dezembro 30, 2007

Polícia apreende 271 papelotes de crack na Vila Mariana

Por Renato Fernandes

A polícia Militar apreendeu 271 papelotes de crack, 4 de cocaína e R$ 634, em dois flagrantes na Vila Mariana, na madrugada de 28 de dezembro.
O primeiro caso ocorreu na Rua 21 de Abril, nº 591, por volta das 21 horas, quando o indiciado Sílvio H.M.M, avistou uma viatura policial e fugiu para dentro da residência, no quintal ele foi rendido pelos policiais que encontraram em um saco plástico 240 papelotes de crack e R$ 620 em dinheiro.
Cinqüenta minutos depois, uma outra viatura em patrulhamento pela Rua Afonso Fernandes Martins, nº 130, surpreendeu Kleber F. I. O. em fuga. Da viatura os policias perceberam que o suspeito havia tentado dispensar 8 papelotes de crack.
Após a averiguação de rotina o suspeito mostrou aos policiais o local onde se encontrava o restante do entorpecente. Nessa operação foram apreendidos 31 papelotes de crack, 4 de cocaína mais R$ 14.

Incendiário ateia fogo em carro no Distrito de Rubião

Por Renato Fernandes

Por volta das 4 horas da madrugada de ontem, 29, um incendiário agiu na travessa Bento Lopes, Distrito de Rubião Júnior, ateando fogo em um veículo marca Ford, modelo Belina, as chamas atingiram também uma construção vizinha, danificando um barracão que serve de suporte para o atendimento de carentes que procuram atendimento no Hospital das Clínicas da Unesp. “Dá para ver que jogaram combustível no barracão e tentaram atear fogo, acredito que os criminosos tenham percebido movimento e fugido do lugar”, relata a responsável pelo barracão, Joana Rodrigues Pedroso.
Apesar de ter parte de seu patrimônio danificado, Joana demonstra grande preocupação com seu vizinho, que perdeu o carro no incêndio.
“Acho que foi perda total. A hora que acordei, só deu tempo de ver o vidro traseiro explodindo, me preocupo porque o Valdomiro é pedreiro e o carro é utilizado para ele trabalhar”, coloca.
De acordo com o B.O - Boletim de Ocorrência, da Polícia Militar, Valdomiro foi dormir por volta das 2 horas da madrugada e foi surpreendido com o barulho de vidro se quebrando. ainda não existem suspeitos no caso.



COPEL divulga empresa que vai construir o Pronto Socorro Municipal

Secretaria Municipal de Comunicação - Botucatu

A COPEL – Comissão Permanente de Licitações divulgou nesta sexta-feira, dia 28 de dezembro, o resultado da concorrência pública, nº 008/07, que tinha o objetivo de contratar empresa para a construção do Pronto Socorro Municipal. Após todas as etapas, foi classificada em primeiro lugar, a empresa Direct Engenharia e Construções Ltda. O prazo para recurso terminou nesta quinta-feira, dia 27.
A última etapa da concorrência foi a análise das propostas apresentadas pelas empresas participantes. A vencedora do processo licitatório apresentou um valor total de R$ 1.380.082,97 [Um milhão, trezentos e oitenta mil, oitenta e dois reais e noventa e sete centavos].
Com a segunda colocação ficou a empresa Athlon Construções e Incorporações Ltda, com o valor total de R$ 1.599.060,50 [Um milhão, quinhentos e noventa e nove mil, sessenta reais e cinqüenta centavos]. A terceira colocação ficou com a empresa Tegen Engenharia Comércio e Construções Ltda. O valor total apresentado foi de R$ 1.607.307,73 [Um milhão, seiscentos e sete mil, trezentos e sete reais e setenta e três centavos].
Dez empresas se cadastraram para o processo licitatório, oito foram classificadas para apresentar a proposta. Duas foram consideradas inabilitadas por não atender as exigências do edital. A empresa vencedora terá dez dias para iniciar a obra, após a assinatura do contrato, que deverá ocorrer no início de janeiro.
O secretário de Saúde e vice-prefeito está entusiasmado com o início da obra. “O Pronto Socorro Municipal terá uma estrutura para atender os usuários nos próximos 50 anos. Vamos ter a oportunidade de trabalhar em sintonia com o Pronto Socorro da Faculdade de Medicina da Unesp”, comentou.



Confira o que “abre e fecha” no feriado de Reveillon

Secretaria Municipal de Comunicação - Botucatu

A Prefeitura de Botucatu divulga o funcionamento das repartições municipais durante a comemoração do Ano Novo.

Secretaria de Saúde – As unidades de saúde não funcionarão nos dias 31 de dezembro e 1º de janeiro, retornando o funcionamento normal na quarta-feira, dia 2, a partir das 12 horas. O Pronto Socorro Regional e Pronto Socorro da UNESP funcionarão normalmente.

Secretaria de Educação – As creches municipais não funcionarão nos dias 31 de dezembro e 1º de janeiro, voltando às atividades normais no dia 2, quarta-feira.

Coleta de lixo – A coleta será normal na segunda-feira, dia 31, e se restringirá apenas às ruas principais da cidade na terça-feira, dia 1º de janeiro. No dia 2, quarta-feira, os trabalhos voltam ao ritmo normal.

Comércio – O Comércio de Botucatu estará aberto no dia 31, das 9 às 18 horas, e permanecerá fechado nos dias 1º e 2 de janeiro. Reabre normalmente no dia 3, quinta-feira, a partir das 9 horas.

Mercadão - O Mercado Municipal funcionará no dia 31, das 6h30 às 18h30, fechando no dia 1º de janeiro, voltando ao seu horário de funcionamento normal na quarta-feira, dia 2.

As demais repartições municipais estarão fechadas nos dias 31 de dezembro e 1º de janeiro, voltando as suas atividades normais também na quarta-feira, dia 2, a partir das 12 horas.

TV Cultura exibe especial do Viola, Minha viola

Por Renato Fernandes

O especial de Reveillon do programa “Viola, Minha Viola”, será exibido no domingo, dia 30 de dezembro, às 9 horas, na TV Cultura.
Como acontece todos os anos, a produção do programa convidou os botucatuenses que compõem o Coral do Núcleo Assistêncial Joanna de Ângelis, para participar do especial.
A gravação do “Viola, Minha Viola” aconteceu no dia 21 de novembro, e contou com a presença do prefeito municipal Mário Ielo e do secretário da Cultura, Luiz Roberto de Oliveira, dentre outras autoridades locais.
O produtor do programa, Rivaldo Corulli, demonstra toda a sua admiração ao trabalho desenvolvido pelo núcleo assistencia, na formação musical de crianças e adolescentes que residem no Jardim Peabiru. “A minha paixão é por esse belo coral do Joanna de Ângelis, fantástico núcleo de Botucatu que com o apoio da prefeitura e vários empresários, conseguem dar a essas crianças todo apoio médico, cultural, social, etc. Alias , meus parabéns ao Dr Roberto Domingos Andreucci, sua esposa Sra. Narcisa, Mário de Piéri, Claudemir e Maíra Ferreira, e todos os envolvidos nesse belo projeto. Com essa moçada, essas crianças, vamos fazer músicas como ‘Negrinho do Pastoureio’, ‘Flor do Cafezal’, canções clássicas, que há muito venho sonhando em ver crianças interpretando”, disse.
Além dos botucatuenses, o programa também contará com a participação dos irmãos “Chico Rei e Paraná” , as “Irmãs Galvão” e os responsáveis pelo CTG - Centro de Tradução Gaúcha de “Embu da Artes”, São Paulo. As Irmãs Galvão estarão acompanhadas da mãe, Maria Galvão, que contará como ensinou as filhas a subirem no palco para cantar.
“Com o pessoal do ‘CTG’ faremos um ‘Fogo de Chão’, com mais de 200 quilos de carne, costela e leitoa, que serão servidos para todos. Também teremos animais em cena, como belos cavalos, o que é muito importante, afinal , foram eles e outros animais é claro, que nos traziam nossos cultivos, de nossas colheitas. Esse povo gauchesco estará no pátio do teatro e os artistas no palco. Vamos interagir o tempo todo. Com esses gaúchos virá também um dois mais belos gaiteiros do Rio Grande para esse dia. São ‘Os Serranos’ que nos falarão também, da beleza da família rio grandense”, disse.
Segundo o produtor, o programa dará uma atenção especial às famílias. “O meu trabalho na TV, neste momento, é mostrar a importância da família, e também, das pessoas que não tem o que comer”.
Além do especial de final de ano, a apresentadora do programa, Inezita Barroso, gravou outros seis programas, e cumpriu uma agenda de shows com apresentações em Porto Alegre, Santa Maria, Salvador, Aracajú, Alagoas, Palmas no Tocantins e algumas cidades do Estado de São Paulo, como Itapetininga, Americana, Campinas e São João da Boa Vista.



Blocos carnavalescos podem se inscrever na Secretaria de Turismo até o dia 15 de janeiro

Por Renato Fernandes
Foto - Secretaria Municipal de Comunicação - Botucatu


A Secretaria Municipal de Turismo e Lazer encerrará o período de inscrições dos blocos carnavalescos interessados em participar do “Carnaval Popular de Botucatu”, no dia 15 de janeiro.
“Após esse período, fica impossível a
poiar os grupos interessados em receber a infra-estrutura da administração, como camisetas, material para adereços e instrumentos”, explica o assessor de turismo, Otoni Luiz Tonin. Em Botucatu, os desfiles de blocos ocorrerão nos dias 2 e 4 de fevereiro, nas ruas Major Matheus e Amando de Barros, respectivamente, com início sempre às 20h30. Já confirmaram presença no carnaval os seguintes blocos: Rabo de Galo, Camisa Preta, Mundo da Fantasia, Imprensa, Parmita De La Mano, Demétria, Hip-hop, União Cultural Negra, AAF, É Nóis, Academia de Dança Fábio e Mônica, Unifac e 100 Vergonha. Na zona rural o Carnaval será festejado por dois blocos, o Vai Quem Quer, o Rio Bonito e Unidos da Mina, da Mina. Tonin explica que a união de blocos promete tornar o carnaval de 2008 um dos melhores dos últimos anos. “Alguns blocos estão se unindo e assumindo características de verdadeiras escolas de samba, esse é o caso do bloco da Ferroviária que se uniu com a Academia de Dança de Salão Fábio e Mônica e o Bloco É Nóis. Também desfilarão juntos os blocos, 100 Vergonha, Rubião Júnior e União Cultural Negra”. O bloco Timelo, um dos mais tradicionais da cidade, participou das reuniões mas não confirmou participação nos desfiles. “Geralmente eles realizam um grito de carnaval uma semana antes da festa oficial, na Avenida Dom Lúcio”, explica Otoni. Além dos desfiles de rua, a Secretaria Municipal de Turismo e Lazer também vai preparar o tradicional baile de Carnaval Popular, na Praça Coronel Moura, o Paratodos.


Retiro São Francisco comemora 25 anos com jantar na Casa Santo Inácio

Por Renato Fernandes

A comissão organizadora do Retiro de Carnaval São Francisco de Assis, vai comemorar 25 anos promovendo um jantar na Casa Santo Inácio, no dia 12 de janeiro.
“Estamos convidando as pessoas que já participaram do retiro e seus familiares para aderirem a esse jantar comemorativo”, explica a secretária da paróquia São Benedito, e uma das organizadoras dos retiros, Aline D´Luque.
Segundo ela ao longo desses anos aproximadamente 1.800 pessoas marcaram presença dos encontros anuais, participando de orações, dinâmicas, jogos e gincanas, durante os quatro dias da “Folia de Momo”.
“São dias de muita reflexão e diversão onde também promovemos palestras, debatemos o tema da campanha da fraternidade e a caridade de São Francisco de Assis”, explica Aline.
Interessados em participar do jantar podem se informar pelos telefones: (14) 3815-7520 (Aline) ou 3882-6993 (Rosa).
As vagas são limitadas a 150 pessoas. A adesão é de R$ 10.

Dramaturga Leilah Assumpção é tema de livro

Lu Fernandes Escritório de Comunicação

A dramaturga botucatuense Leilah Assumpção será tema do novo lançamento da Imprensa Oficial do Estado de São Paulo.
O livro “Leilah Assumpção - A Consciência da Mulher”, de Eliana Pace, faz parte da Série Teatro Brasil e será publicada pela Coleção Aplauso narra o percurso de uma das mais importantes dramaturgas brasileiras, que há 35 anos escreve sobre o desenvolvimento da consciência feminina.
Descendente de uma família de educadores, Leilah Assumpção nasceu em Botucatu, no interior de São Paulo, em 1943. O pai, professor de matemática e filosofia, fazia teatro amador; a mãe, diretora de colégio, adorava escrever e era amiga de Monteiro Lobato. A menina Leilah cresceu em meio aos livros e desde pequena escrevia peças teatrais e se divertia montando os cenários e encenando com as primas e vizinhas. Esses e outros fatos curiosos são contatos em Leilah Assumpção – A Consciência da Mulher, livro de Eliana Pace para a Coleção Aplauso da Imprensa Oficial do Estado de São Paulo.
Leilah Assumpção formou-se em Pedagogia, mas não seguiu a carreira dos pais. Mudou-se para São Paulo em 1963 e decidiu ser modelo e atriz. Na capital fez vários cursos de desenho, moda e teatro. Passou a encarar a dramaturgia com mais seriedade. Uma de suas peças de mais sucesso foi Fala Baixo Senão Eu Grito, que estreou em 1969 em São Paulo, sob a direção de Clóvis Bueno e com Marília Pêra e Paulo Villaça no elenco. Comédia pungente, a peça foi definida pelo crítico Sabato Magaldi como uma “autêntica obra-prima” e lhe rendeu os prêmios Molière e da Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA) de melhor autor.
Além de escrever para teatro, Leilah Assumpção se destacou como autora de televisão. Seu primeiro trabalho para o veículo foi a telenovela Venha Ver o Sol na Estrada, para a TV Record. Também escreveu minisséries e casos especiais para a TV Globo.
A vitalidade de sua obra está na composição de figuras femininas densas em busca do auto-conhecimento e da auto-expressão. Suas personagens são o instrumento que ela usa para abordar temas como a conquista da liberdade sexual e os conflitos sociais. O processo de criação dos textos também é abordado no livro: “Trabalho a partir de um impulso, uma emoção que parece querer transbordar”, afirma a dramaturga.
Coleção Aplauso - Com 115 títulos já lançados que contam a história do cinema, da televisão e do teatro brasileiro por meio de seus principais protagonistas, a Coleção Aplauso foi idealizada pela Imprensa Oficial do Estado de São Paulo em 2004.