dezembro 05, 2007

Documentário sobre a Catedral de Botucatu será apresentado à imprensa

Renato Fernandes

A Produtora Torta Digital realizará às 19 horas de quinta-feira, 6 de dezembro, a pré-estréia do Documentário "Uma CAsa Catedral", para a imprensa. A exibição ocorrerá na Avenida Dr. Vital Brazil, 1252 - Botucatu, sede da empresa.

A exibição oficial do documentário será no dia 16 de dezembro às 20 horas, na Catedral de Botucatu.

Segundo a produtora, "Uma casa Catedral" é um retrato do mais importante patrimônio histórico, cultural e religioso de Botucatu: a Catedral de Sant’Anna (Basílica Menor de Sant’Anna).

A partir de depoimentos, a história da construção, da comunidade (à época da construção e atualmente), as emoções das pessoas que habitam esse lugar tão especial aos botucatuenses, vão se revelando.

Dos Arcebispos à Sacristã, do Pároco à fiel mais antiga, do pedreiro, filho do construtor, aos organizadores e voluntários da Festa de Sant’Anna, todos nos contam porque a Catedral é como uma casa, onde reside o carinho dos botucatuenses.

Com imagens inéditas dos cantos mais preciosos desse Templo, que revelam a beleza da arquitetura neo-gótica, e as músicas originalmente compostas pela sacristã D. Emília, tão sensíveis, o documentário é preenchido por momentos de emoção e reflexão. Afinal todos poderemos perceber a grandeza do lugar e experimentarmos algo de mais elevado e espiritualizado quando adentrarmos essa casa Catedral.

Uma Casa Catedral, 2007 – 50min, cor. Produção Torta Digital, Direção e Roteiro Jovano Tortorella, Edição Diego Taborda, Imagens Diego Taborda, Paulo Sardenberg e José Augusto Poles.




Espetáculo “Rei de Ramos” mostra a realidade do jogo do bicho no Rio

Renato Fernandes

Etréia no dia 6 de dezembro, no Teatro Municipal de Botucatu, o espetáculo teatral Rei de Ramos, de Dias Gomes. A peça volta a ser encenada amanhã e sábado, sempre em sessões às 20h30, com entrada franca.
A peça foi montada pela turma do 12º ano (correspondente ao 3º colegial) da escola Aitiara, sob coordenação do professor de teatro Mathias Murbac.
O espetáculo mostra a disputa entre os dois maiores chefes do jogo do bicho, Mirandão e Brilhantina. No meio da violenta intriga, o laço amoroso entre o filho de Brilhantina e a filha de Mirandão acaba apimentando o conflito. Personagens de diversas personalidades ajudam a desenvolver a divertida história que já foi adaptada para o cinema, no final da década de 70.
A peça se passa no Rio de Janeiro em meados dos anos 70, onde o Jogo do Bicho e seus chefões são quem decidem os rumos da cidade, e apresenta a interessante relação entre sócios que começam a ganhar dinheiro com o jogo do bicho.
Os negócios vão bem até que o golpe militar muda a cara e o destino do país a partir de 1964. É quando as mudanças acabam afetando a ambos, que passam a disputar o poder de lados diferentes.
O teatro faz parte do currículo escolar da Aitiara, que anualmente estréiam um espetáculo diferente.
A classe responsável pela montagem tem como professor responsável Jorge Cisneros.
O Teatro Municipal fica na Praça Coronel Moura, 27. Informações pelo telefone (14) 3813-6771.

Domingos Meira escalado para a próxima minissérie da Globo

Renato Fernandes

O ator botucatuense Domingos Meira já está escalado para participar da minissérie “Queridos Amigos”, de Maria Adelaide Amaral e direção de Denise Sarraceni.
A história se passa em novembro de 1989, e é inspirada no livro de Maria Adelaide, “Aos Meus Amigos”, dedicado ao falecido amigo Décio Bar, que inspirou o personagem Léo. Além de Meira, já estão confirmados para o elenco os atores Dan Stulbach e Matheus Nachergalle.
“Vou fazer a minissérie da Adelaide, "queridos amigos", convidado pela Denise Sarraceni, que irá me observar num pequeno papel, visando a sintonia para o trabalho seguinte que será a novela ‘A Ciranda’ do nosso querido Alcides Nogueira, e também será dirigida pela Denise”, explica o ator.
Meira vai interpretar um tecladista de uma banda dos anos 80 que viaja e mora em uma kombi tocando pelo país. “Eu vou ser apenas o coro do romance vivido pelo vocalista. É um papel pequeno que eu vou encarar como se fosse um protagonista. Na novela só sei que o personagem chama Rogério, é quatrocentão, gente fina”, antecipa Meira.
O protagnonista da minissérie, Dan Stulbach, viverá Léo, um artista insatisfeito que decide fazer da morte a grande obra prima de sua vida.
Assim, ele simula antecipadamente a própria morte para alterar sua realidade e a daqueles que ama, transformando as relações entre as pessoas.
O último trabalho de Domingos Meira na televisão foi em 2006, quando interpretou o personagem Ulisses, na novela “Páginas da Vida”, na Rede Globo de Televisão. Em 2004 ele iniciou sua trajetória na telinha com o personagem Diogo, na novela “Metamorphoses”, da Rede Record, em seguida (entre os anos de 2004 e 2005) Meira interpretou o personagem Daniel, na novela Esmeralda, que foi ao ar pelo SBT.
Antes de estrear nas novelas da Globo Meira participou da minissérie JK, escrita por Maria Adelaide Amaral e o conterrâneo Alcides Nogueira. Na minissérie ele deu vida ao fotógrafo da revista Manchete, Sérgio Sá.
Após a novela Páginas da Vida o ator foi contratado por mais dois anos e três meses.



"O Dia em que o bambu quebrou no meio" vídeo gravado no velório de Bezerra da Silva





"Bezerra da Silva não pode morrer, Bezerra é o nosso Elvis Presley." A frase, de Sérgio Gatinho, é uma das pérolas que estão neste documentário, gravado no dia 17 de janeiro deste ano -quando morreu e foi velado Bezerra.
Munidos de câmera e uma boa idéia, os diretores rumaram para o teatro João Caetano (Rio), onde o corpo do velho malandro era velado, e registraram vários dos compositores populares -e anônimos- que foram se despedir de seu principal intérprete. A homenagem a Bezerra se dá assim, pela valorização dessa gente humilde, pobre e favelada, que compunha os retratos do cotidiano das favelas e do Rio de Janeiro tornados famosos na voz do cantor. Gente como Gilmar Simpatia, Chico da Curimba, Sarabanda, Nilson Reza Forte, Crioulo Doido e Preto Maneiro.

Há ainda a participação do impagável Dicró, que ensina: "Toda pessoa, quando morre, fica legal. Mas com o Bezerra não tem esse negócio de [precisar] mentir".

Carmem Lúcia lança livro “Perfil” dia 17 no Brasil Itália

Texto: Flávio Fogueral

A professora e também escritora Carmem Lúcia Ebúrneo da Silva lança, no próximo dia 17, seu segundo livro de poesias, “Perfil”. O evento acontece a partir das 19h30, no Centro Brasil Itália e terá entrada franca.
Carmem Lúcia é professora de língua portuguesa e inglesa e tornou-se membro da Academia Botucatuense de Letras em agosto deste ano. Em sua carreira já publicou dois livros, sendo que há um manuscrito. A primeira publicação chama-se “O Toque” e foi lançada em 2001. Uma outra compilação de seus trabalhos, e que ainda não foi publicada, chama-se “Per Amore”, a qual está manuscrito.
Carmem sempre se envolveu com a literatura, seja na sala de aula como ao escrever. Suas primeiras poesias começaram a serem publicadas há 15 anos, como colaboração no então jornal Correio da Serra (atual Diário da Serra), sob o pseudônimo de A. Rosa.
A essência do “Perfil”, segundo a autora, aborda a questão de fases e reflexões sobre sua vida, onde ela se associa a uma flor. Através das 110 páginas do livro, a autora aborda de maneira clara e concisa tais indagações interiores. “Foi uma fase que passou. Brinco que as fases de minha vida podem ser associadas às flores. Quando era A. Rosa, era mais fechada, muito mais introspectiva. Na fase do ‘Perfil’ era um lírio, até tem um texto que fala sobre esta flor. Acho que o lírio é mais transparente. Muitas coisas deste livro nasceram da imaginação, devaneios, sonhos e meu medo de experimentar novas situações.”, declarou Carmem Lúcia em entrevista ao Jornal Mulher.
No entanto, todo o trabalho que permeia “O Perfil” é de longa data. Poemas prontos há seis anos, somente agora a escritora decidiu lançá-lo. O trabalho de editoração e impressão é da Diagrama Comunicação, Gráfica e Editora.
Além do lançamento do livro Perfil, a escritora também realiza pesquisa sobre a história do Centro de Lazer Nova Aurora, que completa 25 anos. A publicação do trabalho, que deve ser totalmente em prosa, deve acontecer em meados de 2008.

Botucatu vence Catanduva e fica com o bronze na Liga Regional de Handebol

Secretaria Municipal de Comunicação


A equipe Feminina Júnior do Projeto Esporte Comunitário da Secretaria Municipal de Esportes de Botucatu, categoria até 21 anos, conquistou no último domingo, 02 de dezembro, a medalha de bronze na Liga Regional de Handebol.
O jogo foi disputado diante de Catanduva e terminou com a vitória botucatuense por 24 a 18. Os gols da equipe foram anotados por Jéssica(10), Mayumi(6), Priscila(4), Mayara(2), Helen e Bianca.
A atleta Jéssica Carla Cardoso de Jesus, pivô de Botucatu, recebeu o troféu de artilheira, ao conferir 53 gols durante a competição promovida pela Associação Regional de Handebol de São Manuel.
O título da Liga Regional ficou com a representação de Lençóis Paulista, que derrotou na final o time de São Manuel.
No próximo sábado, 08 de dezembro, ao meio-dia, nossas meninas entram em quadra novamente pela categoria Mirim, e enfrentam a equipe de Santa Cruz do Rio Pardo pela disputa do 3º lugar, no Ginásio Gigantão, na cidade de Araraquara.

Esporte Comunitário: As equipes de Botucatu fazem parte do projeto “Esporte Comunitário”, desenvolvido pela Secretaria de Esportes, e contam com o apoio da Terra Veículos, Colégio Seta, Consciência Corretora de Seguros e Malharia Pokoloko. As aulas são gratuitas e ministradas durante a semana no ginásio da escola Pacheco.

Relação de eventos culturais para o mês de dezembro

Secretaria Municipal de Comunicação


A Prefeitura de Botucatu, através da Secretaria Municipal de Cultura, disponibiliza a população a relação de eventos programados para acontecer no decorrer do mês de dezembro.
As apresentações e espetáculos serão realizados em diferentes locais da cidade, com apoio da Secretaria Municipal de Turismo e Lazer, variando entre atividades teatrais e musicais, além de exposições e outras festividades.
Mais informações sobre agenda de eventos podem ser adquiridas através dos telefones 3882-0133 e 3882-1315. Confira a programação completa:

Eventos:
“Arte Presente”
De 10 a 22, nos principais corredores comerciais da cidade.

Exposições:
“Uniart”
Dia 8, das 9h30 às 14 horas, na Praça do Bosque.

“Arte Final”
De 8 de dezembro a 5 de janeiro, no MAC Itajahy Martins .

“Des-fotos”
Durante todo o mês de dezembro, na Livraria Espaço Alexandria.

“Arte e Lição de Vida”, de Tomihiro Hoshino
De 22 de dezembro a 25 de janeiro, no MAC Itajahy Martins.

Teatro:
“O Rei de Ramos”
Dias 6, 7 e 8, às 20h30, no Teatro Municipal.

“Reflexões Sobre a Mentira”
Dias 16 e 17, às 20 horas, no Teatro Gino Carbonari. Entrada: R$ 5.

“Ativar”
Dia 22, às 20h30, no Teatro Municipal.

Dança:
“Na Onda do Pan”
Dias 13 e 14, às 20 horas, no Teatro Municipal. Entrada: R$ 5.

“Sobre Além - Véu’
Dias 17 e 18, às 20h30, no Teatro Municipal.

“Lugar ao Sol”
Dias 20 e 21, às 20h30, no Teatro Municipal.

Música:
Orquestra Sinfônica
Dia 19, às 18h30, no Teatro Municipal.

Orquestra Jovem
Dia 21, às 10h30, na Duratex.

Corporação Musical
Dia 08, às 10 horas, na Praça do Bosque
Dia11, às 20 horas, na Praça da Vila dos Lavradores
Dia 16, às 19h30, na Igreja Nossa Senhora Menina
Dia18, às 20 horas, na Praça do Bosque

Encontros:
Dia 16, das 13 às 18 horas, na Praça Paratodos – Projeto Preto no Branco – Arte na Rua.

Feiras:
“Feira de Artesanato e Culinária da Cuesta”
De 15 à 23, na Praça do Bosque.

“Feira da Troca e Antiguidades”
Dia 8, das 9 às 14 horas, na Praça do Paratodos.
Dia 22, das 9 às 17 horas, na Praça do Paratodos.

Espetáculos com alunos de projetos sociais entrarão em cartaz em dezembro

Secretaria Municipal de Comunicação

Espetáculos de dança com a participação de alunos de projetos assistenciais da Prefeitura de Botucatu. Os espetáculos de serão apresentados no Teatro Municipal Camillo Fernandez Dinucci. Nos dias 17 e 18, 20 e 21, às 20h30, serão encenados os espetáculos “Sobre Além-Véu” e “Lugar ao Sol”, que contarão com a presença de alunos do PIEC - Programa de Integração Educacional e Comunitária, Projeto Vida Nova, Jardim Aeroporto, Parque 24 de maio, Projeto Crescer, Creche e Berçário Criança Feliz e Obra Madre Marina Videmari. Os trabalhos são coordenados por Flávia Fazzio e Solange Rivas.
O objetivo do evento é proporcionar a interação dos alunos com o mundo da música, teatro e artes, além de abordar em seus contextos valores de grande valia para os alunos, como amizade, respeito, companheirismo, solidariedade e lealdade, despertando talentos e potencializando o crescimento dos alunos como pessoas e cidadãos.
O programa é uma idealização da Prefeitura de Botucatu, através da Secretaria Municipal de Assistência Social, com apoio das Secretarias Municipais de Educação e Cultura, em parceria com a Oficina da Dança.
Na Onda do PAN – Alunos participantes de projetos sócio-educativos do Parque 24 de maio também farão parte do elenco do espetáculo de dança “Na Onda do Pan”, do projeto “Dê mais um passo e dance conosco”.
O espetáculo tem o esporte como tema e exemplo de superação, disciplina e dedicação, assim como a dança. “Vincular um ao outro foi um tarefa trabalhosa e muito interessante” comentou Natália Barros, professora e idealizadora do projeto.
Tendo como inspiração os Jogos Pan-americanos, realizados no Brasil esse ano, cada coreografia trás características de alguns esportes. As modalidades de dança variam entre ballet clássico, jazz, sapateado e hip hop. “O objetivo é levar para o público uma leitura diferenciada daquela que é transmitida pelos meios esportivos, dos quais já estamos acostumados”, finaliza Natália.
O espetáculo acontece nos dias 13 e 14, às 20h30, no Teatro Municipal Camillo Fernandez, com entrada à R$ 5. O evento tem a coordenação da Academia Sueli, e conta com o apoio da Prefeitura de Botucatu, através das Secretarias Municipais de Assistência Social, Educação e Cultura.

EMA inicia “Aracatu de Férias”

Secretaria Municipal de Comunicação

A Escola do Meio Ambiente iniciou nesta terça-feira, dia 04 de dezembro, o “Aracatu de Férias” para os alunos das 3ª séries da EMEF Dr. João Maria de Araújo Júnior.
O evento está sendo realizado nas dependências da própria EMA e completou a 8ª edição. “Nosso objetivo com o Aracatu era de aproximar os estudantes com as atividades da escola, antes mesmo de iniciar as trilhas. O projeto deu certo e continuamos com os trabalhos”, explicou Eliana Gabriel, coordenadora geral da escola.
As crianças passearam pela “Trilha Indígena”, que aborda os cinco sentidos e alguns personagens folclóricos, além da importância de se preservar a mata, participaram de um teatro sobre o patrimônio histórico e fecharam o dia com o picnicando na EMA.
O estudante João Pedro Bandarra Moreira, de 9 anos, aproveitou bastante o primeiro dia do evento, que tem o tema “Natal de Sustentabilidade”. “Adorei todas as atividades e aprendi muita coisa com a trilha e sobre o patrimônio histórico. O passeio está sendo bem legal”, comentou.
A programação seguiu nesta quarta-feira, 05 de dezembro, com as oficinas de enfeites e cartões de Natal, de “Cartas Verdes Para Um Mundo Melhor” e um piquenique.
O “Aracatu de Férias” será encerrado na quinta-feira, 06 de dezembro, com as atividades “Pare, pense e responda”, um jogo de perguntas e respostas, oficina de origami natalino, entrega de presentes aos alunos participantes feitos nas Oficinas de sucata, e com o piquenique natalino.
A Escola do Meio Ambiente está localizada à Estrada Ítalo Bacchi, s/nº, no Jardim Aeroporto. Mais informações podem ser obtidas através do telefone 3813-9251.

Confira a relação de eventos culturais para o mês de dezembro

Secretaria Municipal de Comunicação

A Prefeitura de Botucatu, através da Secretaria Municipal de Cultura, disponibiliza a população a relação de eventos programados para acontecer no decorrer do mês de dezembro.
As apresentações e espetáculos serão realizados em diferentes locais da cidade, com apoio da Secretaria Municipal de Turismo e Lazer, variando entre atividades teatrais e musicais, além de exposições e outras festividades.
Mais informações sobre agenda de eventos podem ser adquiridas através dos telefones 3882-0133 e 3882-1315. Confira a programação completa:

Eventos:
“Arte Presente”
De 10 a 22, nos principais corredores comerciais da cidade.

Exposições:

“Uniart”
Dia 8, das 9h30 às 14 horas, na Praça do Bosque.
“Arte Final”
De 8 de dezembro a 5 de janeiro, no MAC Itajahy Martins.
“Des-fotos”
Durante todo o mês de dezembro, na Livraria Espaço Alexandria.
“Arte e Lição de Vida”, de Tomihiro Hoshino
De 22 de dezembro a 25 de janeiro, no MAC Itajahy Martins.

Teatro:

“O Rei de Ramos”
Dias 6, 7 e 8, às 20h30, no Teatro Municipal.
“Reflexões Sobre a Mentira”
Dias 16 e 17, às 20 horas, no Teatro Gino Carbonari. Entrada: R$ 5.
"Ativar”
Dia 22, às 20h30, no Teatro Municipal.

Dança:

“Na Onda do Pan”
Dias 13 e 14, às 20 horas, no Teatro Municipal. Entrada: R$ 5.
“Sobre Além - Véu’
Dias 17 e 18, às 20h30, no Teatro Municipal.
“Lugar ao Sol”
Dias 20 e 21, às 20h30, no Teatro Municipal.

Música:

Orquestra Sinfônica
Dia 19, às 18h30, no Teatro Municipal.
Orquestra Jovem
Dia 21, às 10h30, na Duratex.
Corporação Musical
Dia 08, às 10 horas, na Praça do Bosque
Dia11, às 20 horas, na Praça da Vila dos Lavradores
Dia 16, às 19h30, na Igreja Nossa Senhora Menina
Dia18, às 20 horas, na Praça do Bosque

Encontros:
Dia 16, das 13 às 18 horas, na Praça Paratodos – Projeto Preto no Branco – Arte na Rua.

Feiras:
“Feira de Artesanato e Culinária da Cuesta”
De 15 à 23, na Praça do Bosque.
“Feira da Troca e Antiguidades”
Dia 8, das 9 às 14 horas, na Praça do Paratodos.
Dia 22, das 9 às 17 horas, na Praça do Paratodos.

AAB premia os melhores do 11º Campeonato Suíço

Assessoria de Imprensa da AAB

No último sábado, 1º de dezembro, um jantar, realizado no Salão Social da Associação Atlética Botucatuense, premiou os campeões e os destaques do 11º Campeonato de Futebol Suíço da Associação Atlética Botucatuense “Dito Manivela”.
A competição, que começou no dia 19 de setembro e encerrou-se no dia 30 de novembro, contou com mais de 370 atletas, divididos em 28 equipes, que estiveram separadas por quatro faixas de idade.
A 11ª edição do Campeonato Suíço da Botucatuense chamou a atenção pela disputa dentro do campo e pela quantidade de torcedores, que acompanharam a competição. As dependências do campo de futebol sintético da AAB ficavam tomadas nas noites, horário dos jogos.
Ao final dos quase três meses de disputa os campeões foram conhecidos e premiados, assim como os goleiros menos vazados e os artilheiros.
Pela categoria A, o título ficou com a equipe Visual/Real Veículos. A segunda colocação ficou com time Frazão e o terceiro lugar com a representação da Unifac. O atleta Luciano Mala, da Unifac, conquistou o troféu de artilheiro.
Na categoria B, a equipe do Supermercado Boas Compras conquistou o troféu de campeã e teve o atleta Rodrigo Piraju como artilheiro.
O time Gráfica Igral ficou com o vice-campeonato e a equipe Oaxe ficou em terceiro.
Entre as equipes da faixa C, o time Pardi Veículos conquistou o título. Scapol Seguros ficou em segundo e a Pontocell em terceiro. Márcio Ebúrneo, da Marcenaria Império, foi o artilheiro.
Encerrando a competição, na faixa D, a equipe Casa das Antenas conquistou o campeonato. Serralheria João Biral ficou com o vice, seguida pela equipe da Cine Vídeo Locadora, time que contou com o artilheiro da categoria, Jesuíno.
O 11º Campeonato de Futebol Suíço “Dito Manivela” foi organizado pelo Departamento de Futebol Suíço da Associação Atlética Botucatuense, dirigido por Jânio Gonçalves. A 12º edição acontecerá no primeiro semestre de 2008.