dezembro 28, 2007

Falamansa faz show em Itatinga

Assessoria de Imprensa da Prefeitura Municipal de Itatinga

O Departamento de Esporte, Turismo e Lazer de Itatinga preparou uma série de eventos – com entrada franca - para marcar a virada do ano. Este ano os espetáculos serão realizados no Ginásio de Esportes e imediações do Estádio Jaury de Toledo. Shows com Falamansa, Emerson & Marcelo, Banda Lua Show, axé e sertanejo encerrarão o ano de 2007.Os custos de contratações dos artistas são bancados por patrocinadores e toda renda – aluguel de espaços para barracas – será revertida em benefício do Hospital Santa Terezinha.

Programação Festividades de Final de Ano:
29/12 – 19h Abertura da Festa da Virada- Ano Novo – Reveillon
com Shows, Parque de Diversões e Praça de Alimentação em Pról do Hospital, Entrada Gratuita, Venda de Camarote.
Local: Estádio Municipal Jaury de Toledo – Ginásio de Esportes
Programação: Super Show com Falamansa e seus maiores sucessos, ao vivo, c/gravação da MTV
30/12 – Lançamento do CD com gravação do Show de Emerson & Marcelo com integrantes da Banda da Dupla Rick e Rener
31/12 – Apresentação da Banda Lua – Super Banda Show
31/12 – Sensacional Show Pirotécnico – Queima de Fogos para receber o Ano Novo – Feliz 2008!
01/01 – Apresentações Locais e Regionais de Música e Dança, com muito Axé e Sertanejo.
Realização: Diretoria de Esportes e Turismo
Apoio: Prefeitura Municipal de Itatinga, Câmara Municipal, Liga Esportiva, Hospital Santa Terezinha e Maternidade Ercília Pieroni , Sabesp, comércio local e Skol.

Incêndio leva susto ao Paratodos

Texto/foto - Flávio Fogueral

Clique na imagem e visualize o álbum de fotos


Um pequeno incêndio, em um corredor ao lado de uma loja de doces, levou susto na tarde desta sexta-feira, dia 28, a comerciantes e transeuntes na Praça Coronel Moura, o Paratodos.
Por volta das 15h30, um homem que estava em um bar localizado na mesma praça sentiu um forte cheiro de queimado e viu fumaça saindo do corredor da doceria. Foi quando avisou as funcionárias da loja.
Rapidamente o Corpo de Bombeiros foi acionado para controlar o incêndio. Apesar do susto, ninguém saiu ferido e nem a loja precisou ser fechada. “Ficamos preocupadas com a loja, com as pessoas, pois o risco poderia ser grande”, enfatizou uma funcionária da loja, que preferiu não se identificar.
Na hora em que ocorreu o incêndio, a doceria funcionava normalmente, sendo que suas funcionárias realizavam a limpeza do local.
A mesma funcionária declarou que as caixas de papelão eram armazenadas no corredor entre a doceria e um bar e que as mesmas são vendidas para reciclagem mas, devido ao feriado de Natal, ainda não haviam sido recolhidas.
As causas do incêndio são desconhecidas, mas o Corpo de Bombeiros acredita que as chamas possam ter sido iniciadas por uma bituca de cigarro.

A essência do existir, retratada em livro

Texto / Foto - Flávio Fogueral

Uma história de vida pode ser contada para todas as gerações, de inúmeras formas e com fantasia, realidade, emoções e realizações. A simples existência po
de significar a força para viver e se tornar o tema de um filme ou até mesmo um livro.
Foi através deste pensamento que a ex-professora Maria de Lourdes Gramuglia Laperuta escreveu o livro “O Poder de Uma Existência”.
Dentro das 237 páginas do livro, a autora busca relatar ao l
eitor, de forma narrativa, os casos da vida rotineira, dos fatos marcantes e de sua trajetória, desde 1940 até os dias atuais. “São fatos narrados em locais de Botucatu da metade do século XX. Minha existência, com alegrias, tropeços, dissabores e sucessos. Em tudo e por tudo isso a natureza em festa, agradecendo ao Criador”, relata Marlou, como é conhecida, no início da publicação.
Com 73 anos, Marlou é nascida em Botucatu, onde concluiu seus estudos e se tornou professora em 1952. Exerceu a profissão até 1986, sendo que morou em Xavantes. Foi diretora escolar em Garça e Areiópolis. Além disso, ministrou cursos e aulas na Unifac de Botucatu, no curso de pedagogia.

O livro não tem uma cronologia exata, mas segue com fidelidade, segundo a autora, todos os fatos que marcaram sua vida. “Sempre gostei de escrever. Retrocedi na idade, atéos 5 anos e revivi fatos e lugares que marcaram a vida”, explica a autora.
A idéia de colocar sua vida no papel teve início em 1998, mas foi interrompido por dois anos por causa de problemas particulares.
Sobre o título, Marlou explica que ressaltou todo o significado do ‘existir’. “Muitas coisas existem, mas somente o ser humano possui a existência da essência”, ressalta.
O trabalho de editoração e impressão do livro é da Diagrama Comunicação, Gráfica e Editora. A tiragem inicial é de 200 exemplares, sendo que sua maior parte foi distribuída a parentes e amigos. No entanto, algumas cópias foram colocadas à venda na Livraria São Francisco de Salles e na Papirus.

Exposição “Arte Final” está aberta a visitação até o dia 5 de janeiro

Secretaria Municipal de Comunicação - Botucatu

Está aberta para visitação até o dia 5 de janeiro, a exposição coletiva “Arte Final”. A exposição acontece no Museu de Arte Contemporânea Itajahy Martins, com entrada franca.
A mostra é formada por aproximadamente 30 trabalhos, divididos em fotos, pinturas, desenhos e cerâmicas. A produção dessas peças fica a cargo de artistas locais e regionais. Ao todo 60 artistas participam dessa exposição.
A iniciativa é da Secretaria Municipal de Cultura, visando incentivar a produção nas artes visuais e favorecer o intercâmbio entre artistas da região. “A exposição é coletiva e tem como objetivo promover a confraternização dos artistas”, explicou a agente de cultura, Cláudia Basseto.
O MAC Itajahy Martins está localizado à Avenida Dom Lúcio, 755, Centro. O horário de funcionamento é das 9 às 18 horas, de terça-feira a sexta-feira, e das 9 às 13 horas, aos sábados. Mais informações podem ser obtidas através do telefone 3882-0133.
Fim de ano -
A Secretaria Municipal de Cultura divulga a população o horário de funcionamento do MAC durante o final de ano.
O museu ficará fechado no período entre os dias 29 de dezembro a 1º de janeiro, voltando às atividades normais no dia 2 de janeiro, às 12 horas.

Curso de Libras forma sua primeira turma

Secretaria Municipal de Comunicação - Botucatu

A Secretaria Municipal de Assistência Social, em parceria com a Rede Trabalho Empreendedor, Articulação e Responsabilidade [TEAR], do Senac, e Rotary Club Botucatu Bons Ares, promoveu na última semana a entrega de certificados da primeira turma o projeto “Rompendo o Silêncio”. A iniciativa visa capacitar pessoas com deficiência auditiva, familiares e comunidade em geral na Língua de Sinais Brasileira [Libras].
O curso foi realizado gratuitamente todas as segundas-feiras, das 8 às 12 horas, no prédio da própria Secretaria. Concluíram o curso, 22 alunos. Ao todo foram 10 aulas básicas para a comunicação através da Língua de Sinais, com ênfase no alfabeto, cores, números, pronomes, adjetivos, verbos, comunicação sobre os aspectos de saúde e outros assuntos.
A implantação deste projeto no município de Botucatu conta com a parceria do Rotary Club Botucatu Bons Ares e a Rede Tear e faz parte da Política Municipal de Assistência Social, que junto com outras políticas públicas, como educação, saúde e outras, trabalham na defesa dos direitos sociais desse segmento, estimada em 120 pessoas no município.
Além da Assistência Social, o curso conta também com o apoio das Secretarias de Educação, Saúde e Comunicação. No próximo dia 7 de janeiro terá início a segunda turma, com 25 alunos cada. As aulas serão ministradas de segunda pela manhã e terça-feira no período da tarde, no prédio da Secretaria de Assistência Social.
Projeto -
Através do Projeto Rompendo o Silêncio vem sendo desenvolvido um trabalho de capacitação para os deficientes auditivos e pessoas de relacionamento [familiares, educadores, profissionais de saúde, assistentes sociais, profissionais da área de assistência social, entidades sociais e população em geral interessada].
Assim, a responsabilidade do projeto será a disseminação da Libras através de oficinas desenvolvidos para atender a comunidade em geral, de forma a facilitar a comunicação entre pessoas surdas e os ouvintes, capacitando integrantes da comunidade para que atuem de forma eficaz, garantindo às pessoas surdas maior acessibilidades.
Além disso, por lei já deveria existir em 2007, todo o estabelecimento educacional deverá ter pelo menos um intérprete hábil na comunicação da Libras, que permitindo a inclusão social e o acesso dos deficientes auditivos ao ensino público em geral e aos demais serviços voltados ao atendimento de suas necessidades.



Praça da Bandeira já recebeu novo piso em concreto

Secretaria Municipal de Comunicação - Botucatu

A Praça da Bandeira, localizada na área central da cidade, já conta com nova concretagem em seu piso. Esse processo faz parte da reforma que é feita no local, realizada pela Prefeitura de Botucatu, através da Secretaria Municipal de Obras.
As obras de revitalização fazem parte do cronograma de revitalizações de praças do município, e de pedidos dos dirigentes da Diretoria Regional de Ensino.
Em seu projeto de reforma, ainda está prevista a elaboração de nova iluminação, com postes de luz e iluminação de solo, novo projeto paisagístico, com canteiros e jardinagem, além de novos bancos em madeira e nova pintura. O local, além do novo piso em concreto, já conta com novo alinhamento de canteiros. A obra deve se estender pelos próximos dias.



Coral do Joanna de Angelis no Viola Minha Viola

Por Flávio Fogueral

O programa, exibido pela TV Cultura, contará com a presença de Chico Rei e Parana, Irmãs Galvão e o encerramento será feito pelo coral Juvenil Joanna de Angelis.
Os vereadores Carlos Trigo, Luiz Rubio, Lourenção e o prefeito Mário Ielo estavam
presentes na gravação da participação da entidade botucatuense.
O programa não deverá ser reprisado pela emissora, segundo informações da TV Cultura.
O Coral Coral Juvenil "Joanna de Angelis" estará no programa especial de Ano Novo "Viola Minha Viola", com apresentação de Inezita Barroso, neste dia 30 de dezembro, às 9 horas.

Funerária Coração de Jesus vai atuar em Mogi das Cruzes

Com informações da Coordenadoria de Comunicação Social - Mogi das Cruzes

A Empresa Funerária Coração de Jesus, de Botucatu, e o Centro de Tanatologia Universal (CTU), de Itaquá atuarão no serviço funerário de Mogi das Cruzes.
O prefeito municipal Junji Abe, assinou o contrato com as empresas manhã de quinta-feira, dia 27.
Segundo o site da Prefeitura Municipal de Mogi das Cruzes a chegadas das empresas vai um monopólio de 30 anos, baratear os custos deste serviço à população em até 80%, mantendo os padrões de qualidade.
Ficou estabelecido que o início oficial das operações comece no dia 18 de fevereiro.
O representante da Empresa Funerária Coração de Jesus, Lourival Panhozzi assegurou que as famílias mais carentes terão acesso a um funeral digno, dentro de suas possibilidades orçamentárias.
Para atuar na cidade Empresa Funerária Coração de Jesus, ofereceu a maior remuneração ao município pela exploração do serviço (R$ 11 mil mensais), assumindo a responsabilidade do velório próximo ao Cemitério São Salvador, na Vila Oliveira.
A empresa CTU, pagará R$ 5 mil mensais à cidade para operar no velório próximo ao Cemitério da Saudade, em Braz Cubas. Apesar de velórios específicos a população poderá escolher o serviço que irá contratar e o local do sepultamento.
Para contratar as empresas a prefeitura de Mogi das cruzes travou uma batalha jurídica cancelando o primeiro edital para atender exigências do Ministério Público.
Depois enfrentou uma ação popular que voltou a resultar em cancelamento do processo. Após esses dois entraves a administração assistiu a tentativa de formação de uma nova ação popular, entretanto, venceu o processo com sentença, em primeira instância, garantindo o prosseguimento da licitação.


Assalto a loja em Bauru

Imagens de uma câmera do circuito interno de uma loja em Bauru, a 343 km de São Paulo, flagraram o momento de um assalto ao estabelecimento nesta quinta-feira (27/12/07). Uma funcionária da loja reage ao roubo e tenta tirar a arma do ladrão, que chega a agredir a jovem para não perder o revólver.
Após a reação da mulher, o ladrão fugiu sem levar nada da loja. A polícia de Bauru não recomenda que a população tenha a mesma atitude da funcionária. O criminoso ainda não foi identificado.