dezembro 03, 2007

Ruas de Rubião Júnior recebem asfalto

Secretaria Municipal de Comunicação

A Prefeitura de Botucatu, através da Secretaria Municipal de Obras, deu início na manhã desta segunda-feira, dia 3 de dezembro, ao trabalho de asfaltamento de vias localizadas no distrito de Rubião Júnior.
Estão recebendo a pavimentação asfáltica as Ruas Pedro Paniguel e Antonio Lopes. Ao todo serão usadas 270 toneladas de massa asfáltica, distribuídas em 3600 m2 de área. Os trabalhos se estendem até o final desta semana.

Infra- estrutura - O asfaltamento dessas vias complementa as obras de infra-estrutura desenvolvidas pela Prefeitura de Botucatu no local, atendendo reivindicações do Orçamento Participativo, eleitas como prioritárias para execução no ano de 2007.
Anteriormente a esse processo, foram construídos 900 metros lineares de galerias de águas pluviais, 60 caixas de captação e quatro postos de visitas, além da construção de guias e sarjetas de concreto. “Moro aqui há 35 anos e posso afirmar que essas obras são da maior importância para Rubião Júnior. A nossa qualidade de vida vai melhorar muito”, comentou o comerciante José Antônio Moreno.

Mais benefícios - A Prefeitura de Botucatu também prossegue com a realização de outras benfeitorias no Distrito de Rubião Júnior.
As ruas Filadélfio Fernandez de Oliveira, Teodoro José Barbosa e Pedro Figueira, vias próximas ao Clube de Campo da ASU – Associação de Servidores da Unesp, receberam aproximadamente 600 metros lineares de guias e sarjetas, além da construção de galerias de águas pluviais e bocas de lobo para a captação e escoamento das águas.
Atualmente essas mesmas vias são preparadas para o asfaltamento. “Estamos fazendo terraplanagem e base para o asfalto. Se o tempo ajudar, iniciamos o asfaltamento ainda nessa semana”, comentou o chefe da equipe de asfaltamento, José Marckis.

CEI Professor João Queiroz Marques lança segundo CD

Secretaria Municipal de Comunicação

O Centro de Educação Infantil Professor João Queiroz Marques lançará nesta quarta-feira, dia 5 de dezembro, às 19h30, no Salão Social da Associação Atlética Botucatuense, o CD “Cirandar e Cantar”.
Este é o segundo projeto musical desenvolvido pela escola junto aos seus alunos. No ano passado, o CEI lançou o CD “O som não tem fronteiras”, trabalho que reuniu canções representativas do cancioneiro de diversos países, tais como Japão, Espanha, Portugal, África, Itália, e também do Brasil.
Segundo a diretora Cláudia Maria Gabriel, o projeto deste ano surgiu no sentido de resgatar a importância das cantigas de roda, como Roda Roda, Ciranda Cirandinha, Peixe Vivo, Se esta rua fosse minha e Marinheiro Só. “Essas canções pertencem à tradição oral que são transmitidas de geração a geração, pois a música está presente em diversas situações das nossas vidas”, diz a diretora.
O projeto envolveu 200 alunos, com idades entre 2 e 6 anos, matriculados no Maternal I, Maternal II, Pré I, Pré II e Pré III. As músicas escolhidas foram trabalhadas dentro e fora de sala de aula. Antes de gravarem, as crianças pesquisaram as cantigas conhecidas, escutaram, fizeram dramatização das escolhidas, montaram cartazes e reproduziram as canções através de desenhos. “O nosso objetivo é explorar e identificar elementos da música para se expressar e promover a integração entre as crianças. Além disso, esse projeto visa proporcionar ao aluno a perceber e expressar sensações, sentimentos e pensamentos por meio de improvisações e interpretações musicais”, finaliza Cláudia.
O trabalho de gravação do CD contou com o apoio de pais de alunos, que improvisaram um ‘estúdio de gravação’, em espaço da própria escola, com auxílio de um computador, um microfone e um violão.

Apresentação de 20 anos do Coral Municipal teve casa cheia

Secretaria Municipal de comunicação

A platéia do Teatro Municipal Camillo Fernandez Dinucci ficou lotada na noite do último sábado, dia 1º de dezembro, para a apresentação de 20 anos do Coral Municipal “Cidade de Botucatu”.
O repertório do espetáculo foi variado, passando por temas brasileiros, negro spiritual e popular internacional, interpretados por 32 vozes. O concerto contou com números especiais, com a participação de antigos coralistas.
Participaram três cantores, sendo eles Ricardo Iozi, Josely Antônio e Eloisa Baldin, além de Marizilda Hein, ao piano. O encerramento foi marcado pelo acompanhamento da Orquestra Sinfônica de Botucatu, com a execução do tema “Glória”, de Vivaldi. Nos demais números, o Coral foiacompanhado por Maíra Ferreira [piano], Rodrigo Angêla [baixo], Renato Marques Pereira [percussão] e Claudemir Ferreira [violão].
O concerto comemorativo de 20 anos do Coral é uma realização da Prefeitura de Botucatu, através da Secretaria Municipal de Cultura.

Currículo - O Coral Municipal “Cidade de Botucatu” é um dos órgãos da Secretaria Municipal de Cultura. Criado por Lei Municipal em 25 de novembro de 1987, tem como objetivo a intensificação e aprimoramento da vida cultural e musical do Município, além de valorizar e resgatar a produção musical da cidade e região.
Teve como regentes a professora Arlete Bravo Nogueira e Vital Walter de Oliveira Filho. Desde 1994 sob a regência da professora Márcia Furrier Guedelha Blasi, o Coral Municipal vem se tornando importante veículo de manifestação cultural do nosso Município abrilhantando solenidades, festas de caráter cívico e religioso e executando um projeto especialmente desenvolvido para estudantes denominado “Coral nas Escolas”, que consiste em levar até os jovens a música praticada em conjunto e em seu maior grau de pureza: o “Canto a Capella”.

Secretaria de Saúde promove curso de capacitação em casos de urgência e emergência

Secretaria Municipal de Comunicação

Médicos, enfermeiros e profissionais da Secretaria Municipal de Saúde estão participando de um curso de capacitação em casos de urgência e emergência. Ao todo 50 funcionários estão inscritos no curso, que se estenderá durante toda esta semana.

O curso recebe o nome de Suporte Básico de Vida (BLS – Basic Life Support) e visa à capacitação dos profissionais da área da saúde em Ressuscitação Cárdio Pulmonar (RCP) e Desfibrilação Externa Automática (DEA).

Os trabalhos também têm como objetivo ensinar o uso correto dos aparelhos desfibriladores adquiridos pela Secretaria de Saúde. “Foram adquiridos 15 aparelhos, que serão direcionados um para cada unidade de saúde e para o CRST – Centro de Referência em Saúde do Trabalhador”, explicou a enfermeira Rosana Trevisani Kron.

EMA promove Aracatu de Férias

Secretaria Municipal de Comunicação

A Escola do Meio Ambiente promove nos dias 04, 05 e 06 de dezembro, o Aracatu de Férias para os alunos das 3ª séries da EMEF Dr. João Maria de Araújo Júnior.
O evento deste ano terá o tema “Natal de Sustentabilidade”, e a programação dos três dias está marcada para a parte da tarde, das 14h30 às 16h30, nas dependências da EMA.
Dentre as atividades, as crianças participarão da “Trilha Indígena”, piquenique, oficina de culinária e enfeitarão árvores utilizando os materiais feitos durante as oficinas de enfeites de Natal e de aquarela.
A Escola do Meio Ambiente está localizada à Estrada Ítalo Bacchi, s/nº, no Jardim Aeroporto. Mais informações podem ser obtidas através do telefone 3813-9251.

São Saulo sedia o 1º Congresso de Ex-Presos e Perseguidos Políticos

Ricardo Viveiros & Associados - Oficina de Comunicação


Criado pelo Fórum Permanente dos Ex-Presos e Perseguidos Políticos do Estado de São Paulo, o congresso será realizado nos dias 13 e 14 de dezembro, a partir das 14 horas, no anfiteatro Fernando Azevedo, na Secretaria de Estado da Educação, Praça da República (entrada pela Av. São Luís, portão 4), antigo Instituto de Educação Caetano de Campos.

O evento homenageará os resistentes, mortos e desaparecidos na ditadura militar, além de médicos, dentistas e advogados que colaboraram na resistência democrática. Tem o apoio do Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Pessoa Humana (Condepe), Grupo Tortura Nunca Mais, Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado de São Paulo e a Comissão de Mortos e Desaparecidos Políticos.

O congresso de São Paulo marcará a edição do AI-5 pelo Governo Militar em 1968. Além disso, é um preparatório para o Congresso Nacional dos Ex-Presos e Perseguidos Políticos, informa o presidente do Fórum Permanente e coordenador do evento, Raphael Martinelli. Para a abertura oficial foram convidados ministros e secretários de estado.

Para Martinelli, ainda há muito que se reparar no Brasil. “A história constantemente escondida leva à impunidade e isso precisamos mudar. Por outro lado, reconhecemos os esforços dessa Secretaria e de seus dirigentes pelo que fizeram em favor de nossos direitos”, enfatizou.

Sobre o Fórum

O Fórum Permanente dos Ex-Presos e Perseguidos Políticos do Estado de São Paulo foi criado para lutar pela reparação das injustiças e contra os desmandos, a impunidade e o esquecimento dos atos praticados pela ditadura. A entidade também atua em defesa dos direitos humanos no mundo e age em conjunto com os comitês internacionais de Direitos Humanos, como a Corte Interamericana de Direitos Humanos. No Brasil, apóia as associações que lutam pelos direitos dos anistiados, o Comitê pelos Mortos e Desaparecidos, o grupo Tortura Nunca Mais e os centros de defesa dos Direitos Humanos.

PROGRAMAÇÃO

Abertura: 13/12 – 14 horas

Presidência: Raphael Martinelli – Fórum Permanente dos Ex-Presos e Perseguidos Políticos do Estado de São Paulo

Convidados: Ministro Paulo Vannuchi e promotor Marlon Weichert, do Ministério Público Federal, e secretários de Estado.

Seminário/Debate: A anistia política e a legislação; a abertura dos arquivos da ditadura.

Coordenação: Raphael Martinelli e Marlon Weihert

Debatedor: Procurador Regional da República

13/12 – 17 horas

Movimento Operário, Movimento Camponês – Ontem e hoje

Coordenação: Raphael Martinelli – Fórum dos Ex-Presos e Perseguidos Políticos.

Debatedor: Antônio Flores – militante sindical.

14/12 – 14 horas

Os meios de comunicação, a cultura e a herança da censura na época da ditadura

Coordenação: Alípio Freire, jornalista, e Idibal Pivetta, advogado e dramaturgo.

14/12 – 17 horas

A ditadura militar e a impunidade: nossa herança social

Coordenação: Ivan Seixas - Fórum dos Ex-Presos e Perseguidos Políticos. Debatedora: Rose Nogueira, jornalista, Presidente do Grupo Tortura Nunca Mais

14/12 – 19 horas

Show de encerramento

Documentário sobre Cazuza

Vídeo sobre a vida do Cazuza
Youteca Vídeos


Deu empate na eleição do PT de Botucatu

Secretaria de Organização do PT de Botucatu.

Neste domingo, dia 2 de dezembro, o PT realizou eleições internas em todos os níveis, nacional, estadual e municipal, para renovar as direções partidárias.
Em Botucatu, com 233 filiados aptos a participarem do PED (Processo de Eleições Internas), compareceram 150, ou seja, 64%, considerada pelas lideranças do partido como expressiva participação dos militantes. A eleição transcorreu em clima tranqüilo, sem registro de ocorrências não condizentes com o processo.
Premiando o esforço das duas chapas concorrentes em Botucatu, houve empate para a eleição de presidente, e pequena diferença de votos a favor de uma das chapas.
A candidata Remédios, apoiada pela chapa Resgate Petista, e o candidato Carlão, apoiado pela chapa União Petista empataram em 72 votos. Houve 5 votos em branco e 1 nulo.
Como o Estatuto do PT é omisso neste caso, assim como o Regulamento do PED foi encaminhado consulta ao Diretório Estadual, para definição do impasse. Se fosse seguida a legislação eleitoral, a decisão seria favorável ao candidato com mais idade, neste caso Remédios seria eleita. No entanto, em consulta preliminar ao Diretório Estadual do PT, parece que existe a possibilidade da realização de uma nova eleição. Tal decisão deve partir da Comissão Executiva Nacional do PT.
Seguindo a mesma tendência da eleição para a escolha da presidência, também houve equilíbrio na eleição entre as chapas.
A chapa Resgate Petista teve 68 votos e a chapa União Petista obteve 72 votos. Houve 10 votos em branco e nenhum nulo.
Este resultado, segundo cálculos preliminares, aponta para a seguinte composição do novo Diretório Municipal: 12 membros da chapa Resgate Petista e 13 membros da chapa União Petista, totalizando 25 membros, mais o Líder da Bancada na Câmara Municipal e a presidência eleita.
Para presidente nacional, o deputado José Eduardo Cardozo, representando a chapa Mensagem ao Partido foi o mais votado, com 76 votos, ficando o deputado Ricardo Berzoini, da chapa Construindo um Novo Brasil, com o segundo lugar, obtendo 57 votos.
Seguindo a mesma tendência, a chapa nacional Mensagem ao Partido obteve 65 votos, e a chapa construindo um Novo Brasil teve 52 votos.
Para presidente estadual não houve surpresa, pois, as duas chapas locais apoiavam o candidato Edinho, prefeito da cidade de Araraquara, que obteve 123 votos.
Consolidando sua vitória em Botucatu, a chapa estadual Mensagem ao Partido teve 76 votos, contra 39 da chapa Construindo um Novo Brasil.
Os demais candidatos e chapas, nacional e estadual, tiveram baixa votação em Botucatu.

I Campanha de Arrecadação de Brinquedos do Poupatempo Bauru

Assessoria de Comunicação do Poupatempo

De 4 a 21 de dezembro, o Poupatempo Bauru realiza sua I Campanha de Arrecadação de Brinquedos. A campanha tem a intenção de despertar a sensibilidade dos funcionários do Poupatempo e dos cerca de 4.500 cidadãos que passam diariamente pelo Posto, no sentido de alegrar o Natal da maior quantidade de crianças carentes possível.
As doações deverão ser colocadas nas urnas identificadas dentro do próprio Posto, durante todo seu horário de funcionamento. Todos os brinquedos arrecadados serão distribuídos para associações de bairros carentes do município.
O Poupatempo Bauru fica na Avenida Nações Unidas, 4-44, na esquina com a Rua Inconfidência, no Centro, e atende de segunda a sexta-feira das 9 às 18 horas, e aos sábados das 9 às 14 horas.

Botucatu vence e se aproxima da semifinal

A equipe do Botucatu/Prefeitura venceu a segunda partida da quarta fase da Copa do Brasil de Futebol Feminino, organizada pela CBF - Confederação Brasileira de Futebol. Botucatu fez 2 a 0 no São Francisco, equipe da Bahia. O jogo foi realizado no sábado, dia 1º de dezembro, no Estádio Boca do Jacaré, em Taguatinga, cidade satélite de Brasília-DF.
Mais uma vez a atacante Graziele deixou a sua marca, anotando um gol para as botucatuenses, o segundo foi contra. Botucatu volta a jogar nesta terça-feira, contra o São José, do Paraná. Um empate deixa Botucatu na primeira colocação do seu grupo. Dois times por grupo garantem vaga para a seqüência do torneio.
Ainda no grupo de Botucatu, o São José, próximo adversário das botucatuenses, venceu o Tiradentes pelo placar de 1 a 0, mantendo as suas chances de classificação. Com esses resultados, a classificação ficou da seguinte maneira: Botucatu está em primeiro lugar com seis pontos, seguido por São Francisco e São José, que têm três pontos. O Tiradentes ainda não pontuou.
No grupo 27 da Copa do Brasil de Futebol Feminino, realizado no Estádio Mané Garrincha, em Brasília, o Benfica/MG, representado pelo CEPE do Rio de Janeiro derrotou o Gênus por 12 a 0, enquanto que na outra partida, o Mato Grosso do Sul, que conta com a equipe do SAAD, derrotou o América/RJ por 3 a 0.
Com estes resultados, Mato Grosso do Sul e Benfica ficam na primeira colocação do grupo com seis pontos em dois jogos, e América e Gênus permanecem sem pontos. Mato Grosso do Sul e Benfica já estão classificados para a semifinal da competição.
Rodada - A próxima rodada, que vai definir a classificação para a semifinal da Copa, será realizada nesta terça-feira, 4 de dezembro, nos estádios Mané Garrincha, Brasília e Boca do Jacaré, Taguatinga. Em Brasília jogam às 19 horas, São Francisco e Tiradentes, na seqüência se enfrentam Mato Grosso do Sul e Benfica/MG.
Botucatu e São José/PR se enfrentam às 19 horas, no Estádio Mané Garrincha, às 21 horas jogam Gênus/RO x América/RJ, em jogo apenas para cumprir tabela.
Os jogos da semifinal serão realizados na quinta-feira, dia 6. A final está marcada para o sábado, dia 8 de dezembro.
Apoio - O Botucatu/Prefeitura conta com o apoio do Pão de Açúcar, Unifac, Academia Mistic Center, Associação Atlética Ferroviária [AAF], Jornal Diário da Serra, Quitanda do Cláudio, Quitanda do Marinho e Microcamp.