" e "Não me conte seus problemas" fizeram os botucatuenses pularem por mais de 3 horas de show. Nem mesmo o frio conteve a agitação do público.
Um dos pontos marcantes foi a presença no show do piloto da escuderia Ferrari de Fórmula 1, Felipe Massa, que acompanhado da mulher Rafael,a chamaram a atenção de todos
. A própria Ivete Sangalo se disse fã do botucatuense e pediu, em pleno palco, para tirar uma foto com ele.


Confira abaixo fotos da apresentação da cantora em Botucatu. (Fotos gentilmente cedidas por Taís Araújo Guazelli)





Confira também o vídeo da música "Deixo"




Recomende

Menores da AAB tropeçam na Liga de Basquete

As equipes menores de basquete da Associação Atlética Botucatuense não obtiveram bons resultados nos jogos realizados neste sábado, 29 de março, no ginásio I, pela Liga de Basquete Centro-Oeste Paulista.
Abrindo a rodada, o time da categoria Mini da AAB acabou derrotado pelo Luso, de Bauru, pelo placar de 93 a 22.
No segundo jogo, pela categoria Infantil, a equipe da AAB foi derrotada, por 57 a 37, pelo time do Colégio Objetivo, de São Carlos.
No último jogo, da categoria Cadete, em novo confronto entre as equipes da AAB e do Colégio Objetivo, o time de São Carlos saiu vencedor pelo placar de 90 a 23.

Recomende

Em Itapeva, AAB goleia no Sub-20 e perde no Principal, pelo Paulista do Interior de Futsal

Em jogos realizados na noite deste sábado, 29, no Ginásio C.C. Esportes, na cidade de Itapeva, as equipes Sub-20 e Principal de futsal da Associação Atlética Botucatuense enfrentaram as equipes da Associação Atlética Itapeva, pelo Campeonato Paulista do Interior.
No primeiro jogo da noite, a equipe Sub-20 voltou a vencer, goleando a equipe da casa pelo placar de 6 a 1.
Com esse resultado, o time Sub-20 da AAB ocupa a segunda posição na chave B, com nove pontos e um saldo positivo de seis gols.
No jogo final, a equipe Principal de futsal da AAB/Prefeitura Municipal de Botucatu sofreu a sua quarta derrota no Campeonato, perdendo por 5 a 1 para o time da AA Itapeva.
Com mais essa derrota, o time Principal ocupa a última colocação de sua chave.
As equipes de futsal da AAB/PMB voltam a jogar pelo Campeonato Paulista do Interior no próximo sábado, 5 de abril, no Ginásio I da AAB, quando enfrentarão os times da Unimed/Del Jaboticabal.
Às 18h30 acontecerá o jogo da categoria Sub 20 e, às 20 horas se enfrentam as equipes Principais.

Copa TV TEM de Futsal
A equipe Sub-20 de futsal da AAB, representando Vitoriana, derrotou Pardinho por 5 a 3, na noite de sexta-feira, 28, na cidade de Lençóis Paulista.
Com duas vitórias em dois jogos, a equipe da AAB passou para a segunda fase como líder de sua chave (3).
Na segunda fase da Copa TV Tem, a AAB deverá integrar a chave 19, juntamente com os times de Boracéia e Borebi.
Nesta fase, os times jogam entre si dentro da chave, em turno único, classificando os dois melhores para a próxima fase.


Recomende

Carmem Lúcia e Leda Galvão farão sessão conjunta de autógrafos

Por Flávio Fogueral

As escritoras botucatuenses Leda Galvão de Avellar Pires e Carmem Lúcia Ebúrneo da Silva realizarão no próximo dia 11, uma sessão de divulgação e autógrafos dos livros “Uma Família Paulista- Memórias Diversas e Fuga na Revolução de 32” e “Perfil”, respectivamente. O evento acontecerá a partir das 11h30 no restaurante Mama Mia e das 18 às 21 horas na A Libanesa, na Avenida Dom Lúcio. Ambas as autoras são integrantes da Academia Botucatuense de Letras.
A sessão de autógrafos, em conjunto, conforme conta Carmem Lúcia surgiu de conversas informais entre as duas que se acentuaram na sessão comemorativa aos 35 anos da Academia Botucatuense de Letras, realizada na última sexta-feira, dia 28, na sede do Centro Cultural de Botucatu. “A idéia surgiu com a sugestão de Leda em me acompanhar na "Campanha de autógrafos", pois ela achou ótimo podermos divulgar juntas nossos trabalhos. Percebemos que é difícil divulgar nosso trabalho deixando somente em livrarias. Para atingir nosso público, precisamos estar mais próximo dele”, ressalta Carmem Lúcia.
Conforme explica Carmem Lúcia, outros locais também são estudados para receber a sessão conjunta de autógrafos e divulgação dos livros.

Livros- O livro “Perfil”, de Carmem Lúcia, é a terceira publicação da autora. Em 2001 publicou o livro ‘O Toque’ e tem, de forma manuscrita, o “Per Amore”, ambos com teor poético. Esta nova publicação da escritora estava pronto há 6 anos. No entanto, Carmem Lúcia decidiu publicar agora todos os poemas contido nele. O livro, que conta inicialmente com tiragem de 500 exemplares, tem 110 páginas e foi editado pela Diagrama Comunicação Editora. Nesta nova publicação, a autora aborda questões e reflexões das mais diferentes fases da vida.
Já “Uma Família Paulista- Memórias Diversas e Fuga na Revolução de 32”, de Leda Galvão, conta a trajetória de uma família, ou um auto- retrato familiar em decorrência da Revolução Constitucionalista de 1932. Em seu prólogo, a autora acentua que "através dele ficamos a par de todos ( ou quase todos) os fatos que em nossa família ocorreram. às vezes algumas páginas saem divertidas e risonhas como aprendemos a ser com os nossos'.

As duas publicações etão à venda nas livrarias de Botucatu e região.


Recomende

Situação da Água na América do Sul

Cerca de 25% da água doce do planeta está na América do Sul, mas a qualidade da água da região está ameaçada. Este ano, o Dia Mundial da Água, comemorado no último dia 22, trouxe como tema o saneamento básico. Veja mais detalhes na reportagem da Agência Brasil.



Academia Botucatuense de Letras celebra 35 anos em sessão solene

Por Flávio Fogueral
Foto Renato Fernandes

A Academia Botucatuense de Letras comemorou, na última sexta-feira, dia 28, em sessão solene, seus 35 anos de fundação. O evento aconteceu no auditório do Centro Cultural de Botucatu.
Na oportunidade, foram homenageados com a entrega do título de membros honorários da ABL, o presidente do Centro Cultural, João Carlos Figueiroa, o secretário municipal de Cultura, Luiz Roberto dos Santos e o prefeito municipal, Mário Ielo. Também recebeu homenagem o escritor Olavo Pinheiro Godoy, que em seu discurso enfatizou a trajetória da ABL e de sua influência na vida cultural de Botucatu.
Com o auditório lotado entre acadêmicos e autoridades como o arcebispo emérito de Botucatu, Dom Antônio Mucciollo e do presidente da Câmara Municipal, Antônio Carlos Lourenção, os momentos de maior emoção se deram com as homenagens.
Figueiroa, que é um dos mais ativos historiadores da região, focou que a maior contribuição de seu trabalho vem do cotidiano do botucatuense. Lembrou que a homenagem não o 'enaltece, mas sim lhe dá mais estímulo para continuar com o trabalho'.
Já o secretário de Cultura ressaltou todo o empenho que a equipe do órgão municipal desemprenha, além da parceria em eventos com a ABL.
O prefeito municipal, no entanto, foi um dos que mais Em alguns momentos, Ielo, emocionado, ressaltou da importância da ABL como difusora da cultura em Botucatu. O prefeito frisou a importância da ABL na formação artística e do caráter social do trabalho desenvolvido pela entidade.
O evento contou ainda com a oficialização da cadeira de n° 27, que terá como patrona a escritora Zalina Rolim.

março 28, 2008

Fabiana Godoy: a artista e a intimidade com os palcos

Por Flávio Fogueral
Fotos Divulgação/ Malu Ornellas

Fabiana Godoy tem uma afinidade tão íntima com o teatro e a música, que sua história de vida se mistura a arte. Botucatuense, hoje a também empresária e diretora teatral se mostra como um dos nomes que mais figuram na cultura local.
Seu envolvimento com o teatro começou muito cedo. Logo aos 12 anos, a artista já participava de pequenas montagens teatrais no Colégio Santa Marcelina, onde estudou. O fascínio pelos palcos crescia a cada dia até que uma encenação da fábula infantil Pinóquio a fez procurar por escolas de teatro. Com o apoio dos pais, Fabiana se aventurou em São Paulo, onde se inscreveu na Casa do Teatro, de Lígia Cortez e estudou artes cênicas durante três anos. Sua primeira montagem teatral após o curso foi “Notícias Populares”, ainda na capital paulista; uma experiência de criação coletiva. Muitas montagens têm sua participação, como “O Concílio de Amor”, “A Valsa Nº 6”, de Nelson Rodrigues, entre outras peças. Em 1998, ao lado de Márcia Penteado, a quem deve algumas de suas primeiras experiências no palco, encenaram “As irmãs siamesas”. No mesmo ano, foi eleita a melhor atriz na fase municipal do Mapa Cultural Paulista pela atuação em “Valsa Nº 6”.
A artista também teve participação em novelas, como “Sangue do Meu Sangue”, “Éramos Seis”, ambas pelo SBT e também “O Amor Está No Ar”, do dramaturgo botucatuense Alcides Nogueira; e episódios do extinto programa “Você Decide”, as duas últimas exibidas pela Rede Globo.
Recentemente Fabiana Godoy em parceria com mais alguns artistas locais apresentaram o espetáculo “Nelson, Amores e Canções”, onde Fabiana e mais três músicos se aprofundaram no universo do controverso e polêmico Nelson Rodrigues. Como ela mesma explica, o projeto foi uma pesquisa do perfil dos personagens e da vida do escritor carioca. Ao todo foram duas montagens, sendo que uma ficou por um breve período em Botucatu e chegou a ser encenada inclusive em São Paulo.
No entanto, o envolvimento de Fabiana com as artes não se limitou a representar. Também desde pequena mostrava afinidade com a música. Anos depois é comum encontrar a artista como intérprete em muitas ocasiões.
No final de 2002, talvez a maior aposta de Fabiana foi a concretização, como ela mesma salienta, de um sonho. Sua antiga escola de artes, que antes funcionava na casa da mãe, passou a se tornar uma das referências no ensino cultural em Botucatu. Estava inaugurada a “Artistas S/A”, com uma nova referência no ensino de teatro, música, pintura e dança. Além disso, paralelo à escola, também surgia o Teatro Gino Carbonari, um dos mais modernos de toda a região.
Na entrevista que concedeu ao Blog O Grito Notícias, Fabiana Godoy conta como se envolveu com o teatro. Diz que subir ao palco é ‘uma entrega total do ser humano’. Para ela, há grandes talentos em todas as vertentes da arte em Botucatu e que falta um meio desses artistas em exporem seus trabalhos. Em uma conversa descontraída, ela não esquece do apoio da família no começo da carreira.

Quais os motivos que a fizeram se dedicar à arte?
Quando tinha 12 anos, sempre participei de teatro na escola, daquelas situações de ter que ler alguma coisa na frente, na classe. Até que chegou um dia em que assisti a uma peça, se não em engano era “Pinóquio” e que foi encenada no (Cine) Nelli, quando estudava no Santa Marcelina. Era uma criança e fiquei apaixonada pelo teatro e decidi que era aquilo que queria fazer aquilo. Até então não havia tido nenhum tipo de contato com o teatro. Achava interessante todo aquele universo, queria conversar com as pessoas no final para saber como faziam aquilo. Até que um dia estava lendo uma dessas revistas para adolescentes, se não engano era a Capricho e havia vários números de telefone de escolas de teatro. Comecei a ligar, mas só eram faculdades, como a da USP e diziam que eu não poderia fazer. Nessas tentativas, me passaram o número da Casa do Teatro, que é da Lígia Cortez, filha do Raul Cortez. A partir disso, conversei com meu pai e comecei a freqüentar aquela escola. Saía todo final de semana de Botucatu e ia para São Paulo para fazer teatro e isso durou 3 anos até que finalmente decidi que era esse o meu rumo. Fiz um curso profissionalizante e não parei mais. E paralelo a isso me dedico à música, estudei canto e violão no conservatório Souza Lima. Estudei também circo e nunca mais quis me afastar da arte.

O apoio da família foi fundamental para que continuasse com a carreira...
Tive o apoio da família. Mas como acontece muitas vezes, os sonhos dos pais podem ser outros, com os filhos em uma faculdade, ter outra profissão. Mas eles me aconselhavam a todo momento e se, na época, resolvesse mudar de idéia, poderia recomeçar. Mas nunca me arrependi de minhas escolhas.

Sua carreira de atriz é essencialmente em teatro e muitas de suas peças foram em Botucatu. De que forma avalia sua trajetória artística?
Sempre fazemos as coisas em Botucatu com muita ousadia. Quando dirijo alguma peça ficamos em cartaz pelo menos um mês e isso aconteceu algumas vezes. E isso é sempre algo que me deixa surpresa pois há pessoas que falam que a cidade não dá valor ao teatro, mas isso é mentira. Quando estreamos “A Ópera do Malando”, do Chico Buarque, foi um espetáculo que ficou mais de dois meses sendo encenada e sempre teve casa lotada. No ano passado fizemos os “Saltimbancos”, que era um musical, voltado para um público infanto-juvenil e mais uma vez mostrou o interesse do botucatuense pelo teatro.

Há então uma valorização do teatro em Botucatu?
Acredito que falta permanência, de existir uma constante. Se houvesse uma cultura da população em ir ao teatro, de saber que todo domingo tem uma peça infantil. Saber disso mudaria a rotina das pessoas. Falta ter mais divulgação do que acontece, familiarizá-las a irem a um teatro, criar um hábito.

A Artistas S/A nasceu do embrião da Escola de Teatro Fabiana Godoy e você a considera como um empreendimento ousado em seu início. Como surgiu a idéia de montar uma escola voltada para a arte?
A escola começo no ano 2000 na casa da minha mãe e trabalhávamos com teatro e alguma coisa referente à música. Foi algo que deu certo e a procura aumentou. A partir disso achamos melhor mudar para um espaço maior e onde as crianças teriam a oportunidade de ter um local para suas apresentações. Foi algo de ‘louco’ montar toda esta estrutura, que inclui a escola e o teatro. Muitos viam e falavam do porquê dedicar todo aquele espaço para ensinar música, dança, entre outras atividades. Respondia que se eu não fizesse aquilo, não faria mais nada, pois se eu não acreditasse naquilo, eu parava. Foi uma ousadia, mas ao mesmo tempo acreditar em um sonho. Acredito que o objetivo seja levar para as pessoas uma oportunidade de desenvolverem seu talento aqui mesmo em Botucatu.

A Fabiana Godoy artista também divide seu tempo com a parte empresária e também mãe. Como é conciliar todas estas atividades?
É complicado, mas o mais importante disto é que tenho muito apoio em casa, do meu marido, que também trabalha comigo na escola. Quando preciso viajar, fazer algum trabalho fora, ele fica com o Luan, que é o nosso filho. Conseguimos conciliar tudo da melhor forma. Quando fazemos as coisas com muito prazer e tendo a pessoa perto de você, tudo se resolve de uma forma natural. Até mesmo na escola contamos com um apoio grande das pessoas que aqui trabalham, que são profissionais e muito dedicadas.

Qual momento pode ser considerado crucial na carreira que até mesmo pesou em algumas decisões?
Na parte da escola, como era algo novo, o processo de achar os profissionais certos, que falem a sua língua, levou tempo até formar uma equipe bacana. Agora na carreira profissional, seja como cantora ou atriz, é sempre muito difícil, pois nunca se sabe como é o mercado. Temos uma mídia que não fala a mesma língua da gente, em termos de cultura. O Brasil é muito rico e as pessoas não dão valor para isso e insisto em fazer algo com qualidade. No começo queria fazer novela e tive que correr atrás disso, seja fazendo testes, cursos, insistir até que surgiu a oportunidade em fazer. E isso é difícil, pois cada dia é diferente.Obstáculos sempre vão existir.

A novela “O Amor está no Ar”, de Alcides Nogueira, foi a sua estréia na televisão como atriz. Houve outras participações em novelas ou programas de TV?
Antes de “O Amor está no Ar”, fiz algumas participações em “Sangue do meu Sangue” e “Éramos Seis”, no SBT. Depois gravei a novela durante um ano, sendo que nesse período tive que morar no Rio de Janeiro e tive a oportunidade de gravar dois episódios do “Você Decide” até que conversei com uma amiga, no caso a Márcia Penteado e fizemos a peça “As Gêmeas Siamesas”, que apresentamos em todo o país. A partir dali não parei mais com o teatro. Montei “A Valsa Nº 6”, de Nelson Rodrigues, onde ganhei o prêmio de melhor atriz do Mapa Cultural. Minha atuação centrou-se mesmo nas artes cênicas e também com o canto, quando fiz o Conservatório de Tatuí.

Uma outra característica sua é a música, seja tocando violão ou mesmo como intérprete. Quais os ritmos que segue?
Sou apaixonada por música brasileira e gosto de ouvir jazz. Mas minha paixão é a MPB, samba, bossa-nova.

Quais são os artistas que lhe inspiram o trabalho?
De cantor (a), gosto muito de Milton Nascimento, Elis Regina, Rosa Passos, entre muitos cantores de jazz. De atores tem vários, como Fernanda Montenegro.

O ator pode ser considerado um ser humano diferenciado?
Acredito que não, pois o artista em geral tem um diferencial de que ele pensa no próprio ser humano. Não se prende naquela rotina da vida, mas busca e mostra a essência do homem, das emoções, envolvimento com o próximo. E isso infelizmente, aos poucos, está acabando em nossa sociedade. Sinto que as pessoas entram em uma rotina e se preocupam em serem os melhores, ganhar mais dinheiro. Elas não pensam mais na relação com o próximo, da nossa missão na Terra. O teatro mostra um pouco da realidade no palco para que o público perceba as coisas que acontecem a seu redor. O artista apenas pensa na essência da vida, do homem.

Após a apresentação de “Nelson, Amores e Canções”, há algum novo projeto em andamento que conte com sua participação?
No momento tenho ido a São Paulo para pesquisar textos para montagem de uma peça e pretendemos ficar em cartaz. Quero aproveitar muitos talentos daqui de Botucatu, que é uma cidade que possui essa característica. Pretendo também gravar um novo CD e me dedicar cada vez mais ao ensino na escola.

Para você, o que representa estar no palco?
Cada vez que subo no palco é uma realização, é uma adrenalina que bate. Em dia de apresentação, quando o público aplaude é o maior prazer que se pode ter, de entregar nosso trabalho com muita paixão e depois ter um carinho muito grande do público. É um momento em que pensamos no ser humano como uma pessoa inteira. Estar no palco representa a minha vida.

Show de Ivete Sangalo acontece amanhã no recinto da JVC Eventos em Botucatu

Show faz parte da trunê de divulgação do
DVD gravado ao vivo no Maracanã


Por Renato Fernandes

A cantora Ivete Sangalo vai agitar Botucatu, amanhã, dia 29 de março, com o show que faz parte da turnê do disco “Multishow - Ao Vivo no Maracanã”, no Recinto de exposições da JVC Eventos. Além da musa baiana, a banda Balacobaco e DJ´s agitam a festa no trio elétrico. Os portões serão abertos às 16 horas, mas a cantora deve subir ao palco por volta da meia noite.
O DVD Homônimo já vendeu mais de 1 milhão de unidades e no show a cantora promete interpretar canções como "Deixo", "Berimbau Metalizado", “Não me conte seus problemas" dentre outras.
O recinto contará com estacionamento próprio e um esquema especial de segurança para garantir a integridade do público. Essa é a segunda vez que Ivete se apresenta na cidade a primeira foi no segundo rodeio da Padroeira, 1998, quando ainda era vocalista da banda Eva.
Os organizadores do evento aguardam a presença de aproximadamente 20 mil pessoas. Excursões com fãs de São Paulo e cidades da região já confirmaram presença.
Em janeiro, a Universal Music divulgou que o DVD
“Multishow - Ao Vivo no Maracanã”, tornou-se o mais vendido do mundo em 2007, entre todos os artistas da gravadora.
A baiana superou nomes como Nirvana ("Unplugged in New York"), Black Eyed Peas ("Live From Sydney to Vegas"), Amy Winehouse ("I Told You I Was Trouble - Live in London") e o U2 ("18 Videos"). Levando-a ao primeiro disco de ouro digital do Brasil, por mais de 50 mil downloads da faixa "Berimbau Metalizado".
Recentemente Sangalo confirmou participação especial no segundo DVD do Asa de Águia, que será lançado ainda neste ano. O dueto entre a Bela e a Fera do axé acontecerá no show que o Asa irá fazer no dia 1º de maio, no Parque de Exposições de Salvador.

Serviço:
Onde: Recinto JVC Eventos - Botucatu/ SP
Quando: 29/03 sábado Portões 16h00 / Show 00h00
Informações: (11)3486-9606.

Confira a cantora interpretando o sucesso "Se Eu Não Te Amasse Tanto Assim"






CLIQUE AQUI e leia mais sobre o show

Exposição da botucatuense Amélia Blasi termina neste sábado

A artista plástica falou sobre a sua obra na noite de quarta-feira, dia 26

A exposição “Ninhos do Bem Querer”, da artista botucatuense Maria Amélia Blasi de Toledo Piza, está aberta para visitação do público no Museu de Arte Contemporânea Itajahy Martins até sábado, dia 29 de março, com entrada franca.
A autora nasceu em Botucatu e dedicou-se ao ensino da música e do desenho, participando ativamente da vida artística e intelectual de sua cidade. Com seus poemas intimistas, enceta uma viagem pelos recônditos da alma feminina, onde a realidade, o amor e o sonho se mesclam nas diversas etapas da vida.
Formada em Artes Plásticas e Música, a artista obteve em 2004 o grau de doutorado em Arte Brasileira pela Universidade de São Paulo. Nos últimos anos intensificou sua produção artística a partir de pesquisas feitas no campo da criação em arte, que consistiu no resultado em pinturas agrupadas em séries, expostas por Amélia em várias cidades e capitais do Brasil e de outros países, obtendo menções honrosas e prêmios.
Amélia também é autora dos livros “Na Borda das Nuvens”, “A Capela da Santíssima Trindade de Botucatu”, “A poética da Luz na obra do pintor Carlos Oswald”, “Por que amo Botucatu” (crônicas) e “Cartilha do Artesanato Botucatuense”.
O MAC Itajahy Martins está localizado à Avenida Dom Lúcio, 755, Centro. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 3882-0133.



Clique na imagem acima e conheça um pouco da arte de Amélia Piza

Atletas de voleibol treinam para os JORI 2008

A equipe feminina de voleibol de quadra que irá representar Botucatu nos Jogos Regionais do Idoso 2008, realizou na tarde desta quarta-feira, 26 de março, mais um treinamento a fim de buscar bons resultados durante a competição.
Quatorze atletas com idade acima de 60 anos participam das atividades todas as quartas-feiras, no Ginásio de Esportes da Associação Atlética Botucatuense, e sextas-feiras, no Botucatu Tênis Clube, das 14 às 16 horas.
O regulamento dos JORI adaptou algumas regras para esta modalidade. “As jogadoras de ataque não podem saltar quando forem passar a bola para o lado adversário, e são necessários dois toques no mínimo antes de tentar marcar o ponto. Essas são algumas das adaptações feitas para o torneio”, explicou Carlos Eduardo Barros Pereira, o professor Pirica, técnico da equipe botucatuense.
Os Jogos Regionais do Idoso serão disputados em Botucatu entre os dias 09 e 13 de abril. A abertura acontece dia 09 no Ginásio Municipal de Esportes, localizado à Rua Maria Joana Félix Diniz, s/nº, no Bairro Alto, e contará com a presença da primeira-dama do Estado, Mônica Serra.
Confira as atletas que representarão Botucatu na modalidade de voleibol, Maria Inez Silvério, Maria Nair Belini, Nair Martins Souza, Maria Martins, Aparecida Zanete, Maria Gonçalves, Maria das Dores, Teruko Kawabe, Rosita Viegas, Cleonice Bruder, Maria Butinholi, Vera Lúcia Moraes, Vera Alice Rebello e
Cleoneide Bruder.

Dança de salão – A seletiva da modalidade de dança de salão definiu Raimundo Nepomuceno e Dilma Palomo Franco como os representantes de Botucatu nos Jogos Regionais do Idoso, na categoria entre 60 e 69 anos.
A dupla foi escolhida pelos jurados Fábio Henrique Gonçalves e Mônica Morelli, responsáveis por ministrar aulas no grupo Dança de Salão Fábio e Mônica, durante um baile dançante promovido no Centro de Lazer Nova Aurora.

Temáticas do OP começaram com discutindo saúde

Na noite de quarta-feira, dia 26 de março, tive início a primeira rodada de Assembléias Temáticas do Orçamento Participativo. O tema da reunião, realizada no auditório da ACE/CDL, foi saúde. O evento contou com a presença de aproximadamente 50 pessoas, entre elas o vice-prefeito e secretário da Saúde, Valdemar Pereira de Pinho.
O coordenador do Núcleo de Participação Popular, José Everaldo da Rocha abriu os trabalhos falando sobre a importância da participação popular dentro do Orçamento Participativo e nas decisões orçamentárias da Prefeitura. “Quem faz o Orçamento Participativo é a população. Vocês são os protagonistas do OP. Nós apenas damos as diretrizes para que todos possam decidir quais são as prioridades que a nossa cidade precisa”, comentou.
Antes da eleição dos delegados todos participantes conheceram e aprovaram o regulamento da Assembléia Temática da Saúde. Depois disso tiveram a oportunidade de conhecer como é elaborado o orçamento público e a agenda de assembléias do Orçamento Participativo até a elaboração da Lei Orçamentária Anual.
Após as explicações foram eleitos os oito delegados que estarão representando a temática saúde. Eles também tiveram a oportunidade de conhecer qual o papel que passarão a desempenhar como delegado temático e o trabalho que terão que desempenhar junto às Assembléias Regionais. “Todos vocês serão orientados e capacitados para organizar e coordenar as assembléias regionais. Também vamos passar informações para que possam classificar os investimentos”, colocou Everaldo.
Pinho encerrou a assembléia falando das prioridades colocadas pelo Orçamento Participativo nesse período e dentro da temática da saúde. “Muitas prioridades na área da saúde foram decididas pela participação popular, dentro das Assembléias do OP. Durante esses quatro anos, nunca nos esquecendo do Conselho Municipal de Saúde, que sempre esteve presente”, comentou o secretário.
Uma das grandes conquistas dentro do Núcleo de Participação Popular é o Pronto Socorro Municipal. “Tivemos algumas dificuldades na liberação da verba para a construção do Pronto Socorro, mas ele está sendo erguido e foi uma conquista do OP. Vamos resolver o problema de Botucatu pelos próximos 50 anos”, finalizou.

Delegados eleitos

Mariana Braga Cavariani - Vila Nova Botucatu - Setor Norte Região 8
Elenilde Tereza dos Santos - 24 de Maio - Setor Sul Região 16
Helena Aparecida de Oliveira – Jardim Peabiru - Setor Leste Região 12
Paulo Roberto Leite - Aeroporto (Mutirão) - Setor Sul Região 16
Antônio Pereira dos Santos - Vila Real - Setor Oeste Região 17
Nadir Antunes - Cohab III - Setor Sul Região 16
Orlando de Assunção Mendes – Jardim Paraíso - Setor Norte Região 10
José Antonio Pessoa - Comerciários I - Setor Sul Região 14

Escolas Municipais recebem visita de projeto educativo itinerante

Formar cidadãos conscientes com relação ao meio ambiente e aos recursos hídricos. Esse é o objetivo do projeto itinerante ‘Educando Sobre as águas’ em suas visitas às escolas de ensino fundamental da rede municipal de ensino de Botucatu.
O projeto é idealizado pela ONG ‘Mãe Natureza – Movimento de Amparo Ecológico’, de Barra Bonita, sendo patrocinada pelo Programa Petrobrás Ambiental.
As visitas são realizadas através de uma sala de aula móvel construída em um ônibus, dotado de equipamentos didáticos lúdicos, facilitando a compreensão das crianças. “O objetivo central do projeto é buscar a conscientização em relação ao uso racional da água, para uma gestão sustentável dos recursos hídricos”, explicou Carlos Gilberto Fernandes, o ‘Sucuri’, coordenador da unidade.
Na manhã desta quinta-feira, 27 de março, o projeto visitou a Escola de Educação Fundamental Angelino de Oliveira, na Vila Antártica. “Consideramos válida e necessária toda e qualquer ação que traga conscientização sobre o uso racional da água aos nossos alunos”, comentou a representante dos professores da escola, Andréia Innocente.
Segundo Andréia, os ensinamentos passados pelo projeto serão de grande importância para os alunos em seu futuro. “Nossas crianças passam a ser multiplicadoras das informações recebidas e se tornam, no futuro, adultos melhores por terem desenvolvido, também através da escola, responsabilidade sócio ambiental”, concluiu Andréia.
O projeto já passou por 34 municípios pertencentes a Bacia Hidrográfica do Tietê-Jacaré, no período de 2004 a 2007, contemplando 170 mil alunos e 300 escolas. O objetivo é passar o ensinamento a 1.700 escolas, 690.245 alunos e 68 municípios até o ano de 2012.

Cultura dá início a mais oficina de Desenho e Pintura

Teve início na manhã desta quinta-feira, 27 de março, a oficina de desenho e pintura ministrada pela artista plástica Ana Claudia Fernandez. A oficina é uma realização da Prefeitura de Botucatu, através da Secretaria Municipal de Cultura.
O objetivo das aulas é dar aos alunos noções de desenho em papel, para posterior pintura em tela. As aulas são ministradas nas dependências do Espaço Cultural Antonio Gabriel Marão e o material didático foi fornecido pela própria Secretaria de Cultura.
O grupo é bem heterogêneo, com pessoas de diferentes formações e idades. “Esse grupo foi formado pela diversidade de idade e atividades de cada pessoa, tendo como idéia principal a multiplicação das experiências e vivencias de cada um”, comentou a agente de cultura, Cláudia Basseto.
A turma é formada por 25 alunos, que se encontrarão uma vez por semana até o mês de julho. Ao todo foram 52 inscritos que passaram por uma seleção. “As pessoas procuraram a oficina com o objetivo de crescimento pessoal.
Desenvolver uma atividade de lazer ou até mesmo com a intenção de profissionalização ou auxilio nas atividades em que já trabalham”, finalizou Cláudia.
Os selecionados foram, Alessandro Moreira, Admir Leite Penteado Junior, Adriela Andréia da Silva, Aparecida Jeanete Barbosa, Ana Carolina Hayashi, Cristiane Nora Bueno, Daiana de Oliveria, Edna Litério, Érika Regina Nunes, Eneidail Maria de Souza, Giovana Carina Ribeiro Penteado, Izabel Cristina Zamarelli Celestino, Jose Benedito Rodrigues Cavalheiro, Juliane Cristine Novaes, Luciana Alves dos Santos Silva, Maria Silvana de Moraes, Marcos das Neves Gusmão Homem, Neusa Salete Rubio, Neusa Maria Baldi, Nilsen Angella Contessoti, Ricardo Pacheco Bonometo, Sandra Maria de Camargo, Sonia Fioretto, Walkiria Morato do Amaral, Zilda Quinalha de Barros.

Show de Ivete Sangalo deve 'parar' Botucatu

Por Flávio Fogueral

Fotos Flávio Fogueral e Divulgação

A apresentação que a cantora Ivete Sangalo realizará neste final de semana em Botucatu deverá concentrar mais de 10 mil pessoas no Recinto da JVC. O show acontece no sábado. A confirmação da apresentação da cantora foi dada com exclusividade pelo blog O Grito Notícias.
A abertura dos portões está prevista para acontecer às 16 horas e o show deve ter início à meia-noite. Na tarde desta quinta-feira, a movimentação era grande no recinto da JVC, local que abrigará o show. O palco estava completamente montado e a previsão da organização é de que nesta sexta-feira toda a estrutura esteja pronta.
Antes da apresentação, a animação ficará por conta de um trio elétrico e também de DJ’s. No repertório da artista, grandes sucessos de sua carreira
Ainda restam poucos ingressos à venda que podem ser encontrados nos postos de venda. A recomendação da organização é da aquisição dos mesmos em locais autorizados e se eximem de qualquer responsabilidade por ingressos falsificados ou vendidos por cambistas.

Sucesso de crítica e público- Ivete Sangalo é atualmente uma das cantoras mais valorizadas do mercado fonográfico em geral. Seu mais novo DVD, o “Multishow Ao Vivo no Maracanã”, é um dos mais vendidos do país e figura no topo das listas de revistas especializadas.
A cantora, recentemente, dirigiu o novo DVD de Alexandre Pires, que contou também com a participação do cantor Daniel.
Há poucos dias a artista confirmou presença no próximo DVD da banda Asa de Águia. A gravação com a participação da cantora deve acontecer no dia 1° de maio.

Abaixo um 'esquenta' do show de Ivete com a participação de Sandy na música "Se eu Não Te Amasse Tanto Assim":


março 27, 2008

Projeto ZazenZuns promove workshop de meditação

Veena ministrará o workshop na Demétria

Por Renato Fernandes

O teatro Dynamis, através do projeto ZazenZuns (patrocinado pelo Pipa – Programa de Incentivo à Produção Artística e Cultural) vai promover nesse sábado, entre as 8 e 17 horas, o workshop de meditação desenvolvido por Ma Prem Veena, no Bairro Demétria.

Segundo Luciana Ca, organizadora do evento a meditação acontece quando não estamos fazendo absolutamente nada, física ou mentalmente. “É estar apenas presente, existindo, isso é meditação. O que é bem diferente do dormir. Dormindo você não está consciente, não está atento. Meditação é você totalmente relaxado, sem esforço, nenhuma atividade e ao mesmo tempo muito atento e consciente”, explica.
A meditação não é a busca pela iluminação, mas sim, a compreensão de que somos a própria iluminação. Trazendo a libertação de todas as crenças. “É um ato de liberdade”, completa.
Informações e inscrições pelo telefone: (14) 3813-6438 ou pelo e-mail: teatrodynamis@yahoo.com.br

Domingos Meira enterra um personagem e faz outro nascer

Além da mudança visual, o ator também vai precisar alterar
o estilo de atuação interpretando um personagem cômico

Por Renato Fernandes

Na quarta-feira, dia 19 de março, foi ao ar a última participação do personagem vivido pelo ator botucatuense Domingos Alves Meira, na minissérie “Queridos Amigos”, de Maria Adelaide Amaral e que e que é exibida no final da noite pela Rede Globo de Televisão.

O ator já está escalado para interpretar o advogado Alberto, na próxima novela das 18 horas, “Ciranda de Pedra”, uma adaptação do romance homônimo de Lygia Fagundes Telles. A novela tem previsão de estréia para o dia 5 de maio, período considerado curto para a transição entre personagens distintos.
Meira, que na minissérie interpretou um tecladista dos anos 80, misturando o new age e o rock n´roll, um papel pequeno com participações curtas agora interpretará um advogado. Um personagem, que segundo o autor da novela Alcides Nogueira, é importante na trama por fazer parte do escritório de Natércio Silva Prado, um dos protagonistas.
Empolgado, o ator revela que recebeu muito bem o papel. “Terei a oportunidade de interpretar um personagem de humor, e isso é algo que eu queria há muito tempo. É uma satisfação enorme fazer parte desse elenco maravilhoso. Acabei de gravar a mini, na semana passada enterrei um personagem e vi outro nascer.”, disse.
Nogueira não mede adjetivos ao falar da participação do conterrâneo na novela. “Admiro muito o trabalho do Domingos. Já estivemos juntos em "JK", quando ele fez, muito bem, o jornalista Sérgio Sá. Agora, ele será um jovem advogado, Alberto Torquato de Menezes. Ele poderá mostrar um outro lado artístico, o da comédia. Ele é ótimo, vai fazer sucesso, sei disso”.

Caixa Econômica da Vila dos Lavradores receberá exposição fotográfica

Por Renato Fernandes

Em comemoração aos 153 anos da cidade de Botucatu, o historiador Luiz Roberto Coelho Gomes, vai promover uma exposição fotográfica na agência da Caixa Econômica Federal da Vila dos Lavradores.
Segundo ele a intenção é apresentar aproximadamente 50 painéis que mostrem diversos aspectos do município, a partir do século 20. “São imagens gerais da cidade, que mostram aspectos sociais, fachadas, a extinta Sorocabana, ruas, dentre outros temas. Estamos traçando um paralelo sobre o crescimento da cidade ao passar dos anos”, explica.
Além da mostra de fotos a exposição contará também com a projeção permanente de slides. Gomes explica que atualmente a agência já sedia uma exposição sua. “No aniversário da Vila dos Lavradores, em setembro, eu montei uma exposição que continua até agora e com bastante sucesso. Vamos tirar as fotos dessa mostra para colocar a próxima exposição. A intenção é iniciarmos a mostra comemorativa ao aniversário no início do próximo mês”, disse.

Imagem do Dia


Quem constrói a América do Sul?

Presidente Lula e o presidente da Venezuela, Hugo Chávez, visitam o canteiro de obras da refinaria Abreu e Lima. Participação da estatal venezuelana PDVSA na refinaria brasileira não foi acertada Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/ABr

março 26, 2008

Dois Filhos de Francisco em cartaz hoje no Centro Cultural de Botucatu



Na noite de hoje o CCB - Centro Cultural de Botucatu, oferece a oportunidade gratuita para a população prestigiar o filme "2 Filhos de Francisco", gratuitamente. A exibição acontecerá às 20 horas e faz parte da programação da 2ª Semana de Cinema Caipira promovida pela entidade.
A história de duplas sertanejasé um dos posntos apresentados nessa semana, na noite de ontem os organizadores da Semana de Cinema Caipira exibiram o filme Estrada da Vida, onde é contada a história da dupla sertaneja Milionário e josé Rico.
O filme "2 filhos de francisco" conta a história de Zezé di Camargo e Luciano é um filme brasileiro lançado em 2005, do gênero drama, dirigido por Breno Silveira e baseado na vida dos músicos Zezé Di Camargo & Luciano.
O filme foi produzido pelos estúdios Conspiração Filmes, ZCL Produções e Columbia TriStar do Brasil. O roteiro foi escrito por Patrícia Andrade e Carolina Kotscho, a trilha sonora de Zezé di Camargo, a fotografia de André Horta, a direção de arte de Kiti Duarte, os figurinos de Cláudia Kopke e a edição de Vicente Kubrusly. Foi recorde de bilheteria do cinema brasileiro.
O evento será encerrado na noite de amanhã com a exibição do filme "Cantoria Caipira", de autoria do jornalista Cláudio Coração.

Eadcon prorroga matrículas até dia 31

A Eadcon, maior faculdade de ensino a distância do País, prorrogou as matrículas em seus cursos até o dia 31 deste mês (segunda-feira). Muitas pessoas fizeram o vestibular e perderam o prazo para a matrícula.
As mensalidades dos cursos são a partir de R$ 174,25. Este ano o vestibular Eadcon registrou um número recorde nas inscrições. Ao todo foram realizados quatro vestibulares, de outubro do ano passado até fevereiro deste ano, em mais de 1.500 municípios no País inteiro, contabilizando 194 mil inscritos.
Os alunos dos cursos de Graduação estudam através de aulas por meio de teleconferências, estudo individual e atividades pela Internet. As aulas acontecem uma vez por semana e os alunos têm a sua disposição biblioteca, tutoria, laboratório de informática e supervisão.
As demais atividades acadêmicas como aulas interativas, textos complementares e provas, os alunos realizam nos horários que escolherem, sempre utilizando o Portal Educacional Eadcon, disponível 24 horas por dia na Internet.
Onde procurar: Na região a Eadcon está presente em Bofete – contato (14) 3845-7308, Botucatu - (14) 3813-6652, Conchas - (14) 3845-7308, São Manuel (14) 3841-2956, Tietê (15) 3282-8337, Laranjal Paulista (14) 3845-7308 e Itatinga (14) 3845-7308.

UNIMEP: Salão Universitário de Humor vira internacional e inscrições já estão abertas

A 16ª edição do Salão Universitário de Humor de Piracicaba - Unimep (Universidade Metodista de Piracicaba) amplia a possibilidade de participação, pois agora não só universitários de graduação e pós-graduação da América Latina como de todo o mundo podem mandar seus desenhos. As inscrições, que são gratuitas, se encontram abertas até 26 de maio e podem ser feitas pessoalmente, pela internet ou pelo correio nas categorias charge, cartum, caricatura e HQ (História em Quadrinhos).
"Com relação às inscrições, fomos um dos primeiros salões do país a receber desenhos pela internet, medida hoje adotada por um número crescente de eventos do gênero. O nosso diferencial este ano é permitir a participação de alunos de toda a parte do mundo, uma vez que a internet é um dos canais de divulgação", destaca o presidente do Salão de Humor, prof. Camilo Riani, à frente do projeto há 11 anos.
Aos vencedores serão divididos R$ 3.000 mil em dinheiro, além dos portfólios especiais - CDs com dados sobre a carreira, contatos, trabalhos e imagens de cada um dos artistas e escolhidos pelo júri - que serão enviados para profissionais da área do humor gráfico, imprensa, revistas e agências de publicidade. A arte gráfica do cartaz de divulgação da 16ª edição do Salão Universitário de Humor de Piracicaba - Unimep é de Eduardo Baptistão, cartunista do jornal "O Estado de S. Paulo" e considerado um dos maiores caricaturistas da atualidade.

março 25, 2008

Prefeito concede aumento de 3% ao funcionalismo municipal

Da Secretaria Municipal de Comunicação

O prefeito de Botucatu, Antonio Mário Ielo, concedeu aumento salarial de 3% aos servidores públicos municipais. Já o vale-compra alimentos, que era de R$ 250 passou vai passar a valer R$ 300. O aumento é retroativo a 1º de março, desta forma os servidores receberão R$ 350 de vale-compra.O anúncio do aumento foi feito diretamente aos servidores, primeiro na Garagem Municipal e depois no prédio da Prefeitura. Ielo esteve acompanhado do vice-prefeito e secretário da Saúde, Valdemar Pereira de Pinho, dos secretários da Administracão, Reginaldo Padovani, Fazenda, José Carlos Vasques e de Obras, Rubens Bicudo e do presidente do Sindicato dos Servidores, José Manoel Leme.
Ielo antecipou a negociação salarial, pois a data base seria em maio. Essa decisao foi tomado devido as limitações impostas pela legislação eleitoral. A administração trabalhou com um limite de segurança, pois nesse ano o reajuste deve repor a inflação projetada para o período. Ainda durante a negociacao, ficou acertado que a data-base da categoria será antecipada de maio para março.
Também ficou acertado entre a Prefeitura e o Sindicato, que a partir deste ano, no mês de dezembro os servidores terão direito a um vale-compra alimentos em dobro.
Ielo destacou a importância que o vale-compra tem em seu governo. “Começamos o vale-compra alimentos com o valor de R$ 30 e vamos chegar ao final do mandato valendo R$ 300. Essa era uma proposta por mim”, finalizou.

Em tempos de Orkut é opção musical para a noite de hoje

Por Renato Fernandes

Nessa terça-feira a Rádio Cidadania, de Avaré, apresenta ao vivo pela internet, a partir das 20 horas o programa “Em Tempos de Orkut”. O programa é apresentado pelos radialistas Antonio Marcos e Eron Oliveira.

Na programação de hoje serão apresentadas músicas com os seguintes intérpretes: Cristiane Quintas, Geraldo Maia, Lívia Cavalcanti, Nena Queiroga, Vothios, Helena Elis, Alcyr Guimarães, Ângela Carlos, Kleber Albuquerque, Juliana Martins, Caios Bassitt, Carmen Queiroz, Mano Borges, Selmma Carvalho, Marcos Lima, Crikka Amorim,

Na programação também desfilarão os botucatuenses, Alê Moreira e Fabiana Godoy.

Célia Porto e Marcos Assumpção, músico que aniversariaram nos dias 26 e 28 de março, serão lembrados no programa.

O fundo musical da transmissão será do CD - “A Terra E O Espaço Aberto” – de Benjamin Taubkin.
Acesse a rádio no seguinte link: www.radiocidadania.com.br

Denúncias e páginas de pedofilia na internet dobram entre 2006 e 2007

O número de páginas denunciadas por divulgação de pedofilia e exploração sexual de crianças dobrou de 2006 a 2007, segundo a organização não-governamental (ONG) SaferNet, que cuida da Central Nacional de Denúncias por Crimes Cibernéticos.
De acordo com o presidente da ONG, Tiago Tavares, no ano passado foram feitas 267.470 denúncias a respeito de 38.760 páginas com esse tipo de conteúdo, contra 121.635 denúncias feitas em 2006 sobre 17.148 páginas. Ele acredita que os 126% de aumento das denúncias estão relacionados ao crescimento do número de usuários da internet, que aumenta 20% ao ano no Brasil.
Além disso, o crescimento das redes de relacionamento também pode justificar o aumento das denúncias. Segundo Tavares, 90% das páginas denunciadas ao SaferNet estão relacionadas ao Orkut – site de relacionamentos com perfis e comunidades virtuais.
O fato de essa e outras páginas estarem hospedadas em servidores fora do Brasil costuma trazer o mito de que brasileiros não se interessam por esse tipo de conteúdo, mas o presidente da SaferNet adverte que esse é um crime muito praticado aqui.
Como a ONG trabalha em cooperação com o Ministério Público Federal (MPF), as denúncias relativas aos estados de São Paulo, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Goiás e Paraná são encaminhadas para o MPF. Nos outros estados elas são entregues para o Departamento de Direitos Humanos da Polícia Federal. Só em São Paulo existem mais de 400 investigações em curso baseadas nas denúncias do SaferNet.
Para tentar barrar o avanço da pedofilia, a Comissão Parlamentar Mista de Inquérito sobre a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, que encerrou os trabalhos em 2004, propôs um projeto para alterar a lei que pune a divulgação desse tipo de abuso na internet. Atualmente é crime apenas produzir e passar as imagens adiante, na forma de divulgação, venda ou apresentação.
O novo projeto, que já passou pela Câmara e está na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania do Senado, propõe que também seja incriminada a pessoa que armazena o conteúdo em seu computador, mesmo que não disponibilize na rede, acabando assim com a brecha usada por muitos pedófilos.

Sai na quarta nomes dos 8 mil novos professores-coordenadores

Da Secretaria da Educação

A Secretaria de Estado da Educação define na quarta-feira, 26, a lista dos 8 mil professores selecionados para atuação como professor-coordenador. Cerca de 27 mil (de 40 mil inscritos) foram selecionados para esta fase e agora passaram por seleção nas Diretorias de Ensino.
O Diário Oficial do Estado irá publicar os nomes dos selecionados, de acordo com cada Diretoria de Ensino. Parte da lista já foi definida nesta terça-feira. São 91 Diretorias de Ensino em todo o Estado.
Com os novos profissionais, a secretaria sobe de 6 mil para 12 mil vagas de professores-coordenadores na rede estadual. Foram selecionados oito mil, para turmas de 5ª a 8ª série do Ensino Fundamental e de Ensino Médio.
Os quatro mil restantes, para 1ª a 4ª série do Fundamental, terão processo seletivo no meio do ano. Eles irão atuar como gestores das mudanças anunciadas em 2007 pela pasta. Serão responsáveis, por exemplo, em planejar como as escolas cumprirão as metas de desempenho e como elevar o nível de aprendizado dos alunos.
Os aprovados farão capacitação por dois dias. O curso começa ainda nesta semana. O salário inicial para o ciclo 1 é de R$ 1.773,71. Para ciclo 2 e Ensino Médio, o valor é R$ 1975,55.
Um professor na rede estadual ganha atualmente, por 24 horas semanais, R$ 1036,00. "Trata-se de uma seleção importante. Os professores-coordenadores serão peça fundamental para melhorar a educação na rede estadual", afirma a secretária de Estado da Educação, Maria Helena Guimarães de Castro.
Cada um será responsável por um ciclo (5ª a 8ª e Ensino Médio) e por no máximo 30 classes. Hoje, antes desta seleção, havia apenas um coordenador por escola_ agora cada escola poderá ter 3 coordenadores, 1 por ciclo (1ª a 4ª, 4ª a 8ª e Ensino Médio).

Itatinga realizou sua A paixão de Cristo

Do site Itatinga News

No início da noite do último domingo,16, na rotatória do Conjunto Habitacional Mário Covas, cerca de 120 participantes – na maioria jovens católicos - encenaram “A Paixão de Cristo”. O palco para essa apresentação teatral foi improvisado sobre as carrocerias de dois caminhões cedidos pela São Caetano Matérias de Construção. De acordo com os organizadores, os ensaios tiveram início logo na primeira semana da Quaresma e este ano a grande novidade foi o registro da participação de um número maior de jovens.
A idéia para realização desse evento na entrada do CDHU foi do pároco padre Tadeu de Oliveira.A Paixão de Cristo retrata as situações e emoções vividas por Jesus Cristo e seus seguidores cinco dias antes da sua morte e ressurreição. Episódio trágico relembrado até hoje pelas comunidades cristãs do mundo inteiro, essa apresentação retrata a última ceia, a traição, a prisão, o julgamento, a flagelação e a crucificação de Cristo, maior nome dos últimos 2008 anos de história da humanidade.Na parte da manhã foi realizada a procissão de Domingo de Ramos, que representa a entrada triunfal de Cristo em Jerusalém na semana da páscoa. O ponto de partida foi a Capela da Abadia Nossa Senhora de Assunção até a igreja Matriz de São João Batista.

Botucatu terá agência ambiental

Na próxima quarta-feira, dia 26 de março, será inaugurada a Agência Ambiental de Botucatu. O evento, que contará com a presença do secretário do Meio Ambiente do Estado de São Paulo, Francisco Graziano Neto, está marcado para as 14 horas, no prédio que vai abrigar a agência, localizado à Rua João Morato da Conceição, nº 525.
A Agência Ambiental é uma fusão da CETESB e DPRN. “Desde 2003 a Prefeitura de Botucatu vem reivindicando a instalação da Agência Ambiental em nosso município, quando foi anunciado o fechamento do DPRN em Botucatu. Agora está sendo possível a instalação. Contamos também com o movimento dos prefeitos da região, que reforçaram o pedido”, disse o secretário de Meio Ambiente, Vado Silva.Naquela oportunidade a Secretaria de Estado do Meio Ambiente se comprometeu a não fechar o DPRN e realizar estudos para a implantação da Agência Ambiental.
Para a viabilidade da criação da Agência, foi necessária a celebração de um convênio da Prefeitura de Botucatu junto ao Estado. “O município ficou encarregado da reforma e aluguel do prédio”, finalizou Vado Silva.

Induscar anuncia ampliação de fábrica e criação de duas novas indústrias

Da assessoria da Prefeitura Municipal de Botucatu

No final da manhã desta segunda-feira, o diretor da Induscar, Maurício Lourenço da Cunha, anunciou a ampliação da linha de produção da empresa e a criação de duas novas indústrias, no município de Botucatu. Uma será para a fabricação de peças de plástico e a segunda de vidro. O investimento total do grupo em Botucatu deverá ser da ordem de R$ 10 milhões.

O anúncio foi feito durante entrevista coletiva no auditório Cyro Pires, na Prefeitura. Além do empresário, participaram do evento, o prefeito Antonio Mário Ielo, vice-prefeito e secretário da Saúde, Valdemar Pereira de Pinho, secretário da Indústria e Comércio, Edinho Baptistão, diretor do CIESP, Moacir Fernandes. Também compareceram os vereadores Lelo Pagani e Luiz Carlos Rúbio, o secretário da Fazenda José Carlos Vasques e o secretário da Educação, Gilberto de Azevedo Borges.

Maurício da Cunha anunciou os investimentos que serão feitos no município e depois respondeu o questionamento da imprensa presente. “Estou aqui por acreditar na cidade e estar satisfeito com a relação que temos com a Prefeitura e a Câmara Municipal. Estamos anunciado a ampliação da linha de produção de carrocerias e a criação de duas novas indústrias no município”, colocou.O diretor falou ainda, sobre o apoio que tem recebido do Poder Público. “Nós temos recebido apoio da Prefeitura, através da Lei que os vereadores votaram. Já foram feitas melhorias na entrada da fábrica e agora a Prefeitura deverá fazer a terraplenagem, galerias se houver necessidade e asfaltamento”, destacou.

O grupo deverá receber incentivo na redução do ISS para a construção da nova indústria.Ielo ficou entusiasmado com a notícia da ampliação da linha de produção da Induscar e a criação das novas indústrias. “É uma das melhores notícias deste ano. A ampliação da Induscar e a criação dessas duas novas fábricas. Nem sempre a Prefeitura pode ajudar, mas quando temos um empresário como o Maurício, facilita muito para nós da administração pública. É um trabalho que vem sendo realizado a algum tempo. Essa parceria nos permitiu realizar as melhorias no acesso à fábrica”, finalizou.
A Induscar é a maior empregadora de Botucatu. Atualmente conta com 3.045 funcionários diretos. As novas indústrias deverão gerar outros 200 empregos.